1. Spirit Fanfics >
  2. Our Sweet Secret (minsung) >
  3. .ninguém resiste à kim seungmin!

História Our Sweet Secret (minsung) - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


oi, gente! como vocês estão? bom, eu queria avisar vocês que minhas aulas ead começaram e as presenciais vão começar semana que vem, e como eu tô numa escola nova que foi bem difícil de entrar, eu quero me dedicar bastante, então eu não sei quando vai sair o próximo capítulo, espero que entendam.


o cap de hoje é bem menor que o normal justamente porque eu não queria ficar novamente um mês sem atualizar, mas ele é bem importante pra dar continuidade à fic, amantes de seungin, esse aqui é pra vocês!!! enfim, tomara que gostem do cap e não desistam de mim, por favor!!!

Capítulo 22 - .ninguém resiste à kim seungmin!


                                  [pov Jeongin]  

Assim que eu me sentei ao lado do Seungmin Hyung, a mesa voltou ficar em um silêncio constrangedor, e o Hyunjin continuava em pé, sem saber o que fazer.

O negócio é que eu já tô' de saco cheio do Hyunjin, eu o amo, mas não o suporto mais, antes eu tinha que lidar com ele falando do Minho vinte e quatro horas por dia, agora, mesmo que ele esteja namorando comigo, ele só fala sobre o Chan! Ele nunca pensa em mim ou em nós, é sempre no Chan Hyung.

É Chan isso, Chan aquilo.

Ele não percebe que isso me machuca. Ele me trata como se eu fosse um mero amigo dele, acha que as coisas que ele fala não me magoam. Mas ouvir toda aquela baboseira de "O Chris Hyung é tão fofo!" me destruiu em pedacinhos.

O pior é que não foi por falta de aviso, o universo inteiro apontava o dedo na minha cara dizendo "Não, Jeongin, ele não te ama" mas eu preferi ignorar e continuar tentando, mas não vai rolar, porque o Hyunjin nunca vai me ver mais do que um amigo, um irmãozinho, e tudo o que ele fez até agora, como me pedir em namoro, me dar uma chance de fazê-lo esquecer o Minho e afins, foi por puro desespero, por medo de perder o único amigo que ainda não havia o abandonado, e como ele sabia sobre meus sentimentos, resolveu se aproveitar.

Longe de mim achar que ele fez aquilo por maldade, mas mesmo assim me magoou, ele brincou comigo, brincou com meus sentimentos, me fez ter esperanças de que um dia ele poderia me amar assim como eu amo ele. As coisas poderiam ter se resolvido de outra forma, não precisava tocar onde dói em mim.

Ele ao menos esconde o claro interesse que ainda tem no Minho e, possivelmente, agora no Chan, eu já devo estar com fama de corno na escola inteira! E não seria pra menos, eu não duvido que o Hyunjin e o Chan já tenham dado pelo menos um selinho um no outro.

Vindo do Hyunjin, eu não duvido de mais nada.

O que me fez acordar pra vida de verdade foi o jeito que o Seungmin vem me tratando nos últimos dias, ele ignora minha presença e não troca uma palavra comigo e eu sei que isso aconteceu porque eu fiz alguma coisa errada. Seungmin Hyung é meu conselheiro, sem ele eu não sei o que fazer, mas foi justamente ficar longe dele que me fez perceber que talvez o Hyunjin não merecesse o meu amor, não dessa forma.

Depois de toda aquela gritaria e de eu botar pra fora (mais uma vez) o que eu estava sentindo, ouvir as palavras do Hyung, dizendo que eu "havia feito bem" e sorrindo pra mim, foi como se um peso saísse das minhas costas, era como se eu estivesse, finalmente dando um passo a mais na "jornada" que seria superar Hwang Hyunjin.

ーCerto... O que foi isso?ー Quebrando o silêncio constrangedor que ainda pairava sobre a mesa, Felix se pronunciou.

Eu sabia que, não só ele, como todos os outros ali, iriam me fazer várias perguntas, perguntas essas que eu não estou nem um pouco afim de responder. Então eu decidi me levantar e sair, eu não queria chorar, nem sentia vontade de o fazer, apenas queria sair dali e pensar um pouco em tudo o que acabou de acontecer.

ーVejo vocês depois.ー Me despedi em um tom baixo ao notar que muitos alunos ainda olhavam pra mim. Levantei da mesa e fui andando em passos apressados para fora do refeitório.

ーJeongin! Espera, eu vou com você!ー Ouvi a voz do Minnie Hyung atrás de mim, mas não parei de andar, apenas diminui meus passos para que ele pudesse me alcançar.ー Você está bem?

Sorri fraco ao notar a preocupação dele, continuei andando com ele ao meu lado, até chegar no jardim da escola, lugar muito bem conhecido por mim.

ーEstou, Hyung. Eu já esperava que isso acontecesse.ー Respondi ao me sentar na grama, debaixo de uma árvore.ー Estou um pouco magoado, admito, mas nada pior do que já senti antes.

Eu de fato não estava tão magoado quanto achei que estaria, eu já havia percebido o comportamento do Hyunjin a muito tempo, percebia que ele não ficava tão confortável comigo quanto ele fica com o Chan Hyung e eu não o culpo. A culpa foi minha por achar que ele poderia me amar.

Eu estava mais decepcionado do que magoado, na verdade. Querendo ou não, Hyunjin era meu melhor amigo e, mesmo não sendo por maldade, ele me usou. Sei que ele me pediu em namoro porque estava com medo, mas isso não dá a ele o direito de usar meus sentimentos apenas para o próprio bem dele.

ーAo menos você percebeu que ele não te faz bem.ー Seungmin respondeu calmo, sentando ao meu lado.

