1. Spirit Fanfics >
  2. Our perfect family S2 >
  3. Chapter nine

História Our perfect family S2 - Capítulo 10


Escrita por: e MiihSink


Notas do Autor


Eiiiii... Sei que essa coisa do Coronavírus é grave então pelo amor de Deus, se previnam!!! Lavem bem as mãos e não se esqueçam do álcool gel. Nos vemos lá embaixo.

Capítulo 10 - Chapter nine


Sadie ♥️

Pude notar uma coisa diferente no nosso dia a dia... Algo estranho, ah sim, o climão entre o Finn e a Millie. Sinceramente eu já até desisti de tentar entender esses dois. Se a Millie tá namorando, por que ela não para de drama e fica com o namorado dela? E o Finn, se ele está tendo um rolo ou sei lá o que é que ele tem com a Iris é porque ele quis tocar a vida. Beleza, pra que ficar nessa? Mais um draminha deles e eu vou mandar todo mundo ir tomar no cu!

Eu me sentei na canga que acabei de esticar na areia e peguei meu óculos de sol, não se passaram nem cinco minutos e a Millie se sentou ao meu lado.

—Tá com raiva de mim por que?—Ela perguntou sem ao menos se dar o trabalho de olhar para mim.

—Por que esse foguinho no cu de vocês dois já está me dando nos nervos.—Eu disse sem cruzar o olhar dela.

—Éramos tão próximas. E até quinta tava tudo bem entre nós.—Ela disse.

—Millie, muita coisa aconteceu de quinta até hoje que é domingo. Só me responde uma pergunta, se você tá namorando com o Joseph, por que deixa o Finn entrar na sua vida assim do nada?—Perguntei.

—Esquece o Finn! Eu quero saber o real motivo de estar com raiva de mim.—Retrucou.

—Eu só tô tentando entender o que está acontecendo.—Respondi.

—Eu também. Me fala o que tá rolando, Sads.—Pediu.

—O problema é que você passa tempo de mais nessa sua vidinha a qual você acha que é pacata, ou idealizada... Tanto faz, mas a verdade é que você está se distanciando das pessoas que estão ao seu redor sempre, seus amigos.—Eu disse.

—O que quer dizer com isso?—Ela perguntou.

—Que está se distanciando dos seus amigos. Tudo por causa de uma pessoa.—Eu disse.

—E o Joseph está em todos os lugares...—Retrucou.

—Eu não citei nomes.—Eu disse.

—Sadie, aprendi a ler as entrelinhas quando era bem pequena. Não vem com essa de "não citei nomes" por que o assunto do momento é o Joseph. Eu não me importo com o que você está falando por quê sei que só os amigos de verdade me apoiam.—Retrucou.

—A Ana? O Noah?—Perguntei com muita raiva.

—Nada a ver... Eu disse os amigos de verdade, não citei nomes! E se for? Não é só eles que me apoiam não importa no que for?—Ela perguntou.

—Sim, claro... Deixa de ser idiota, Millie. O Noah morre de ciúmes desse relacionamento de vocês e a Ana quem cortou a energia... Quer dizer... Na...—Tentei disfarçar.

—Do que você está falando?—Perguntou furiosa.

—Que o Noah sente ciúmes de vocês.—Eu respondi.

—A Ana cortou a energia de onde?—Ela perguntou. Eu dei de ombros e coloquei os óculos de sol mais uma vez para disfarçar. —Ok, não precisa responder nada. Vou tirar essa história a limpo.—Ela se levantou e foi atrás de Ana.

Eu me levantei e fui até Jack.

—Dylan, fiz merda! Cadê a Ana?—Perguntei.

—Tá lá no carro, ela foi pegar o carregador portátil. Que merda cê fez?—Ele perguntou.

—Contei pra Millie dois segredos de duas pessoas diferentes, mas foi sem querer e agora ela quer tirar essa história a limpo com a Ana.—Eu disse e Jack franziu o cenho.

—Como assim? Contou que segredo?—Ele perguntou.

—Do elevador. Mas eu só disse que a Ana cortou a energia, ficou confuso mas ela meio que desconfia de alguma coisa...—Eu disse e ele colocou a mão na testa. Ele respirou fundo e olhou para mim. —Foi sem querer, me ajuda.

—Por que eu faria isso?—Ele perguntou.

