1. Spirit Fanfics >
  2. Outlaw Love. >
  3. 48

História Outlaw Love. - Capítulo 49


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, como a maioria escolheu adiantar eu fiz esse cap como uma ponte. No final, já adiantei e próximo cap elas já vão estar diferentes e com mais surpresas.

Capítulo 49 - 48


No outro dia, Camila, Ariana, Kalel e Megan marcaram de se encontrar novamente na biblioteca, eles iriam começar com as ideias e como fariam o tal trabalho de Artes. Os quatro se desdobravam para conseguir lidar com todas as tarefas e matérias, se não fossem tão focados, não conseguiriam.
Ariana ainda retraída, não queria aparecer, pedira para que ficasse atrás do palco, mas aparentemente não seria possível, poderiam perder pontos por tal ato.

Como Dilemma cantam duas pessoas, a divisão foi Kalel e Ari com essa música, e depois, a entrada de Camila e Megan com  Never let you go.
O violão e o piano seriam usados para ambas as músicas, o tom? Iriam arriscar.

Todos os dias se encontravam na biblioteca, até que um final de semana, Alessandra não abriu o café, dando oportunidade para que os jovens se encontrassem na casa de Kalel, e a surpresa foi muita, já que Camila descobriu que a irmã mais velha do mais novo amigo, era ninguém menos que a policial. Como? Ele meio que fora adotado, mas halsey o amava como se fosse filho legítimo de seus pais, eles tinham uma relação maravilhosa.

Foi uma surpresa também para a policial, que teve o prazer de ajudá-los nesse trabalho, e claro, observar Camila de perto.

Flashback on.

Kalel inicia os primeiros acordes no violão e Ariana depois de beber três copos com água, consegue começar a canção. Camila tentava deixar a mais nova amiga calma enquanto incentivava com gestos para que ela continuasse, Megan gravava e escrevia algumas ideias que tinha no decorrer das tentativas.
Estavam ensaiando até que a porta é aberta e Halsey passa por ela com um pote de sorvete nas mãos.

- O que? Eu atrapalhei? - pergunta quando todos param de fazer o que estão fazendo, para olha-la.

- Hals, não ferra. - reclama o negro, rolando os olhos.
- A Ari não fica a vontade com outras pessoas.

Ela olha para Ariana que tinha os olhos no chão.

- Eu sei como ajudá-la.

Flashback off.

Depois daquele dia, sempre que podia, a policial se comunicava com seu irmão dando odeias e escutar como andava os preparativos.
Houveram alguns problemas, como o nervosismo que tomava conta de Ariana, ela havia melhorado muito depois da ajuda que tivera, mas mesmo assim, algumas vezes ela se sentia perdida e temerosa.

Camila continuava no trabalho, estudava de madrugada e ia pra escola de manhã, a garota não dormia direito e isso a estava afetando, tanto que Alessandra notara tal cansaço e dera um dia de folga na semana para a latina, que ficou muito grata por isso.

O trio conhecera os pais da Megan também, quando foram ensaiar com o piano da mesma. A mãe era gentil e o pai muito carismático, tanto que Megan não era uma pessoa má, era apenas tímida.

Flashback on.

- Mãe, esses são os colegas que falei... - murmura a garota.

- Amigos.- diz Camila sorrindo e estendendo a mão. Megan a olha surpresa.

A mulher loira abre um enorme sorriso ao escutar aquilo.

- Megan nunca trouxe um amigo aqui antes, fico muito feliz em conhecê-los. George, nossa menina trouxe amiguinhos!

Kalel prende a risada, eu o belisco de leve.

- Mãe, pelo amor de Deus... - resmunga Megan.

Vendo agora, a Megan tinha o cabelo diferente do da mãe, mas os olhos eram iguais, verdes lindos.

- Olha só, visita! - arregalo os olhos ao ver o tamanho daquele homem, e não, Megan não tinha nada de parecido com ele, nem o cabelo, nem os traços.

- Eu sei o que estão pensando. - diz sorrindo.
- Megan não é minha filha de sangue, mas mesmo assim, é minha menina.

- Como vocês se chamam?

- Eu sou a Donna, esse é o Kalel e a Ariana.

- Ok, chega, vamos subir. - diz me puxando pela mão. Dou tchau para o casal e a sigo. Os outros fazem o mesmo.

Flashback off.

...

- Hoje, será o dia mais interativo do semestre de vocês, eu, Eliana, venho lhes mostrar o talento dos meus alunos com a música. Espero que gostem.

O auditório foi banhado por palmas e assovios. Ela sorri.

- Então, vamos começar. Primeiro quarteto. Alexia, Peter, Ster e Pietro.

[...]

Camila respirava fundo tentando conter o nervosismo enquanto o resto do grupo se tremiam de medo. Kalel mal conseguia parar quieto, Megan engolia em seco a cada cinco segundos e Ari? Nem preciso dizer.

