1. Spirit Fanfics >
  2. PAI POR ACASO!! -Jikook >
  3. Capítulo 1

História PAI POR ACASO!! -Jikook - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


— Meu deus eu estou ficando louca,eu achei que o Spirit tinha apagado a minha fic,mas na real foi eu mesma que a paguei ela por completo,até os capítulo.Por isso eu escrevi tudo de novo com um novo roteiro —

— imagine que essa garota totalmente aleatória é a Kendra —

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction PAI POR ACASO!! -Jikook - Capítulo 1 - Capítulo 1

Ela batia em minha porta as três da manhã,sua expressão era de raiva,lágrimas desciam pelo seu rosto sem sua permissão.Eu não sabia oque estava acontecendo e nem o motivo dela estar tão alterada em pleno sábado.


Apenas senti uma ardência em meus rosto e logo pude notar que as suas unhas haviam cortado a minha bochecha,mesmo assim ela não parou,socos eram desferidos sobre o meu peitoral.


Depois de um tempo me "batendo" ela se joga em meus pés chorando,seus braços envolvem a minha perna cravando suas unhas em minha coxa.Cansado desse chilique-a peguei pelo braços puxando em minha altura. 


—oque esta acontecendo Kendra? —olhei em seus olhos que estavam vermelhos —Anda garota diz logo.


 A loira nada diz,apenas se solta do moreno vasculhando o bolso de sua jardineira a procura de algo.Jeon não estava entendendo nada.


—você acabou com a minha vida —mostra um teste de gravidez para o tatuador —Eu só tenho dezoito anos,oque vou fazer agora — joga o teste no chão.


—esse filho não é meu,raparigas como você fica com vários —olha para a garota com frieza.


—Jeon esse filho é seu sim....Eu não fiquei com mas ninguém depois que a gente transou —se desespera.


 Jungkook não queria acreditar que seria pai com apenas vinte e três anos,era novo de mas para uma responsabilidade tão grande assim.Ele não estava duvidando de Kendra pelo contrário,sabia que a garota era moça de família e já mas se aproveitaria de uma situação dessa.


—ok —passa as mãos em seus fios negros —Irei assumir essa criança,só peço que não espalhe para ninguém que esta grávida do tatuador Jeon Jungkook.


—minha mãe vai querer saber quem é o pai do meu filho —sua expressão era de puro medo.


—ai caralho garota —por impulso grita com mas nova —Eu prometi ajudar com a criança,agora a sua mãe você se vira.


 A loiro não tinha a intenção de engravidar do tatuador mas famoso de Busan,mas tudo aconteceu tão rápido que em menos de um mês a cegonha bateu em sua porta anunciado sua gravidez.


—Jeon —sussurra —Apesar de tudo eu fico grata em ter você como pai do meu filho.


—não pense que teremos relação de namorados ou algo do tipo,apenas irei te dar uma pensão todo os meses e nada mas que isso.


— não não não,temos que nos casar Jungkook,minha mãe não vai aceitar uma filha desonrada em sua casa.


—não Kendra...Eu não me apego a ninguém.


Realmente Jungkook adorava um pega-pega sem se apegar.Já destruiu milhares de coração tanto de homens quanto de mulheres.


—por favor sai de minha casa e quando precisar de algo fale com a minha secretária —abre a porta dando espaço para a loira passar.


 A loira sabia que iria ser expulsa de sua casa se acaso contasse para sua mãe que estava grávida e pior sem um namorado ou marido para lhe sustentar.


— tá,prometo te manter a par de tudo —um sorriso meigo brota em seus lábios finos.


                         ♪

Os meses foram se passando,a loira havia se tornado uma interesseira,a cada dia faz um pedido diferente ou uma contia de dinheiro mas alto para suprir os seus gastos.O tatuador estava ficando de cabelos em pé com as exigências da garota.


Hoje seria a primeira ultrassom da loira após ter entrado no quarto mês de gestação.Digamos que Jeon descobriu o seu lado paternal durante esses quatro mês,em sua casa a design estava preparando o quarto do seu pinguinho de gente.E como de costume Kendra estava esparramada no sofá de Jeon,em quanto o moreno terminava de se arrumar.


