1. Spirit Fanfics >
  2. Our Symphony >
  3. Por algum motivo

História Our Symphony - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eiei olha quem voltou a escrever para alegrar quarentena alheias. Terminei esse cap especialmente para vocês não ficarem tão entediados durante a quarentena(se é que alguém vai ler isso) então espero mesmo que gostem.
Provavelmente vou postar outro caps durante esses dias então por favor não desistam de mim.
Não se esqueçam de permanecer em casa e só sair quando for extremamente necessário.
Beijos e até o próximo.

Capítulo 2 - Por algum motivo


Fanfic / Fanfiction Our Symphony - Capítulo 2 - Por algum motivo

Por algum motivo 


 

       Definitivamente dor de cabeça e tontura era tudo que eu não esperava sentir essa manhã.

       Principalmente depois de ter sido, praticamente, forçado a ir para o encontro da minha antiga do turma do colegio noite passada. Não é como se eu não gostasse deles ou coisa do tipo, mas quando se é um idol e te convidam para ir a um karaokê, você meio que já sabe que vai te convidaram apenas para você cantar de graça para eles a noite toda e, se eles se lembrarem disso, para ganharem umas curtidas a mais no instagram postando vídeos exclusivos. Esse era o principal motivo para eu não querer ir para o encontro de ontem e minha vontade tinha ficado ainda menor depois que o Tae me arrastou para a tal festa e disse que eu tinha que me divertir como um jovem normal de vez em quando.

    Parando para pensar eu realmente fui arrastado para o encontro ontem.

    E talvez eu devesse agradecer ao Tae, o encontro aparentemente foi divertido, ainda mais se eu levar em conta o estado que me encontro agora e que não lembro de nada do que aconteceu depois de um certo ponto da noite. Abro meus olhos tentando deixar de lado todos os pensamentos que começam a surgir sobre ontem, eu estou deitado na minha cama no apartamento que divido com os meninos - o que é um bom sinal - e estou vestido com uma calça de moletom que definitivamente não é a que sai ontem, o que significa que provavelmente os meninos me trouxeram de volta para casa e cuidaram de mim.

    Me levanto devagar e me arrependendo de cada gota de álcool que bebi ontem, a única parte realmente boa disso tudo foi que não tive nenhum sonho essa noite, nem mesmo aquele sonho estranho que eu nunca consigo me lembrar do que aconteceu, mas consigo me lembrar de uma melodia que fica o dia inteira na minha cabeça e que eu nunca consigo reproduzir. Antes que eu consiga ficar de pé o Jin entra no meu quarto segurando um copo d'água e uma embalagem na mão. 

Estou surpreso que esteja acordado a essa hora Cookie- ele diz sorrindo e estendendo o copo e a embalagem, que agora vejo que é um remédio para ressaca- Do jeito que estava quando te buscamos ontem podia jurar que você não ia acordar até pelo menos a metade do dia.

Então foram vocês que me buscaram ontem?- pergunto antes de colocar o remédio na boca e tomar toda a água do copo- Como sabiam que tinham que ir me buscar?

Essa é uma questão realmente interessante…- O Jin começa a falar, mas é interrompido pelo Tae que entra no quarto batendo a porta com força.

Parece que cheguei na hora certa- Ele diz sentando do meu lado- É agora que você vai contar para a gente quem era a menina de ontem?  

Menina… de ontem?- Pergunto sem entender nada- Que menina de ontem?

Vai me dizer que você não lembra?- O Tae pergunta quase pulando em cima de mim- Como você pode não lembrar de alguém tão bonita como ela?

No estado que ele estava ontem eu não dúvido nada- O Jin parece quase desapontado ao falar isso- Mas você tem certeza que não sabe quem ela é? Ela disse que era amiga da representante ou algo assim.- Penso um pouco sobre quem poderia ser a tal da menina que eles falavam, até que um nome surgiu na minha mente.

amiga da representante…- falo baixo- Ah! pode ser a Hwayoung.- Falo um pouco mais alto e o Tae concorda com a cabeça.

Sim, faz sentido o nome dela ser esse*- Ele fala se deitando na cama- Faz muito sentido, mas aquela amiga dela também poderia ter esse nome, apesar de que ela estava tão bêbada que não teve como eu confirmar isso.- O Jin solta uma risada alta e se levanta da cama pegando o copo da minha mão e se dirigindo para a porta.

Cookie- Ele fala antes de sair do quarto- Caso você tenha se esquecido, você tem reunião com aquele produtor musical daqui a duas horas- Depois de dizer isso ele sai do quarto e eu resmungo sobre a reunião.

Sinceramente eu não tenho a minima ideia porque continuo insistindo em tentar lançar essa música, já faz meses que eu tento encontrar alguém que consiga criar a melodia que está na minha cabeça. Por mais que eu tente explicar como ela se parece, eu nunca consigo passar ela para o papel, ela sempre está na minha cabeça mas quando tento passá-la para o papel ela desaparece.

Talvez eu apenas desmarque essa reunião- falo depois de um tempo- Eu já estou cansado o suficiente, se eu for para essa reunião vou estar parecendo um zumbi para a tal reunião com o amigo do CEO

Bem não acho que esse produtor fosse conseguir a tal melodia que você tanto quer de qualquer forma- O Tae fala se deitando no meu lado- Como é que você define a tal melodia mesmo? Algo que começa suave e doce e que vai crescendo gradualmente até que o refrão é…

...Uma explosão de cores- completo a fala dele- Eu já sei o que você vai dizer, essa fala não parece nem um pouco com a descrição de uma música 

Ainda bem que você sabe, por que você fala uma explosão de cores e não de sentimentos? 

