História Overdose De Estrelas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Estrelas, Original, Overdose De Estrelas, Universo
Visualizações 20
Palavras 363
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeira original que trago a vocês. Não tenho o que falar, apenas... Enjoy! 🤘

Capítulo 1 - Luzes


Era tudo o que via. Elas brilhavam intensamente e estavam em todo lugar, não importa para qual direção olhasse, lá estavam. Na direita e na esquerda, mas principalmente, se aglomeravam aos montes lá em cima. No céu.

Em sua maioria, já haviam morrido há muito tempo. Milhares de anos atrás, na verdade. O que chegava ao seus olhos eram apenas uma velha história, um cintilar que se perdeu viajando no tempo. E no lugar onde jaziam, não restava mais nada, apenas um vazio escuro. Um buraco negro... Acreditava que havia um igual em seu peito.

Deitado sozinho no gramado verde de um extenso campo aberto, rodeado por árvores de várias espécies como um muro criado pela própria natureza, longe de qualquer civilização. Deseja intensamente ser como uma estrela, exalar um brilho já inexistente que viaja pelo espaço tempo sem um destino definido.  Ser apenas um rastro de poeira estelar, que espalha-se pelo universo infinito.

Não importa o momento, sempre olhasse para o céu noturno. Ele se sentia tento uma overdose de estrelas.

Se fechasse os olhos verdes azulados, o homem deitado poderia muito bem imaginar aquelas luzes dançarem lá no alto. Numa bela sincronia, criando sua própria música, e toda vez que elas estivessem a ponto de se chocar, desviavam fluidamente de suas companheiras, como água num estreito riacho cristalino.

Estendendo a ligeiramente trêmula mão direita para o céu cobalto salpicado de pequenas luzes piscantes, gostaria de alcançar as estrelas reluzentes lá no vasto céu noturno. Gostaria de desvendar seus mistérios.

"Quais segredos e histórias vocês escondem?" as palavras são fracamente sussurradas, jogadas ao vento pela voz ligeiramente rouca. Quantas horas faziam que ele estava deitado lá sozinho? Não fazia ideia. E também não importava muito. Ele ficaria lá, admirando o escuro manto estrelado, pela eternidade se pudesse. Mas não pode, ainda não.

Abrindo os olhos cansados e cheios de sono, se depara com um manto celeste azul cerúleo. Estava amanhecendo novamente, e logo o sol nasceria imponente no horizonte a sua frente. Era hora de voltar para casa e, esperar internamente, mais do que tudo do fundo da sua alma, o inevitável momento de se juntar aquelas esferas que brilham no universo. 


Notas Finais


Então gente, como disse antes, é minha primeira fic original. O que acharam? Ficou bom ou ruim? Podem falar a verdade, eu aguento. Vão lá bebês! :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...