História Our Vacations - Moon Taeil (NCT) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Personagens Originais, Taeil
Tags Moon Taeil, Nct
Visualizações 37
Palavras 1.456
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Fluffy, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é minha primeira oneshot gente, espero que gostem.

Tia D. 😚

Capítulo 1 - ONESHOT


~ POVs (S/N) On ~


            – Eu não poderia estar mais feliz, já que é o nosso segundo aniversário de casamento 'My Moon'light' - bati algumas palminhas sem fazer muito barulho -... E não poderia ser melhor do que ir para terra dos meus sonhos, China... - me encostei no banco, colocando minha mochila sobre as pernas -... Se superou com essa surpresa pra mim Bae.  Falei desligando meu celular e guardando na mochila e virei dando um selinho rápido em Taeil.

  – Você sabe bem que eu faria qualquer quer coisa por você, só para te ver feliz. Taeil disse sonolento e colocando uma das mão sobre minha coxa e beijando o topo de minha cabeça, ele parecia cansado.

  – Mas... Mas eu não acho isso certo Taeil.  Olha só pra você, você vai ter só essas duas semanas de "férias" do trabalho e precisa descansar — Suspirei —... Sem contar que o concerto que você fez ontem terminou tarde e quando chegou em casa você só tomou banho e começou a resolver coisas do seu trabalho e não comeu, nem chegou a dormir nem meia hora essa noite Moon'light - tentei falar mais devagar e mais baixo -... Eu sei que você sabe que desde quando eu era criança eu queria visitar, mas a gente poderia só ter feito um jantarzinho em casa e depois ir animando as coisas. Falei fazendo uma expressão um tanto maliciosa, mas ainda sim, preocupada vendo sua carinha de sono, Taeil somente sorriu de lado e apertou de leve minha coxa.

    Ele se aconchegou no acento e em menos de dois minutos ele já estava dormindo. Peguei o celular em sua mão para guardar, mas senti algumas vibrações em minha mão. 

    Meio que me sinto mal sempre ficar fiscalizando o que Taeil faz, mas do jeito que ele anda estranho ultimamente eu realmente não consigo controlar meu ciúme/curiosidade. Liguei o ecrã vendo algumas mensagens de uma tal de *Insane Girl*, senti algo se contorcer dentro de mim e olhei para com reprovação para Taeil mesmo sabendo que ele já estava dormindo.

~~~×~~~×Message On×~~~×~~~×


* Insane Girl *

"Oppa, já está vindo?"

"Não vejo a hora de vê-lo novamente, faz tanto tempo"

[FOTO]

"Estarei te esperando assim, já que sei adora me ver assim"

"Te vejo em breve"

" :3 xoxo "×

~~~~×~~~~×~~~~×~~~~×


          Eu realmente não posso acreditar nisso. Eu nem ao menos sei o que estou sentido, quero chorar, gritar e bater muito em Taeil até deixá-lo cheio de marcas, mas vou agir como se não houvesse nada até o momento certo, já que estamos em um avião....

    Percebi algo cair em meu braço e olhei pelo reflexo daquele maldito celular, sem ao menos perceber, eu estava chorando. Sequei meu rosto e coloquei o celular na mão de Taeil, como anteriormente estava.

    Peguei meus fones e meu celular, logo o ligando e conectando para escutar algo, talvez algo que não me faça chorar ou meter a mão na cara de Moon Taeil, que está bem ao meu lado dormindo.

~•~ Quebra de Tempo ~•~


         – Jagya, acorde. Escutei a voz de Taeil em meio a Move do Taemin, logo minha expressão mudou.

   – Obrigada por me acordar, Moon Taeil. Falei seca, sem olhá-lo direito e peguei minha mochila logo saindo do avião.

Desliguei a música sem paciência e avistei um café do outro lado do desembarque e resolvi tentar comprar algo para comer.

~ POVs (S/N) Off ~

~ POVs Taeil On ~


         Mas o que eu fiz agora? Ela ficou desse jeito por quê eu a acordei? Ou ela está naqueles dias? Ou falei algo errado?
  Moon Taeil seu imbeciu pense.

   – Ah o que será agora hein? — Senti meu celular vibrar em meu bolso e parei um minuto com todas aquelas malas.

   Peguei meu celular do bolso e vi aquela garota idiota me ligando de novo, espera pensei ter bloqueado, a atendi.


×~~~×~~~× Call On ×~~~×~~~×


"Mas que droga você quer garota? Já disse que não vai conseguir me ter, nem que eu me divorcie da minha mulher, qual seu problema?"


"Oppa sinto sua fal..."


