História Ousadia da minha parte? - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventureira, Jovem, Liberdade, Viajar
Visualizações 3
Palavras 836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Opaaa, mais um capítulo ai. Não tão comprido como o outro mas me esforcei muito para fazê-lo então espero que gostem e

Boa leitura!♡

Capítulo 2 - Uma amiga inesperada


Fanfic / Fanfiction Ousadia da minha parte? - Capítulo 2 - Uma amiga inesperada

Longo tempo depois, acordei com os sons irritantes da avenida a frente da minha casa que ecoava sons de buzina e xingamentos entre os motoristas.

Elevei minhas pálpebras lentamente, acostumando minhas pupílas á luz forte do Sol que rebatia com seus raios em minha janela acinzentada.

- Ah.. - Confusa e um pouco tonta, entortei meus braços para trás os esticando em forma de espreguiçar. Aos poucos enquanto eu me retirava do cobertor acolchoado que estava quente graças a temperatura de meu corpo, fui para fora da cama com a postura relaxada.

Meu hálito não era dos melhores e nem meu cabelo, que estava com a franja desarrumada e as pontas das enormes mechas estavam onduladas. Fui relutante até o banheiro, onde escovi meus dentes e fiz minhas necessidades matinais até ouvir o meu celular tocando. Como havia ninguém em casa, o atendi e era minha amiga Annabeth de novo.

- Então Chloe, o rolê vai ser as cinco beleza? - Assim que ela disse o horário eu vi no meu relógio que era já três horas.

- Ah, beleza então vou voar pro banho.

- 15:30 - Shopping Cubana -

- Desculpa pelo atr..- Na hora que olhei para a entrada do shopping estavam todos meus amigos do oitavo e nôno ano presentes e a Annabeth bem no meio com balões dourados de gás hélio com formato de 1 - 8.

Não me contive e gritei de alegria, saltando em direção a Annabeth a dei um abraço forte e sussurrei um obrigado que foi retribuído com um sorriso dela. Logo em seguida fui cumprimentando cada antigo amigo de escola que também me desejavam parabéns. Alguns me deram presentes em sacola de shopping e depois todos entramos felizes da vida no shopping como várias crianças.

Primeiro lugar que fomos foi ao cinema assistir um filme clássico de terror, quando encontramos Cammy, uma amiga minha antiga que conheci no sétimo ano até o nôno de uma estatura semelhante a minha, cabelo liso castanho e uma grande energia contida em sí, sempre com uma blusa amarrada na cintura como nos antigos tempos correu em minha direção.

Ela deve ter me reconhecido pelo cabelo grande de sempre e liso, e assim que ela chegou a minha frente ela pulou em cima de mim e eu a segurei na cintura. Mas como somos duas magras e eu sou meio estabanada, logo tombei para trás caindo ao chão com berros e gargalhadas.

Os meus amigos estavam na fila e Annabeth assim que viu Cammy deitada em cima de mim, correu imediatamente em nossa direção e saltou em cima, que me fez bufar por causa do peso.

- Na sala de cinema -

Lá estava nós três isoladas adentrando na porta do cinema enorme e brusca, nossos braços envolvidos com dois sacos enormes de pipoca cada uma, já que agora eu tinha pagado tudo. Os refris eu segurava com minhas mãos e minhas amigas também, parecíamos aqueles vendedores de circo que vende pipoca e refrigerante.

O resto da turma estava no fundo do cinema, com as propagandas passando ao telão. Em pouco tempo chegamos na fileira da galera onde estavam todos sentados conversando tranquilamente e relembrando o aniversário de Annabeth acontecido muito tempo atrás.

Um susto apavorou todos da sala (que só estavam presentes a minha turma), fazendo-os pularem das cadeiras, derrubando pipocas e alguns meninos e meninas ecoaram um grito agudo pela sala. Todos perceberam depois que isso aconteceu que era apenas o começo da introdução da FOX, fazendo uma gargalhada coletiva ecoar pela sala com as mais diferentes risadas.

Finalmente o filme começou e todos se calaram menos eu, Cammy e Annabeth, que a cada susto dávamos gritos e gargalhadas.

- 18:00 - Fora do Shopping - 

Na saída do shopping, eu, Cammy e Annabeth já tinhamos nos despedido dos outros e lá estávamos nós três. Ficamos conversando até surgir o assunto..

- Mas onde vocês vão fazer a faculdade? - Diz a Annabeth olhando para nós duas curiosa.

- Na verdade eu ainda não sei, mas temos que fazer a mesma faculdade. - Cammy disse animada, gesticulando sempre suas frases com mechidas de braço e expressões exageradas.

- É verdade, podemos até mesmo dividir aluguel para morar perto. Depois vemos isso, preciso ir logo para casa pois tenho dezoito anos mas também tenho cansaço. - Após eu falar, meu uber chegou e me despedi com um beijo na bochecha de cada amiga, entrando logo após no uber a caminho para casa.

A chuva reinava na cidade enquanto meu meio de transporte passava pelas poças profundas de água que ficavam a beira de esgotos. Gotas deslizavam suavemente pela janela enquanto o vidro abafado me dava possibilidades de produzir um desenho com o dedo. O barulho era acalmante, podia-se ouvir a chuva causando estragos com seus pingos chocando-se contra o metal do carro, barulhos de poças parecidas com choques de ondas do mar com a areia e do lado de fora eu observava as pessoas correndo com um livro na cabeça ou com guardas-chuvas pretos e coloridos. E nos pensamentos viajei enquanto estava indo para casa diante dessa situação bela e sonolenta.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Amanhã trarei outro capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...