—Por que você me ama, somos bons amigos, eu cuido da Loe e da Agnes enquanto você está fazendo porra nenhuma com o Caleb e me deve um favor... Por favorrrr...—Pedi. Ele disfarçou a vontade de xingar por saber que eu estava certa e assentiu.

—Vamos lá.—Ele pegou na minha mão e fomos correndo até o carro.

============== 💙 =============

Finn 💙

Eu abri a barraca e vi o Jack e a Sadie correndo de mãos dadas até o carro e eles estavam meio estranhos, como se quisessem esconder alguma coisa... Olhei para o lado e o Caleb estava falando com a Millie, e o Lucas sendo o mesmo babaca de sempre mas estava sendo babaca no telefone... Tenho pena de quem estiver falando com ele.

Olhei para o carro mais uma vez e Jack fechou a porta e o vidro... Meu pensamento é uma coisa que eu não posso descrever aqui, mas é estranho já que os dois são casados com pessoas diferentes. Caralho, vai rolar dentro do carro, na cara de geral... Como o Caleb não viu isso? Seu cego, a tua mulher tá te chifrando! Será que isso acontece sempre? Muitos pensamentos passavam pela minha cabeça e eu me sentia muito mal por pensar isso, mas eu ainda estava numa ressaca do caralho e ainda podia me sentir meio "alto"... Rs... Eu sou alto... Ok, eu vou atrás deles.

Eu me levantei e sai como se nada tivesse acontecido... Em grande estilo.

============= 💙 =============

Lucas 💙

Eu olhei para o lado e vi o Finn tentando sair da barraca, ele ficou todo enrolado. Ele tentou se segurar numa das estruturas da barraca e ela acabou cedendo, ele caiu de barriga e levantou como se nada tivesse acontecido, ajeitou o cabelo, limpou o rosto e a camisa e foi andando até o carro do Jack e da Ana...

Eu não aguentei e comecei a rir... Mas eu ri muito, não vou mentir. Cheguei a cair no chão... Literalmente.

============= 💙 =============

Finn 💙

Fui andando normalmente até o carro deles e vi que a Ana também estava lá no carro... Ô porra! É suruba? Me escondi atrás de eu arbusto e vi que o Caleb também estava vindo para o carro, fudeu, ele vai saber de tudo e acabar com o casamento dele... Ele entrou no carro e fechou a porta. Ah, eu já devia saber... Aposto que a ideia foi sua, né babaca? Fica quase matando os outros do coração e nem chama, isso que é amigo. Ana trancou a porta do carro após ele entrar e eles ficaram lá. 

Eu voltei para a areia e entrei na minha barraca mais uma vez para pegar meu celular, quando eu estava saindo o Lucas colocou o maior carão na entrada da barraca e eu me assustei e comecei a gritar e dei o maior socão na cara dele. Ele começou a gritar e caiu no chão com a mão no nariz e eu olhei para a minha mão para ver se tinha tirado sangue dele e tinha só um pouquinho. Millie veio correndo para ajudar ele e eu comecei a rir do nada e contra minha vontade.

—Porra Finn, por quê fez isso, cara?—Ele perguntou de uma forma bem engraçada por estar segurando o nariz e eu ri mais ainda tentando me conter.

—Foi sem querer, caralho... Você apareceu aqui do nada, eu me assustei.—Eu ri pra caralho. A Millie me olhava estranho com uma cara de brava... Espera, por quê isso é estranho para mim mesmo? Já é até normal.

—Precisava disso?—Ela perguntou.

—Eu não sei... Precisava, Lucas?—Perguntei e ele fez um sinal de dor.

—Você tem esse seu jeito meio bruto mesmo, né?—Ela perguntou.

—Você gostava.. e até pedia pra ser bruto.—Eu disse e Lucas riu.

—Dois babacas... Se juntaram agora, é? Parabéns.—Ela se levantou e o celular dela tocou. Ela foi atender e nos deixou sozinhos.

—Foi mal aí.—Pedi.

—De boa... Tu viu os quatro entrando no carro?—Ele perguntou.

—Não.—Eu disse.

—Mas eu vi que você foi para lá também.—Ele disse.

—Eu também vejo muita coisa que não é verdade. Tipo você e a Millie.—Eu disse e ele assentiu com um sorrisinho estúpido.

—Não sei por quê isso é tão errado.—Ele disse.

