História P. S. I Love You -Stony - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Bucky, Dr. Bruce Banner (Hulk), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Peter Parker (Homem-Aranha), Steve Rogers, Thor, Wade Willson (Deadpool)
Tags Spideypool, Steve Rogers, Stony, Tony Stark
Visualizações 253
Palavras 1.547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey meus amores!! Como estamos?? Mais um capítulo fresquinho para vocês e peço também humildemente que deem uma olhada em uma fanfic que eu e a linda e diva @WalkerSophia estamos escrevendo juntas. O nome dela é "Heathens" e o link estará nas notas finais! Desde já eu agradeço!
Uma ótima leitura a todos e até amanhã!

Capítulo 8 - For you


                                                                          VIII.

                                                                        For you

 

Tony afagou as costas do companheiro, antes de pegar o rosto do mesmo em suas mãos. Os olhos de Steve estavam vermelhos e inchados. Steve cobriu seu rosto com suas mãos e andou lentamente até o sofá.

Tony se virou para Bucky, que havia acabado de se levantar do sofá.

-Obrigado, Bucky. -Tony disse. -Deixa que agora eu cuido dele.

Bucky concordou com a cabeça e deu um beijo na testa de Steve, antes de ir embora. Tony respirou fundo e se sentou ao lado do marido no sofá.

-Como você está? -Tony quis saber.

Steve balançou sua cabeça em negativa, pressionando as pernas contra o peito. Como ele deveria se sentir? Bem? Ele deveria se sentir bem depois de descobrir a morte do seu pai?

-Eu não sei... -Steve soluça aquelas palavras. Tony sente receio de tocar o companheiro e ser rejeitado pelo mesmo. -Ele morreu há seis anos e eu... e eu estou sentindo a dor agora.

Tony engoliu em seco. Na época, fora difícil fazer Steve superar a morte do pai, mas não fora impossível e não seria diferente agora.

-Eu estou aqui. Sempre.

Steve olha nos olhos do companheiro e o mesmo dá um leve sorriso para Tony. Com Tony ali, ele se sentia muito melhor.

 

(...)

 

Tony mal conseguiu dormir a noite. Ele acordava o tempo inteiro e ia até o quarto em que ele dividia com Steve para ver como o mesmo estava. Steve dormia profundamente, todas as vezes em que Tony iria verificar.

Tony se aproximou na ponta dos pés do closet e o abriu, pegando a sua filmadora. Ele se sentou na cama e a ligou, filmando enquanto Steve dormia. O mesmo mal se mexia e Tony só via o peito dele se movimentando para cima e para baixo, a medida em que respirava.

Ele acariciou os cabelos de Steve e beijou o alto da cabeça do mesmo, fazendo a câmera captar cada movimento dele.

-P. S. Eu te amo, Steve.-ele sussurrou aquelas palavras. Tony tinha o olhar fixo em sua filmagem e logo em seguida, ele desligou sua câmera, tirando a fita gravada de dentro dela e a colocando na porta fita cassete. Tony pegou uma caneta marcador e escreveu a seguinte frase:

 

            Para Steve. 12/06/2018

 

            P. S. Eu te amo

 

Tony guardou a filmadora, junto com a fita gravada em sua “caixa das recordações”, antes de olhar uma última vez para Steve e seguir para o seu quarto, para poder dormir um pouco.

 

(...)

 

Tony queria ficar com Steve naquela manhã, mas o mesmo insistira para que Tony fosse trabalhar. Steve também queria ir trabalhar, mesmo não sabendo onde trabalhava, mas de acordo com Tony, ele estava de licença.

Steve tinha a casa toda para ele novamente, então ele aproveitou para poder ver outra fita que Tony gravara. Ele pegou uma com a data 24/10/2012 e colocou na filmadora, ligando-a em seguida.

Steve estava bebendo cerveja, enquanto dançava na sala,ao ritmo de ‘Same Mistake’.

-I’m not calling for the second chance, I’m screaming at the top of my voice. Give me reason but don’t give me  a choice ‘Cause I’ll just to make the same mistake again.

Tony tentava segurar o riso para não poder rir da performance do companheiro ao som de James Blunt. Ele se aproximou lentamente de Steve e o mesmo continuava a cantar, enquanto bebia sua cerveja.

-Você deveria ser cantor profissional. -Tony comenta e Steve olha para o mesmo, mostrando o dedo do meio para ele.

-Vai a merda, Stark!

Tony riu e Steve sorriu para o mesmo, antes de tomar o resto da sua cerveja.

-Essa é a nossa música, lembra? -Steve perguntou para Tony e o mesmo assentiu com a cabeça. -Dançamos ela no nosso casamento.

O sorriso de Tony se alargou em seu rosto.

-Vêm, eu vou colocá-la de novo. -Steve desce da mesinha de centro em que ele está e ergue sua mão para Tony. -Vêm, dança comigo.

Tony concorda com a cabeça e posiciona a câmera em cima do sofá, onde ela tinha o foco dos dois. Steve reinicia a música e rodopia Tony uma vez. O menor sorri para ele, antes de colocar suas mãos nos ombros de Steve e as mãos de Steve pararem em sua cintura.

-Há quanto tempo não dançamos? -Tony perguntou para o marido, enquanto era guiado pelo mesmo.

