História Over come the Future - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, Red Velvet
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Irene, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Yugyeom
Tags Lemon, Taekook, Vkook
Visualizações 3
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nossa, eu demorei MUITOOOOOO pra postar, mas eu voltei!
Eu não estou com bloqueio criativo, porém passei por muitas coisas esse tempo, então então está aí mais um capítulo.
Tradução do capitulo: Eu preciso de você.

Capítulo 14 - I need u


Kim Taehyung

27 de novembro; 13:00



Estou realmente entusiasmado com a ideia de ter um momento mais íntimo com Jungkook, porém ao mesmo tempo ansioso. Agora posso dizer que sei como é importante para uma garota perder a virgindade. 

Haviam se passado algumas horas e ele me levou até o quarto. Pode ser meio sem sentido, mas eu pedi um tempo para pensar e agora eu estou na habitação dele o esperando.

- Está preparado? - me perguntou com um sorriso no rosto e já completamente despido, assim como eu. 

- Estou... - disse ainda um pouco receoso. 

- Se não quiser não fazemos. 

- Eu quero! 

- Então, vamos? 

- Por onde eu começo? 

- Me prepara.

- Como!?

- Dá-me dois de seus dedos. 

- Certo.

Ele colocou meus dedos na boca e chupou-os com vontade, logo os direcionou para sua entrada e os movimentou lá dentro. Confesso que a sensação é melhor do que nas mulheres - mesmo eu que eu só tenha colocado os dedos. Passou mais ou menos uns três minutos, até ele dizer:

- Pronto. Agora eu estou preparado. 

- Posso penetrar?

- Sim, meu amor

Ouvir ele me chamando de amor era uma sensação inenarrável!

Pus meu membro completamente dentro dele e comecei a movimentação. 

- Uau, Jungkook! 

- Q-que foi? - questionou com um pouco de dificuldade por causa da situação que estávamos. 

- Seu interior é muito gostoso. 

- É verdade! Eu sei disso - gabou-se. - Hum... Mais rápido. - Atendi seu pedido. Como eu estava por cima foi bem mais fácil. - Isso Tae. Ahhh!

- Jungkook - gemi.

- M-mais. - Gemíamos ao ritmo de cada estocada. - Vai Tae. Mete bem fundo. 

- Hum... Jungkook. 

- Taehyung... - a cada gemido que nós dávamos eu o estocava com força, e ele parecia gostar. - Meu amor! - Ditou enquanto arranhava minhas costas. 

- Estou quase, Kookie - avisei sentindo meu orgasmo próximo. 

- Então sai de mim.

- Por quê? 

- Porque eu quero fazer você gozar de outro jeito.

- Tá - disse ainda desconfiado. 

- Você gosta de mim?

- Sim. 

- Confia também? - pegou na minha mão.

- Sim.

- Então deixa eu te mostrar o que é prazer. 

- Certo! - sorri deixando seu interior.

- Quer que eu use camisinha? 

- Não precisa.

- Mas você pode se sentir incomodado com meu esperma - ditou preocupado. - Acho melhor não gozar em você. 

- Kookie, eu quero que você goze em mim, não é necessário ficar com esse medo. 

- Mas...

- Sem mas. Você vai e ponto! 

- Tá tá, - revirou os olhos - depois não diga que eu não avisei. 

- Anda logo Jungkook! 

- Está bem, apressadinho. Fica de quatro. - Me movimentei um pouco envergonhado, pois a posição que eu estava não era muito confortável, porém de alguma forma eu não me sentia tão estranho; Jungkook me dava segurança. 

Senti um gélido na minha parte traseira e notei que o Kook estava com o rosto enterrado na minha bunda, chupando minha entradinha, e a lambendo. Céus, aquilo era uma tortura! 

- Aaahh, Kookie... - gemi arrastado sentindo todo o prazer que me poupei durante anos. 

- Vai Taetae, geme para mim.

- Hum, hum, Kook, m-mais. Eu preciso de mais. 

- Calma, bebê - falou rente a meu orifício, o que me fez ir ao delírio. - Você é muito gostoso Tae.

- Ahn...

Eu gemia descontrolado. Até sentir sua boca abandonando meu buraquinho e seus dedos me invadirem.

- Tão apertado. 

- Tão bom! - ansiava por mais daquilo. - Kookie, eu te quero dentro de mim.

- Eu tenho que lhe preparar bem Tae.

- V-vai mais r-rápido - ele atendeu meu pedido adicionando mais um dedo. Mais alguns segundos se passaram e eu já estava acostumado o bastante com o volume. Sei que o pau dele é bem maior que seus dedos, e estou com medo.

- Eu vou penetrar agora. Não fique tenso, isso intensifica a dor.

- E vai doer muito?

- Se você não estiver tenso, se acostumará mais rapidamente e não dói muito. 

- Não sei se consigo. 

- Consegue sim, eu estou com você, e prometo ir devagar. 

- Tudo bem.

Senti a cabecinha de seu pau na minha entrada. Aquilo dói pra caral*o. Cada vez que ele entrava mais em mim, eu choramingava.

- Está doendo muito amor? 

- Um pouquinho - menti. 

- Já vai passar, bebê - ao terminar sua fala ele entrou completamente em mim.

- Porra.

- Deixa toda tensão no ar.

- Certo! - tentei respirar fundo e não me sentir tenso, mas quanto mais eu respirava mais doía. 

Jungkook não se moveu dentro de mim até que eu me sentisse acostumado, o que aconteceu alguns minutos depois. 

- Pronto, lindo? 

- Sim, Kookie pode se mexer. 

Ele começou aos poucos e logo aumentava as estocadas. 

- Estou indo rápido, meu bebê? - acariciou minhas costas. 

- N-não, mas ainda dói um pouco!

- Vai passar. 

- Obrigado por me encorajar!

- De nada - rimos.

Aos poucos eu ia me acostumando mais e mais e ele se movia mais rápido em meu interior. Eu gemia muito alto, alto o bastante para os vizinhos escutassem, Jungkook também não estava diferente, no entanto os gemidos eram roucos e os meus nem tanto. A situação realmente seria desconfortável se eu não estivesse com ele, Jeon Jungkook me dá segurança das pequenas as maiores áreas da vida. Não deveria estar pensando nisso na hora do sexo, mas não tinha outro momento para eu me expressar! 

- Jungkook...

Ele pegou no meu membro e o masturbou, enquanto estocava.

- Oh, Taehyung! E-eu estou próximo do meu orgasmo. 

- Eu também! - Continuamos no mesmo ritmo até eu sentir meu líquido sendo derramado em seus dedos, e Jungkook em mim.

Digamos que ter uma boa quantidade de sêmen no meu corpo não é muito confortável, mas é bom! Estranha esta definição, porém meus sentimentos estão bem bagunçados.

- Esse com certeza foi o melhor sexo da minha vida! - disse após ter saído do meu interior e se deitado ao meu lado. 

- O meu também - ele puxou meu rosto e uniu nossos lábios. 

- Eu te amo, Kim Taehyung. 

Colou nossos corpos, com minha cabeça apoiada em seu ombro e minha perna em volta de sua cintura.

A única coisa que me lembro antes de me entregar ao sono foi ele dando um beijo estalado em minha testa.


Notas Finais


Eu fiquei sem o spirit galera, então vai demorar um pouquinho! Mas confiem em mim.
TAEKOOK REINA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...