História OUR LOVE- FILLIE, NOHA E CADIE. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Dustin Henderson, Eleven (Onze), Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Personagens Originais, Will Byers
Tags Cadie, Fillie, Finn Wolfhard, Millie Bobby Brown, Sadie, Stranger Things
Visualizações 344
Palavras 1.035
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente tudo bom? Vocês são as melhores pessoas da vida porque batemos 600 pessoas lendo a nossa fanfic, muito obrigada de todo o nosso coração, amamos vocês muito, sério

Essa história foi escrita por: Ana Júlia Caulo, Maria Vidal e Ágatha Gama

Capítulo 13 - Eu não sei


 

[FINN NARRANDO]

 

            Finalmente cheguei em casa, as empregadas me ajudaram a tirar tudo do carro.

            - Hannah eu comprei sorvete – Falei batendo na porta do quarto dela – Hannah? – Entro em seu quarto e a louca está andando por todo o quarto com o telefone no ouvido

            - Atende, atende – Ela falava baixinho

            - Hannah que que aconteceu? – Perguntei já entrando em seu quarto

            - O QUE QUE ACONTECEU? – Ela diz jogando o celular em cima da cama – FINN VOCÊ É UM IDIOTA MESMO, CARA COMO VOCÊ É ESTUPIDO, VOCÊ É UM BABACA POR COMPLETO – Eu não estava entendendo nada

            - Hannah que que você tá falando?

            - VAI VER SE EU ESTOU NA ESQUINA FINN

            - Para de gritar e me conta o que que aconteceu

            - SÉRIO? VOCÊ FICA COM A GAROTA E AÍ DEPOIS VOCÊ BEIJA OUTRA, VOCÊ SÓ PODE SER LOUCO – Eu fiquei ouvindo ela falar tentando entender se ela estava falando de Ivy – FINN VOCÊ SIMPLESMENTE QUEBROU O CORAÇÃO DELA, ELA NÃO ME ATENDE MAIS E TUDO ISSO É CULPA SUA, PORQUE VOCÊ FICA AI, FALA DO JACOB MAS VOCÊ É O MESMO.

            - EPA, EPA, SENHORITA VOCÊ SABE QUE NÃO É ASSIM – Eu retruquei ela, gritando também.

            - HAHAHA, EU SEI QUE É ASSIM SIM, VOCÊ NÃO PRESTA FINN

            - VOCÊ TA FALANDO DE QUEM? DO QUE?

            - DA IVY, ORA DE QUEM – Eu não entendi como ela sabia, acho que Ivy fez alguma coisa que eu não sabia, naquele momento Hannah falou mais. – SABE FINN, VOCÊ DEVERIA SE ENVERGONHAR DO QUE VOCÊ FEZ – Eu fiquei muito irritado com tudo que ela estava jogando em cima de mim, a culpa não foi só minha, a Ivy tinha me beijado, eu já estava tão irritado, porque eu já tinha entendido tudo, Millie viu o vídeo, por isso que ela não estava em casa e por isso que Hannah estava ligando para ela. – VOCÊ É ASSIM NÉ FINN? FICA BEIJANDO QUALQUER PUTA NO MERCADO

 

            - OLHA VOCÊ E A IVY TEM ALGUMA COISA EM COMUM – Hannah me olhou seriamente dessa vez, até que me dei conta da frase que tinha dito.

            - Sai – Hannah nem olhou para minha cara, só apontou para saída

            - Hannah e...

            - SAI! – Eu sai, não queria causar mais problemas, naquele momento Hannah bateu a porta, mas eu não sai de lá de trás da porta, me sentei encostado em sua porta e ouvi ela chorando, provavelmente ela estava chorando eu ouvi uns barulhinhos de choro. Uma lágrima saiu do meu olho, eu não tinha magoado só a minha irmã mas a Millie também, e toda vez que eu repetia isso para mim, era como se um martelo quebrasse o meu coração como se ele fosse de vidro.

            Eu sinceramente não sei porque eu devolvi aquele beijo, por que eu fiz  aquilo? Eu simplesmente quebrei o coração da Millie, e a minha irmã? Meu Deus, nunca mais vai falar comigo.

            Aquela noite foi incrível, foi uma das melhores porque foi de verdade, não foi por diversão ou para mostrar para os garotos da escola, não foi, e eu nunca mais ia ter aquilo porque eu estraguei tudo.

            Eu finalmente ia sair de lá da porta de Hannah quando escuto:

            - Millie por favor me atende sou eu, não fica triste pelo idiota do meu irmão, ele é garoto, é assim mesmo, me conta onde você tá, eu sou sua amiga eu posso te ajudar. – Acho que tinha ido para caixa postal, ela chorava ao falar isso. Eu fui simplesmente um babaca.

            Droga!

            Eu saio de lá, já que não tinha mais nada para eu estragar, fui para o meu quarto, e lá ainda tinha o anel que Millie usava, eu peguei o anel que ela provavelmente deixou no meu quarto depois de tudo aquilo e guardo na minha gaveta.

            Eu resolvi depois de tomar banho, descer para sala para pensar melhor no que fazer, ou vê se Hannah passa por lá

            Ouço um barulho na escada, e é Hannah descendo

            - Aonde você vai? – Pergunto para ela mas não me responde, então levanto do sofá e vou até ela puxando pelo seu braço fazendo com que se virasse para mim – Aonde você vai? – Pergunto de novo

            - Vou procurar a Millie – Ela diz ainda com o rosto vermelho de chorar

            - Eu vou junto

            - Você já fez coisas demais hoje, não precisa de mais nada, acredite

            - Eu já disse que vou, então vou, não estou te pedindo autorização eu vou – Solto o braço dela

            Ela nem fala nada e vai para fora de casa.

            Fomos em todos os lugares que Millie gostava de ir mas ela não estava e nenhum deles então resolvemos ir para sua casa.

            Chegando lá, estava tudo trancado, tudo fechado não tinha ninguém eu tinha certeza mas Hannah continuou insistindo batendo na porta de Millie e gritando seu nome. Mas eu vi que a TV do quarto dela pareci estar ligada, então peguei umas pedrinhas e comecei a jogar.

            - Finn o que você está fazendo? – Hannah pergunta

            - Ela tá lá no quarto dela, olha a TV dela tá ligada.

            - Finn você tá louco – Ela tinha desligado a Televisão – Isso é da sua imaginação, tem nada ligado

            - Tinha sim, dava para ver a luz da TV na cortina

            - Meu Deus, Finn você ficou louco de vez, só pode não tem nada ali, se tivesse eu estaria vendo

            - Acho que eu estou imaginado

            - Também acho

            Fomos para casa, tínhamos desistido se saber de Milllie, naquele dia.

            Eu nunca desistiria da Millie na minha vida

            Temos que entender que a Ivy me beijou e eu não desviei eu errei eu sei, mas eu vou atrás dela, eu não sei porque eu não sei, eu juro que eu não sei como essa menina se tornou tão importante para mim em tão pouco tempo.

            Quando chegamos Hannah foi pro seu quarto e eu fui para o meu, Jane já tinha chegado em casa depois de seus dias de plantão. Eu ia embora hoje mesmo a noite, ia para casa da minha mãe. Aliás amanhã é segunda e amanhã já tem aula. Fui embora e só dei tchau para Hannah.


Notas Finais


Gente acho que é o fim de Fillie, será que ele vai conseguir explicar para ela tudo que aconteceu? O que vai acontecer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...