1. Spirit Fanfics >
  2. Ousada Maria Madalena >
  3. Episódio I

História Ousada Maria Madalena - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Episódio I


Um alarme ensurdecedor me acorda. Mais um dia monótono está prestes a começar. Quando tento abrir os olhos em uma tentativa falha, sinto alguns pelos de meus cílios arracarem da minha pálpebra. 

-- Mas o quê?!

Nesse instante se escuta passos apressados pelo corredor. 

-- Mamãe? Socorroooo!

A porta imediatamente se abre e sinto mãos tocando meu rosto.

-- Filha, conjuntivite de novo querida? - Falou meu pai em um tom preocupado. 

-- Eu disse para ela ir ao Oftalmologista, mas adivinha? Ela só faz o que quer.

-- À mamãe, sermão agora não. E se eu tivesse adivinhado que isso iria acontecer eu já teria ido à muito tempo.

Falo jogando meu travesseiro em algum lugar do quarto. 

-- Bom, vocês se resolvam. Preciso ir agora.

-- Pai, cadê meu beijo?

-- Quando você for ao médico e estiver melhor, você vai ganhar quantos beijos quiser querida. Não quero ver você assim quando eu chegar hein. Até mais tarde, amo vocês. 

E assim ele se vai. 

-- Mamãe, me leva ao banheiro, não consigo enxerga nada.

 


*Quebra de tempo*



Já na porta do consultório, vejo através de meu óculos escuro minha mãe indo embora em seu Corolla. Me pergunto quando será que eu terei uma dádiva dessas, dirigir um carrão como esse. Empurro a pesada porta de vidro fumê, de longe vendo algumas funcionárias conversando entre si... Eu acho. A falta de foco já começa a incomodar e o pensamento surge na minha cabeça: "Será se vou ficar cega para sempre?" Até parece exagero, mas tudo pode acontecer né?...

Depois de fazer minha ficha com a "secretária plástica" me sentei na cadeira esperando minha vez, que não está tão longe, baseado na baixa quantidade de pessoas no ambiente.

Passados exatamente vinte minutos, vejo a secretária chamar pelo meu nome. Ela anda na minha frente e eu a sigo. Não passa despercebido os dois litros de silicone em cada nadéga dessa mulher. Deve ser maior do que a da Card B, credo. Paro de julgar a mulher em meus pensamentos e percebo minha vista ficar mais embaçada ainda. Ótimo!

-- Aguarde aqui o paciente sair, e entre em seguida. Aqui está sua ficha, entregue-a ao Doutor. Com licença. - Ela se vira em seus saltos e some pelo corredor. Com certeza sabe quem eu sou né, vadia?!

Eu aproveito em quanto não tem ninguém e amarro meu cadarço. Meu único erro foi ficar de bunda pra cima com meu vestidinho lilás. Antes de ter postura, a porta se abre de repente e em um pulo eu levanto.

"Mas que drogaaaaaa. Por Dior, que vergonha foi essa Maria Madalena?!"- O primeiro pensamento que surgiu.

Eu me viro pedindo a todas entidades existentes que esse médico não tenha visto nada, por que eu fui mais rápida. Mas, infelizmente, Deus não me quer mais no paraíso. 

De frente para o alto homem que me olha de cima a baixo, minha postura de moça indelinquente acaba de cair. Eu poderia pegar minha vergonha na cara, do chão com uma pá. Passa um vulto para oque eu acho ser o paciente, tomara por quê a última coisa que me falta é ver fantasmas. 

-- É minha vez agora?

Ele abre mais a porta me dando espaço para entrar. Eu passo e já vou logo me sentando, não quero me sentir tão exposta novamente. Eu o escuto fechando a porta, em seguida, escuto o estralo da fechadura. 

--Por quê trancou? - Pergunto no calor da tensão. 

Ele passa por mim e senta na cadeira do outro lado da mesa, ignorando minha pergunta completamente. Sem me responder, ele lê a ficha que estava comigo. Quando foi que eu entreguei?

-- Não parece ser algo muito grave. - A voz rouca do homem a minha frente me faz arrepiar.- Vou te passar um colírio e recomendo que você não passe maquiagem por um bom tempo.- Fala enquanto escreve alguma coisa que provavelmente eu não vou enxergar agora. - Você vai usar esse colírio, duas vezes ao dia, de seis em seis horas durante três dias. Vamos ver o que causou essa inflamação. 

Ele se levanta e vem até mim, tirando meu óculos. Ele pega meu queixo e o segura entre os dedos, olhando fixamente em meus olhos, por alguns intantes meus olhos focam e imediatamente  para em seus lábios. 




Continua...







Notas Finais


MARIA MADALENA: https://pin.it/5VhyVtP
GUILLERMO RIVERS: https://pin.it/3Q19Hfk

<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...