História Paixão Corporativa - Camrenah - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camrenah, Dinah Hansen G!p, Lauren Jauregui G!p, Normani Kordei, Romance, Threesome, Trio
Visualizações 125
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey.
Demorei, mas volteiii.😜

Capítulo 23 - Capitulo XXIII


Ao entrar na festa de Natal corporativo como a senhora de Lauren Jauregui, Camila sentiu de repente todos os olhos nela. Esperava que Lauren e Dinah não considerassem que estava equivocada, quando tinha insistido em que usasse o vestido original. Sem mangas e um decote que descia nas costas, que não era de admirar que seu traseiro não se apresentasse, quando se sentou, o vestido era o sexo em pessoa. Feito de veludo dourado, o vestido definitivamente favorecia a cor de seus olhos e realçava seu cabelo.

Camila sorriu ao pensar no efeito que tinha tido na Dinah e Lauren quando saiu do quarto, uns minutos antes. Tendo-a em seus braços, tinha recebido famintos beijos das duas. Então, enquanto Dinah e Lauren compartilharam um beijo, a mão de Dinah alisou suas costas nuas e se deslizou sob o vestido. Continuou beijando Lauren, gemeu ao sentir sua jóia bem posicionada entre suas nádegas.

Justo como havia pensando, a reação de Dinah ao acessório anal de Camila, fez Camila ruborizar quando seus colegas de trabalho se aproximaram para felicitá-la e a Lauren por suas bodas no inicio da semana. Elas tinham decidido manter-se a distancia de anunciar seu matrimônio a três vias, até que a corporação se estabelecesse de novo. Até que se acostumassem a ver as três juntas e o mais provável seria que averiguassem por conta propria o que tinham decidido.

Ao olhar para baixo a aliança de casamento, dupla com dois diamantes a cada lado do solitário rubi, Camila suspirou com alegria. Ela era mais feliz do que nunca tinha sido. Depois da cerimônia rápida no tribunal, Lauren as tinha levado a Jamaica, para uma cerimônia na praia iluminada pela lua para as três oficializarem sua união com um trio. Dois dias mais tarde, ela estava ainda um pouco dolorida por sua maratona no festival do amor. Por sorte, Lauren tinha alugado uma pequena casa, em uma zona separada da praia, e o trio foi feliz por estar sem roupa toda a lua de mel.

Camila tinha estado triste essa manhã, quando foi a hora de voltar para Manhattan para a festa de natal. Ela amava sua pequena porção do paraíso e perguntou a Lauren ansiosamente se poderiam alugar a casa de novo. Lauren a tinha beijado e lhe disse que era obvio que iam voltar.

Depois do que parecia que cada empregado e seu cônjuge na corporação tinham estreitado as mãos e as felicitaram, Lauren a beijou no seu descoberto pescoço. Vou procurar por Dinah. Preocupa-me de que se sinta um pouco de lado. Quer vir comigo ou prefere sair a passear um momento?

Em realidade disse Camila sorrindo, Tenho que usar o banheiro de damas e revisar à encarregada da comida. Fez um trabalho incrível arrumando tudo nos últimos dias sem mim, e tenho um pouco de dinheiro extra, para sua meia três-quartos de Natal.

Rodeando Camila com seus braços, Lauren se inclinou e lhe deu um beijo profundo. Essa é uma das coisas que amo em ti. É a mais amável mulher que já conheci. Terei que me assegurar de também adicionar algo extra sobre sua meia de natal, para demonstrar meu agradecimento.

Ao sair do banho, Camila se dirigiu para a cozinha para encontrar Sheila. Ela acabava de girar a esquina, quando um braço se estirou e a agarrou. Pensando que era Lauren ou Dinah, Camila não brigou quando o forte braço a arrastou através de uma porta da sala de armazenamento. Não pôde esperar até mais tarde, né? Camila objetou em brincadeira, enquanto se dava à volta.

