1. Spirit Fanfics >
  2. Overdose- Jujutsu Kaisen >
  3. Cap. XIV - Entregue a você.

História Overdose- Jujutsu Kaisen - Capítulo 14


Escrita por: autora_o-o

Notas do Autor


Escutem com a música:
The weeknd- Call out my name

Capítulo 14 - Cap. XIV - Entregue a você.


Fanfic / Fanfiction Overdose- Jujutsu Kaisen - Capítulo 14 - Cap. XIV - Entregue a você.

Soltei um pequeno gemido quando senti Gojo me segurar com força. 

Gojo- Não pense. Apenas deixe acontecer.- Ele beijou meu pescoço e deslizou a mão da minha cintura até a minha bunda e a apertou.

Gojo- Você gosta de ser tocada assim?-  Eu estava tão ofegante. Dessa vez eu tinha certeza que era o Gojo, e que aquilo era real. 

-Eu gosto...- Me aproximei do corpo dele nos deixando ainda mais colados. -Gojo... Faça o que quiser...- Ele não perdeu tempo, em um movimento rápido me pegou no colo e me colocou contra a parede. 

Gojo- Ótimo. Você não vai se arrepender....- Senti algo entre minhas pernas... Era um volume e eu já imaginava o que era. Fiquei completamente vermelha e senti meu corpo pegar fogo. Percebi que eu já estava completamente molhada, e não era só eu quem tinha percebido isso. Enquanto Gojo beijava meu pescoço ele rebolava devagar esfregando seu membro endurecido contra minha intimidade. 

-ah... Gojo...- Apertei o braço dele e encostei minha cabeça na dele. 

Ele me beijou com intensidade e colou seu membro ainda mais contra mim fazendo eu apertar o braço dele com ainda mais força. 

Sem se separar de mim ele me levou até a cama e me deitou devagar se separando do beijo lentamente. 

Gojo- Eu não sou o tipo de cara que combina com você.- Ele disse isso enquanto tirava a roupa.- Como posso dizer...- Ele tirou minha calça antes que eu percebesse e me beijou. 

Gojo- Você é tão linda... Tão fofa... E as vezes da medo de você- deu uma risada e passou a mão no meu rosto- Você é tão perfeita... Eu não quero te magoar. 

Meus olhos se encheram de lágrimas. 

-Tudo bem Gojo... Eu posso suportar..- Ele sorriu para mim com um rosto diferente fazendo meu coração bater tão forte que quase não cabia em meu peito. Ele ficou sério do nada e beijou eu com tudo o que ele tinha e eu pude sentir isso, era algo tão forte. Ele juntou meus pulsos e os segurou sobre mim me deixando indefesa e começou a chupar meu pescoço. 

 Eu já estava completamente entregue só implorando para mim mesma que ele me tornasse dele naquele noite. Ele era tão lindo... Tão quente, eu amo você Gojo. Era o que eu dizia para mim mesma enquanto ele me matava de prazer. 

Era a primeira vez que eu havia sido tocada daquele jeito por um homem. E eu tinha certeza que eu jamais me esqueceria daquele momento e muito menos do Gojo. 

Ele fazia tudo com tanta intensidade. Eu podia ver aquele corpo perfeito que ele tinha. Algo que nem em sonhos eu imaginava. Tão forte, e esse olhar dele determinado a me dar prazer. 

-Aaah... Gojo...!- Ele mordeu meu mamilo. 

Gojo- Ha... Desculpa acho que me empolguei.- Fez uma cara de pervertido lambendo os lábios. 

Eu não conseguia parar de olhar para ele. Eu pude perceber que o membro dele estava muito rígido. Nem a calça conseguia conter ele. Abri minhas pernas um pouco mais para que Gojo colasse completamente o corpo dele ao meu. Mas ele não fez isso. 

Ele beijou minha boca novamente e então desceu até minha intimidade a beijando e chupando com força e prazer. Eu comecei a gemer muito alto, já não conseguia me conter de jeito nenhum. 

