História Our Secret - Vhope - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (bts), Jikook, Romance, Vhope
Visualizações 66
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei chegando com um capitulo um pouco... sad. Calei a boca. Sem spoilers.
(A foto aí é completamente aleatória)
Boa leitura :)

Capítulo 13 - Not everything as expected


Fanfic / Fanfiction Our Secret - Vhope - Capítulo 13 - Not everything as expected

O dia seguinte chegou e junto com ele chegou minha ansiedade. Acordei já pensando no horário da janta.

Logo de manhã quando fui ao banheiro, sem nem perceber, comecei a "discursar" na frente do espelho tentando escolher as palavras certas. Durante o dia tentei focar bastante na coreografia e nas batidas e letras que eu estava produzindo, desviando ao máximo meu cérebro daquele nervosismo.

Eu tentava dizer para mim mesmo que estava confiante, mas na verdade sabia que não estava. Mesmo depois de muitas tentativas de autoconsolo, tentando me convencer de qualquer maneira que o que eu e Tae tínhamos não era errado, continuei inseguro.

Durante o dia, encarei Taehyung várias vezes esperando que ele olhasse pra mim e me passasse segurança. Quando era possível, eu passava meu braço pelo ombro dele, apenas como um amigo, mas sempre desejando poder abraçá-lo de verdade, ou entrelaçar nossos dedos.

������

A noite foi se aproximando e eu continuava despreparado, mas eu sentia que era necessário acabar com todos esses segredos.

Quando todos já estavam à mesa, deixamos a conversa rolar a princípio. Fiquei calado jantando enquanto me preparava mentalmente.

Lá pro meio do jantar (quando o prato dos que estavam comendo mais e falando menos chegou à metade) peguei uma brecha em que um assunto estava morrendo e comecei o novo assunto.

-E-eu..eu.. preciso contar uma coisa pra vocês... - falei travando nas palavras não conseguindo encarar diretamente ninguém. Todos fizeram silêncio e me olharam, exceto Tae, que estava encarando o centro da mesa. Por um breve momento, permaneci em silêncio.

-Que cara de drama é essa? Desembucha Hoseok! - Jin disse, levando na brincadeira.

Respirei fundo e enfiei o rosto nas palmas das minhas mãos.

-Aish, não consigo! - respirei fundo outra vez tentando olhar para Taehyung, que estava de frente pra mim, sentado do outro lado da mesa. Sussurrei pra ele: -Me ajuda.

Ele ergueu a cabeça e passou o olho por todos.

-E aí Hoseok? Vai falar ou não vai? - Suga questionou com aquele tom "doce" de sempre.

-Que merda. A gente não devia ter tentado falar. - Tae murmurou para si, mas todos olharam pra ele.

-Como é, Taehyung? Você também tem coisas pra revelar? Tá envolvido no que Hoseok tem pra contar? - Suga continuou questionando com um sorriso lateral zombeteiro.

-Cem por cento envolvido. -ele respondeu sem expressão alguma no rosto.

-Que merda vocês fizeram, ein? - Namjoon perguntou franzindo o cenho olhando hora pra mim, hora pra Taehyung, mas com um certo humor.

Nesse momento Jimin, que estava sentado ao meu lado, se inclinou na cadeira e cochichou pra mim:

-Isso é sobre o que eu estou pensando?

Afirmei com a cabeça.

-Quer ajuda? - Ele continuou tentando cochichar disfarçadamente.

Balancei a cabeça afirmando outra vez.

Ele se levantou num instante usando a mesa para dar impulso.

-Ok, vou tentar resolver essa bagunça. - Jimin falou com aquele típico sorriso fofo, mesmo que estivesse falando sério.

Os outros olharam pra ele sem entender nada.

-Por que eu to sentindo que no final vou descobrir que todo mundo tava envolvido nisso e só eu não sabia? -Yoongi perguntou arregalando os olhos ao ver Jimin tomar palavra.

-Eu ia falar a mesma coisa! - Jin comentou perdido com tudo aquilo.

-Então somos três! - Namjoon concluiu.

-Ei, não é porque eu tô calado que eu tô envolvido nisso, não! -Jungkook contestou.

-Eu também não estou envolvido! - Jimin retomou re todos já estavam olhando pra ele sem entender - Quero dizer.. não tão envolvido quanto o Tae e o Hoseok. Bem... eu só  quero pedir pra que tentem não julgá-los, mesmo que não concordem, por favor tentem não tornar isso mais difícil do que já é. Eu sei que Hoseok não está conseguindo falar porque está com medo de ser julgado e eu entendo ele.

Como ele acertou tão em cheio? Com certeza o que eu mais sentia naquele momento era medo.

-Hobi, confia na gente. Conta ae. - Suga falou dando um tapinha no meu braço.

Respirei o mais fundo que pude. Depois, olhando fixamente para o pano de mesa, falei baixo e gaguejado, porém audível.

-Eu. Eu e Taehyung... Nós... - como falar qualquer coisa sobre isso, sem parecer estranho? - Nós estamos apaixonados. - falei rápido quase engolindo as palavras.