Steve deu de ombros.

-Há um pouquinho de tempo já.

No refrão, Steve rodopiou Tony duas vezes seguidas, antes de fazer o mesmo bater contra o seu peito. Tony sorriu para ele e Steve o agarrou pela cintura, aproximando-os o máximo que conseguia.

Foi a vez de Tony conduzir Steve na dança e ele rodopiou o maior, fazendo o mesmo cair diretamente em seus braços bronzeados. Steve sorriu para o marido.

-Você me faz feliz, Tony. -Steve declara e Tony sorri para ele, antes de erguê-lo.

-E você me faz feliz também, Stee.

Steve sorriu e beijou o marido, prendendo suas mãos no cabelo do companheiro. As mãos de Tony estavam sobre a cintura de Steve e o mesmo dançava sua língua na língua do companheiro.

Tony conectou sua testa a testa de Steve e sorriu para o mesmo. Só Steve era capaz de fazê-lo feliz. Tony soube disso no instante em que colocou seus olhos nele. Soube que Steve era o homem para ele, desde o primeiro momento.

-Estou aqui, pagando esse mico todo... -Steve disse,brincando e Tony riu. -Por você.

Tony olhou fundo nos olhos de Steve e prendeu suas mãos no pescoço do marido, enquanto o mesmo guiava o corpo de Tony lentamente ao ritmo da música.

-Feliz três anos de casados, amor. -Steve sussurrou para ele.

Tony sorriu.

-Feliz três anos de casados, príncipe.

Steve sorriu e revirou os olhos. Certo, ele pagava o maior mico quando Tony o chamava de príncipe e apenas para provocá-lo, Steve chamava Tony de princesa.

-Feliz aniversário de casamento, princesa.

Tony revirou seus olhos.

-Eu tenho um presente para você. -Steve declarou, antes de se afastar do companheiro. Tony pegou a filmadora e filmou Steve, enquanto o mesmo voltava com o presente atrás de suas costas. -Advinha o que é.

-Um CD? Uma câmera nova? -Steve fez que não com a cabeça.

Tony pensou um pouco, mas não sabia o que era.

-Desisto. Eu não faço a menor ideia do que possa ser.

Steve riu e ergueu um embrulho prateado para Tony. Ele pegou a câmera da mão do companheiro e filmou enquanto Tony se sentava no sofá e abria seu presente. Tony ficou espantado com o que vira.

-Um álbum de fotos?

Steve concordou com a cabeça. Todas as fotos que eles tinham tirado nos últimos quatro anos, estavam naquele álbum.

-Steve, amor, eu adorei. -Tony declarou, enquanto se levantava para beijar o companheiro.

Steve focou a câmera nos dois e Tony riu entre seus lábios.

-Admita princesa, somos um pouco melosos de vez em quando.

Tony riu e concordou com a cabeça.

-Sim, nós somos.

Steve pegou o rosto de Tony em uma de suas mãos e forçou o menor a olhar em seus olhos.

-P. S. Eu te amo. -ambos disseram ao mesmo tempo, antes de sorrirem e conectarem suas testas.

Tony olhou para câmera e buscou pelo botão de desligá-la e Steve riu da atrapalhada do companheiro, antes de cobrir o rosto dele de beijos. Tony riu e quando finalmente achou o botão, ele desligou a câmera.

Havia um sorriso no rosto de Steve quando o mesmo acabara de ver a fita. Sim, ele era feliz com Tony. Sim, ele viveu os melhores momentos de sua vida ao lado de Tony e o mesmo ao seu lado. Sim, ele gostaria de voltar no tempo e fazer com que nunca tivesse se esquecido de seu próprio marido...

Mas ele não poderia voltar no tempo e por mais que doesse em Steve, o próprio sabia que apesar de todos os seus esforços, ele não conseguia se lembrar de um único momento sequer em que fora feliz ao lado de Tony.

 

(...)

 

"Esse lugar é incrível!" Tony disse com entusiasmo, enquanto abria seus braços e deixava o sol da manhã invadir todo o seu corpo.

Nunca pensara que Dubai pudesse ser uma cidade tão linda como era. Logo, sentiu os braços de Steve envolverem sua cintura e um singelo beijo fora deixado em sua nuca.

"Economizei bastante para te trazer aqui. Acho que você merece nessa data tão especial. Acho que merece o melhor.

Tony sorriu e tocou as mãos do companheiro, as alianças de ambos arranhando uma contra a outra.

"É o melhor presente de aniversário de todos." Tony declarou e viu aqueles imensos balões ganharem voo, um mais colorido do que o outro.

"Vamos voar em um desses balões hoje."

Tony se virou para ele, seus olhos brilhando.

"Está falando sério?"

Steve fez que sim com a cabeça.

"Mas é claro que eu estou. É o seu aniversário e um dos seus maiores desejos sempre foi conhecer Dubai e voar em um balão. Bom, estou realizando seus dois desejos de uma vez só."

Tony sorriu e beijou os lábios de Steve.

"Você é incrível, sabia disso, Stee?"

"Apenas tento ser o melhor marido do mundo para você. Feliz aniversário, meu amor. Eu te amo. Infinito vezes infinito."

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...