História Out of Control - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Chester Bennington, Mike Shinoda
Tags Ariana Dawson, Mike Shinoda, Tretas
Visualizações 25
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente tudo bom? Espero que sim!
Desculpem a demora, mas estou meia sem tempo. Postando aqui mais cedo antes de ir para o trabalho. :3
Espero que gostem! Uma boa leitura!

Capítulo 34 - Frustrated


Capítulo 33 – Frustrated

 

 

Los Angeles, USA, Mike’s House – 06h10 a.m.

 

 

Mike Shinoda

 

I just want to die…

Mike Shinoda em fase de dead guy. Concordam? É, eu sim, admito, quero morrer.

Olhei o relógio digital em cima do criado mudo, marcava as 6h10 da manhã. Puta que pariu, eu devia estar louco para acordar a uma hora daquelas, mas a verdade é que eu não tinha sono. Levantei da cama e caminhei pelo quarto escuro em busca do banheiro, sem querer chutei a droga de uma coisa dura, não sei o que era, mas que doeu, doeu.

- Fuck! – Exclamei, dando uma rápida massagem no pé e bufei. Aquilo só serviu para acabar com o meu psicológico. Eu definitivamente havia acordado de um gênio horrível. Foi então que decidi correr um pouco na praia. Talvez isso me acalmasse. Hoje era dia de folga, por isso não tinha pressa.

Fiz minha higiene pessoal, me vesti, peguei as chaves de casa e corri até à praia que não ficava tão longe daqui. O treino estava indo normalmente, minha mente estava ocupada, porém quando terminei a corrida e decidi pegar uma bebida na barraquinha de praia que ficava lá no fundo, meu queixo quase caiu ao ver aquela pessoa de novo.

Usava uns shortinhos femininos para ir na academia, que por sua vez eram um tanto curtos, me permitindo ter uma bela visão de suas longas pernas bronzeadas. Os longos cabelos tricolores estavam presos no alto de sua cabeça como um coque. Ela estava linda, porém aquela beleza se transformou em algo horrível quando a vi sorrir para um homem que por acaso era… PUTA MERDA, É O CHESTER! MAS O QUE ELA ESTAVA FAZENDO COM O CHESTER?! E DESDE QUANDO OS DOIS FICARAM PRÓXIMOS?!

Traidor desgraçado! Eu quero te matar!

Você já quis matar seu melhor amigo ou amiga? Pois bem, é o que eu quero fazer nesse momento!

E ela lá, gargalhando de uma palhaçada qualquer! O que há de tão engraçado, hein?! Já todo mundo sabe que o Chester é o rei do sentido de humor, mas porra, eu mereço isso?

E foi então que decidi estragar a “festinha” dos dois. Corri até lá e interrompi a conversinha boba. Agi como uma pessoa normal, tentando parecer simpático e iniciei uma conversa amigável.

E o que aconteceu depois? Quatro palavras: “A Ariana me xingou”. Coisa que eu já esperava e o assunto era sempre o mesmo: “Josefine”. Aff, já estou cansado daquele negócio repetitivo, está até parecendo um DVD quebrado. Olhei para Chester e tentei me controlar o máximo que podia, para não fazer coisas que depois poderia me arrepender mais tarde. Voltei a olhar para a Ariana e vi como ela me olhava, queria beijá-la, mas as coisas não eram assim tão simples.

Quando ela enfatizou o nome do “Chester” com um sorriso malicioso, eu simplesmente senti a raiva cobrir todo meu corpo. Agora sim, eu iria quebrar a cara dele!

Calma aí, Shinoda! Fica quieto, você só vai receber o ódio da Ariana em troca!

 Hum… Eu sei, você está certa, mas eu não consigo me controlar!

Pense: Você sabe que ela está fazendo aquilo só para te provocar, não sabe?

Ué, até um certo ponto eu sei, e talvez você tem razão, eu não tenho que mostrar para ela que eu estou incomodado.

Quê?! Ela está segurando o braço dele! Quem ela pensa que é?! Eu vou surtar, eu vou surtar!

Isso estava indo longe demais! O que ela ia fazer? Levar o Brad e o Chester para casa e fazer um sexo a três? Ah, o Brad não tem culpa, eu sei que os dois são só amigos e eu acho que ela não o vê com outros olhos, assim que posso apagar o nome dele da minha lista negra. Mas o Chester?! Aquele veado me paga! O que ele tem que eu não tenho? Serão as tatuagens? Porra, eu posso tatuar meu corpo inteiro, até o membro se ela quiser!

