1. Spirit Fanfics >
  2. Outro Mundo >
  3. Capítulo 1

História Outro Mundo - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 1


Senti a carruagem diminuir a velocidade gradativamente laté parar. A porta da carruagem foi aberta e os cabelos ruivo de Lancey entraram no meu campo de visão

- Venha, você vai amar ver isso.- Ele parecia espantado e seu cheiro denúnciava que ele estava com medo. Boa coisa isso não era.

- O que? É um ataque?

- Não, mas acho melhor você ir ver.-Respiro fundo tentando detectar algum cheiro ou presença diferente. Nada. Somente o cheiro das árvores, grama, cavalos e fores negras.

Saio da carruagem e sigo Lacey até uma pequena colina onde todos os nossos amigos estavam. Ao me aproximar ouço Craster chingar baixinho.

Que diabos são essas malditas coisas?-Olho na mesma direção que eles e um arquejo alto escapa pelos meus lábios.

O Exército de Petrah.- Susurro olhando para o pequeno vilarejo logo abaixo da colina, lá se encontram algumas casas deá madeira , famílias , um poço e pelo menos 12 criaturas negras de no mínimo 2 metros de altura. A forma delas era humanoide e pareciam ser feitas de raízes.Algumas carregavam lanças , mas o restante ajudava a população e brincavam com as crianças. Se não estivesse chocada , eu poderia rir com escárnio. Parecem povo comum.

-Tem certeza que não são os valg ? Parecem com eles e até onde eu sei ainda existem povoados sob o domínio deles.-Replicou Mora

- Tão perto assim de Rosas Escuras? Acho que não e sem falar de eles não tem o cheiro deles.- Mesmo depois de tanto tempo algumas pessoas ainda se recusavam a dizer o nome deles, Victorian era um desses. E por por mais idiota que fosse , eu não o julgava por isso.

- Victorian tem razão. Olhem, não estão maltratando as pessoas. Aquele ali está brincando de roda.- Morgan estava como sempre perfeitamente arrumado com os lisos cabelos prata-azulados presos numa trança e suas vestes limpas ,apesar de estarmos viajando a semanas.

- Bem eles se parecem com a descrição daquela história, mas se passarmos irão nos atacar ?                                   

Era uma pergunta válida.

- Vamos contornar.- Ordenei. Isso ainda era estranho para mim, dar ordens, principalmente quando as pessoas que obedeciam eram meus amigos. Felizmente ninguém discordou.                                                                                                                                 

 

 

 

 

 

 

 Pov/ELA E NINGUÉM

Ela não deveria existir. Não deveria obedecer ao rei de olhos dourados, diziam a maioria das vozes. Já as outras, as mais fortes, as piores, diziam que ela era a grande cria do mestre sombrio, que ela devia obedecer o mestre e devia se sentir honrada em servi-lo.

Ela só sentia medo. Medo do mestre, medo das vozes, medo de si mesma e até mesmo das pessoas que massacrava.

Ela só sentia medo e a única coisa que desejava era a morte.

 

 


Notas Finais


<3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...