1. Spirit Fanfics >
  2. Paixão Ardente >
  3. O Bar a Música

História Paixão Ardente - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem.

Boa Leitura...

Capítulo 24 - O Bar a Música


Quebra de Tempo

 

Raihan:On

Finalmente, já são oito horas! Uma hora é tudo do que preciso para me preparar.

Entro no banheiro, retiro as minhas roupas e entro na banheira, ligando o chuveiro e deixando a água morna me molhar da cabeça aos pés.

Depois de ficar completamente molhado, deliguei o chuveiro e peguei no frasco de champô. Derramei um pouco na mão e pousei-o, levando o conteúdo gélido à minha cabeça.

Comecei a esfregar o cabelo, limpando bem e em seguida passei para o meu corpo. E depois disso, liguei de novo o chuveiro e deixei a água limpar o um corpo do champô.

Já limpo, deliguei o chuveiro, saí da banheira e fui no armário do banheiro. Peguei em duas toalhas e usei uma para o cabelo e outra para tapar o meu corpo.

Saí do banheiro com as toalhas em volta do meu corpo nu, e sentei-me na cama. Levei as mãos ao meu cabelo e comecei a secar o mesmo com a toalha. Quando terminei, deixei a mesma em volta do meu pescoço.

Em seguida, retirei a outra da minha cintura e passeia pelo meu corpo. Já seco, peguei em ambas as toalhas e entrando no banheiro, atirei-as para o cesto da roupa suja.

Voltando ao quarto, fui no meu armário e escolhi uma roupa, básica para este tipo de festa. Além da roupa interior, escolhi, uma t-shirt branca, junto de um casaco azul, e com umas calças pretas.

Assim que peguei nas roupas, fechei as gavetas e comecei a vestir-me. Depois das roupas, calcei-me e peguei no meu Rotom.

Me olhei no espelho e pude ver como estava. E para ser sincero, estou um gato. Kkkk. Peguei no meu Rotom, tirei uma foto e publiquei-a. Guardei o Rotom no meu bolso e voltei a me olhar no espelho.

Raihan: Acho que estou pronto.

Peguei na minha pokébola e guardei-a numa das gavetas. Só para o caso.

Em seguida, dirigi-me para a porta do meu quarto, abri a mesma e saí do meu aposento. Fechei a porta e caminhei pelo corredor, desci as escadas saindo do dormitório, caminhei para a entrada a escola.

Chegando lá, pude ver os meus amigos, todos estilosos e prontos para arrasar.

Raihan: Olá!

Nessa: Olá Raihan! - O mesmo se aproximou de nós e então olhei-o de cima a baixo - Nossa, menino, você tá com tudo, hein.

Raihan: Tem de ser. É para impressionar.

Nessa: Ai é... - Aproximei-me dele, sussurrando-lhe ao ouvido – Para impressionar um certo baixinho, não é?

Raihan: Ah, não - Na verdade, pensando melhor – Humm, talvez.

Leon: Do que estão falando?

Nessa/Raihan: Nada.

Raihan: Então, estamos todos? - Pergunto olhando para cada um dos meus amigos. Até pude ver o grupo do Ash.

Misty: Infelizmente, não. Ainda falta o Ash. Mas também, ainda faltam dez minutos para as nove.

Brock: Ele deve estar mesmo a chegar.

???: Ei! Malta!

Tracey: Na verdade- ele está mesmo ali – Falo encarando o Ash a correr nesta direção.

Ao olhar para de onde veio a voz, pude ver o Ash correndo na nossa direção. E... meu Deus ele está tão fofo vestido daquele jeito.

Uma t-shirt preta com uma imagem de pokébola, junto de um colete branco e de umas calças azuis, coma alguns rasgões. E claro, seu boné.

O mesmo se aproximou de nós, parando com a correria e recuperando o ar.

Ash: Ufa... Cheguei a tempo.

Leon: Eh... Adorei a suas roupas Ash. Ficaram muito bem.

Ash: Oh, obrigado Leon – Falo coçando a minha nuca, sorrindo com um pouco de vergonha.

Raihan: ...

Nessa: Bom, já que estamos todos, vamos para a paragem. Depressa, não há tempo a perder.

Aproximei-me do Ash e começamos a caminhar lado a lado, junto aos nossos amigos. Pelo caminho, conversávamos sobre como seria o bar. Mas meus olhos sempre se focavam na pessoa ao meu lado.

 

Ash:On

Bela maneira de começar o dia... Digo, a noite. Kkkk. Bom, depois de uma longa caminhada, chegamos ao café. Bem em frente tinha uma paragem de autocarro.

Eh, não em lembro de ver aquilo da última vez que vim cá. Enfim, paciência.

Misty: Então, temos de apanhar o autocarro para irmos para o bar?

Nessa: Claro que sim. O bar fica na cidade e se formos a pé, demoramos metade da noite.

Tracey: Ok. E a que horas é que o autocarro passa por aqui?

Leon: Bom, deve ser mesmo... agora.