—caralho Jeon vamos logo —grita do primeiro andar.


 Com a paciência no limite Jungkook desce as escadas com o seu famoso coque no cabelo.Em sua mão a chave da camionete.


—vamos logo então Kendra —abre a porta da sala saindo de casa.


—me espera filho de uma puta,uma grávida não consegue andar rápido —reclama fechando a porta.


                     ♪

—Kendra para de fazer ceninha por causa da atendente —puxa a garota pelo braço-a fazendo se sentar em um dos bancos perto recepção.


—ai Jeon — passa a mão no local do aperto —Sera que você não percebeu que ela estava dando em cima de você?! 


—se ela quiser eu quero —olha para a morena.


  A loira com ódio em seu olhos fuzila a recpicionista que não parava de olhar para o pai de seu filho.


—Kendra e Jeon Jungkook o pediatra esta esperando vocês em sua sala —a enfermeira aparece na sala de espera com a prancheta em mãos.


—até que enfim -se levanta puxando o moreno junto com sigo.

  


 Ao adentrarem a sala o olhar de Jungkook foi logo para o pediatra.


—Você deve ser a Kendra,estou certo? —se levanta indo até a loira.


—sim.


—bom eu me chamo Park Jimin,estou no lugar do obstetra durante um mês,apesar de eu ser um pediatra —estende a mão em uma forma de comprimento.Kendra com a sua superioridade revira os olhos ignorando o baixinho.


—eu sou Jeon Jungkook —aperta a mãos do ruivo.


—vamos logo com isso,eu não tenho tempo para comprimentos —questiona olhando o seu celular.


—ah claro me desculpe —sorri envergonhado —A senhorita poderia se deitar na maca por favor!


 Kendra com a ajuda de Jeon se deita na maca.Em seguida Park passa um gel gelado no pouco volume da barriga da garota.

 

Jimin passava o transdutor na barriga da garota com leveza,o aparelho deslizava por cada cantinho a procura de algum sinal da criança.


—hum já da para ver o sexo do bebê? —Jeon pergunta impaciente olhando para a tela.


—parece que o neném esta com vergonha,as perninhas estão fechadas —sorri para Kendra —Não consigo ver o sexo do bebê.


—você é tão incompetente que não consegue nem fazer o seu serviço direito —limpa sua barriga com uma papel toalha.


—Kendra ele já disse que o pinguinho de gente esta com as perninhas fechadas —repreende a loira —Desculpe a atitude da Kendra senhor Park.


—tudo bem,os hormônios da gravidez esta mexendo com a sua namorada —se senta em sua cadeira.


—não,ele não é a minha namorada —sorri.


 Jimin gostou do sorriso do moreno,era bem atraente os seus dentes parecendo um coelho.


—olha senhorita Kendra eu recomendo que pare de ingerir muita coisa gorduras,elas estão fazendo mal para o neném.


—ta ta....Jungkook vamos embora.


—eu já vou,me espere lá fora —olha sério para a grávida que suspira saindo da sala.


 Jeon com o seu jeito galanteador se aproxima do ruivo jogando todo o seu charme,suas mãos batucavam a mesa em quanto seua olhos pararam na boca carnuda do pediatra.


—gostei do piercing —morde os lábios —Dizem que quem tem piercing na língua beija bem,é verdade?


—o senhor esta me paquerando? —ollha para o moreno que ajeita sua postura —Olha eu já tenho namorado ok.


—oh me desculpe —sorri amarelo para o ruivo —É..O meu filho esta bem,digo a saúde dele dentro...da barriga da mãe dele.


—sim,ele esta bem,só peço que-a leve no nutricionista para regular a alimentação dela.


—claro,irei fazer isso —sai da sala envergonhado por ter levado um fora.


 




 


Notas Finais


— Boa leitura —

— Desculpa se não ficou bom,prometo melhorar com o tempo —

— Desculpa os erros ortográficos —


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...