1. Spirit Fanfics >
  2. Overcome - amor e desejo ( Imagine Jimin; Jungkook - hot) >
  3. Segunda tentativa

História Overcome - amor e desejo ( Imagine Jimin; Jungkook - hot) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Segunda tentativa


Fanfic / Fanfiction Overcome - amor e desejo ( Imagine Jimin; Jungkook - hot) - Capítulo 6 - Segunda tentativa

Depois das palavras de Namjoon olhei as fotos do aplicativo por uns dias. Ainda estava um pouco receosa, porém, como sempre Namjoon estava certo, eu não podia desistir assim por causa de um moleque, não podia julgar os demais sem antes conhecer como realmente eram.

Por isso depois da reunião iria sair com um cara, seu nome: Jung HoSeok.

Parecia ser legal, era dançarino profissional e professor em uma universidade aqui em Seoul. Pelas conversas era muito engraçado e tinha umas covinhas que dava vontade de morder. Estava esperançosa e ansiosa para vê -lo. 

Como não iria dar tempo trocar de roupa resolvi ir com uma de negócios: uma blusa preta de couro com zíper atrás que se encontrava com o zíper da saia fazendo o conjunto parecer vestido, por esse motivo a saia cobria metade da coxa, por cima um blazer justo para não parecer informal, e claro, saltos.



JIMIN



Estranho. Ela nunca se atrasa para uma reunião, será que estava doente?

Aish, não devo pensar o pior.

Num empurrão que assustou a todos, a porta foi aberta revelando a mulher mais linda que eu já vi.

- Desculpe o atraso, precisei resolver uns assuntos urgentes.

Como se ela estivesse em câmera lenta, minha cabeça gravava cada movimento: seus cachos balançando como se tivessem brisa própria, sua boca levemente vermelha meio aberta convidativa, seus olhos meigos e ao mesmo tempo sedutores, seus seios balançando a cada passo fazendo sincronia com a saia que parecia subir um pouco mais.

- Podemos começar, Senhorita Ah?

- Claro!

A reunião começou e suas palavras não faziam sentido na minha cabeça, fui tomado por uma sensação de Deja-vú.

Tentei lembrar aonde já tinha visto aquela cena e quando ela virou as costas vi o zíper que descia como se fosse um vestido. A ficha caiu: ela havia usado a mesma roupa quando transamos pela primeira vez.

Lembro-me nitidamente de tê-la de costas para mim, com sua bunda roçando no meu pau, a sensação daquele bendito zíper frio em contato com minha pele completamente nua.

Desci o da blusa primeiro, ela estava sem sutiã. Antes de tirar a peça de cima passei as mãos em sua cintura moldando em minha mãos, fiz a mesma coisa com seus seios apertando levemente.

Nesse momento na reunião ela se inclina sobre a tela do computador o suficiente para eu perceber, que assim como da ultima vez, está sem sutiã.

Argh, são tão deliciosos e macios.

Droga, estou rígido feito pedra só de pensar em seus peitos, Senhorita Ah. Você deveria se responsabilizar por isso.

Mais uma vez ela vira de costas, lembrando-me ainda que em seguida enquanto distribuía beijos por seu pescoço, abri o zíper de baixo que logo fez a peça cair. Estapeei e apertei sua bunda de leve, desci com os beijos pela coluna até chegar em uma de suas nádegas. Dei mordiscadas antes de abri-las com as mãos para poder chupar sua buceta.

Em resposta ela empinou para trás roçando sua bunda na minha cara, permitindo que eu enfiasse minha língua mais fundo nela. 

Posso sentir seu gosto nesse exato momento, Senhorita Ah. 

Minha boca encheu de desejo ao mesmo tempo que encheu de seu néctar quando gozou em mim, podia sentir-lo descendo quente e doce pela garganta.

Levantei e estapeei mais um pouco, segurei firme sua cintura para que continuasse rebolando bem no meu pau.

Coloquei meu membro entre suas pernas, estava tão molhado e quentinho que quis gozar ali mesmo. Não aguentei mais... encaixe meu membro na sua entrada e quando fui penetra-la...

Jimin...Jimin...Jimin...

- PARK JIMIN?

Voltei a sala de reunião pelo grito de Namjoon. Todos, inclusive ela, me olhavam com curiosidade. Eu só conseguia pensar que estava tão duro que doía ficar ali sentado sem poder me aliviar.

Merda.

- Qual a sua opinião? Só falta você. – Perguntou o CEO.

-Oh, sim...bem. Por mim tudo bem.

- Ok, mais alguma coisa, Senhorita ?

Jungkook que estava do meu lado sussurou:

- Aposto que nem sabe o que era.

Nem discuti porque ele estava certo. Mas ainda bem que era essa a resposta que esperavam.

Tê-la novamente em meus pensamentos foi como um sonho bom em que te acordam na melhor  parte,  no caso bem na parte que ela gemia meu nome, sério?! 


[...]


Quando a reunião acabou apenas ela, Nam, Tae, JK e eu ficamos na sala jogando conversa fora enquanto Jagi ajeitava tudo.

- Bela apresentação Jagi. Certeza que vai dar certo.

-Obrigada Namjoon.

-A propósito, vai encontrar alguém hoje ? Ou acabou de sair de um encontro?

Aquela frase de Tae na minha cabeça soou mais como um: vai trazar  com alguém agora ou já tranzou  antes de vir?

- Você está linda.

Olhei fixo para Jungkook-shi e jurei ter visto um pouco de 'vergonha ?' ao dizer aquilo a ela.


Não, sem essa Park. Está vendo demais.


Deixei com que os meninos saíssem e nos deixassem a sós na sala.

- Então...vai sair com alguém?

Sem resposta, ela nem olhou na minha cara.

- Vai tranzar com alguém?

Fui meio ousado, eu sei.

- Não te interessa.

- Qual o nome dele?

- Não te interessa, Park.

- Lembro de você usando essa roupa, sabia? Significa que vai tranzar hoje pela primeira vez com outra pessoa?

Ela riu, sarcástica:

- Quer saber, eu realmente espero tranzar com alguém hoje. E por favor não estrague essa noite lembrando daquela.

Assim que terminou de falar ela saiu com tudo pela porta sem me dar qualquer chance de responder.








[...]







Aquele garoto era realmente ousado. Questionar-me sobre minha vida sexual daquele jeito. Quem pensa que era? Meu dono?

Por falar em dono...a cachorrinha dele vinha em minha direção.

- Tentando impressionar alguém, Jagi?

- Apenas a mim mesma. Tenho amor próprio suficiente para isso. Mas acho que você não sabe o que é isso.

- Você se acha muito superior, não é?

- Escuta aqui sua...

- OPPA!

Na maior cara de pau ela me corta antes de sair correndo e esbarrar com certa força no meu ombro. 

Nem precisei virar para saber que era Jimin o seu Oppa. 

- Vamos sair hoje? O que me diz?

Ele hesitou para responder.

- Vamos, quem sabe pode surgir algo a mais.

Essa foi pra me atingir, não é Park?

Eu não ia ficar ouvindo aquela baboseira. Afinal garotas como ela adoravam uma boa cena.

Sai dali para fazer a minha própria noite. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...