Suspirei, encostando minha cabeça em seu ombro, sentindo sua mão fazer carinho nos meus cabelos.

Por mais que eu quisesse muito conversar com o Hyung sobre o que acabara de acontecer, minha maior vontade era perguntar por quê ele ficou tanto tempo sem falar comigo.

ーVocê ainda está bravo comigo, Hyung?ー Perguntei baixo, aproveitando o cafuné gostoso que eu estava recebendo.

Percebi que ele hesitou um pouco antes de responder.ー Não mais. Você me magoou, Jeongin.

Fiquei triste ao ouvir aquilo, minha intenção nunca foi magoar o meu Hyung, eu só estava cego de amor. Seungminnie Hyung é uma das pessoas mais importantes na minha vida, não quero fazer mal a ele de jeito nenhum.

Mas nessa história toda, difícil é alguém não se magoar.

ーQuem não se magoou, Hyung?ー Ri sem humor.ー Acho que Felix e Changbin são os únicos bem resolvidos aqui.

E eram mesmo, os Changlix são os únicos que tem a vida amorosa estável.

ーEu também sou bem resolvido.ー O olhei confuso, o que ele queria dizer com aquilo?ー Eu sei o que eu quero pra mim, Jeongin, minha pessoa apenas não retribui meus sentimentos.

Seungmin Hyung já tem uma pessoa? Por que ele nunca me contou sobre ela?

E por que eu me sinto estranhamente triste em saber disso?

ーEla deve ser bem burra pra não retribuir seus sentimentos, você é uma pessoa incrível, Hyung...ー Sorri triste, imaginando o quão sortuda essa pessoa é por ter o coração do Minnie Hyung.

Eu queria ter me apaixonado por ele ao invés do Hyunjin.

Fiquei confuso ao ouvir a risada dele, ele parecia se divertir com algo. Ele estava rindo de mim?

ーEstá rindo de quê, Hyung?ー Perguntei olhando para ele, sorrindo apenas por vê-lo rir.

Seungmin Hyung é minha dose de serotonina.

ーDe você, seu cabeça oca!ー Fiz um biquinho emburrado, ofendido.ー Como pode você tirar dez em todas as provas mas ser lerdo desse jeito, Jeongin?

Ele continuava rindo e isso estava começando a me irritar. Posso ser meio lesadinho, mas pra que ofender?

ーPor que essas ofensas gratuitas agora, Hyung? Eu hein.ー Me afastei dele, cruzando meus braços na altura do peito, quase sorrindo ao ouvi-lo gargalhar.

Eu sou uma piada pra ele, mas isso não me incomoda, gosto de ouvir a risada dele.

ーPorque você burro!ー Ele parou de rir, mas continuou sorrindo, segurou uma de minhas mãos e antes que eu pudesse reclamar por causa de mais uma ofensa, ele voltou a falar.ー Você ficou tanto tempo prestando atenção no Hyunjin, que não notou algo que estava acontecendo bem debaixo do seu narizinho.

Nem consegui ficar bravo com ele, fiquei mais confuso com as coisas que ele disse. Como assim perceber algo que aconteceu debaixo do meu nariz? Sempre achei que estava a par de tudo o que acontecia ao meu redor, eu sou muito bom em perceber as coisas.

Pelo jeito nem tanto.

ーComo assim, Hyung? O que aconteceu?ー Perguntei totalmente confuso e perdido.

ーJeongin.ー Ele deu uma pausa antes de continuar.ー Você é a minha pessoa.

Arregalei meus olhos, totalmente em choque.

Tipo

Que?

Eu sei que o Minnie Hyung tem um carinho enorme por mim, ele me trata como se eu fosse um neném, mas eu nunca pensei que esse carinho todo fosse paixão.

E agora eu percebo o quanto eu realmente sou lerdo.

ーHyung, eu... Eu não sei o que te dizer.ー Eu disse verdadeiramente perdido, eu fiquei sem saber o que fazer ou dizer, principalmente por estar confuso em relação ao que eu sinto por ele.

Confuso porque, veja bem, por mais que o Hyunjin seja extremamente babaca, eu ainda o amo. Mas o Seungmin Hyung... Ele é perfeito pra mim, sabe? É gentil, fofo, se importa comigo, cuida de mim e o mais importante, ele gosta de mim, de verdade.

E eu sei que se nós ficarmos juntos um dia, eu vou ser mais feliz do que eu jamais fui com o Hyunjin.

ーVocê não precisa dizer nada, bebê.ー Ele sorriu tranquilo, levando uma das mãos até minha bochecha, fazendo carinho.ー Você não precisa retribuir, eu sei que é difícil pra você. Mas por favor, me deixa cuidar de ti, Jeongin, me deixa te tratar da forma que o Hyunjin deveria ter te tratado.

Senti lágrimas atrapalharam minha visão, eu não estava triste, mas sim emocionado e feliz, Seungmin Hyung estava disposto a cuidar de mim, a me ajudar a superar o Hyunjin. E eu não cometeria o mesmo erro que ele, eu não brincaria com os sentimentos de uma pessoa que eu amo, eu vou cuidar do meu Hyung, assim como ele faz comigo e vou me apaixonar por ele, da forma certa.

ーEu quero que você cuide de mim, Hyung...ー Sorri em meio as lágrimas, envolvendo minhas mãos em seu pescoço e o abraçando, sentindo as mãos dele na minha cintura.ー Quero me apaixonar por você.

ーE você vai, Saeng, ninguém resiste aos encantos de Kim Seungmin!



Notas Finais


prometo pra vocês que vou tentar atualizar bem rapidinho, assim que a escola der uma relaxada.


e preparem o coração para os próximos capítulos.....


tchau! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...