História Paixão à primeira vista! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Dahyun, Momo, Sana, Tzuyu
Tags Dahmo
Visualizações 15
Palavras 754
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiie pessoas
Tudo bem?
Espero que siiiim

Resolvi escrever isso pq eu sou a maior dahmo shipper do universo todo...brincadeira, mas eu amo dahmo e eu tive tanta imaginação pra essa fic que resolvi postar.🐼💕
Espero que gostem, fiquem com essa foto lindo do amor da minha vida.🐼💕

Boa leitura.

Capítulo 1 - CAPÍTULO 1


Fanfic / Fanfiction Paixão à primeira vista! - Capítulo 1 - CAPÍTULO 1

Não acredito que tive que sair nessa noite escura pra ir pra casa da Sana ficar com ela enquanto a mãe dela não vem!

Eu literalmente odeio sair de noite porque meu bairro e perigoso e a rua e tão escura que me da medo. E olha que não sou de sentir medo fácil.

Nesse frio eu poderia estar de baixo das cobertas comendo sagaldinho enquanto mexo no computador. Mas não, eu tive que com aqui porque semana passada ela veio aqui a noite e foi embora tão tarde. Af eu odeio frio.

Desviei um pouco do assunto, mas enfim...as casas da rua da Sana são tão bonitas, ela é tão riquinha. As casas da minha rua são horríveis, a minha deve ser a única bonita de lá.

Andando por aquelas ruas desertas ouvi um choro. Parecia uma moça chorando. Ando mais um pouco e consigo ouvi -lo melhor. Depois de andar mais um pouco e passar por umas lojas estranhas consigo ver a moça que está chorando.

Ela está com umas roupas velhas e parece machucada. Não dá pra ver sua cara porque ela está com a cabeça baixa. Ela está sentada no banco de ônibus. A pergunta que não quer calar é porque essa moça está a essa hora assim?

Caminho até a mesma e parece que ela nota a minha presença e olha-me.

Nos olhamos por uns 5 minutos, ela é linda e está meio suja.

Nesses 5 minutos meu coração acelerou tanto que perdi até o ar, o que é isto? Porque estou sentindo isso? Só a olhei e já estou assim! Isso é estranho! Muito estranho!

Resolvo soltar a primeira pergunta que e obvio que não

- Oi, você está bem?-

Ela me olha assustada, e não me responde.

- Posso ajudar?-

Tenho chegar perto dela mas a mesma recua e eu achei melhor não insistir.

- Eu adoraria te ajudar, mas vc precisa me falar o que está acontecendo!-

Ela só me olha.

- Ok, não posso te deixar aqui, quer vir cmg até minha casa? Lá você me explica tudo e te dou uma cama quente e comida. Aqui está perigoso, Tudo bem pra você?

Continuo sem ouvir uma resposta.

Entendo a moça, ela está chorando e do nada brota uma pessoa estranha oferecendo isso pra ela.

Tive uma ideia.

Olho para o redor e acho uma lixeira, vou até a mesma e pego uma frigideira que está jogada lá.

-Vamos fazer assim, se eu tentar qualquer coisa com você,tu me da uma frigideirada com isso, Ok?

Ela assente e então pego em sua mão e a levo pra minha casa.

Não trocamos nenhuma palavra.

Chego no meu prédio, abro meu apartamento e entro com ela.

Ela começa a olhar tudo e acho que gosto, modesta a parte eu tenho um ótimo gosto pra decoração.

- Você precisa de um banho, vamos separar uma roupa pra você e eu esquento água pra você tomar banho e quando isso eu faço um lanche pra você, oque acha? Eu não iria dispensar um sanduíche feito por Hirai Momo.

Ela ri. Que risada boa de ser ouvir.

- Você pode me disser seu nome? Ou me fala um jeito que posso te chamar.

- Kim Dahyun-

ELA FALOUUUU!!!!!

Que voz maravilhosa, foram as duas palavras mais lindas que já...concentra momo!

- Ok, vamos lá-

Pego uma roupa confortável para ela e deixo ela sozinha no banheiro do meu quarto enquanto faço o seu lanche.

Eu confesso que também preciso de um banho mas vou fazer primeiro o lanche dela e depois que ela dormir eu vou tomar meu banho.

Faço seu lanche e vou até o quarto pra ver se dahyun já terminou seu banho.

Chego lá e ela está com a roupa que a dei e está vendo minhas fotos que tenho na parede.

Acho que ela não percebe minha presença então falo:

- Eu era tão fofa quando criança- Rio 

Parece que ela se assuntou.

- Desculpe não era a intenção te assustar.-

- Tudo bem!- Diz ela

Eu vou morrer de amor por ela sério...espera...O QUE EU ESTOU FALANDO?

- Vamos comer?-

- Sim- Fala ela

[...]


Depois de comermos fomos para o quarto, está noite ela iria dormir aqui no meu quarto e eu na sala.

- Bom, descanse aí, amanhã conversamos ok? Boa noite- Digo saindo do quarto 

Ela só da um sorriso.

Depois que me certifico que ela está dormindo pesado, pego uma roupa e vou até o banheiro.

Depois de 20 minutos saio.

Já é 03:00 da manhã. Amanhã certeza que irei acordar tarde.

Fecho a casa toda e escondo as chaves, não quero que a Dahyun fuga.

Deito no sofá mas não consigo dormir...Eu nao consigo parar de pensar nela, eu acabei de conhece-la como posso sentir isso?

Isso vai ser uma longa noite 



Notas Finais


Foi isso, não sei se alguém vai ler ou se alguém vai gostar.

Mas enfim...se quiserem que eu continue e só avisar

Até algum dia🐼💕
Fiquem bem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...