História Owners Of Destiny - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Antisocial, Bella, Colegial, Eclética, Família, Introvertida, Passado
Visualizações 12
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


H33Y, tudo bom com vocês?!

Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 5 - One more chance


- Ei! – Jenna me chamou pela brecha da porta entreaberta de seu quarto. Me assustei e parei no mesmo instante. A garota está com as mesmas roupas e com uma aparência horrível. – Vem aqui. – Ela disse baixinho; mesmo totalmente contrariada, entrei no quarto dela.

- O que você quer comigo?! Eu não disse nada pra eles. – Falei rápido. Se ela pensa que vai me encher o saco á uma hora dessas da manhã, ela está muito enganada. Por mais que ela seja uma idiota comigo, eu não seria capaz de algo tão baixo...

- Eu sei, caso contrário, eles já teriam arrancado o meu couro fora. – Ela sorriu sem mostrar os dentes. – E eu posso saber por que você não disse nada?

- Porque eu não sou como você Jenna! – Falei como se isso fosse obvio. A garota apenas confirmou com a cabeça. – Olha, se eu fosse você, descia logo e resolvia todos esses problemas. Você sabe o quão chatos aqueles dois podem ser.

- Sim, sei... Obrigada. – Ela me encarou e até vi um pouco de sinceridade em seu olhar, mas sei que nada disso irá durar por muito tempo. Cenas como essa já se repetiram muitas vezes... Lhe ofereci um meio sorriso e a deixei sozinha.

Ao me juntar aos meus pais na mesa, eles me lançaram um olhar do tipo “E a Jenna?!” e eu apenas disse que ela está descendo. Ao menos hoje eu não serei o motivo para a discussão matinal...

- Então, que palhaçada foi aquela?! – Daniel perguntou assim que Jenna sentou-se ao meu lado. Ela incrivelmente conseguiu disfarçar a ressaca com uma boa maquiagem, coisa que eu não consigo fazer para esconder a minha péssima feição.

- Daniel! – Loren o repreendeu. – Deixa a Jenna se explicar. Eu aposto que ela deve ter uma boa explicação pra cena de ontem. – Okay, a defensora deu as cartas hoje. Enquanto isso, eu vou só observar tudo em silêncio. Nada de ser o centro das atenções por hoje.

- Tudo bem... E então?! – Ele encarou a garota á espera de respostas. Jenna suspirou profundamente e também o encarou.

- Me desculpem pela cena de ontem... Isso não vai se repetir.

- Ah, mas não vai mesmo! – Ele disse rápido, mas Loren voltou á encara-lo, porém dessa vez ele não se deixou intimidar. – Por que bebeu feito uma desesperada, em?!

- Eu... Eu tava numa festa e exagerei demais. Acho que colocaram alguma coisa na minha bebida, eu não sei. – Ela deu de ombros.

- Nossa, que lindo! – Daniel a aplaudiu. – E você acha que essas suas amizades vão te favorecer Jenna?! Você perdeu um ano letivo por causa daquele tal de Shane!

- Pai, ele não teve nada á ver com isso okay?!

- Eu não acredito nisso Jenna! Não sei quantas vezes precisarei repetir isso, mas enquanto você estiver nessa casa, quem manda em você sou eu!

- Eu já sei o que vamos fazer. – Loren disparou.

- Do que você está falando?! – Daniel encarou a mulher.

- Vamos manda-la pra casa dos seus pais. – Ih... Adeus vida social Jenna. Esses dois moram no fim do mundo e até tenho minhas dúvidas sobre o sinal de internet por lá...

- Quê?! – Jenna perguntou boquiaberta. – Vocês não precisam se precipitarem tanto quanto á isso. Eu prometo que não vou mais fazer besteiras, só não me mandem pra lá, por favor! – A garota começou com um melodrama. Por que temos que ver essa cena tantas vezes em?!

- É a última chance Jenna! A última! – Loren falou ríspida.

- A última pela quinta vez, né Loren?! – Daniel perguntou indignado.

- Olha, o lance é com a Jenna. O futuro dela só depende das próximas escolhas que ela fizer. Essas são as nossas condições. – A mulher se explicou. Foi convincente, mas bem desnecessário. Quando que essa mulher vai enxergar os erros de Jenna?!

- Eu prometo que isso não vai se repetir. – Jenna concluiu e toda essa situação ficou por isso mesmo, mais uma vez! Jenna prometeu que vai mudar e nossos pais resolveram dar mais uma chance pra ela... Tá, eu já começarei á contar os dias para a próxima cena.

[***]

E como não é de costume, chegamos depois que o sinal tocou e foi horrível ter que entrar na sala de aula. Todos nos olharam, mas só Jenna foi recebida por vários “oi” e sorrisos. Enquanto isso, caminhei até o lugar que Nathan guardou pra mim. Ao contrário de Jenna, o sorriso de Nathan foi o único que recebi.

- Pensei que não vinha hoje... – Ele se virou pra mim.

- Ah... Não. Só teve uns probleminhas lá em casa... – Revirei os olhos e apontei pra Jenna com o queixo. Nathan sacou sobre o que eu estava falando e apenas me disse “quero saber de tudo depois”. Nathan é tão fofoqueiro quanto uma garota, mas ao contrário delas ele não sai por aí espalhando o que conversamos. Ele sempre me dá conselhos mesmo sem entender nada de diversos assuntos e me entende como ninguém. Eu só agradeço aos céus por ter colocado esse garoto no meu caminho, caso contrário, a minha vida escolar seria ainda pior, se é que eu ainda estivesse em condições para enfrentar tudo isso.

[***]

- Ela mentiu na cara dura?! – Nathan perguntou assim que falei sobre a cena que Jenna fez ontem. Estamos voltando pra casa e o sol está bem mais quente que o normal.

- Sim, mas isso não me surpreendeu. O lance são os meus pais. Ou eles não enxergam mesmo ou sabem de tudo e não querem acreditar.

- Acho que a segunda opção. – Ele concluiu. – Aliás, o assunto do momento é a briga dela com o Shane.

- Briga?! – Aha! Então foi por isso que a garota chegou em casa em tal estado.

- Sim, na festa dos caras do time. Parece que a Jenna flagrou o Shane com uma garota, não sei ao certo. Até porque as noticias sempre se espalham escandalosamente.

- Então além de ser uma “trouxa” ainda leva chifres?! – Perguntei indignada.

- Parece que sim. Eu ouvi uns garotos dizendo que ela bateu nele e tudo!

- Ao menos isso...

- E você, falou com os seus pais sobre o fim de semana?

- Hm... Ainda não. Rolou essa confusão e eu nem tive tempo, mas hoje á noite eu te mando uma resposta.

- Okay... – Ele confirmou com a cabeça e paramos em frente á minha casa. – Pronto, está entregue! – Demos uma risadinha.

- Almoça comigo de novo?

- Dessa vez não vai dar Bella. Tenho que ajudar os meus pais. – Ele se desculpou.

- Tudo bem... – Até mais! – Nos despedimos com um forte abraço e entrei em casa assim que o garoto entrou na esquina. Ah... Pelo visto passarei a tarde tentando descartar todos os motivos para fazer alguma besteira.


Notas Finais


Até Já...

Bjão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...