História Our Son - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Hinata, Myodesigners, Naruto, Sasuhina, Sasuke
Visualizações 239
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como vão?

Capítulo 3 - Coração aberto


Fanfic / Fanfiction Our Son - Capítulo 3 - Coração aberto

×××

"Que tal sairmos para comermos esta tarde?" alguém disse ao telefone.

"Desculpe, Sasori-kun, mae eu prometi almoçar com meus amigos no escritório." recusa Hinata suavemente.

"Por que você sempre me rejeita Hinata?" Sasori diz em um tom de voz desapontado.

"D-desculpe Sasori-kun não é por mal, talvez da próxima vez."

"Sim, tudo bem. Eu não vou desistir de você, Hinata. Vejo você em breve!"

"Vejo você!" Hinata desligou o telefone.

Durante uma semana ou mais, Hinata recebiq mensagens ou um telefonema de Sasori, de uma saudação matinal até a hora de dormir. Hinata se sentiu desconfortável com toda a atenção de Sasori, mas Hinata não pôde deixar de responder pelo contrato.

Hinata também era autoconsciente, Akasuna Sasori era uma pessoa famosa cuja posição quase correspondia à família Uchiha que atualmente domina o mundo dos negócios no Japão. Hinata não poderia estar ligada a Sasori, porque ela já tinha um filho sem pai.

Sasori é um homem bom, bonito e rico que pode ter uma mulher muito melhor do que ela que é apenas uma funcionária comum.

"Hinata!" exclamou Ino sorrindo enquanto segurava a Hyuuga.

"O que é Ino?" Hinata olhou sua melhor amiga que era um pouco mais ativa do que as pessoas normais.

"Você foi convocada para a sala de reuniões."

"P-por que fui chamada?"

"Ouvi dizer que você receberá uma recompensa por fazer com sucesso Sasori Akasuna assinar um contrato de cooperação com a nossa empresa." Ino parece orgulhosa de sua melhor amiga, ela realmente entende o quão difícil é domar a dureza de Sasori quando solicitado a trabalhar em conjunto.

"Isso é graças ao Naruto-san, eu não fiz nada." Hinata disse, olhando-a com vergonha, sem saber o que responder a Ino, porque ela não fez nada naquele momento.

"Eu não entendo o que você fez lá, o importante é que você conseguiu Hina. Então parabéns!" Ino disse alegremente.

Hinata entra na sala de reuniões em passos silenciosos, ela não quer nenhum presente da empresa. Hinata só queria se afastar imediatamente da sala de reuniões, porque talvez haja a presença de Uchiha Sasuke.

Uma secretária abre a porta e diz a Hinata para entrar na sala.

"Naruto-san, ela chegou." ela diz para Naruto que agora sorria largamente para Sasuke.

"Aqui está Uchiha-san, a nossa funcionária que fez Akasuna Sasori-san assinar facilmente um contrato de cooperação, seu nome é Hyuuga Hinata." Naruto apresenta Hinata a equipe e também a Sasuke orgulhosamente.

Sasuke que estava originalmente inclinado em seu assento macio imediatamente se endireitou. Seus olhos se arregalaram ao ver a mulher de olhos cor de lavanda que acabara de entrar na sala.

"Tudo bem." O famoso Sasuke pedra de gelo agora estava visivelmente nervoso pela mulher em sua frente, "Todo mundo pode se retirar agora, eu e ela vamos conversar a sós!"

Todos os residentes da sala de reunião se entreolharam porque ficaram confusos com as súbitas ordens de Sasuke, mas as seguiram obedientemente, afastando-se da sala de reuniões.

"Hyuuga Hinata, venha para a minha sala agora!" Sasuke puxou o braço de Hinata em direção ao elevador para a sua sala solitária no 24º andar. O escritório era cinza e preto, com pinturas abstratas agarradas à parede.

Sasuke conseguiu empurrar a assustada Hinata para sua sala, fazendo sua secretária em silêncio em sua mesa franzir a testa em surpresa, depois que a porta foi fechada, Sasuke imediatamente abraçou Hinata fortemente. Felizmente, a sala é à prova de som, assim a secretária não ouviria o conteúdo da conversa.