-Gojo! Aaah- Ele se levantou completamente soado, eu via aquele suor descer pelo peitoral dele até chegar à calça dele. Ele percebeu que eu não parava de olhar para o membro dele. 

Gojo- Essa calça é sem graça né? Acho que você não esta gostando muito dela. Melhor eu tirar.- Eu perdi complemente o ar ao ver ele tirando a calça daquele jeito. 

Ele subiu lentamente na cama e veio devagar até meu rosto e me olhou nos olhos pedindo consentimento para penetrar em mim. 

-Gojo... Eu ainda sou virgem...

Gojo- Que bom. Vou ser o primeiro para a sua sorte. Isso quer dizer que vai ser a primeira e melhor vez que você vai fazer isso. Olhe para mim... Olhe nos meus olhos... Sou o tipo de homem pelo qual você jamais deveria ter se apaixonado. Mas já que aconteceu... Aproveite tudo ao máximo. Chame pelo meu nome enquanto eu te faço minha...- Ele começou a passar o membro dele devagar sobre a minha vagina. Eu acabei arranhando um pouco as costas dele. - Que tal? Aceita ser minha?

Olhei com os olhos cheios de lágrimas e respondi acenando com a cabeça:

- Sim Gojo... Eu aceito- Ele me beijou com carinho enquanto começou a colocar a cabeça de seu pênis em mim.

-Aaah....- Ele colocou aos poucos mas aquilo parecia enorme para mim. Uma dor se infestou pelos meus quadris. 

Gojo- Tá tudo bem?- Disse isso dando um beijo no meu rosto.

-Si....sim...

Ele deixou dentro de mim até eu me acostumar. Então ele beijou meu pescoço e começou com movimentos vai e vem. 

Eu já não sentia tanta dor. Essa dor foi substituída por prazer. Ele não parava de me beijar enquanto metia em mim. Era tudo tão intenso. 

Gojo- Eu posso colocar tudo?

-Isso não era tudo...?- Ele sorriu para mim com carinho e me respondeu:

Gojo- Não minha coelhinha... Não era...- Confirmei com a cabeça que ele poderia colocar tudo. E ele realmente foi com tudo. 

-Aaaahh! Gojo!- Ele me calou com um beijo e continuou metendo em mim em movimentos fortes e cada vez mais rápidos, nossos corpos estavam quentes e eu podia sentir a respiração ofegante dele sobre mim. 

Cruzei minhas pernas em volta da cintura dele e me inclinei para que ele pudesse meter ainda mais fundo em mim. Logo ele começou a gemer também. 

Nossos gemidos se espalharam pelo meu apartamento fazendo com que nós dois nos entregássemos por completo. 

-Gojo eu acho que... Que vou gozar... Aaah...

Gojo- Eu também... Uhhm...- Ele começou a meter com ainda mais força e pressão aumentando a velocidade. Eu já não estava mais aguentando. Antes que eu chegasse ao meu ápice e ele ao dele eu olhei para ele. 

-Gojo... Olha para mim...- Ele me olhou com uma cara de puro prazer

Gojo- Oi...

-Eu te amo Gojo... Eu quero ser sua... Para sempre... 

Vi ele me olhar surpreendido com o que eu disse. Ele não me respondeu apenas me beijou e aumentou ainda mais a velocidade fazendo nós dois chegarmos ao nosso limite. 

Quando terminamos ele beijou a minha testa e me chamou:

Gojo- Hey... Como você está ein? 

Ainda bem ofegante respondi ele:

-Estou bem... Eu estou cansada... Dorme comigo?- Ele sorriu passando a mão delicadamente em meu cabelo. 

Gojo- Sim... Eu durmo sim.- Ele beijou a minha testa e então me colocou sob o peito dele me abraçando fazendo eu me sentir segura. Eu estava muito cansada. Isso não chegava nem aos pés do que eu havia sonhado. Essa sensação real era algo tão bom... 

Eu até me declarei para o Gojo... Eu espero que... Ele não me magoe...


Notas Finais


Tá ai.
Minha mão tá doendo mais que não sei oq
Vou ter que por no gelo kkkkkkkkk
Dsclp se tiver algum erro ortográfico ai :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...