História Padrasto - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 14
Palavras 613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Saga, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Padrasto


Fanfic / Fanfiction Padrasto - Capítulo 1 - Padrasto

Motel, 11:42 da noite.

O quarto escuro estava abafado, as janelas de vidro estavam fechadas e abafadas fazendo com que os corpos suassem tornando o sexo mais prazeroso e selvagem. A cama rangia e batia na parede com força, deixando claro o tesão que tinha ali.

-V-vai devagar! - Jimin estava de quatro na ama com as duas mãos apoiadas, quase sem forças, na cama enquanto o homem fodia sua bunda com vontade e sem piedade. Foi puxado para o colo do outro, que beijava seu pescoço e acariciava seus mamilos enquanto fazia o garoto quicar em seu pau de costas para si.

-Vem cá- o mais velho chamou. Jimin se ajoelhou no chão de frente para o pênis do homem que batia em sua bochecha e o lambuzava de esperma. -Coloque tudo na boca.- Jimin assentiu. Segurou o pênis grosso e grande vendo as veias pulsarem, suspirou em agrado e lambeu a cabecinha logo o botando na boca.- bom menino. Isso...Puta merda.- a cabeça de Jimin foi pressionada com força contra o pau do homem, acabando por se engasgar quando o homem gozou sem parar direto em sua garganta.- Eu já paguei pelo quarto, você pode levar o tempo que precisar. E...tente não se atrasar da próxima vez, tenho que ir, tenho um compromisso. Enfim, o dinheiro é o de sempre.

- Eu não preciso do seu dinheiro…-o homem vestia seu blazer quando abriu a porta, mas estancou no local soltando um sorriso debochado para o garoto.- eu não quero seu dinheiro, leve ele com você.

-Eu sei que você precisa dele, especialmente agora- Jimin sentiu a fúria subir seu corpo, o homem debochava de si e não poderia fazer nada. Olhou o envelope na mesa ao lado da cama e franziu a testa- é bem grosso.

-Abra-o- O homem mandou. E Jimin o fez, sorrindo vendo a quantidade que tinha, e por um momento esqueceu a raiva que sentia do outro.- você não precisa me pagar por isso, mas acho que te vejo na próxima.

-Pode ter certeza- Jimin foi puxado contra o corpo maior e sentiu sua boca ser invadida pela língua quente. -Tchau.

 

Jimin

 

Me joguei na cama bagunçada e o celular vibrou na mesa de madeira velha.

Foi incrível, você deveria ter vindo conosco. ”

Quando rolei a mensagem, mamãe enviou uma foto dela abraçada com Jungkook, seu namorado.

Um mês atrás...

Eu estava em frente a garagem, Jungkook mais uma vez estava ali me dando dinheiro pelas nossas noites.

-Eu não preciso do seu dinheiro, vai se foder.

-Jimin, por favor, eu preciso de você- Jungkook segurava meu braço e seus olhos brilhavam. Ele iria chorar.

-Eu só estou nisso pelo dinheiro, eu não quero um relacionamento, Jungkook! Eu não sei lidar com isso, você é obcecado! - O deixei ali. Jungkook não é uma pessoa normal, e quando o deixei sozinho, vi seu sorriso maldoso. Ele iria aprontar. Ele era assim.

Não há bons empregos, não é fácil arranjar um também, não tendo suficiente para estudar, cheguei onde estou hoje. Quando entrei no meu quarto, o celular vibrou.

-Oi mãe.

-Oi, meu bem. Estou aqui no restaurante com ele, estamos te esperando.

-Já estou indo, adoraria conhecer seu novo namorado.

 

 

- Jimin vai demorar um pouco...-Mi-Cha esquentava as mãos na xícara de café.

-Tudo bem, estamos todos atrasados.

-Ora, você é sempre muito ocupado, é justificável –Jungkook sorriu para a mulher, mas logo sua visão caiu em Jimin que seguia para a mesa onde estava- oh, ali está ele...Jimin! - Mi-Cha chamou.

-oi, desculpe o atraso.- o ruivo se desculpou constrangido.-bom, oh...oi, você é...

-eu ouvi muito sobre você, mais bonito do que eu imaginava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...