1. Spirit Fanfics >
  2. Our Love. (TAEKOOK) >
  3. One.

História Our Love. (TAEKOOK) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Por favor, se vocês gostar desse capítulo e querer mais e mais, comentem! ❣

Capítulo 1 - One.


Fanfic / Fanfiction Our Love. (TAEKOOK) - Capítulo 1 - One.

E lá estava eu, atrasado em meu primeiro dia de aula.

- Oh, céus. - Resmunguei enquanto pegava a minha mochila e uma pêra, afinal, eu estava praticamente correndo e não podia ficar sem comer algo.

- Atrasado no seu primeiro dia, moleque? - Mamãe nem esperou uma resposta, já foi metendo o tapa em meu braço.

- Aish! Mamãe, não tenho tempo para broncas. Estou indo! - Desviava dos tapas soltando alguns resmungos, me aproximei da mulher irritada e beijei a sua bochecha cheinha.

- Vai logo antes que eu te meta a cintada! - Me ameaçou, fazendo-me rir e sair correndo para fora de casa.

É, o dia nem começou e eu já fui derrotado.

                            {...}

O ônibus parou no ponto, o que me fez correr para não perde-ló, ao chegar perto do mesmo percebi que eu só não havia o perdido graças a uma senhora que estava com dificuldades para entrar, já que as mãos estavam ocupadas. SALVO PELA VOVÓ!

- Oh, a senhora quer ajuda? - perguntei timidamente.

- Sim meu jovem, por favor. - A idosa sorriu doce me entregando as sacolas pesadas.

A senhora adentrou o ônibus e eu fui entrando em seguida, saindo de perto dela apenas quando vi que ela estava totalmente segura e "confortável". Me aproximei da catraca e passei o meu bilhete.

       "Bilhete único inválido."

- O que? - Entrei em choque. Droga! eu tinha que esquecer de carregar o bilhete logo hoje? Céus.

- Por favor, passa para duas pessoas. - Uma voz grossa atrás de mim pediu ao senhor da catraca.

Sorri em agradecimento.

- Obrigado. - Encarei o garoto e paralisei, como uma pessoa pode ser tão bonita assim?

- É para eu e o meu amigo... - O garoto disse, apontando pra trás onde tinha um garoto baixinho e de cabelos rosados.

- Oh. - Sai do meu transe e abaixei a cabeça completamente constrangido.

Que vergonha!

Quando o garoto ia passar para trás percebi que ele estava com o uniforme do colégio, então tomei coragem e cutuquei seu braço. Eu precisava fazer isso...

- Hm? - O garoto me encarou de cima a baixo, junto com o seu amigo.

- É... Você pode por favor, me emprestar o seu bilhete? E-eu esqueci de carregar... Eu te pago amanhã...

Pedi morrendo de vergonha, meu deus, quero enfiar a minha cabeça em um buraco.

- Não. - disse ríspido.

- O-que? - o encarei chocado, afinal, era só uma passagem.

Eu estava paralisado, o ônibus já estava chegando no colégio, como eu ia me resolver? Provavelmente ia parar na cadeira até pagar essa merda! Eu estava ferrado.

Ok Jeon Jungkook, segura o choro.

Ficava repetindo isso em minha cabeça, com um nó na garganta, eu não podia chorar na frente daqueles dois, não vou me rebaixar a esse nível.

Caminhei até o cobrador de cabeça baixa e o cutuquei.

- Será que eu posso ficar sem pagar hoje? Eu esqueci de carregar meu bilhete...

- Se não carregou por quê entrou no ônibus moleque? Aish, esses delinquentes... - O cobrador resmungou, enquanto me empurrava.

- Por favor, passa para mais um. - ouvi a voz do garoto da voz grossa e o encarei.

Agora ele vai pagar? Mas ele disse que não ia.

- Obrigado... - agradeci timidamente saindo de perto daquele cobrador filha da [email protected]

Não demorou muito para ônibus chegar na frente do colégio, desci completando aliviado caminhando para dentro da mesma. Porém fui barrado por uns veteranos.

- Ei, tu é mesmo do terceiro? - Uma garota de cabelos marrons com mechas loiras me perguntou.

- Sou sim... Por quê? - os encarei confuso.

- Você está com o uniforme do ano passado, ou seja, do pessoal do segundo ano. - Agora quem se pronunciou foi um garoto muito bonito, ele tinha piercing no lábio e o cabelo era preto e em cima amarelo... Era estiloso.

