História OutlawQueen Enfrentando os desafios da segunda Chance. - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Tags Outlawqueen
Visualizações 116
Palavras 1.667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 65 - Capítulo 65


Regina vai saindo da banheira, a Clarissa sonolenta, Robin sai logo em seguida, pega uma toalha e cobre as duas, ele vai se enxugando pra poder pegar a Clarissa, Regina fica esperando, então o Robin pega a Clarissa...

Regina: veste ela, eu vou pro chuveiro, vou lavar o cabelo

Robin: ok

Robin sai do banheiro, deita a Clarissa na cama e ela já começa a chorar...

Robin: que foi papai? Vamos vestir a fraldinha, mamãe já vem...

Robin vai vestindo ela e conversando enquanto a Clarissa continua choramingando, ele vai se vestir e fica olhando ela tentando se virar, mas não consegue por que fica deitando em cima do bracinho, ele fica sorrindo, e vai até o closet da Regina, ele vê uma caixinha rosa com uma chupetinha, ele pega a chupeta e vai até a Clarissa...

Robin: olha o que o papai achou!

Ele tira a mão da Clarissa da boca dela, e vai colocando a chupeta, ela chupa e chupa e para de chorar, ele fica rindo...

Robin: gostou?

Regina sai do banheiro, e olha eles deitados na cama, e vê a Clarissa com a chupeta na boca...

Regina: Robin!

Robin: olha amor, ela gostou

Regina: amor, tinha que ferver a chupeta antes de dar pra ela, se tiver bactérias?

Robin: que besteira!

Regina: e eu não queria acostumar ela na chupeta

Robin: que coisa fofa de papai chupando pepeta!

Regina sorri e vai se aproximando, se deita ao lado deles e olha pra Clarissa...

Regina: já gostou né Clarissa!? Foi a titia Tink quem te deu essa chupeta! Vou tirar uma foto e mandar pra ela..

Regina levanta procurando o celular, e quando o encontra, ela vai pra perto da Clarissa e tira uma foto e vai mandando pra Tink, e digita:

Regina- "olha titia, eu chupando a chupeta que vc me deu! *-*"

Ela envia e põe o celular no criado-mudo, vai indo pro closet e vai se vestindo, depois ela vai penteando os cabelos e decide deixá-los secar naturalmente...

Regina: vamos lá pra sala amor

Robin levanta e pega a Clarissa, Regina pega o celular e eles vão descendo, Robin senta no sofá com a Clarissa e a Regina continua andando e vai pra cozinha, senta na cadeira e vai abrindo a mensagem no celular...

Regina: Sara, você quer ajuda?

Sara: não precisa não, pode ficar tranquila

Regina: ok, pega o meu suco aí, por favor

Sara abre a geladeira e pega a jarra de suco e põe na mesa, junto com um copo, Regina continua mexendo no celular e lê:

Tinker- "ainnnn que coisa linda! Reginalda eu vou roubar essa menina pra mim, um dia tu vai acordar e não vai achar a Clarissa kk pq eu vou levar pra mim u.u"

Regina sorri e vai digitando, envia:

"tá louca? Eu vou atrás de vc onde vc tiver, tiro seu coração, mato vc, te ressuscito e te mato de novo, vadia! Vá fz uma pra vc u.u –R"

Regina fica rindo e relendo as mensagens, depois vê que a Sara já tinha colocado suco no copo dela, ela sorri e vai bebendo...

Regina: Sara, eu vou ficar tão dependente de você que vai chegar um dia que você vai tá me dando comida na boca!

Elas ficam rindo...

Sara: por mim, sem problemas, mas não é muito aconselhável

Regina: não mesmo!

Regina sente o celular vibrar e abre a mensagem, e vai lendo:

Tinker- "minha nossa! O.O ok não vou mais roubar a Clarissa kkkk vou fz uma pra mim, daqui uns 5 anos haha.. bitch deixa eu trabalhar u.u -bjo"

Regina termina de lê e fica sorrindo, termina de beber o suco, enche o copo de novo, guarda a jarra na geladeira...

Regina: Sara, depois eu quero falar com você, ok?

Sara: sim senhora!

Regina vai saindo da cozinha, e vai levando o copo pra sala...

Regina: toma amor!

E entrega o suco pra ele, ela pega a Clarissa que ainda estava com a chupeta, ela vai puxando a chupeta, a Clarissa já vai fazendo cara de choro, então a Regina abaixa a blusa e oferece o seio pra Clarissa...

Regina: dá a chupeta a ela é fácil, quero ver tirar depois

Robin: ah deixa ela chupar chupeta, depois a gente tira quando ela tiver uns 13 anos

Regina dá uma risada, ele ri também...

Robin: ela sempre vai ser assim né amor? Um bebê?

Regina: bebês crescem!

Eles ficam olhando pra Clarissa...

Robin: então vamos aproveitar bastante enquanto ela é um bebezinho e depende 100% da gente

Ele vai bebendo o suco, Regina amamentando...

As horas vão passando... Chega a hora do Robin ir buscar o Roland na escola...

Robin: vou levar a Clarissa, amor eu vou andando, pra passear com a Clarissa

Regina: ok, deixa eu colocar um vestidinho nela

Regina sobe as escadas, indo para o quarto e desce com a Clarissa de vestidinho, sapatinhos, tiarinha, toda perfumadinha e com a chupeta na boca...

