História OUTLAW LOVE - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens D.O, Jeon Jeongguk (Jungkook), Tao
Visualizações 5
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, mais um capítulo, espero que gostem ... ❤

Capítulo 2 - I like you


Fanfic / Fanfiction OUTLAW LOVE - Capítulo 2 - I like you

"Você foi o meu primeiro amor 

O amor que eu me arrependo 

O amor que eu sou grato"

______________________________________

S/N: Fale Kyungsoo, o que ouve?

KS: Eu acho melhor irmos até lá fora, eu vou me sentir melhor para falar isso

S/N: Ah ... Tudo bem

Se dirigimos até o lado de fora da pensão onde estávamos 

S/N: Então Kyungsoo, o que você tinha pra me dizer?

KS: Sabe S/n desde que éramos crianças eu gosto de você, e talvez eu não quisesse aceitar gostar de uma mera mortal como você, mas eu acho que não vou mais suportar ver você e não poder beijar sua boca

S/N: Nossa Kyungsoo, eu também sempre gostei de você, mas eu pensei que você só gostasse de mim como uma irmã

KS: Não fale mais nada

(Ele me puxa para si e me beija)

Aquele beijo era tudo que eu precisava, eu mal podia acreditar que o amor que eu pensei ser impossível pra mim, fosse um amor real, e aquele beijo foi como chuva no meu deserto, e um sentimento novo em meu coração estava surgindo

Somos separados pela falta de ar

KS: Nossa isso foi melhor do que eu imaginei

S/N: Eu digo o mesmo

KS: Então você aceita namorar comigo ?

S/N: Siim

Olho para trás de vejo Bambam olhando para nós, surpreso pelo o que viu 

BB: Aaaah cara ... Eu sabia que vocês se gostavam, nossa que bonitinhos eles

KS: Ah ... moleque cala a boca

(Kyungsoo saí correndo atrás de Bambam pela rua)

___________________________________

Enquanto isso em Daegu

Oii ... Meu nome é Jungkook tenho 21 anos e vivo em Daegu, eu sou da policia militar e em alguns meses irei para Seul, eu estou ansioso pois algo me diz que irei me dar muito bem lá e além disso vai ser muito bom manter a ordem por lá, eu amo a justiça e luto por um mundo de paz e igualdade para todos, e estou disposto a acabar com qualquer infrator da lei, qualquer um !!

___________________________________

Jungkook: Off

S/n: On 

Eu estou muito feliz por ter começado um relacionamento com Kyungsoo, mas estou muito preocupada, pois nós todos estamos desempregados e sem dinheiro, e além disso o aluguel da pensão estava atrasado e logo seríamos despejados, e o pior de tudo, não tinhamos dinheiro nem para comer

BB: Galera eu não sei vocês mas eu tô com fome

KS: Nós todos estamos

S/N: Nós todos estamos, mas não se preocupem logo arrumamos trabalho

KS: Não se preocupar? Quem vai dar emprego pra uns jovens sem estudo como nós

       (Ele grita)

BB: Vai dar certo cara, é só ter fé

KS: Vocês não entendem nada mesmo, não passam de crianças com sonhos destruídos

Ele se levanta da cadeira onde estava sentado e sai batendo a porta do quarto 

___________________________________

S/n: Off

Kyungsoo: On 

Já era noite e eu saio da pensão e vou dar uma volta pelo bairro para dar uma espairecida, eu estava desesperado, logo agora que eu tô com a S/n e quero constitui uma família com ela, a situação muda para pior

Chego até um ponto do bairro, e me sento em um banco que ali estava, e fico com as mãos na cabeça, de repente observo um homem se aproximar de mim, ele era um homem alto e parecia ser chinês, ele usava um terno preto com uma blusa salmon por dentro, várias joias de ouro, e um chapéu preto meio torto na cabeça

T: Como é seu nome ?

KS: Kyungsoo o que deseja?

T: Não seja tão apressado, eu estou querendo conversar com você ... Você pode me chamar de Tao

(Ele estende sua mão para mim e eu o comprimento)

KS: Prazer em conhecê-lo

(Ele se senta ao meu lado no banco)

T: Então Kyungsoo ... O que conta de bom ?

KS: Simplesmente nada, só problema atrás de problema

T: E se eu dissesse que posso resolver seus problemas ...

KS: Mas o que você é ? Um gangster?

T: Tô vendo que você não é tão burro como parece ... Você estaria disposto a entrar na máfia chinêsa em troca de muito dinheiro?

KS: Muito quanto?

Ele acena para um capanga, que vem ao nosso encontro com uma maleta, ele a entrega para Tao que tira um valor de cinco mil dólares

T: Vamos fazer um teste, você entrega essa mochila no endereço que vou dar a você e então, te darei esse dinheiro

(Ele me entrega uma mochila preta, cheia de drogas)

T: Aqui está o endereço onde você deve entregar a mochila ... Em seguida você me encontra no centro da cidade onde fica um restaurante japonês

KS: Está certo

Eu sabia que fazer aquilo não era certo mas que outra alternativa eu tinha ? Além disso eu só iria trabalhar nisso enquanto arrumasse dinheiro o suficiente para me manter por um tempo, enquanto eu não arrumasse emprego

Levei a mochila até o local escrito no papel, e em seguida fui ao encontro de Tao no local marcado

KS: Entreguei tudo onde você pedio

T: Ótimo ... Aqui sua recompensa, se você trabalhar pra mim tem muito mais de onde veio esse dinheiro

(Ele entrega a dinheiro em minha mão)

KS: Oh muito obrigado, mas tem algo que eu não entendo, você tem tantos capangas pra quê você quer que eu trabalhe pra você?

T: Simples, somos todos chinêses, enquanto você não, e existe lugares onde você vai passar despercebido, além disso creio que você esteja precisando de mim

KS: Bom isso é verdade

T: Então ... Leve essa moto e isso

Ele aponta para uma moto preta, e me entrega algo embrulhado em um pano, que quando desembrulho, é revelado uma arma

KS: Nossa pra quê isso ?

            (Todos riem)

T: Você vai precisar, agora me dê seu número

Anoto meu número em um papel e entrego a ele, depois pego a arma e a moto e volto para a pensão

___________________________________

Kyungsoo: Off

S/n: On 

Kyungsoo estava demorando eu já estava preocupada, então saio da pensão com Bambam para esperar ele do lado de fora, quando de repente ele chega de moto, eu e Bambam ficamos sem entender nada

S/N: Nossa Kyungsoo, à essa hora? E de quem é essa moto?



Notas Finais


Então gente ... É isso, espero que tenham gostado 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...