E no mesmo instante, um autocarro parou bem diante da paragem. Aproximamo-nos do mesmo, mas antes de entrarmos, Nessa chamou a nossa atenção.

Nessa: Vamos dividirmo-nos em pares – Aproximo-me da Misty – Eu vou com a Misty. Garotas unidas!

Misty: Sim!

Piers: Nesse caso, vou com o Milo.

Milo: Por mim, tudo bem.

Brock: Eu vou com o Tracey.

Tracey: Nada a reclamar.

Ash: Ah, detesto interromper, mas somos nove. Não dá para ir a pares.

Leon: Ele tem razão.

Misty: E eu tenho a solução. Ash, querido você vem conosco. E o Raihan e o Leon, vão juntos.

Raihan: ...

Nessa: Adorei a ideia. Agora vamos – Puxei um a um para dentro do autocarro.

E sendo assim, sentei-me no meio das meninas, enquanto os restantes iam a sentados a pares.

Em poucos minutos o autocarro arrancou, nos levando para a cidade. E durante esse percurso, sentia que alguém estava mesmo em ciam de mim. Olhando acima do ombro, podia ver o Raihan e o Leon conversando. E em poucos segundos eu e o Raihan trocamos olhares, em fazendo virar para a frente.

Depois de um longo tempo na estrada, o autocarro parou. Levantamo-nos dos bancos e saímos do transporte, ficando no passeio. Depois disso, o autocarro arrancou.

Ash: Ok, então e agora?

Raihan: Para que a pressa, Ash? A noite ainda é só uma criança.

Leon: O Raihan tem razão. Vamos com calma e aproveitar cada momento desta noite.

Ash: Sim, sim... - Faço beicinho fazendo todos rirem.

Todos: Hahahaha!

Nessa: Hahaha! Ai, ai... Bom, o bar fica por aqui – Aponto para uma rua e começo a caminhar pela mesma - Sigam-me.

Caminhamos pelas ruas da cidade de Dragion. Eram um pouco escuros e aterradoras. Só tinha as lâmpadas como fonte de luz e eram poucas.

Ao meu lado estava o Raihan que caminhava seguro e tranquilo. Também, já deve conhecer isto tudo como a palma da sua mão.

Depois de um tempo caminhando, pude ouvir a Nessa gritar de alegria.

Nessa: Chegamos!

Misty: É este o bar?

Leon: É sim. O melhor de toda a cidade.

Fiquei encarando o estabelecimento e pude ver que era bem simples. Uma entrada moderna, com segurança é claro. E admira-me ter pouca fila.

Piers: Do que é que estamos à espera!? Vamos lá!

Todos: Sim!

Ash: ... - Nesse instante, pude sentir um braço em volta das minhas costas, a segurar-me pelo ombro. Olhando para o lado pude ver o Raihan me encarando com um sorriso.

Raihan: Tudo bem?

Ash: Sim. Eu estou bem.

Raihan: Nesse caso, vamos - Começo a caminhar em direção ao bar, puxando o Ash e deixando os meus amigos para trás - Andem lá!

Leon: Esperem!

Misty: Esperem por nós!

Em poucos passos eles nos alcançaram e em poucos minutos, chegamos ao bar, ficando de frente com o segurança.

Deixamos o grupo do Raihan tratar das entradas. Para nossa sorte, temos todos mais de dezoito anos. E sem demoras pagamos as entradas, e ele nos deu passagem para entrarmos.

Raihan: Foi canja.

Leon: Sim. É pena ser um bocado caro.

Ash: Nós podíamos ter pagado as nossas entradas.

Raihan: Ah, Ash. É a vossa primeira vez nesse lugar – Falo abraçando-o de lado – Por isso, hoje é por nossa conta.

Misty: Ele é sempre assim? - pergunto sussurrando para a Nessa.

Nessa: Bom, é raro. Só com pessoas muito próximas, ou de que ele gosta.

Misty: Bom saber.

Chegando no salão do bar, pude ver várias mesas e balcões, e até tinha karaokê.. E pessoas... Muitas pessoas. Aproximamo-nos de uma mesa vazia e ocupamos a mesma.

Misty: Espera gente. Eu tenho de fazer uma coisa. Vem Nessa – Falo puxando a mesma.

Nessa: Estou a ir.

Brock: Elas vão tramar alguma.

Leon: Achas?

Brock: Sim.

Piers: Me pergunto como é que elas ficaram amigas tão intimas em pouco tempo.

Raihan/Ash: Garotas. Oh, hahaha!

Sentamo-nos nos sofás em volta da mesa e em poucos minutos um empregado veio nos atender. Fizemos os nosso pedidos, ele anotou e o mesmo foi buscá-los.

Ash: Sério que vão beber bebidas alcoólicas?

Leon: Há que aproveitar a vida.

Todos: Concordo.

Ash: Eu, hein.

Depois deste pequeno assunto, Misty e Nessa voltaram, sorrindo uma para a outra. Aquelas duas tramaram mesmo alguma coisa.

Misty: Voltamos.