Os olhos que se encontraram com os seus eram os mesmos que tinha visto aquele dia no parque. Camila tentou gritar, mas uma mão lhe tampou a boca rapidamente. O homem fechou a distância entre eles e manteve a ponta afiada de uma faca na garganta. Camila fez uma careta azeda em sua respiração, enquanto começou a falar.

Você é a única que se mantém longe de mim. Vejo o que faço, como uma forma de arte. É a mescla perfeita de sexo, dor e terror. Você o danificou para mim. Sabendo que deixei um de meus alvos afastar-se sem experimentar as três coisas que nublou minha musa. Necessito a musa de novo, e você é quão única pode fazer isso por mim.

Sem mais comentários, deslizou a faca sob o sutiã de veludo de seu vestido. Ao igual a uma faca quente cortando manteiga derretida, a faca cortava através de seu vestido até que caiu ao chão, deixando-a nua ante ele.

Olhando para baixo pela vergonha, Camila viu a magra linha de sangue na ponta da faca que tinha arranhado a pele. Nem sequer havia sentido faca cortar. Tratando de pensar com rapidez, Camila procurou algo para usar como arma.

Enquanto o violador avançava, Camila se afastava. Seus olhos freneticamente escaneava a pequena habitação, procurando algo, algo. Seu olhar se fixou em uma prateleira de produtos de limpeza.

Trabalhando seu caminho para a plataforma, Camila se deteve quando uma lata de aerossol de limpar ladrilhos estava ao alcance. Movendo lentamente um braço detrás dela e tratou de manter o pervertido falando. Por que eu? Como me escolheu em primeiro lugar?

O violador se deteve frente a ela e a olhou. Ele a olhou como se fosse estúpida. Porque você estava ali. Inferno, poderia ter sido qualquer uma. Não me importa um caralho o que parece. Não é a cara ou o corpo o que realmente estou procurando.

Inclinou-se para ela, até que pôde ver os Pelos individuais no queixo. É o medo. O medo é uma coisa formosa. Minha mamãe me ensinou quando eu era apenas um menino. Ela amava estudar as diferentes matizes do medo e até que ponto uma pessoa pode ser pressionada.

Encolhendo-se, o violador golpeou a faca no peito de Camila, ao ponto de cortar sua pele. Agora sou um colecionador de classes. Todo mundo reage de maneira diferente ao medo. Isso é o que me motiva. Você, por exemplo. Está cagando de medo, mas não quer que eu saiba. É mais valente que a maioria.

Enquanto o violador seguia falando, pouco a pouco Camila pegou a lata no quadril e esperou a essa fração de segundo, quando ele baixou a guarda.

Assim já vê, puta que não será suficiente agora. Evidentemente que a idéia já não te assusta. Acredito que vou ter que intensificar meu jogo desta vez. Mover a uma nova fase a atuação. Te prepare para morrer. Com estas palavras, o violador olhou a faca e a girou para ela.

Nesse segundo, Camila levantou a lata, e orvalhou o limpador de espuma nos olhos do violador.

O violador imediatamente soltou a faca e uivando de dor, tratando de retirar a substância cáustica de sua pele.

Ao cair de joelhos, Camila passou por diante dele. Desbloqueou a porta da sala de armazenamento, saiu correndo nua ao salão de baile. A partir daí, tudo parecia acontecer em câmara lenta. Detectando Dinah e Lauren no bar, ela correu para elas.

Foi vagamente consciente das pessoas gritando seu nome, mas tudo o que importava a Camila era chegar a suas esposas. Viu que suas cabeças se voltaram em sua direção. Suas taças se estrelaram contra o chão, e foram para ela. Quão seguinte soube foi, que Dinah a tomou em seus braços e saiu correndo da sala com a Lauren gritando a alguém na multidão, que chamasse o 911.


Notas Finais


Apreciem...
Desculpe a demora, espero que gostem.
⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...