- O que? - olhei para o meu uniforme e quis morrer ali mesmo.

- Relaxa, se você for correndo até a diretoria eles podem lhe dar outro novinho. - Esse mesmo garoto sorriu doce e piscou um de seus olhos para mim.

- Oh, obrigado... - Me curvei em respeito e sai correndo para dentro do colégio, indo em direção a diretoria.

                            {...}

Já estava com o uniforme do terceiro ano e sorri aliviado, ainda não acredito que peguei o do segundo ano e deixei o do terceiro passadinho em cima da cama, AISH!

Eu era mesmo um mané.

Me xingava mentalmente enquanto caminhava para a sala de aula, os professores já estavam quase chegando, então tinha que ser rápido; Ao entrar na sala, percebi que a maioria era da minha sala do ano passado e eu? Bom, eu quis morrer ao ver o cara que fez o segundo ano da minha vida um tremendo INFERNO.

- Ora, ora... Jeon Jungkook está na mesma sala que eu, que honra. - falou em tom de deboche.

- É bom te ver, Yoongi. - debochei sentando na frente de uma garota, ela estava com vários cards do One Direction e parecia meio... Doida?

- É... Oi. - cumprimentei a garota e ela me encarou, abrindo um sorriso fofo.

- Olá. - se curvou e voltou a mexer em suas coisas da One Direction.

- Você é fã deles? - perguntei.

- SIM! - gritou fazendo-me levar um susto. - E você? Você também é? diz que sim! - disse animada, quase tendo um troço.

Misericórdia...

- E-eu... Acho eles legais. - sorri observando o sorriso dela abrir mais e mais.

- A partir de agora, você é meu melhor amigo. - Piscou completamente sorridente.

Bem que eu disse que ela parecia doida.

- Tudo bem. Mas como é seu nome? - perguntei realmente curioso.

- Lalisa Manoban, mas pode me chamar de Lisa. E você? - sorriu.

- Prazer, Lisa. Eu sou o Jeon Jungkook, mas pode me chamar de Jeon. - abri um sorriso.

- Que fofo! Seu sorriso parece de coelhinho, adorável. - Apertou minhas bochechas.

- Obrigado? - Resmunguei completamente confuso e envergonhado.

- E prazer. Mas eu achei que "Jeon" é muito sem sal, sabe? Posso te chamar de... Um... - Ficou pensativa. - Kook?

- Kook? - a encarei, é, confesso que achei fofo.

- Sim, é um apelido fofo, igual você. - sorriu.

- Ok, então pode ser.

Sorri e me virei para frente, ao ver a professora entrar.

- Bom dia classe. - A coitada da professora cumprimentou mas ninguém respondeu pois estavam tagarelando.

- Pessoal! A professora chegou. - Um garoto bem bonitinho se levantou e bateu palma, chamando a atenção de todos e fazendo todos se sentar.

- Obrigado representante da classe. - A professora sorriu gentilmente.

- De nada, Professora.

Espera. Representante da classe? Meu Deus, ele é o Woojin, é representante da classe a quase 3 anos, todo arrumadinho e nerd. Não sei como não o reconheci.

- Bom, hoje temos dois alunos novos. - A professora sorriu. - Podem entrar.

Olhei para a porta e quando os vi entrando paralisei. Era os dois garotos do ônibus, cacete, não pode ser!

- Podem se apresentar, por favor? - A professora pediu gentilmente.

- Oi, eu me chamo Park Jimin e tenho 17 anos. Espero me dar bem com todos vocês! - sorriu fazendo seus olhos ficarem um risquinho. Adorável.

- E você? Não vai se apresentar? - A professora perguntou ao garoto da voz grossa, que estava com a cara fechada enquanto encarava todos nós.

- Sou Kim Taehyung.

- Só isso? Ok... Podem se sentar ali nas carteiras vazias. - A professora sorriu.

Droga.

Xinguei mentalmente por perceber que as carteiras vazias são atrás e ao meu lado. Enquanto os garotos se aproximavam para sentar, ouvi de tudo: "Nossa, como são lindos", "Estou apaixonada", "Eles acham que são tudo isso? Metidos". "Será que são solteiros?" E assim por diante...

Aish, esse ano vai ser longoooo...

Já estou sentindo a ansiedade me corromper. 


Notas Finais


Olá, essa é a minha primeira fanfic que eu resolvo postar. Eu espero de verdade, que vocês gostem.

Vai ter muita treta, muito choro, muito amor, muita alegria nessa fanfic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...