- Eu não vou conseguir... - murmura.

- Ari, vem aqui. - chama Camila.

- Eu não vou conseguir, eu não vou! - tampa o rosto totalmente triste por estar passando por aquilo.

Camila a abraça tentando passar confiança, Kalel e Megan também se aproximam fazendo o mesmo.

- Estamos com você, eu quero que saiba que, se você não conseguir mesmo entrar lá, não vamos nos voltar contra ti. Certo? - pergunta ao resto. Eles assentem.

Ariana ergue o rosto olhando para os outros três.

- E os pontos?

- A gente recupera, com certeza. - sorri divertida. Ariana sorri também.

- Donna, dez minutos pra vocês entrarem.

Camila assente e olha pra Ariana, que encarava os dedos. A Latina suspira e se levanta.

- Vamos nos aprontar, Ari, caso mude de ideia, é só dizer.

Ela assente ainda olhando para o chão. Os três saem dali indo em direção à outra parte do palco, tinha um plano B caso Ariana não entrasse, então, aparentemente seria esse plano que entraria em ação.

....

Em Miami, Lauren tentava ler um livro enquanto suas amigas ficavam na piscina conversando e brincando, na verdade, Vero perturbava as outras que só faziam revidar.

- Laur, vem pra cá. - chama Keana. A morena nega com a cabeça.

O celular apita anunciando uma nova mensagem.

Xxxxx: Preciso que você vasculhe as coisas da Allyson.

Lauren: Esquece, a Ally é inteligente demais, não deixaria nada.

Xxxxx: Essa busca é quase impossível.

Lauren: Faça seu trabalho, lhe dei o tempo que precisar.

Xxxxx: Mesmo assim, faça. Pode encontrar algo, talvez elas mantêm contato.

Lauren ler a mensagem, mas não responde. Seria muito difícil conseguir algo da Ally mas não custava tentar.

Lauren: Ally, preciso que me diga pra onde Camila foi.

Mensagem entregue...

Talvez aquela forma tinha 90% de chances de da errado, mas Lauren não queria ter que mexer nas coisas da Ally, ou tentar.

Ally: Lauren, sério?

Lauren: Não sustento isso, preciso saber como ela estar.

Ally: Você irá atrás dela.

A morena fecha os olhos tentando manter a calma, pra logo, voltar a mensagem.

Lauren: Não irei. Ficarei de longe, cuidando para que nada e nem ninguém a machuque, porque não gosto de saber que Camila estar lá fora sozinha, apenas com Sofia e sua esperança. O mundo é cruel Ally, as pessoas são cruéis, não quero perder alguém que amo.

Digitando....

Digitando....

Digitando....

Ally: Você a ama?

...

Camila e Megan se entre-olham antes de terem seus nomes chamados para o palco, a latina da uma olhada para trás afim de ver Ariana ali, mas nada.

- Vamos.

Camila e Megan entram no palco e sentam-se uma do lado da outra, a cadeira vaga, perto de Kalel estava vazia e todos perceberam. Com um aceno de cabeça, Camila pede para que o garoto começasse os primeiros acordes da música.

Camila leva o microfone até a boca, mas uma voz ecoa primeiro que a dela.

"I love you and I need you"

Ariana aparece caminhando enquanto deixava sua voz ecoar por todo auditório, alguns gritinhos foram ouvidos, fazendo com que a garota abrisse um sorriso confiante.

"Nelly, I love you, I do"

"Need you"

[...]

Lauren pov.

Digito a resposta, mas não envio, já é quinta vez que só faço digitar e apago.

Eu amo Camila?

A gente se envolveu algumas vezes, eu gosto dela, mas será que esse sentimento é amor? Pode ser paixão, pode não ser. Pode ser apenas um sentimento de posse, eu não sei dizer, é novo para mim.

Ally: Lauren?

Lauren: Eu a amo, Ally.

[...]

Narrador pov.

As pessoas ali no auditório sentem seus corpos arrepiar com a sincronia deliciosa que saem daqueles quatro, a melodia leve e intensa também ajuda com a satisfação de todos ali presentes. A professora com um sorriso rasgando o rosto, de orgulho e surpresa, admirada ao ver o quão lindo ficou o trabalho dos quatro, enfim, eles haviam conseguido.

....

- Vocês acham que vamos conseguir os pontos? - pergunta Ariana. Camila a olha e sorri.

- Você ainda tem dúvidas? - todos olham para a voz. A professora sorri segurando um celular.
- Aqui, eu gravei.

Camila pega o celular.

- Vocês conseguiram. - diz sorrindo e deixando-os ali.

Megan solta o ar que até então estava preso em seu peito, Kalel agarra as outras três para um abraço, naquele momento, eles tiveram certeza de que conseguiam resolver um trabalho grandioso mesmo tendo vários outros nas costas.

- E agora?

- Agora, nós vamos seguir com o nosso propósito, somos capazes.

                 -08anos depois....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...