Eu juro que é exatamente assim que a música aparece na minha cabeça! No meu sonho eu sei que ouço-a perfeitamente, mas quando acordo tudo que consigo me lembrar são cores!

Isso é realmente incomum…- Ele se senta e se espreguiça- De qualquer forma eu acho que esse produtor não é o cara certo para você agora- Ele se levanta da cama- Eu dei uma olhada no trabalho dele e parece ser algo mais sexy.-suspiro e me jogo para trás caindo no conforto dos meus travesseiros- De qualquer forma boa sorte- Ele fala e ,por fim, sai do quarto.

Eu já sei que o produtor que eu tenho uma reunião hoje não é o certo para a melodia que tenho na cabeça agora, mas ele é um dos melhores e no momento minhas opções estão ficando cada vez mais limitadas. Eu já me encontrei com dezenas de produtores famosos e nenhum deles conseguiram chegar perto do que eu queria, se eu continuar nesse ritmo talvez eu tenha que procurar por produtores anônimos…

Talvez eu realmente não deva ir na reunião de hoje afinal.    

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  O prédio da Hangug-eo* beauty era uma enorme construção espelhada assim como tantas outras no centro de Seul, a única coisa que a diferenciava das demais era o nome da empresa escrito com a estilização que normalmente aparecia nos produtos e o cravo do lado. Pelo o que os meninos contaram essa era uma marca que não era muito famosa até um tempo atrás, aparentemente era uma empresa pequena pequena de Daegu que começou a ficar muito famosa uns anos atrás e agora está super famosa, eu lembro vagamente de alguns presentes que eles enviaram para a gente no início das nossas carreiras, sempre achei que fosse por sermos idols, mas agora percebo que era só por causa da amizade entre o Si-Hyuk e o CEO da empresa.

Então o CEO é um grande amigo do CEO da Hangug-eo beauty?- pergunto mais uma vez.

Ele não é exatamente amigo desse CEO- Fala o Namjoon- Ele era um grande amigo do CEO antigo, mas algum tipo de acidente aconteceu e o filho dele assumiu a empresa e esse é o atual CEO da Hangug-eo- ele completa.

Aparentemente vai ter alguma comemoração pelos 62 anos da empresa, provavelmente vamos fazer a propaganda do aniversário- Suga fala- Acho que não vamos gravar nada hoje, mas já imagino como vai ser exaustivo gravar esse single.

Veja pelo lado bom- O Jin se pronuncia- Vamos ser garotos propaganda de uma marca de beleza, vamos viver ganhando presentes para cuidar da aparência.

 Os meninos continuam conversando, mas não presto muita atenção no que eles falam e passo a prestar atenção em volta. Nós estamos na recepção agora, é um espaço enorme e cheio de funcionários andando apressados andando por aí com suas roupas formais, de vez em quando alguns deles olhavam para agente e esboçam caras surpresas, mas a maioria passa direto pela gente como se fossem programados para olharem apenas para frente.

Diga para ele resolver isso sozinho também!- Uma menina gritou na frente dos elevadores. Ela é totalmente diferente de todo mundo aqui, seus cabelos estão soltos e levemente bagunçados, suas roupas são despojadas, até mesmo seu modo de falar é totalmente informal e mesmo assim enquanto ela passa pelos funcionários todos se curvam em forma de respeito, mesmo que sejam claramente mais velhos que ela.

Sunhee-shi espere um pouco, nós podemos acertar as coisas…- Uma mulher mais velha, e mais formal, tenta seguir a menina mais para depois de perceber que a mesma já está saindo pela porta principal do prédio. A mulher suspira como se discuti com a menina tivesse sido a coisa mais cansativa que ela já fez na vida. Em alguns segundos ela se recompõe e olha para a gente como se tivéssemos chegado agora, logo ela começa a andar até a gente- SiHyuk sunbae é um prazer conhecê-lo- Ela fala se curvando respeitosamente- O Baek-Hyeon sunbae está esperando lá em cima.

Ela começa a nos guiar em direção ao elevador mas no meio do caminho algo me chama atenção. Escondido atrás de um vaso de plantas tem um crachá virado de cabeça para baixo, quando o pego vejo a foto da menina que acabou de sair e embaixo tem escrito Moon Sun-hee, 23 anos e o nome da empresa, ao que parece ela trabalha aqui. Por algum motivo guardo o crachá no bolso da jaqueta e, sem falar nada sobre o crachá, volto a acompanhar o grupo para dentro da empresa.


Notas Finais


*1=O Tae fez a mesma piada que a Sun-Hee fez com o nome da Hwayoung no primeiro cap, ele fez uma conexão entre o significado do nome dela (bela flor) e a aparência da mesma
*2= O nome da marca significa literalmente cravo (a flor) e eu espero que vocês guardem essa informação, vai ser importante em algum momento

Só para lembrar que nenhum fato ou acontecimento realmente aconteceu e todos acontecimentos são fictícios, inclusive as agendas dos meninos.
Para escrever esse cap eu escutei o novo álbum do Lauv e it’s time e mountains do LSD.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...