1. Spirit Fanfics >
  2. Our story. >
  3. Capítulo 6

História Our story. - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Our story. - Capítulo 6 - Capítulo 6

Quando acordo, já passava do horário de almoço, Michael se encontrava dormindo ainda, estava de bruço com seus cabelos caídos em seu rosto, meu coração se acelera de lembrar de como foi nossa noite.

Eu estava tão feliz, mais ao mesmo tempo tão preocupada, eu não queria perder nossa amizade, a anos que sou apaixonada por ele, porém nunca dei algum sinal disso por respeitar ele e nossa amizade.

E agora? O que eu faço? Como será tudo daqui para frente?

Com essas perguntas na cabeça que me levanto da cama devagar e vou para o banheiro, faço minhas higienes pessoais enquanto deixo a banheira encher.

Quando ela esta cheia, jogo meus sais de banho e entro nela,me aconchego naquela agua quentinha, com um cheirinho doce que eu amava.

Fecho meus olhos e volto a pensar na melhor noite da minha vida.

Só com os pensamentos todo meu corpo se arrepia, e automaticamente uma mão vai para meu saio e a outra para o meio de minhas pernas.

Eu começo a me tocar com os olhos fechados pensando em tudo, solto um leve gemido, imediatamente tapo minha boca e continuo a me tocar.

Mais derepente sinto uma mão destapar minha boca, abro meus olhos e vejo Michael, agachado ao meu lado, paro de me tocar e fico toda vermelha de vergonha,mas ele sorri e fala.

_ Não pare.. Eu quero ver você se tocar..

Falando isso ele beija minha boca com urgência, me fazendo gemer em seus lábios, sendo assim volto a me tocar enquanto o beijo.

Fico assim até não aguentar mais e me contorcer de desejo, gemendo ainda com minha boca na sua.

Conforme vou me acalmando, vou desacelerando o beijo, terminando ele com selinhos.

_ Bom dia meu amor.

Michael diz encostando sua testa na minha.

_ Bom dia Michael..

Falo ainda com vergonha do que eu tinha acabado de fazer.

_ O que te estava pensando quando começou a se tocar?

_ Em nos dois, ontem..

Falo fechando meus olhos e dando um leve sorriso.

Michael começa a me beijar de novo, e começa a entrar na banheira junto comigo, abro minhas pernas e ele senta no meio delas.

Seguro seu rosto com minhas mãos e volto a beijá-lo, eu estava morrendo de desejo por ele,e percebi que ele estava o mesmo por mim, pois seu membro estava duro.

Desci uma de minhas mãos e comecei a masturba-lo devagar, ele então me puxa pela cintura me fazendo sentar em seu colo,solto um gritinho com aquele movimento inesperado, ele segura minha cintura com força, e começo a rebolar em seu colo.

Aos poucos vai descendo seus lábios pelo meu pescoço, até chegar em meu seio, ele pega eles e aperta, beijando e sugando cada um me fazendo levar meu peito a seu encontro, me deliciando com aqueles beijos deliciosos e macios.

Eu já não aguentava mais esperar, precisava sentir ele todo dentro de mim, então me levanto e coloco seu membro na entrada de minha vagina, vou descendo lentamente, para me acostumar com seu tamanho.

Já com ele todo dentro de mim, começo a fazer movimentos de sobe e desce devagar, enquanto ele estava dando atenção aos meus seios.

E minutos depois me desmancho em seu colo, e ele vem logo atrás de mim, beijando meus lábios e meu pescoço, segurando forte minha cintura.

Apoio minha cabeça em seu ombro para recuperar meu fôlego.

Quando estavamos recuperados, levantamos com calma e tomamos um banho.

Eu continuava encantada com ele, já tinha visto ele se cueca muitas vezes, mais totalmente nu não, e eu não parava de admirar sua beleza, aquela pele clara, magro e alto, ele era extremamente lindo e saber que eu tinha ele ali comigo me deixava radiante.