"C-com licença, Uchiha-san, por favor, me solte! Eu não posso respirar." Hinata tentou se soltar dos braços de Sasuke, mas o Uchiha não pretendia soltá-la.

"Onde você esteve, Hime? Estou procurando por você há muito tempo."

"Por favor, me solte, Uchiha-san!" Hinata ainda está tentando se libertar dos braços de Sasuke. Finalmente o homem tirou seus braços, agora suas mãos seguravam o rosto da Hyuuga para que eles pudessem olhar um ao outro.

"Você acha que eu vou deixar você ir depois de quase quatro anos procurando por você em todos os lugares, Hinata?" Sasuke olhava ansiosamente para o belo rosto daquela mulher. Não havia mudado, o rosto maternal que sempre acalmava seu coração.

"Uchiha-san.."

"Você sabia? Eu e sua família estávamos procurando por você constantemente todo esse tempo."

"Você pode estar errado, Uchiha-san."

"Pare de fingir. Seus olhos não podem me enganar." Hinata abaixou a cabeça evitando o olhar aguçado de Sasuke. "Eu sinto tanto a sua falta, Hinata." 

Sasuke estava prestes a beijá-la, mas Hinata empurrou Sasuke com todas as suas forças até que todo o contato físico com o Uchiha fosse liberado.

Hinata não podia negar, que ela realmente sentia falta da figura agora em sua frente, mas seu ódio por Sasuke era maior do que o desejo dela.

"Nós não temos nenhum relacionamento, Sasuke."

"Você é minha Hinata. E meu—"

"Meu filho? Ele cresceu muito bem." Hinata disse enquanto colocava as mãos no peito. Seus olhos começaram a arder. Não, ela não iria chorar agora.

"Você quer dizer nosso filho ou—" Sasuke questionou sem pensar.

"Você acha que eu fugi com outro homem? Claro que você é—" Hinata desviou os olhos em descrença com as palavras duvidosas de Sasuke.

"Onde está meu filho agora Hinata?" Sasuke cortou as palavras da mulher enquanto olhava em seus olhos, seu desejo pela bela figura em sua frente o dominava, mas ele tinha que segurar o mais forte que podia para que Hinata pudesse falar com ele.

"Por que você se importa Sasuke? Você e sua família não o querem, certo? Ele não é seu filho, ele é meu." Finalmente as lágrimas que Hinata tanto segurava caía por suas bochechas brancas.

"Eu quero ele também.."

"Se você quer um filho, peça a Haruno. Sua família ficará feliz e aceitará de bom grado Sasuke!"

"Eu nunca tive nada com ela Hinata, ela era apenas meu acesso por causa da sua gravidez naquela época que me deixou confuso.

"Então você culpa minha gravidez? Você prometeu ser responsável, mas ao invés disso você estava com outra quando eu estava grávida de seu filho, quando eu realmente precisei de você!" o ódio que Hinata tinha coberto finalmente saiu.

"Sakura apenas me ouvia desabafar sobre você quando eu estava bêbado, ela é obsessiva, agora ela me chantagei—"

"Eu não me importo mais com você Sasuke. Agora eu tenho uma nova vida com meu filho. Não se meta mais na minha vida!"

"Ouça-me! Ele também é meu filho, o sangue Uchiha flui nele. Eu tenho o direito de saber onde ele está agora, e como as coisas estão. E nós podemos ficar juntos novamente."

"Yato é minha vida. Eu não quero compartilhar com os outros." Hinata começou a conter um sopro de suas lágrimas. Ele pegou um lenço no bolso de trás do blazer roxo e as enxugou.

"Então o nome é Yato?" Sasuke sorriu como se tivesse um pouco de esclarecimento sobre o paradeiro de seu filho, embora limitado apenas pelo nome.

"Com licença, Uchiha-san."

Hinata deixou Sasuke sem olhar em seus olhos escuros novamente. Sua secretária, sentada em sua mesa, viu o rosto de Hinata molhado em lágrimas. Hinata sorriu fracamente para a mulher. E um sorriso de simpatia foi respondido pela mesma. Talvez para ela não era estranho ver pessoas chorando ao sair da sala presidencial.

Sasuke estava apenas em silêncio digerindo toda essa realidade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...