—Abra seus olhos e verás...—Eu disse.

—Cara, eu não sei o que se passa na sua cabeça, mas é estranho.—Ele disse.

—Olha, ferimentos como esses não são causados por mim só por medo. Vai arrumar um gelo.—Eu disse.

—Se eu conseguisse levantar.—Ele disse e eu ajudei ela a se levantar.

—Vou arrumar alguma coisa para você colocar aí.—Eu disse e ele se sentou em uma das cadeiras.

—De preferência gelo.—Ele disse.

Eu fui até a Millie por me lembrar que ela tem uma bolsa de gelo no cooler. Ela ainda estava no telefone e eu tive que esperar ela acabar e acabei ouvindo algumas coisas. Mas eu juro que foi sem querer.

—Amor, tá tudo bem... Eu juro. Eu te amo e não quero que se sinta mal, se aconteceu mais uma vez e você me prometeu que nunca mais vai fazer isso, eu confio em você. É só se esforçar, sabe que consegue.—Ela disse.

No meio do silêncio e apenas o som do mar batendo, eu percebi a cara de frustração dela ao se virar para mim, quando ela me viu ela mudou para uma expressão mais feliz como se o papo fosse fofinho e tals... Alguma coisa está acontecendo com ela e eu não consigo a ver desse jeito.

—Também te amo muito, mas nós dois sabemos que não está se esforçando tanto assim. Só faça o que for preciso e tome cuidado, te amo muito para te perder. Não faça escolhas erradas e não tome decisões precipitadas.—Ela disse.

Eu sei que eles estão falando de alguma coisa séria... Será que ele está envolvido com drogas?

—Tudo bem. Vou falar com o meu pai e você pode dormir lá em casa, só faça de tudo para ser mais cuidadoso e pelo amor de Deus, use alguma coisa adequada a você nesse jantar de sexta, não tente impressionar ninguém, só seja você mesmo, tá? Te amo, vou ter que desligar. Tchau.—Ela disse e desligou. Ela respirou fundo e passou direto.

—Eu sou invisível, agora?—Perguntei.

—Primeiro superpoder adquirido, parabéns herói.—Ela continuou andando.

—Millie, tá acontecendo alguma coisa?—Perguntei.

—Nada que seja da sua conta.—Respondeu.

—Ok, sua grossa... Só vim mostrar que não sou a pior pessoa do mundo e te pedir a bolsa de gelo pro Lucas.—Eu disse.

—Desculpa, esqueci que é uma "boa pessoa".—Ela disse e pegou na minha mão. Ela me levou até o cooler.

—Não é por que estamos num momento estranho que não sejamos amigos... Continuo me preocupando com você como eu me preocupo com os outros.—Eu disse.

—Finn, tá tudo bem, tá? É que o Joseph não se sente à vontade e eu entendo já que os meus amigos odeiam ele e os que o aceita estão apenas sendo educados.—Ela disse.

—Quê? Quem?—Perguntei.

—A Ana e o Noah.—Ela disse.

—Eles só querem te ver feliz e se a sua felicidade só for adquirida com ele por perto, tudo bem. Só a sua felicidade importa.—Eu disse e ela sorriu bem rápido e pegou a bolsa de gelo. Ela me deu a bolsa.

—Só não faça merda. É e eu desejo muito que também seja feliz. Seja sozinho ou com a Iris.—Ela disse.

—Por educação?—Eu perguntei de propósito e acabei ouvindo uma resposta diferente.

—Por que te amo, me importo com você. Quero preservar essa amizade, sempre.—Ela disse.

Nós voltamos ao Lucas e ela começou a cuidar dele.

============= 💜 =============

Sadie ♥️

Eu me preparei para falar com eles de uma vez.

—Ana, eu deixei escapar que você cortou a energia.—Eu disse.

—Pra quem?—Ela perguntou.

—Millie.—Disse Jack.

—Amor, o que é que tu fez?—Perguntou Caleb.

—Ela veio me perguntar o motivo de eu estar com raiva e eu respondi. Junto com um monte de outras merdas tipo, que o Noah tem ciúmes do relacionamento dela com o Joseph... E da energia, mas não disse que era um plano, então... Ela só quer saber que energia você cortou. E ela também quer saber se você apoia o namoro dela.—Eu disse e ela me encarou. —Tá bom, eu quero saber se você apoia o namoro dela.