Não consegui olhar nos olhos de ninguém, esperando por alguma reação.

Jungkook se engasgou com o suco que estava bebendo, mas continuou calado. Suga foi o primeiro a falar. Ele primeiro limpou a garganta como se também tivesse se engasgado com o fato.

-Espera um pouco, meu cérebro ainda não conseguiu processar a informação. - Suga disse.

Quando tomei coragem e o olhei de soslaio vi que ele estava com os olhos arregalados. - Isso é sério?

-Tô dividido entre levar a sério e achar que é uma pegadinha de câmera escondida... - Jin comentou também com cara de espanto, mas sorrindo, provavelmente por achar que é uma brincadeira.

-Seria bem mais fácil se fosse uma brincadeira! - Tae respondeu, não completamente sério, já que as reações não tinha sido, num todo, ruins.

Jin continuou com cara de espanto e ia falar mais alguma coisa quando Namjoon o interrompeu:

-Vocês são loucos! - tentei achar algum tom de brincadeira na fala dele, mas não consegui. - A que ponto vocês chegaram com isso? -Me assustei com a seriedade que ele nos perguntava. Bem... nós tínhamos, na verdade, chegado um pouco longe de mais, mas essa parte não citaríamos.

-Erh.. Faz três meses que... - tentei contar, mas as palavras decidiram não sair da minha boca. Eu estava aflito com o tom de Namjoon. Por que ele havia reagido assim?

Hoseok p.o.v off

Namjoon p.o.v on

-Eu. Eu e Taehyung... Nós... Nós estamos apaixonados. - Quase cai da cadeira ao ouvir Hoseok falando isso. A primeira coisa que me perguntei é se era 1o de abril. Mas estávamos em junho, com certeza não era.

-Espera um pouco, meu cérebro ainda não conseguiu processar a informação. Isso é sério? - Suga perguntou tão confuso quanto eu.

-Eu tô dividido entre levar a sério e achar que é uma pegadinha de câmera escondida... - A fala de Jin me fez ter esperanças de que aquilo não passava de uma brincadeira.

Mas a resposta de Taehyung cortou minhas esperanças:

-Seria bem mais fácil se fosse uma brincadeira! - Sim, com isso eu concordava. Mais fácil pra mim, inclusive.

-Vocês são loucos! - me irritei com a situação. Eu queria ter mantido a calma e raciocinado antes de dizer qualquer coisa, eu não discordava de verdade daquele relacionamento. O problema era que me pareceu completamente imprudente e talvez já estivesse tarde de mais para pará-los.

- A que ponto vocês chegaram com isso? - perguntei ainda com esperanças de que aquilo tinha acabado de começar e podíamos facilmente cortar o problema antes que enraizasse.

-Erh.. Faz três meses que... - Jhope começou falando.

-Bem... Descobrimos isso durante a turnê. - Tae completou.

Três meses! Acho que já havia se tornado irreversível.

-Aquele dia, no Brasil.. O dia em que brigamos... Acabou nisso. - Hoseok continuou, falando pausadamente.

-Mas que merda. - todos me olharam assustados quando falei - Onde vocês estavam com a cabeça? - perguntei elevando um pouco a voz. (na verdade mais do que devia) - Em algum momento vocês pensaram nas consequências disso? Pensaram no grupo? Na carreira de vocês? - Continuei questionando sério num tom realmente irritado.

-Pensei. Pensei muito em todas essas coisas! Ou você acha que contei isso só hoje por que não confio em algum de vocês? Eu tava sim me preocupando com causar problemas pro grupo! Mas nunca foi minha intenção! - Hoseok respondeu olhando firme pra mim, elevando seu tom de voz até quase gritar. Ele então deu um impulso na mesa para se levantar, e saiu rapidamente indo em direção ao seu quarto.

Yoongi, assim como Jungkook, mantiveram a cara quase enfiada na comida, acabando seu prato. Jin olhava para os outros sem saber muito o que fazer.  Taehyung abaixou a cabeça na mesa, enfiando o rosto nos braços. Jimin se levantou e olhou pra mim bufando e negando com a cabeça.

-Não precisava de tudo isso! Eu pedi pra ir com calma. - ao dizer isso ele saiu da sala seguindo para o quarto.

Eu também me levantei, o cenho ainda franzido, indo para meu quarto. Chegando lá desabei na cama socando meu colchão. Que merda eu tinha feito! Perdi a calma e fui grosseiro. Não era o que eu queria, eu não estava com raiva deles de verdade. Eu estava preocupado. Foi um choque pra mim e como líder do grupo, tive medo de que isso alterasse alguma coisa no BTS, medo das consequências que poderiam ser geradas. Só que eu deixei minha preocupação se manifestar em forma de raiva... Eu achei que eles estariam ferrando tudo, mas quem ferrou tudo fui eu, e eu não tinha odeia de como concertar.


Notas Finais


:( :( :( (Nada a dizer)

Por favor não odeiem o Namjoon, ele está arrependido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...