História Painkiller - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mike Shinoda, Rob Bourdon
Tags Bennoda, Chester Bennington, Linkin Park, Mike Shinoda
Visualizações 163
Palavras 1.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey Hey hey
Mais um capítulo chegando

Capítulo 10 - Mexeu Com Você?


Fanfic / Fanfiction Painkiller - Capítulo 10 - Mexeu Com Você?

 

O Joe ainda me olhava com cara de espanto,eu muito idiota,meu deus,por que diabos eu fui abrir a minha boca?

 

-como é que é?-ele me perguntou fazendo uma cara engraçada

 

-você ouviu,eu não vou repetir

 

-repete,porque eu acho que não entendi direito

 

-você entendeu

 

-repete,por favor

 

-ele me beijou-falei bufando de raiva,pra que me fazer repetir hein?

 

-EU SABIA!!!!HAHAHAHA

 

-para de gritar porra,a Anna vai querer vir aqui saber o que ta acontecendo

 

-e você gostou?

 

-Joe!

 

-você empurrou ele ou não?

 

-não

 

-ha eu sabia hahaha

 

-sabia do que?Ta louco?

 

-meu querido,eu sempre achei que o Chaz tinha um interesse em você e você nel...

 

-eu não tenho interesse nele

 

-calado Shinoda,eu estou falando

 

-ta,continua

 

-você acha mesmo que eu escrevi seu nome naquela árvore pra zoar?

 

-você ainda lembra disso?-falei como se eu não tivesse visto aquela árvore hoje de manhã e tivesse uma foto daquilo

 

-lembro,e como eu disse,não foi pra zoar,eu só previ o futuro,só não achei que você fosse demorar tanto pra cair na real

 

-que mané cair na real Joe,se liga,ninguém caiu na real não

 

-se você não quisesse,teria empurrado

 

-mas...

 

-você teria empurrado

 

-mas...

 

-não tem mas,nem meio mas,você teria empurrado,não adianta falar que foi impulso,seu subconsciente queria,seu corpo só obeceu os comandos que seu cérebro quis

 

-Joe,não tem essa

 

-eu não vou discutir agora,você tá nervoso por conta de tudo que aconteceu,foi um tsunami de emoções,mas com esse insetivo do Chester,você vai perceber aos poucos que gosta do magrelo

 

-e eu achando que você era o mais sensato de nós

 

-e é por ser o mais sensato,que eu estou falando isso,Mike,seja sincero,você ama a Anna?

 

-que pergunta idiota Joe,claro que amo,eu tenho 3 filhos com ela,filhos não são entregues pelo correio e você sabe disso

 

-o Chester tem 6 filhos e gosta de homens,isso é relativo

 

-mas ele é bissexual

 

-e você não pode ser Mike?

 

-claro que não Joe,eu sou bem resolvido sexualmente caralho

 

-então por que beijou o Chester?

 

-foi ele que beijou

 

-você retribuiu,então beijou ele também

 

-mas foi por curiosidade

 

-eu não tenho curiosidade de beijar outro cara

 

-ah Joe,não deixa minha cabeça pior do que ela está

 

-então pensa um pouquinho,porque você pode ter um problema a menos dentro dela,só precisa ser menos cabeça dura pra poder resolver,agora eu preciso ir,ta tarde

 

-você não vai falar nada sobre esse beijo né?

 

-Claro que não Mike,isso só diz respeito a vocês dois,você me contou,porque precisava desabafar,mas o que foi falado aqui,vai permanecer aqui

 

-valeu cara

 

-não se culpe por isso,nem o Chester,a vida tem suas descobertas,basta você estar aberto a elas

 

-obrigado por me ouvir

 

-quando precisar,só chamar

 

-valeu

 

-vou indo

 

-eu te levo até a porta-falei

 

Levei ele até a porta,ele se despediu da Anna,das crianças e foi embora

 

-quer comer alguma coisa?-a Anna perguntou

 

-até queria,mas não sei se vou conseguir

 

-se quiser desabafar,eu estou aqui pra ouvir

 

-você não entenderia

 

-você que sabe,vou fazer alguma coisa pra você comer

 

-ok

 

Fiquei na sala com as crianças,me distraindo um pouco e por uns minutos eu consegui não pensar no meu problema careca,com um corpo malhado,tatuagens lindas e um gosto maravilhoso nos lábios,é acho que não parei de pensar tanto nesse problema.

 

-tá pronto-a Anna me trouxe waffles e chá

 

-obrigado

 

Eu comi e decidi ir dormir,minha cabeça estava doendo,tudo que eu quero é descansar e acabar logo com o dia mais longo da minha vida.

 

(Chester's POV)

 

Quando voltei da casa do Mike,liguei para a Talinda,ela ja estava sabendo o que eu tinha feito e chegou na minha casa querendo arrancar meu couro,mas nós tivemos uma bela conversa:

 

-pera,deixa eu ver se entendi,você beijou o Mike e ele retribuiu?