—Eu apóio, é o certo a se fazer ela é nossa amiga e independente de quem seja que ela esteja namorando devemos só apoiar por quê é o que fazemos. E se ela quer saber a verdade, eu vou falar a verdade. Só em relação à isso, a outra coisa eu conto depois do meu jeito.—Disse Ana.

—Ok. Só tenta não piorar as coisas...—Disse Jack.

—Por favor, obrigada.—Eu disse.

—Beleza, vamos sair daqui, tá muito quente.—Ela disse e todos nós saímos.

Ela foi até a barraca para pegar o celular dela e eu fui até o Gaten e a Lizz. 

—E aí, ruiva?—Perguntou Gaten.

—E aí que eu acho que a Millie me odeia, tipo muito.—Eu disse.

—Uma hora ou outra vocês vão se resolver.—Disse Lizz.

—Gosto do seu otimismo, garota. Eu tenho que te mostrar uma coisa. —Eu disse mostrando o celular para ela.

—Gaten!—Chamou Caleb. Eles foram até a churrasqueira e Lucas acendeu a mesma.

—Quando é que essa Mary Ann vai parar?—Ela perguntou.

—Eu não sei, mas tenho medo que seja fã da série Pretty Little Liars, já pensou se ela resolve imitar "-A"? O pior nem seria se ela resolvesse se transformar em "-A", o problema seria a Ana surtando falando que ela estava certa o tempo todo.—Eu disse e ela riu.

—Eu acho que precisamos resolver essa coisa de uma vez por todas.—Ela disse.

—Eu também acho, e isso tem que ser antes dela dar o segundo passo.—Eu disse.

—E qual seria o segundo passo?—Perguntou Lizz.

—Gente!—Disse Ana vindo até nós. —Essa tal de Mary Ann deu pra me atormentar também.

—Como assim?—Perguntamos.

—Na mensagem diz, "Um segredo é segredo mas 'amigos não mentem'. Compartilhe com a sua irmãzinha de empresa o que a maldosa fez por diversão ou contarei eu mesma".—Disse Ana.

—Boombayah.—Disse Lizz.

—Decendência coreana, japonesa ou chinesa? Que é asiático é.—Disse Ana.

—Acho que esse é o segundo passo.—Eu disse.

—Contatar todos que sabem do caso?—Perguntou Lizz.

—Nos dar ordens?—Perguntou Ana.

—Talvez os dois?—Perguntei.

—Nossa ela é bem desorganizada.—Disse Ana.

—Ela responde as mensagens?—Perguntou Lizz.

—Não mais.—Respondi.

—E quando entramos em ação?—Perguntou Lizz.

—Quando ela der o sinal. Acho que o segundo passo era sim contatar quem participou do caso.—Disse Ana.

—Esperamos o terceiro passo?—Perguntei.

—Não podemos viajar agora, completamente fora de cogitação.—Disse Ana.

—It's makes sence.—Disse Lizz.

—Claro que faz sentido. Temos família.—Disse Ana.

—É, né?—Eu perguntei e elas assentiram.

De longe avistamos Mirela e Noah chegando junto com o Lucca, namorado da Ithiellen. Por falar nela, acabou de acordar. Ana foi falar com eles e Finn e Caleb soltaram o sermão por serem os mais velhos. Depois de comermos voltamos para casa e a Millie não discutiu com ninguém a viagem toda. Até parecia que estava tudo bem.

============= 💜 =============

Millie 💜

[...]

Após chegar em casa no fim do dia, eu tomei banho e me joguei na cama. Recebi uma mensagem da Ana que dizia: "Mills, eu acho que devíamos marcar para dar uma volta amanhã preciso falar com você, tudo bem?". Pensei que provavelmente a Sadie teria falado com ela sobre o acontecido.

Respondi a mensagem dela na hora.

"Claro Ana, tudo bem, que horas é melhor para você?"

Ela respondeu às 11:00hs AM e eu só concordei. Seria um café da manhã antes de irmos para a sessão de fotos. Recebi outra foto boba do Joseph. Dessa vez ele estava fazendo uma careta boba, mas eu estava na foto também. A legenda era a seguinte: "Love ya ♥️". Provavelmente agradecendo por alguma coisa. Sorri ao ler a legenda, acho que dessa vez fiz a coisa certa.

Ava entrou no meu quarto e pulou na minha cama.

