História Outbursts of "Life" - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Original, Pensamentos, Poesia, Vida
Visualizações 5
Palavras 410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, LGBT, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Foda-se


Cara, eu estou cansada em muitos sentidos.

 Eu costumava gostar mais de passar os dias na escola do q em período de férias em casa, enquanto mais longe da minha família tiver, melhor. Mas hoje em dia, eu só quero sumir. Depois de tudo, continuo na mesma merda.

N me sinto eu pq a maior parte do tempo eu tenho medo, medo da realidade. Cara, eu não aguento mais pensar q tudo isso pode acabar sem mais nem menos. Eu tenho muito medo do q vem depois da morte. 

Se não vier nada? Tudo o q passei foi nada? Puramente uma grande BOSTA ?

Eu n me sinto parte de nada, importante pra ninguém... Não como se eu não fosse importante pra alguém, eu não me sinto amada... nem por mim mesma.

Porra vei (minha cabeça vai explodir), olha esse pedaço de merda que sou. Cacete, mas que bosta. Eu não faço nada e sou uma medrosa pra caralho que insiste em precisar de carinho, atenção, cuidado.

O que eu tô fazendo? Nada importa, um dia eu vou morrer e tudo vai sumir com a porra do tempo. Se dissesse pra você que posso ter uma leve "lembrança" de quando não existia, acreditaria? Não, pq nem eu acredito... pode ser minha mente pregando peças? Não sei... Só sei que não quero dormir, tenho a porcaria do medo de nunca mais acordar. 

Eu me sinto tão desvalorizada e sozinha, sinto muito por você (certo alguém) se esforçar pra não deixar que eu me sinta assim... Sinto muito mesmo... Mas não pensei q não procurei ajuda sua (";^;"), eu enviei e você não me entendeu.

Sinto medo até quando vou fazer o vestibular e o Enem esse ano (q tb é um vestibular acho), me sinto nervosa... O pior é que tem que fazer essas provas, se não você vira um mendigo e morre de fome e frio, digo literalmente. Q vida miserável. Todo mundo vai morrer, pra quê colocar regras assim? É muito melhor todo mundo viver do jeito que quer e morrer feliz. 

Não aguento, já tentei... faz tempo que não  me corto, eu sinto falta... talvez eu quebre a promessa (Eu sinto muito mesmo por isso, mas é muito dificil me controlar, sério). Penso seriamente em suicídio, eu só quero que tudo pare... preciso de ajuda mas não consigo mais pedir socorro.

Sinto vergonha de mim mesma.

Eu não quero magoar ninguém, nem fazer Você se sentir insuficiente... sou eu que não presto, não é você.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...