Robin: ownt que coisa fofa!

Regina entrega a Clarissa pra ele...

Regina: tenha cuidado com ela!

Robin: ok, vou exibir ela por aí...

Eles sorriem, Regina pega o celular do Robin e põe no bolso dele...

Regina: qualquer coisa, me liga

Robin: ok amor, relaxa

Ele sorri e se inclina dando um beijo na boca da Regina... Ele vai saindo de casa, Regina olha ele caminhando e então, ela entra e fecha a porta...

Regina: Sara, vou lá no meu quarto, termina aí e sobe pra eu falar com você, ok?

Sara: ok!

Regina entra em seu quarto, vendo uma bagunça, as roupas da festa da noite anterior, algumas coisas caídas no chão por causa da brincadeira de luta com o Robin, ela fica rindo e arrumando as coisas, tirando as toalhas molhadas de cima da cama. Sara chega lá e vai entrando...

Sara: quer falar comigo?

Regina: é, entra aí, senta...

Sara se senta na cama e fica ansiosa...

Regina: não é nada demais, é que agora o Roland está sem babá e eu queria te perguntar se você pode cuidar dele também, eu aumento seu salário é claro, agora são duas crianças

Sara: ah sim, claro que sim, eu amo cuidar dos seus filhos

Regina sorri pra ela e se vira pra arrumar a penteadeira, alguns cremes caídos, ela vai organizando enquanto fala...

Regina: ok. Então, ele vem aqui como você já sabe, dia sim, dia não, mas eu também fico em casa, então a gente se ajuda

Regina vai arrumando e derruba algumas coisas no chão, Sara se levanta, vai até lá, se abaixa e vai pegando, ajudando ela, então a Sara encontra a echarpe da Regina embaixo da penteadeira, ela pega e olha pra Regina, entregando pra ela a echarpe... Regina fica imóvel, sem pegar a echarpe enquanto olha pra Sara abaixada ao seu lado, entregando aquele tecido, Regina fica encarando ela, sentindo seu coração batendo forte, franzindo as sobrancelhas... Sara percebe que a Regina ficou sem reação então ela se levanta, e sorri, colocando a echarpe em volta do pescoço da Regina...

Sara: eu vou cuidar do Roland sim, pode contar comigo pra tudo!

Sara vai saindo do quarto...

Regina: Sara!

Sara se vira, olhando pra ela...

Regina: obrigada

Sara: já disse que não precisa me agradecer, eu que agradeço e prometi a você que retribuiria, eu sempre serei grata a você minha Queen, a mais linda de todos os reinos!

Sara sorri e sai do quarto, Regina fica ofegante, lembrando-se de tudo, desde o momento em que a viu pela primeira vez, até o momento em que elas se despediram. Regina deixa escapar uma lágrima e corre, encontrando a Sara ainda no corredor...

Regina: Rachel!

Sara para de andar, se vira lentamente e olha pra Regina, vendo a Regina chorando, ela sorri e a Regina corre na direção dela e se ajoelha abraçando a Sara, afundando o rosto na barriga dela... Sara fica sem ação e apenas abraça a Regina...

Regina: Rachel! eu me lembro de você! Você ficou num passado que eu já quis esquecer quando me tornei Evil Queen, eu quis esquecer as bondades que fiz, mas eu sempre guardei você no meu coração, lá no fundo!

Sara vai se abaixando, ficando ajoelhada também e elas se abraçam, Sara também começa a chorar...

Sara: não importa se você se tornou Evil Queen, Regina eu sempre amei você, você salvou a minha vida

Regina olha pra ela, se olham nos olhos, Regina acaricia os cabelos da Sara...

Regina: seu cabelo, eram quase ruivos, agora estão pretos!

Sara: eu pintei

Elas sorriem em meio a lágrimas, Regina passa a mão no rosto dela...

Regina: sua cicatriz, sumiu

Sara: sim, quando você nos amaldiçoou, você praticamente me abençoou, eu vim pra cá sem me lembrar daquela vida, sem cicatriz, mas ficar sem me lembrar de você não vale a pena

Regina sorri pra ela...

Regina: eu te dei uma vida boa?

Sara: sim, eu vim pra cá como babá, e fiquei com a Dra. Joanna, na casa da filha dela, e eu era feliz sim

Elas ficam rindo...

Regina: que bom

Sara: e você está tão feliz agora! eu sabia que estaria perto de você quando isso acontecesse

Elas voltam a se abraçar, sentadas no chão do corredor...

Regina: eu nem sei o que dizer

Elas se afastam um pouco, ainda se olhando...

Sara: só me diga que está feliz e que vamos ficar próximas e que se lembra de mim

Regina: é claro que me lembro de você, de tudo, desde quando você dançou, tão graciosa, hipnotizando todos, inclusive a mim

Elas ficam rindo, e enxugando as lágrimas...

Regina: agora eu não vou mais deixar você sair daqui

Sara: eu pertenço a você! Por livre e espontânea vontade! Mesmo se eu me casar, tiver filhos, ainda vou está sempre próxima de você

Regina: sim, sempre!

Sara: sempre!

Regina vai se deitando, colocando a cabeça no colo da Sara...

Regina: agora me conte, como foi sua vida depois que eu libertei você? Me fale tudo sobre você, Rachel



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...