Foda-se, mas eu estava morrendo de ciúmes, ah se estava!

- Faça a merda que você quiser! EU TÔ NEM AÍ!

MENTIROSO! É claro que você se importa! Eu não quero nem imaginar se aqueles dois ficarem sozinhos!

- Quem você pensa que é? Você acha que pode chegar aqui e dizer simplesmente “vamos conversar” como se nada fosse? Você é o culpado de eu estar agindo assim com você!

E lá estava ela de novo, jogando sal na ferida aberta. Eu já sei que eu era o culpado por eu ter concordado com aquela porra de plano. Droga, eu estava enlouquecendo com toda essa história.

O que eu fui fazer? O que se passou pela minha cabeça quando…

A Ariana fervilhava de raiva por minha culpa e eu sabia que não teria mais nada em troca a não ser isso. Foi sempre assim desde o começo e eu já deveria saber isso muito bem.

Mas eu não podia deixa-la ir assim desse jeito, eu não podia entrega-la para o Chester.

Eu já não via minha vida sem a Ariana. Ela era a minha heroína e era a droga que mantinha minha mente longe dos fantasmas do passado. Eu precisava dela, eu estava dependente dela. Porra, ao que eu cheguei. Eu estou agindo como um filho da puta obcecado.

- HEY! VOLTA AQUI ARIANA! – Gritei correndo atrás dela. – Não fuja de mim! A gente tem coisas para resolver! – Implorei, mas eu não sabia que eu estava cometendo um erro.

Foi quando ela parou rapidamente e praticamente voou até mim, depositando um forte soco no meu peito. AI ISSO DOEU!

- Eu odeio você! Você me diz um monte de merda e depois eu não tenho direito de ficar com raiva?! Porquê que você mente? Porquê?! – Ela gritava furiosa, tentando me socar, e eu segurei seus pulsos, impedindo-a de me socar. – Me solta, Michael! Eu não quero ter nada a ver com você!

- Não? E se eu largar tudo por você? – Perguntei firme, ainda segurando seus pulsos.

Olhei sério nos olhos dela e ela também me olhou. Sua respiração ficou acelerada e eu ficara nervoso, precisava uma resposta agora. Sabia que pertencíamos um ao outro e a prova disso foi que nossos lábios se uniram desesperadamente.

Minhas mãos soltaram os pulsos dela e apertaram o seu quadril. Me entreguei totalmente a ela, me perdendo no sabor de menta dos seus lábios.

Ela tremia, estava nervosa. Respirava ofegante contra mus lábios.

- Ariana… Eu… - Comecei logo após o beijo. – Quero você… para sempre… - Olhei nos seus olhos. Queria ser sincero.

Um sorriso leve surgiu nos lábios dela e eu voltei a devorar sua boca gostosa.

- ARIANA! VOCÊ VEM?! – A voz do Brad foi ouvida lá no fundo e ela parou o beijo, olhando para trás, fazendo um sinal com a mão para o Brad e depois me olhando de novo.

- Para com isso. – Ela se afastou do meu corpo. – Você está acabando comigo Michael! Eu sinto raiva, ódio, e sei lá mais o quê…

- Raiva? Ódio? – Perguntei confuso.

- Sim! Por você estar despertando sentimentos em mim que eu não quero sentir! Além do mais, eu não quero ser a terceira pessoa. Você e a Josefine estão juntos, por isso se concentre nela ok?

Senti a raiva me consumir de novo. Porra, eu não quero a Josefine! EU QUERO VOCÊ! Mas fiquei calado.

Eu precisava falar a verdade para a Ariana que sua irmã me chantageou, precisava contar para ela sobre o meu passado, sobre a Anna e sobre o Otis.

Agora que eu estava consciente do que sentia por ela e que ela também estava sentindo o mesmo, eu precisava arrumar um jeito de colocar tudo em ordem, mesmo que eu tenha que ir até o fim do mundo.

 

*****


Notas Finais


E aí, o que acharam? Mike e Ariana cada vez mais próximos! :3
O que será que vai acontecer?
Bom, por hoje é isso, em breve tem mais!
Um ótimo dia! <3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...