Nessa: Tiveram saudades?

Leon: Acreditarias se eu disse-se não?

Nessa: Não.

Leon: Tá certo. Tivemos.

Elas se sentaram nos sofás e no mesmo instante, o empregado trouxe os nossos pedidos. As meninas fizeram o pedido delas e ele foi busca-los. Eu abri a minha alta de cola e com uma palinha comecei a beber o conteúdo.

Olhei para as meninas com curiosidade e as mesmas encravam a mim e ao Raihan com um sorriso.

Ash: Ok, não aguento mais. Contam lá, o que é que vocês tramaram?

Misty: Oh, vais descobrir, mesmo... - Pude ouvir a voz do dono do karaokê – Agora.

???: Ora então... Espero que estejam a gostar da festa. E agora para cantar aqui conosco, temos o Raihan e o Ash Ketchum.

Olhei para o Raihan com os olhos arregalados e pude ver o mesmo cuspir a bebida.

Raihan/Ash: O QUÊ!!

Leon: Uuuhhhh... Essa eu quero ver.

Brock: E não é que tramaram uma? Bom, vamos aproveitar o espetáculo.

???: Então, vem ou não?

Uma luz apontou para nós, em deixando com vergonha. Suspirei, pousei a lata e levantei-me do sofá, puxando o Raihan pela mão até ao dono do karaokê.

“Meninas... vocês me pagam!”

Raihan: Você sabe cantar?

Ash: Mais ou menos.

Chegando no pequeno palco, pegamos nos microfones e podemos ouvir a música. E eu conheci a letra de cor e salteado.

Ash: Segue a minha voz.

Raihan: Certo.

A letra apareceu na pequena tela diante dos nossos olhos e seguindo a mesma, deixei-me levar pela música.

 

Raihan:On

Do nada, o Ash começou a cantar e deixei-me vos dizer, eu fiquei encantado com a sua voz.

Ash: Espera aí

Preciso tanto conversar

Então, vem aqui

Pra gente se entender, sei lá

Raihan: O seu olhar se desencontrou do meu

Meu coração...

Raihan/Ash: ...tá tão longe do seu

Ash: Eu tô querendo novamente te ver

Pra, hoje em dia, eu falar pra você

Que a indecisão apertou no coração

Aquele aperto se é sim ou não

Raihan: Só de pensar um dia te perder

Fiz essa canção pra você não me esquecer

Olha pra mim, deixa eu olhar pra você

Raihan/Ash: Vem mais perto, que hoje eu vou te dizer

Ash: Me abraça e o seu corpo ao meu

O seu peito nunca me esqueceu

Raihan: Na vida podem existir milhares

Mas nenhuma vai ser como você

Que, comigo, o amor foi de verdade

Que fez a minha vida acontecer

Eu troco a estrela por um beijo seu

Eu troco aquela lua pelo seu olhar

Eu deixo de viver meu paraíso

Minha verdade é você, meu lar

Ash: Na vida podem existir milhares

Mas nenhuma vai ser como você

Que, comigo, o amor foi de verdade

Que fez a minha vida acontecer

Eu troco a estrela por um beijo seu

Eu troco aquela lua pelo seu olhar

Eu deixo de viver meu paraíso

Minha verdade é você, meu lar

Raihan/Ash: Lá, laiá, laiá

Ash: Espera aí

Preciso tanto conversar

Então, vem aqui

Pra gente se entender, sei lá

Raihan: O seu olhar se desencontrou do meu

Meu coração...

Raihan/Ash: ...tá tão longe do seu

Ash: Eu tô querendo novamente te ver

Pra, hoje em dia, eu falar pra você

Que a indecisão apertou no coração

Aquele aperto se é sim ou não

Raihan: Só de pensar um dia te perder

Fiz essa canção pra você não me esquecer

Olha pra mim, deixa eu olhar pra você

Raihan/Ash: Vem mais perto, que hoje eu vou te dizer

Ash: Me abraça e o seu corpo ao meu

O seu peito nunca me esqueceu

Raihan: Na vida podem existir milhares

Mas nenhuma vai ser como você

Que, comigo, o amor foi de verdade

Que fez a minha vida acontecer

Eu troco a estrela por um beijo seu

Eu troco aquela lua pelo seu olhar

Eu deixo de viver meu paraíso

Minha verdade é você, meu lar

Ash: Na vida podem existir milhares

Mas nenhuma vai ser como você

Que, comigo, o amor foi de verdade

Que fez a minha vida acontecer

Eu troco a estrela por um beijo seu

Eu troco aquela lua pelo seu olhar

Eu deixo de viver meu paraíso

Minha verdade é você, meu lar

Raihan/Ash: Lá, laiá, laiá

Depois disto, pude ouvir um bater de várias palmas, junto a assobios e gritos. Entregamos os microfones ao dono do karaokê e voltamos para os nossos lugares. A bem dizer, a noite ainda está para começar.

 

Continua...


Notas Finais


Por agora é tudo. Até ao próximo capitulo. BYEE!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...