"Sente o quê garota, nem te conheço, nem sei como conseguiu meu número, me deixa em paz"


"Diz que não está interessado, mas visualizou minha mensagem mais cedo, mesmo assim te espero"


×~~~~×~~~~×~~~~×~~~~×~~~~×



       Como aquela menina maldita que nem sei quem é conseguiu meu número?
         Olhei as mensagens e é realmente estavam lidas, estranho... eu nunca entro no que ela me manda.


   –... Espera... Ai meu Deus agora sei o que houve. Murmurei baixinho a bloqueando e denunciando seu número e qualquer coisa que existisse daquela louca.

   Continuei olhando ao redor tentando achar minha Sun'light (N/A: inventei esse apelidinho de trocadilhos pq acho fofinho demais), eu tenho que contar isso pra ela já faz três semana que essa infeliz me segue no meu trabalho e fica me ligando e mandando mensagens não aguento mais.

   Andei até o outro lado da área de desembarque com aquelas malas pesadas e vi Sun'light sentada em uma das mesas de um café, ela limpou os rosto como se estivesse secando lágrimas e começou a comer uma torta e abriu um pote de sorvete ao lado do prato, sei bem que ela só faz isso está brava ou magoada e sei bem que estou ferrado por não ter contado antes, me aproximei devagar e me sentei na cadeira a sua frente.

   – Você sabe o que me magoa, não sabe Moon Taeil? — Disse indiferente e sem me olhar e colocou mais uma colher de sorvete em sua boca, engolir em seco — Não sabe Taeil? — Ela me encarou nos olhos como uma tigre querendo pegar sua presa, somente assenti assustado — Hm que bom que sabe... No hotel conversamos direito, chame um táxi vou pagar a conta. Ele disse ainda seca e se levantando, levando o pote de sorvete junto.

   Depois de chamar um táxi e mais alguns minutos até o hotel Sun'light não respondeu nenhuma de minha perguntas, até depois de que chegamos ao quarto ele não me respondeu nem sequer olhou para mim.

    Depois de deixar todos nossos pertences na suíte do hotel, peguei somente minha carteira para comprar algo e aproveitei parar comorar mais dois potes de sorvete para Sun'light. Depois de entrar no elevador decidi orar até ‘O Pai Nosso’ e entrei no quarto respirando fundo, tentando me acalmar. 

    – Toma é seu sabor favorito. Falei entregando uma sacola com dois potes de sorvete médio de chocolate e uma colher de madeira e me sentei a sua frente na ponta da cama, ela somente pegou a sacola e começou a tomara o sorvete.

   – Só vai ficar me olhando comer? — Ela disse tentando controlar a voz para não deixar tão alto.

  Suspirei fundo e me ajeitei na cama e comecei a explicar como aquela garota começou a me encher o saco e até de como o meu manager tentou rastrear ela, mas dói sem sucesso. Expliquei que eu nunca a atendia ou lia suas mensagens para não aumentar a loucura da garota, ou sei lá o que seja. 

 Ficamos em silêncio nos encarando enquanto (s/n) terminava de tomar seu sorvete, com uma pontada de deboche no seu olhar.


Foi isso que aconteceu de verdade? Você sabe que mentiras e traições me magoa não sabe?... — Assenti chegando mais perto dela —... Por quê não me contou isso antes Moon'light?... Sabe... Eu pensei em muita coisa sabia? — Ela perguntou enxugando as lágrimas com a manga de seu moletom e tirei o pote, quase vazio, de sorvete de suas mãos colocando em cima de um criado-mudo e a abracei que retribuiu com força.

   – Sabe bem que eu nunca faria isso com você Sun'light, você é tudo o que amo e preciso... Se um dia passar pela minha cabeça outra mulher que não seja você ou da minha família, eu mesmo vou tratar de me dar uma surra bem dada. Eu disse a fazendo rir, mesmo com os olhinhos vermelhos e o rosto inchado ela é linda, eu amo essa mulher e não a trocaria por nada, afinal ela é mais valiosa do que milhares de jóias juntas e eu não sei o que faria se eu ficasse sem minha Princesa Sun.

   – Da próxima que esconder algo de mim, eu mesmo trato de matar. Ela disse séria olhando em meus olhos e geleia assentindo — Precisamos fazer algo que nunca mais fizemos. Ela disse manhosa e a puxei para meu colo, colocando uma mecha do seu cabelo para trás e a beijando, sentindo um forte gosto de chocolate nos seus lábios.

 Depois de todo aquele esclarecimento tivemos um ótimo fim de tarde aproveitando a resistência da cama, nos outros dias foi uma das melhores férias que já tivemos, com milhares de fotos e memórias preciosas pra nós dois.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...