—Toda errada... Some por dois dias, não dá um sinal de vida e quando chega nem fala com os irmãos, pelo menos eu me importo com você.—Ela disse e deitou ao meu lado.

—Desculpa, da próxima vez eu te mando a foto do Noah vomitando no sapato do Lucas, aconteceu três vezes.—Eu disse e ela riu.

—Eca, não quero ver isso.—Ela disse.

—Então aí ainda tem que crescer muito antes de ir aos rolês insanos com os seus amigos. Isso acontece o tempo todo.—Eu disse.

—Nos seus rolês com seus amigos rolam coisas clichês de todo filme e série adolescente, tipo, alguém caindo, pegação, uso de drogas, festa na piscina, na floresta, idiotas pulando do telhado da casa na piscina e tals?—Ela perguntou.

—Magoei, eu já fiz quase todas as coisas dessa sua listinha, menos usar drogas, só lícitas, no caso álcool. O Lucas caiu no meio da rua, o Finn caiu na praia, a Ana, Jack, Sadie, eu, Finn, Caleb e Mirela já pulamos do telhado da casa do Jack lá em Vegas. Mas não ficamos falando sobre Vegas por que o que acontece em Vegas...—Eu disse e ela terminou.

—Fica em Vegas.—Ela disse e nós rimos.

—Poxa, seus rolês parecem ser tão legais.—Ela disse.

—E são, mas sempre acontece algo inesperado, tipo penetras em festas, a Mirela e o Noah perdidos, Noah implicando com o segurança, Caleb morrendo de ciúmes da Sadie, Finn bebendo até a morte com o Jack, Ana sendo a Ana com as piores e mais insanas ideias bizarras, Sadie causando sempre, Gaten e seus desafios, Vegas e seus mistérios, eu e as brincadeiras mais inusitadas de rolês, tipo beer pong.—Eu disse.

—O que é beer pong?—Ela perguntou.

—Não pode brincar disso ainda. Muito nova, quem sabe daqui uns três ou quatro anos? Tecnicamente é um monte de copinhos descartáveis sobre uma mesa e uma bolinha de ping pong. Você precisa jogar a bolinha nós copinhos adversários e escolhe entre um shot de tequila e um beijo de língua.—Expliquei e ela fez uma feição de nojo na parte do beijo.

—Eu não consigo te imaginar brincando disso.—Ela disse.

—E de "cala a boca e me beija"?—Perguntei.

—Isso sim, afinal toda criança já brincou disso, é aquela brincadeira igual a salada mista, né?—Ela perguntou.

—Sim.—Respondi.

—A brincadeira da garrafa tem outro nome agora?—Ela disse e nós rimos.

—Se você fosse mais velha iria ver que é diferente.—Eu disse.

—Se eu fosse ao aniversário de alguns dos seus amigos talvez...—Ela disse e eu ri.

—Só tem treze anos.—Eu disse.

—A Mirela também só tinha treze quando saiu pros rolês com vocês.

—Veremos, o aniversário da Ana tá chegando e você não vai.—Cantarolei para implicar com ela.

—Sério?—Ela perguntou.

—Sério. Ela faz em maio, mas você não vai poder ir por que além de ser muito nova, a Ana vai fazer vinte e vai ser para mais velho e em Vegas. É longe.—Eu disse.

—Ok, no dia do aniversário dela eu vou estar no aniversário de outra pessoa mesmo...—Ela disse.

—De quem?—Perguntei.

—Da Alícia.—Ela respondeu.

—Não sabia que a Alícia fazia aniversário no dia 15 de maio.—Eu disse.

—Ela vai fazer quatorze.—Ela disse.

—Eu não vou poder te levar no aniversário da Ana, mas você já foi no casamento dela. Que tal se a gente fosse comer fora?—Perguntei e ela assentiu.

—Vou me trocar.—Ela disse e saiu correndo do quarto.


Notas Finais


THAT'S ALL ♥️
Gente, também não se esqueçam de que a quarentena é para o nosso bem... Vamos respeitar porque ninguém aqui quer morrer, certo? Love all ♥️ não se esqueçam que eu sempre aceito teorias e comentários de continuação e enredos da história... Sinta-se livre para compartilhar a fic e para comentar, seu comentário e sua opinião são muito importantes e eu sempre leio todos. Bjoks 😘🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...