1. Spirit Fanfics >
  2. Pacify Her and Class fight >
  3. Não!

História Pacify Her and Class fight - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Não!


.|Pacify Her and class fight.|

Ao entrar na sala, Jimin e Taehyung ouvem a voz fina, ao mesmo tempo grossa da professora , soltando.

— Qual é a regra que Ji baby e Taehyung não seguiram?

A turma vira seu olhar para os dois parados, e respondem a pegunta , que fora da professora.

– Quando o sinal tocar, sente em seu lugar.

— Sente-se ! – A professora , diz.

Park e Kim se apressam a ir ,sentar em seus lugares.

Ao sentar , logo levantaram, pois o rádio da escola , começa com palavras para se levantar.

( Minutos depois)

Jimin estava fazendo seus deveres, quando sente alguém tocando em seu ombro. Ao virar, tem a visão de Jeon, seu crush, sorrindo educadamente e pedindo uma borracha.

Jimin, corado, logo pega a borracha e da para o de cabelos negros.

— Você fica bonito, de cor de cabelo diferente. – Sussurra, sorrindo de canto. Deixando Jimin coradissimo.

Lisa, que estava copiando seu dever, percebe a interação entre os Jeon e Park.

Já ia surtar de raiva, mas logo uma ideia abaixa sua raiva pelo Park.

Manoban empurra seu lápis para cair, logo o pegando, mas empina a bunda na direção de Jeon.

Que olha, mas não forma nenhuma expressão.

Professora, ao perceber sua aluna em pé, bate com a régua na mesa e diz, com um tom rouco; Volte a se sentar, Manoban!

Mesmo a contra gosto, ela concede a regra.

Mas antes, faz um desenho mal feito , amassa o papel e joga na mesa de Park.

Pega o papel e desamassa, ao ver o que tinha, suspira e olha para a garota, que lhe manda um dedo do meio.

Por que ela é assim? Ela já namora com o Ggukkie, não precisa de mais nada.

Acha que está conseguindo atiçar o Kook, coitada.

Pois se ele a ama, por que me deseja tanto? – Jimin, pensou.

{ Hora da soneca.}

A professora termina de escrever no quadro, avisando que já é a hora da soneca.

Ji e Taehyung se arrumam, para se esconderem em seu lugar secreto.

Ao entrarem, tentam achar o lugar.

- Está me ouvindo, Tae?

— Sim, estou tentando seguir su- Ah, aí você! – Diz, fazendo ambos rirem.

Logo se sentam.

— Olha o que Lalisa mandou para mim. – Mostra o papel, que Taehyung pega.

— Oh...briga. Por que não liga para sua mãe?? Ou podemos usar seus poderes. – Questiona, sorrindo travesso, fazendo uma chama , pequena, de fogo aparecer , na palma de sua mão.

— Não, não. Isso não é certo, seria injusto. – Diz, soltando alguma gotas de água, cairem sobre a chama, apagando-a.

— Mas se temos poderes, acha mesmo que não forma feitos para usar? – Sem resposta.¹*

- Vamos ligar para sua mãe!

— Não acho que ela vai atender, Tae. Ela deve estar dormindo.

— Não custa nada tentar! – Disse, pegando o telefone e entregando para Park.

Jimin pega o telefone, antigo e disca o número da sua casa, não obtendo nenhuma ligação de retorna ou voz de sua mãe, como sempre.

—..."Mamãe por que estou triste, devo deixá-lo e ela ficar feliz. Não, não. Primeiro engole o choro, papai já disse , vai no pescoço."

"Vai no pescoço, vai no pescoço. Papai já diz, vai no pescoço."

Jimin, ao deitar na sua cama, percebe a presença da cobra, que Lalisa havia colocado em sua cama.

Seus olhos ficam negros, juntos como sua raiva e uma diz em sua cabeça; Briga de escola.

/. Recreio. /

Jimin e Taehyung estavam sentados , no grande local onde havia areia. Estavam conversando normalmente, até uma pessoa vir e se juntar a eles.

Era Jeon.

Jeon se sentou- se e perguntou se podia sentar lá.

Jimin assentiu, e começaram a conversar.

Jimin inventou de brincar, conseguindo tirar sua cabeça de seu pescoço, fazendo Taehyung e Jungkook rirem.

Não muito longe dali, havia um grupo de meninas, cinco por exemplo.

— Ai ,eu disse. Seu cabelo está uma merda, e claro , ela levou para o pessoal e vocês estão me ouvindo?! – Lalisa, pergunta . Ao ver as colegas olhando para alguma coisa, ao se virar. Se depara com Jeon beijando a bochecha, corada, do mais baixo²*

Sente sua raiva fluir e uma voz na sua cabeça, indagar com deboche " Vai deixar ele roubar seu homem? ".

Ao ouvir isso, Lalisa começa a andar rapidamente até eles, empurrando algumas pessoas, o que chama a atenção delas, então elas a seguem.

— Cuidado, Ji! – Taehyung, exclama. Fazendo Jimin virar e receber um tapa.

Jeon se levanta rapidamente, nervoso.

— Me soltem, suas putas! – Taehyung, grita com raiva, ao ver seu amigo levar tapas.

Lalisa pega uma faca e passa sobre o braço de Jimin, fazendo o sentir uma dor aguda.

Seus olhos se tornam pretos, e começa a flutuar³* , levando Lalisa junto.

Isso faz Taehyung da um sorriso.

— Me coloque no chão, esquisito! – Manoban manda, com raiva.

— Se- Ah! – É interrompida por duas tranças , de cores diferente, rodeando seu pescoço e apertando, com força.

— Se ele te ama, por que me deseja?! – Jimin, indaga , com sarcasmo e depois, a solta⁴*.

— O que??! – A professora se levanta rapidamente, ao ver o que estava acontecendo nas câmeras e vai até o local, que era o parquinho. E ver Jimin descendo calmamente, até pousar no chão.

E apita.

| continua?|



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...