História Owners Of Destiny - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Antisocial, Bella, Colegial, Eclética, Família, Introvertida, Passado
Visualizações 9
Palavras 977
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 6 - I need somebody now!


- Bella! – Já são quase 18:00 e Jenna invadiu o meu quarto. – Bella! – Estou sentada na cama á encarar o notebook, mas logo fui distraída por sua silhueta jogada na cama.

- E o lance de bater antes de entrar?! – A encarei, mas a garota logo revirou os olhos.

- Ai Bella, eu não vim aqui pra arrumar confusão... – A interrompi.

- Então á quê devo a honra da sua presença?!  - Resmunguei em tom de deboche.

- Hm... Eu preciso de você. – Ela disse manso á me encarar.

- Era de se esperar... – Bufei. Até por qual outro motivo ela estaria aqui, hm?! – O que você quer?

- Preciso que venha comigo... Prometo que não vou demorar muito.

- Aonde você pensa que vai?! E por que eu tenho que ir com você?! – Fechei o notebook e o coloquei sobre o criado mudo.

- Eu preciso resolver umas coisas e nossos pais não podem se quer desconfiar de nada, por favor!

- Não Jenna, eu não quero me meter em confusão! – Balancei a cabeça exasperada.

- Por favor, Bella! – A garota sentou-se ao meu lado. – Eu te dou R$50,00.

- Hm... – Vai, eu posso acompanhar essa garota por algumas horas. Meio que vai dar no mesmo, não estou fazendo nada aqui. – R$70,00? – Arqueei a sobrancelha.

- Quê?! – Ela arregalou os olhos. – Bella, você sabe que a minha mesada está com menos 40% por mês... Você pode pegar um pouco mais leve! – Ela contestou indignada.

- Tudo bem, mas você vai ter que pagar adiantado! – É essa a minha condição.

- Okay... – A garota tirou algumas notas do bolso e me entregou. – Se a casa cair, você arruma uma boa desculpa, okay?

- Tá... – Confirmei com a cabeça e a garota começou á caminhar pra fora do quarto. – Aliás... – Ela voltou á me encarar.  – Pra onde vamos?

- Á uma festa. – Ela sorriu empolgada.

- Quê?! – Levantei depressa. – Eu não vou aturar aqueles seus amigos sem cérebro!

- Fica tranquila Bella, você nem precisa entrar. Lá tem um jardim legal e você pode aproveitar pra espairecer um pouco! – Foi isso o que ela disse ao sair do quarto. Ah... Eu mereço! Revirei os olhos e me joguei na cama. – E trate de ir se arrumar! – A garota voltou á abrir a porta e colocou apenas a cabeça pra dentro do cômodo. – Saímos em quinze minutos!

[***]

- E aí Bella estranha?! – Shane falou assim que entramos em seu carro. Revirei os olhos.

- Vá se ferrar! – Falei ríspida e o encarei.

- Ih Jenna, parece que a sua irmã não está muito á fim de curtir! – Ele falou ao começar á dirigir.

- Para de zoar com ela Shane! – Ela o repreendeu e depois disso não sei se ele disse mais algum de seus insultos infantis. Coloquei os fones de ouvido no volume máximo e pela primeira vez em muito tempo, descartei minha “playlist bad” e deixei as músicas no modo aleatório.

E quatro músicas depois, Jenna abriu a porta de trás e me mandou sair com um olhar do tipo “você ao menos pode fingir que não é tão estranha?!” e eu á compensei com um belo “Vá se ferrar!”.

- Você ficou gostosa nessa calça, em? – Shane sussurrou em meu ouvido ao ficar entre Jenna e eu. O encarei surpresa e a minha teoria sobre o quão babaca ele é só aumentou. E antes que eu pudesse manda-lo para o inferno, o canalha apressou os passos e entrou na casa.

- Calma aí! – Segurei Jenna pelo pulso. – Eu disse que não iria entrar! – Falei quase que surtando.

- Ah claro... – Ela revirou os olhos. – Vem aqui. – Ela me levou pra trás da grande e barulhenta casa. – Bom... Acho que aqui ninguém vai te incomodar. – Ela balbuciou ao chegarmos aos fundos da casa.

- Quanto tempo isso vai durar?! – Perguntei ao deitar na grama.

- Não muito... – Ela falou ao se afastar. – Eu venho te chamar!

Okay, eu posso ficar aqui. Talvez eu consiga ouvir algumas músicas que baixei e nunca tive tempo, já que só dou preferência á coisas melancólicas.

E foi ao som de “In My Blood” que senti um dos fones ser tirado do meu ouvido.

- Ah... Mas que droga! – Resmunguei ao abrir os olhos.

- Hm... Você é bem irritadiça... – Arregalei os olhos ao ver Shane sobre mim. Seus joelhos estão um de cada lado da minha cintura, enquanto seu peso é sustentado por uma de suas mãos sobre o chão. A outra, ele está á segurar meu fone de ouvido enquanto me encara com um sorriso escandaloso nos lábios.

- Sai de cima de mim! – Falei rápido e coloquei minhas mãos em seu peitoral o forçando á sair de cima de mim. Porém foi inútil. O garoto largou o fone e tapou minha boca.

- Eu prometo que isso não vai demorar muito... – Ele sussurrou em meu ouvido e mordeu o lóbulo da minha orelha. Então um arrepio frio se espalhou por minha espinha e senti meu estômago embrulhar. – Você sabe muito bem usar sua marra em? – Ele continuou sussurrando e comecei á me espernear. Os meus gritos ocultados por sua mão, me deixam sem fôlego mais rápido que o normal. O que esse cretino pensa que está fazendo?! Gritei mentalmente e ao mesmo tempo voltei minha atenção para a música que continua tocando... I need somebody now. Someone to help me out. I need somebody now... É como se a música falasse por mim… - Vem aqui! – Então eu voltei para a minha cena atual assim que Shane se levantou apressado e me puxou em seguida.

- Socorro! – Gritei o mais alto que pude e antes de dar o primeiro passo, Shane passou o braço em volta do meu pescoço e voltou á tapar minha boca.

- Se você gritar, eu acabo com você! – Ele sussurrou em meu ouvido.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Obgd! Bjão


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...