1. Spirit Fanfics >
  2. Paixão a Queima Roupa.- ( Jeon Jungkook) >
  3. 15

História Paixão a Queima Roupa.- ( Jeon Jungkook) - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Sorry pelos erros.

Capítulo 15 - 15



S/n

           

Acordei e vi que estava deitada no sofá da sala.


Franzi o cenho e olhei para o lado.

O asiático estava sentado me encarando.


S/n: Tae..- Disse baixo.


Ele veio rapidamente e se ajoelhou próximo a mim.


Taehyung: O que fizeram com você ? Tá machucada?? S/n eu disse para não fugir..- Ele parecia preocupado.

S/n: Cadê ele Tae..

Taehyung: Quem?

S/n: O vagabundo do Jungkook...ele estava andando Tae...- Queria chorar mas não sabia o porque.


Ele riu soprado.


Taehyung: Sim..fiquei sabendo..- Ele sorriu

S/n: Ele ta bem?

Taehyung: Levou um ponto só mas tá bem..

S/n: Foi minha culpa Tae...- Meus olhos arderam.

Taehyung: Não diga isso...

S/n: Mas é verdade..

Taehyung: A culpa foi dos dois!


Fiz careta na mesma hora.

Me sentei no sofá e o homem se levantou e ficou em pé.


Vi o loiro descer as escadas e vim em nossa direção.


Jimin: Como se sente?

S/n: Enjoada. Como ele ta?

Jimin: Bom..ele..

S/n: Fala Jimin!- Estava nervosa.

Jimin: O médico não sabe dizer o que aconteceu pra ele conseguir andar..ele vai refazer todos os exames do Jeon..

S/n: E..

Jimin: Nesse exato momento ele não tá conseguindo andar de novo.

S/n: Como?!

Jimin: Depois que você desmaiou ele se abaixou pra te pegar mas não conseguiu mais levantar..


Meu peito apertou. Apertou demais..


S/n: Preciso falar com ele.

Jimin: Ele está descansando agora. O médico pediu repouso.

S/n: Que inferno!! - Cuspi as palavras.

Jimin: Os homens que pegaram você. O que mais eles disseram além de citar o nome do Jungkook??

S/n: Do que adianta... eles estão mortos.


O loiro franziu o cenho.


Taehyung: OI?

S/n: O Jungkook. Ele atirou nos três..

Jimin: Aish!! - Ele passou a mão pelos cabelos. - Esse filho da puta não me disse isso não!!

Taehyung: Vou mandar o Clark ver se os corpos ainda estão lá e pedir para tirar.

Jimin: Vou ligar para o advogado dele antes que a polícia venha aqui.


O Tae pegou o telefone e o loiro fez o mesmo.


Olhei para a escada e vi a Elly descer sorrindo acompanhada de um homem de jaleco.

O médico dele.


Ela agradeceu a ele e ele saiu da casa em seguida.


Elly: Se sente bem S/n?

S/n: Ele não disse que atirou nos homens?- Fui direta.

Elly: O Jeon o que?!


O loiro assentiu.


Elly: Fala sério.. quando ele melhorar eu vou fazer outro furo com o canivete em cima do lugar onde ele tomou o ponto.

Jimin: Isso é o menor dos problemas agora Elysabeth.


Me levantei na mesma hora.


S/n: Vou falar com ele.

Taehyung: Ele precisa descansar S/n.

S/n: Ele precisa me explicar algumas coisas isso sim!


O Tae deu dois passos e a loira disse.


Elly: Deixa ela...Segunda porta a direita.


Subi as escadas e parei em frente a porta.


Nem bati, apenas abri e entrei e vi o moreno deitado na cama vendo TV.


Jungkook: Espaço garota, respeita meu espaço e bate na porta da próxima vez.- Ele disse calmo.

S/n: Se sente bem?- Hesitei e não perguntei sobre as pernas.


Ele assentiu.


S/n: Ótimo. Me diz, conhecia o meu marido???


Se eles sabiam quem era o Anthony e reconheceram o Jeon..ai tinha coisa.


Ele levantou a sobrancelha e disparou.


Jungkook: Pelo que eu sei vocês nem chegaram a se casar.


Engoli em seco.


S/n: Conhecia mesmo o Anthony?????