 

-exatamente

 

-você ja tinha me dito que teve um interesse por ele,mas que tinha certeza que ele não ia querer nada com você,mas depois dessa,eu já não duvido de mais nada

 

-mas pode ter sido por impulso,não?

 

-Chaz,ninguém beija outra pessoa do mesmo sexo por impulso,ou gosta ou não gosta

 

-mas e se ele só quis experimentar?

 

-Chaz,o povo fala em experimentar,mas se você não fosse bissexual,você ia querer saber como seria beijar um homem?

 

-hm,acho que não

 

-ta vendo,a curiosidade de experimentar existe em quem sabe que vai gostar e pelo que você falou,o Mike gostou e não foi pouco,ele te agarrou Chaz,te puxou pra perto

 

-mas ele estava atordoado,confuso por conta do que eu tentei fazer

 

-mais um motivo que prova que ele queria,ele te queria por perto,queria ter certeza que você estava ali com ele

 

-meu deus-passei as mãos no rosto-por que logo o Mike?

 

-porque nada aconteceu por acaso Chaz

 

-eu to mega confuso com tudo isso

 

-e se você conquistasse ele

 

-ta louca?

 

-Chaz,o Mike sempre teve um olhar terno pra você,não acho que seja algo só de amigo

 

-será?

 

-tenho certeza

 

Eu até ia continuar o papo,mas o Joe chegou pra conversar e ele disse que ia na casa do Mike depois,queria saber como ele está,mas vou dar esse tempo pra ele,então combinei com a Talinda de sair com as crianças amanhã,falei com a Samantha e vou pegar o Draven também,acho que vai ser bom pra mim.

 

[...]

 

-esse lugar é muito foda!-o Draven falou

 

Trouxe eles para conhecer o Old LA Zoo,um zoológico abandonado,simplesmente sensacional,um passeio bem rock 'n roll haha.

 

-olha a boca moleque hahaha

 

-papai,cade os bichos?-a Lila falou

 

-não tem filha,só tem desenhos na parede

 

-eu gosto-a Lily falou

 

Tirei várias fotos deles,as meninas adoraram subir nas grades,mas quando entramos em uma das jaulas,eu vi um grafite recém feito bem suspeito,era um coração humano nas mãos de uma pessoa,detalhe,os punhos dessa pessoa tinham tatuagens de chama como as minhas,poderia ser só uma coincidência,mas estava assinado com MS:

 

-Mike!

 

-tá louco pai?-o Draven falou

 

-não-falei pegando meu celular e tirei uma foto-vamos embora?Preciso passar na casa do Mike

 

-vamos-eles falaram

 

Saí de lá e fui direto para a casa do Mike e foi ele que me atendeu:

 

-tá fazendo o que aqui?

 

-quero falar com você

 

-fala

 

-não vai me convidar pra entrar?

 

-tá,entra

 

-oi tio Mike-a Lila falou

 

-oi pequena-ele sorriu pra ela

 

Entramos,cumprimentei a Anna,as crianças e logo meus filhos se juntaram a eles.

 

-fala Chester

 

-vamos para o estúdio

 

-tá-ele bufou

 

Fomos até o estúdio e como eu sabia que a Anna costuma escutar atrás da porta,arrastei ele pra cabine e ele me olhou assustado achou que eu fosse agarrar ele.

 

-ta querendo o que hein?Me agarrar de novo?-ele falou

 

-primeiro que eu só te beijei,quem me agarrou foi você,mas não é isso

 

-então é o que?

 

-hoje eu fui levar meus filhos no Old LA Zoo-falei isso e ele ficou branco

 

-e o que eu tenho a ver com isso?

 

-eu vi um grafite lá

 

-tem muitos grafites lá

 

-mas esse me chamou a atenção-mostrei a foto pra ele

 

-ainda não sei o que eu tenhona a ver com isso?

 

-para de ser cínico Mike,foi você que fez

 

-claro que não

 

-olha a porra da assinatura!MS,sério?Qual a remota chance de um grafite com as minhas tatuagens ser assinado por MS e não ser você?

 

-primeiro que essa tatuagem não é uma exclusividade sua,segundo que MS podem ser as iniciais de qualquer pessoa

 

-Mike,não se passe porque eu sei que foi você que fez

 

-você ta louco

 

-eu to louco?

 

-sim,haja vista o que fez ontem

 

-o que exatamente?

 

-tudo né

 

-a tentativa de suicídio?

 

-isso também

 

-mas o que mexeu com você foi o beijo né?

 

-Claro que não!

 

-ah é?Então por que fez esse grafite?-falei chegando perto dele

 

-eu...eu...eu

 

-por que você fez o grafite?Seu coração esta nas minhas mãos?-falei encurralado ele no canto da parede

 

-é...

 

-está Mike?

 

-Uhum-ele falou nervoso,sem pensar

 

-Hmmm-mordi meu lábio-tá nervoso?

 

-va...vamos voltar?

 

-vamos-falei segurando seu rosto

 

-Chaz-ele olhou para os meu lábios

 

-shhh-falei encostando meus lábios nos dele.


Notas Finais


Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...