Me desperto dos meus pensamentos e saio do chuveiro, me troco e Michael vem atrás com um roupão.

_ Vou no meu quarto me vestir.

Ele diz, depositando um beijo em meu pescoço e sai pela porta.

Visto um vestido de alcinha com o pano bem leve e desço para cozinha.

Quando chego e encontro Nanny arrumando a mesa do almoço.

_ Bom dia Nanny.

Digo abraçando ela e beijando seu rosto.

_ Boa tarde minha menina, isso são horas?

_ Desculpe é que fomos dormir tarde ontem.

_Eu imaginei, maia vai logo se sentar que vou colocar o almoço para vocês.

_ Obrigada Nanny.

Falo enquanto me dirijo para a mesa, sentando.

Nanny vem com uma panela na mão e coloca na mesa.

_ Nanny, Michael se declarou ontem.

_ É sério menina?

_ Sim, ontem eu estava com o pensamento de ir embora sabe, estava cansada de amar ele e não ser correspondida, mais quando sair do banho ele estava lá no quarto me esperando, como de costume achei que ele iria lá desabafar comigo, mais me enganei.

_ Menina, eu te disse que um dia ele iria se dar conta que não poderia viver sem você.

_ Ai Nanny você sabe o quanto desejei esse momento.

_ Eu sei meu anjo, eu sei, e agora você esta aqui realizando um sonho, eu fico tão feliz por vocês, achei que meu menino não iria se dar conta.

_ Se dar conta do que Sra Nanny?

E derepente Michael aparece na cozinha, vestindo uma calça preta e uma blusa branca, descalço e com os cabelos molhados, eu suspiro só de olhar para tanta beleza.

_ E Lya é o amor da sua vida menino e o quanto ela é apaixonada por você.

_ E você já sabia disso?

_ É claro, Lya não sai, não conhece ninguém, eu sou a única amiga dela por aqui kkkkkk

_ Eu me sinto mal por você não ter mais ninguém do seu lado Lya.

Ele fala sentando ao meu lado.

_ E fui um tolo de ter demorado tanto tempo para descobrir meus sentimentos por você e o seus por mim.

_ Minhas crianças o que importa agora é que vocês estão juntos.

Olhamos para Nanny e os dois sorri para ela, ela retribui e passa as mãos em nossas cabeças, como se fossemos duas crianças como ela mesmo chama.

Em seguida ela volta para cozinha pega as outras panelas e leva até a mesa, porém antes de sair ela avisa.

_ E vocês precisam ver uma nova casa, sei que não vão querer voltar para Neverland, e ninguém merece elevador viu, aquele negócio é horrível.

Damos risada do que ela tinha acabado de falar, pois tínhamos esquecido que ela tinha pavor de elevador.

_ Hoje vamos visitar algumas casas, encontrei duas e um ótimo bairro, o Michael só precisa avaliar, já estou com as chaves delas.

_ Que bom, assim fico mais tranquila, agora vou me retirar, como os pombinhos demoraram a descer, eu já almocei, e vou descansar, almoçam e vão ver as casas, deixei o jantar preparado no forno meus amores.

Nanny vem até nos, beija nossos rostos e sai pela porta.

Eu e Michael conversamos e comemos.

Terminando, ele me ajuda a retirar tudo da mesa, e lavo as louças que sujamos, Nanny sabia que eu não gostava de ver ela o tempo todo ali se matando em arrumar as coisas, então quando Michael esta em casa, ela faz a comida e eu ajudo com os outros afazeres da casa, assim ela pode ir descansar mais cedo e Michael e eu podemos ficar sozinhos.

Assim nos dois poderiamos fazer coisas juntos, que ele não faria com Nanny aqui porque ela não deixaria.

Finalizado os serviços, subimos para o quarto, pego as chaves das casas e do carro, e vamos para os endereços. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...