Jungkook: Bom, sim.

S/n: Estavamos quase casados pra sua informação!!.- Berrei logo em seguida.

Jungkook: Tá.

S/n: Diz. De onde conhecia ele??- Falei nada baixo.

Jungkook: Primeiramente não grite.- Ele disse entre dentes.

S/n: Anda Jeon!

Jungkook: Eramos amigos.


Eu ri soprado.


S/n: Ele não seria "amigo" de uma pessoa como você!

Jungkook: Acredito que ele também não se casaria com uma garota chata que nem você.- Ele disse calmo.- Veja só né.


Respirei fundo.


S/n: Ele nunca me falou de você!

Jungkook: E pra que ele ia falar sobre mim?! Mas ele me falou de você se serve de consolo.


Meu coração disparou.


S/n: O que..

Jungkook: É uma história muito longa.- Ele olhou para baixo.

S/n: Mas..- Estava confusa.

Jungkook: Eu sinto muito pelo que aconteceu com ele ok?!

S/n: Quem matou ele?


Ele ficou tenso.


S/n: Foram aqueles homens?

Jungkook: Eu não posso te afirmar nada S/n.

S/n: Porque mataram ele Jeon?- Eu comecei a chorar.

Jungkook: Eu já disse que não posso afirmar nada.

S/n: Está mentindo não está?!

Jungkook: Já chega dessa conversa garota!


Ele levantou da cama novamente!

Minha lágrimas sumiram e ele ficou perplexo.


S/n: Você..

Jungkook: Não diga nada.- Ele estava muito tenso.


Sem querer eu percebi que ele estava sem camisa...opa.. Mas era muita tatuagem mesmo que ele tinha.


S/n: Sente as suas pernas..- Disse e dei dois passos na direção dele.


Ele estava nervoso. Muito nervoso.

Apenas vi ele se apoiar na parede e sentar de volta na cama.

Me agachei na frente dele.


S/n: Fala algo..

Jungkook: Dói..dói muito.


Ele me olhou fixamente.


Nossa..ele é maravilhoso..


Eu fiquei morta de vergonha. Desviei os olhos na mesma hora.

Ele pegou uma carteira de cigarro em cima da mesinha de cabeceira e um isqueiro.


Fiz careta quando vi ele levar a boca e o acender em seguida.

Me levantei e me afastei dele.


Ele me encarou e levantou a sobrancelha.


Jungkook: A conversa já acabou. Pode sair por favor?

S/n: Tira isso da boca!


Ele tirou o cigarro e riu, depoi colocou de volta na boca.


S/n: Isso faz mal!


Ele soltou a fumaça pela boca e disse:


Jungkook: Vai fazer mal em mim ou em você?

S/n: Ainda não me disse como conhecia o Anthony!

Jungkook: Chama o Jimin quando descer. Tô sem meu telefone.

S/n: Problema seu se você jogou pela janela!!


Ele gargalhou e colocou o cigarro na boca. Depois me encarou de uma forma que eu esqueci como se respirava.

Totalmente sensual a visão do homem diante dos meus olhos. A barriga definida.. o cabelo estava em um coque e eu fiquei perplexa ao ver onde ele tinha um início de outra tatuagem...

Ótimo, ele está sem cueca....

Fiquei vermelha!


Respirei fundo.

Ele franziu o cenho e tirou o cigarro da boca.


Jungkook: Vai chamar o Jimin logo.

S/n: O que..


Eu não estava prestando atenção.

Quer dizer. Eu tava. Mas não no que ele dizia.


Jungkook: Tá surda? Fala sério...que merda que o Anthony viu em você hein?!


Meu sangue ferveu


S/n: Vai pra puta que te pariu!!- Gritei e sai do quarto, ainda bati a porta.


Meu peito estava a mil e minha boca estava seca.

Preciso de água.


Desci as escadas e me bati na loira sem querer.


Elly: O que foi?

S/n: Não foi nada. Ele conseguiu ficar em pé de novo e agora tá lá com aquele negócio nojento na boca soltando fumaça.

Elly: O QUE?! - Ela gritou. - Cigarro?


Eu apenas assenti.


Elly: Essa peste não obedece ninguém. Aah inferno!- Ela subiu as escadas soltando fumaça pelas ventas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...