História Our Times Happy (Yoonmin) - Capítulo 4


Escrita por: e leticiaayoongi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais, Suga
Tags +18 Pelo Yaoi, Assassinato, Corredor Da Morte, Drogas, Horror, Suícidio, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 103
Palavras 450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu e Letícia conversarmos e decidimos que:
1- Ela irá postar as anotações azuis e eu os capítulos. Ambas irão corrigir se tiver algum erro na hora da postagem
2- Tentaremos postar atualizações todos os dias
Concordam?
Enfim
Boa leitura ^^
~Mãe do Day6

Capítulo 4 - Capítulo 02


Fanfic / Fanfiction Our Times Happy (Yoonmin) - Capítulo 4 - Capítulo 02

"Como é doído ver as lágrimas rolarem no rosto de um indivíduo que foi desprezado, maltratado ou abandonado à sua própria sorte."

Capítulo 02

Tia Chung Ha e eu éramos as ovelhas negras da família. Ou deveria dizer hereges? Ou degenerados seria mais apropriado? Havia uma diferença de quase trinta e cinco anos entre nós, mas éramos idênticos como irmãos gêmeos. Quando eu era criança minha mãe costumava dizer "Você age igualzinho à sua tia". Eu sabia que aquilo não era um elogio. Não importa o quão jovem você seja, sempre dá pra saber quando alguém gosta ou não gosta de uma pessoa pela forma como pronuncia o nome dela. Por que ela odiava minha tia, de quem costumava ser amiga? Será que eu odiava minha mãe porque ela odiava a tia com que me parecia, ou comecei a ficar parecido com a minha tia de propósito porque minha mãe odiava? Eu era teimoso demais e gostava de deixar as outras pessoas desconfortáveis. Gostava de insultar as expressões tranquilas daqueles que me deixavam completamente enjoado e costumava a cair na gargalhada e demonstrar pena pelos olhados chocados em seus rostos. Mas aquilo não era como nenhuma vitória. Era mais como uma ferida antiga e secreta, pronta para cuspir sangue ao menor toque, o tipo de ferimento que sangraria a qualquer momento, mesmo que não houvesse dor. Em outras palavras, estava mais para desespero. Mas tia Chung Ha e eu também éramos diferentes de várias maneiras. Ela rezava muito mais do que eu pela nossa família, e nunca tirou vantagem material deles.

Já eu, sendo bem sincero, era um desastre. Vivia para mim mesmo, arrastava os outros para os meus problemas em nome do amor e da amizade, não por causa deles, mas por mim. Eu era um egoísta. Cego para o fato de que havia me perdido e me tornado um escravo dos sentidos, ataquei as muralhas da minha sólida família. Ficava fora a noite inteira bebendo, cantando e dançando. Não percebia que esse estilo de vida superficial estava me destruindo sistematicamente, e, mesmo se tivesse percebido, não teria parado. Eu queria me destruir. Só me sentia satisfeito se a galáxia inteira girasse a minha volta. Ficava bêbado e chutava portas fechadas, sem saber quem eu era ou o que eu queria. Nunca cheguei a dizer isto em voz alta, mas, se alguém tivesse colocado um estetoscópio em meu peito naquela época, provavelmente teria ouvido: "Por que a Terra não pode girar ao meu redor? Por que você não está disponível quando me sinto sozinho? Por que coisas boas continuam acontecendo àqueles que odeio? Por que o mundo continua me irritando e se recusando a me dar uma mísera migalha de felicidade?


Notas Finais


A partir da 3 anotação azul, começará a brisa, então podemos considerar esse início como uma prévia por assim dizer
Não desistam de nois ;u;
Comentem o que acharam
Críticas ou elogios, aceitamos de tudo
Vamos interagir o máximo com vocês, okay? Até a próxima♡
~Mãe do Day6


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...