1. Spirit Fanfics >
  2. Páginas de um diário - Noart >
  3. ''É muito difícil engolir essas palavras...'' S. D.

História Páginas de um diário - Noart - Capítulo 53


Escrita por: e kookzinha172


Notas do Autor


~Kook

Hellooo. Gente, eu amei ler as suas paranoias no capítulo anterior. AHuheaeu

Chega de enrolação, boa leitura...

Capítulo 53 - ''É muito difícil engolir essas palavras...'' S. D.


Sina Deinert 

Acordo com raios de sol em minha cara, por um momento eu havia me esquecido do dia anterior. Fico encarando o teto por um instante e sinto um vazio me preencher...

Me desculpa, Ryan! Por não ter feito nada para te ajudar, e por nunca ter percebido as suas dificuldades com sua família. Sinto muito mesmo, eu queria ter te impedido.  Nunca passou pela minha cabeça passar por isso, tudo que eu fiz foi em vão. 

Vários momentos estão se passando em minha cabeça... Ó Ryan, por quê? 

Me viro para espantar os pensamentos, e me deparo com o Noah e seus cabelos bagunçados em sua cara. Fico encarando-o por alguns minutos e decido levantar, e digo para mim mesmo...

Eu PRECISO seguir em frente! 

Entro no banheiro, faço minha higiene pessoal, arrumo o cabelo e visto uma blusa branca e um macacão preto. Eu poderia acordar o Noah, poderia, mas eu não vou. Vou falar com Krystian e a Hina primeiro, eu quero voltar para a Califórnia o mais rápido possível. Eu não queria que acabasse assim, mas acho que os pais de Ryan deviam saber e a polícia também, e contar as coisas virtualmente não é a melhor forma. 

Bato na porta, e ouço passos acompanhado de vozes. 

- Meu Jesus, quem será hein? - Identifico a voz de Krystian  - Olha, fique você sabendo..., ah oi Sina - Krystian dizia esfregando as mãos nos olhos 

- O que você quer? - ele perguntava 

- A gente precisa voltar para a Califórnia - digo entrando no quatro de hóspede 

- Eu sei que você pediria isso, então providenciei isso ontem mesmo - ele dizia sentando na cama 

- Ok então, que hora nós vamos? - pergunto 

- 14:00PM - ele respondia 

- Ok, então vou arrumar minhas coisas - digo saindo do quarto, e indo em direção ao meu quarto, quer dizer, meu não da Sofya.

|QDT - 13:20PM - Rússia, Moscou| 

- Vocês têm certeza de que não querem ficar aqui? - Vocês ficaram aqui por tão pouco tempo - a Russa dizia cabisbaixa 

- Sim, é uma emergência, mas nós daremos notícias - Digo abraçando a loira a minha frente 

- É bom mesmo - Ela me encara mortalmente 

Nós saímos da casa e entramos no carro. Nós não estávamos no animo para nada, tipo para vocês terem uma ideia. O caminho está sendo um silêncio eterno, inacabável e desconfortável.  O tradicional deixou de ser tradicional, deu para entender? 

Espero que sim! 

Eu não sei como vamos falar isso para os pais de Ryan, e também estou muito receosa de mostrar isso a polícia. 

Mas de um jeito ou de outro eles têm que saber! 

Oh God! 

Chegando no aeroporto, deixamos nossa malas para serem despachadas e sentamos nos bancos esperando a recepcionista chamar o nosso voo.

Esperamos alguns minutos, e o resto vocês já sabem. Senhores passageiros blah blah blah, essas coisas sabe? Entramos no avião e procuramos nossos assentos. 

O dia vai ser longo, muito mesmo.  Eu estou cansada então nada como uma boa dormida, não é mesmo? 

Me ajeito no assento e adormeço

 

|QDT - Orange County - 12:00PM|

 

( Kook: Já é outro dia, tá?)
 

Bom, já estamos na Califórnia, chegamos ontem de madrugada, mas eu não quero detalhar tudo para vocês, até porque vocês já sabem o que acontece, né?

 É o tradicional de sempre.

Eu estou me arrumando para me encontrar com meus amigos, a gente vai na casa dos Fenning e de lá vamos para a delegacia.

Bem... eu não sei como vou falar isso para os pais de Ryan, é um assunto tão delicado e complicado. 

Eles vão ficar arrasados... Mas eles precisam saber, de uma forma ou de outra! 

Balanço minha cabeça na tentativa de afastar os maus pensamentos. Olho meu relógio, e é melhor eu ir logo. Me despeço dos meus pais e vou direto para a casa de Noah. 

Chegando lá, percebo que Noah, Hina e Krystian estão sentados na varanda sem trocar uma palavra se quer, quando me veem apenas levantam. 

- Ahn, oi - digo 

- Oi - Eles disseram. A carta de Ryan mexeu muito com eles e comigo também, esses dias vão ser longos e principalmente tristes. 

- Vamos? - Noah dizia colocando as mãos no bolso. Nós íamos a pé mesmo, e eu já estava pensando no que eu ia dizer.

''Oi, Ex-Sogros. Eu aconselho vocês a sentarem, é uma notícia impactante. Então né, Ryan não está mais entre nós'' 

AAh, quem eu quero enganar? É muito difícil engolir essas palavras...

Chegando lá, nos entreolhamos e ficamos encarando a porta, até que eu decido bate-la. Ouço alguns passos e logo a porta se destranca.

Minhas mãos estavam tremendo de medo e receio de contar. Eu... só não sei o que fazer!

- A gente consegue - Noah sussurrava em meu ouvido me fazendo soltar um suspiro.

A hora é agora!

- Sina? - Sra.Fenning me olhava e percebeu a presença dos outros. -  Oi, gente! Entrem, por favor - 

- Posso saber o porquê da visita? - ela dizia se sentando no sofá. Eu e meus amigos nos olhamos tensos. 

- Eu não sei se vamos conseguir falar, então... toma - digo entregando a carta. A mesma parecia confusa, mas abriu a carta e começou a ler atentamente. Após terminar a carta eu pude notar que lágrimas já tinham caído. Ela estava totalmente abalada, eu cheguei perto dela e a abracei. 

Sra.Fenning desabou em meus braços...

Ela não conseguia dizer absolutamente nada. Isso me parte o coração 

- Ele se foi... - ela dizia em meio de soluços. Eu conseguia sentir e ver a sua tristeza. 

- Isso tudo é culpa minha - ela disse em um fio.

AAAH NÃO, meu coração não vai aguentar... Me dói ver isso, me dói ver ela se culpando

- Não, não é sua culpa! - eu dizia acariciando seus cabelos, e ela balançava usa cabeça negativamente. 

- Precisamos ir... Meus pêsames - Digo  - Fica bem - digo tentando consolar, e a mesma nos acompanha até a porta, nos despedimos e fomos embora. 

Se eu e meus amigos ficamos sem chão, imagina o que a Senhorita Fenning está sentindo

É... definitivamente esse foi um dos momentos mais difíceis da minha vida. Espero que a Sra.Fenning fique e bem, e eu espero que Ryan esteja eu um lugar melhor...

Capítulo escrito por Kookzinha172


Notas Finais


Por hoje é só...

E eu quero ver mais paranoias, kaskksks
Byee

~Kook


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...