1. Spirit Fanfics >
  2. Paixão nos bastidores >
  3. Jogo de sedução

História Paixão nos bastidores - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo com muito hot, já aviso 😂🔥

Capítulo 31 - Jogo de sedução


Renata acorda na segunda-feira super animada para começar mais um dia de trabalho, assumir o relacionamento diante de todos fez muito bem a ela, tirou um peso enorme de sua consciência e finalmente poderia ficar com ele em público sem medo de qualquer flagrante. Ela toma um banho refrescante, se arruma, toma café e vai para a TV Globo.

William já acorda resolvendo problemas de trabalho, ele se arruma rapidamente, toma uma xícara de café e segue para o trabalho. Coincidentemente chegam juntos, se cumprimentam com um rápido beijo e seguem juntos para a redação. Chegando lá, são parabenizados por alguns colegas pelo noivado e seguem sua rotina normalmente. William vai até a mesa de alguns colegas e os convida para uma reunião em sua casa no sábado para oficializar o noivado para os amigos. A intenção dele era ter feito isso no dia da confusão com Miguel, mas foi interrompido com um soco em seu rosto. 

Como nos velhos tempos

- Meu amor, sabe o que eu quero? Sair com você como nos velhos tempos, aquele fogo que a gente tinha. Topa sair comigo hoje depois do expediente?

- Hahahaha ah William, esqueceu que eu não posso beber? Mas eu ia amar sair com você, agora como meu noivo.

- Vamos, vou te fazer uma surpresa, diz William.

- Eu também vou te fazer uma, diz Renata.

Eles então seguem para a reunião de pauta com os outros editores. O convite para sair tinha deixado Renata com várias fantasias sexuais, ela estava em um dia especialmente inspirado. 

Durante a reunião, ela abre levemente sua camisa branca e deixa um leve decote, ela olha fixamente para William que conduz a reunião concentrado. Ele então percebe o jogo de sedução e perde toda sua concentração em olhar para o decote de Renata. Ele tenta se concentrar na informação de um colega, mas não consegue. Renata morde levemente os lábios carnudos, coloca a caneta na boca e deixa William completamente louco. 

Terminando a reunião, Renata sai da sala para conversar com uma colega e topa com William no corredor. William pega Renata levemente pelo braço e fala em seu ouvido. 

- Você está me provocando né, espere só pra ver mais tarde. 

Renata ri, não diz nada e segue para o banheiro. Ela abre os botões da camisa e faz uma selfie em pose sensual, com os olhos meio fechados e com os seios a mostra. Ela seleciona e envia para o WhatsApp de William com uma mensagem:

- Quero te deixar louco. Isso é o que te espera mais tarde. 

Ela então sai do banheiro e continua seu trabalho. Ela passa por William e diz: tem uma surpresa pra vc no seu celular. 

William imediatamente pega o celular, abre a mensagem e se separa com um nude de Renata. Ele se assusta e fica desacreditado, quase sem reação. Ele trabalhava no computador, mas perde perde totalmente a concentração. Abre o celular novamente e fica olhando cada detalhe da foto. Em um momento, Renata vai até a mesa de William para falar sobre uma pauta, mas eles quase nem conseguem conversar direito, a troca de olhares entre eles pega fogo. 

William vai até o banheiro e faz um nude de sua intimidade. Manda para Renata com a seguinte mensagem:

- É assim que você queria me deixar? Conseguiu.

O celular de Renata vibra, ela abre a mensagem de William. Ela assusta porque não imaginava que ele também faria um nude. Seu rosto fica levemente corado de vergonha e responde a mensagem:

- Que delícia, traz aqui na minha boca. Você me deixou molhada com essa foto. 

POR WILLIAM 

Renata é mesmo uma mulher surpreendente. Nunca imaginei que ela teria uma atitude dessa, me enviar um nude no meio do expediente. Esse jogo de sedução me instigou a querer devorá-la em cima da mesa do trabalho.

POR RENATA 

Depois que assumimos nossa relação, me sinto mais solta, mais leve para fazer algumas loucuras, sempre achei sexy esse jogo de enviar nudes, consegui deixar William louco. 

Noite quente

William e Renata terminam de apresentar o JN e saem apressados. 

- Vamos naquele restaurante? 

- Vamos! 

Eles decidem ir com o carro de William enquanto o de Renata fica na TV. Ao chegar próximo do carro William encosta Renata no carro e pressiona seu corpo no dela.

- Sente como você me deixou o dia todo, diz William pressionando sua intimidade na intimidade de Renata. 

- Nossa, que delícia, diz Renata mordendo levemente o canto dos lábios.

- É que não dá para você sentir como me deixou agora, diz Renata ao pé do ouvido de William.

Eles então seguem para o restaurante onde haviam começado o romance. Ele bebe vinho e ela um drink sem álcool. Eles pedem um prato leve e conversam sobre algumas coisas de trabalho e algumas coisas engraçadas que havia acontecido durante o dia. 

O clima esquenta e a baixa luz do restaurante com música ambiente é um convite para troca de beijos e carícias. 

- Adoro quando você faz essa cara sexy, sua boca, seus olhos dizem que você está louca para sentir prazer, diz William no ouvindo de Renata mordendo levemente o lóbulo da orelha dela.

- Nossa, fiquei o dia todo pensando em você, não vejo a hora de dar pra você essa noite. 

William passa sua boca levemente no pescoço de Renata e deixa ela arrepiada.

- Eu não estou aguentando mais, vamos embora, diz Renata. 

William ri, olha para Renata e pede a conta. Eles saem do restaurante e entram no carro.

- Onde vamos? 

- Onde eu quero te levar há muito tempo, mas não podíamos. 

William dirige e entra em um motel luxuoso na Barra. Eles saem do carro e entram no quarto. Renata, deixa sua bolsa em cima de uma mesa e liga o ar condicionado, pois fazia muito calor naquela noite de verão. 

William pega Renata por trás, agarra ela e passa mão em sua intimidade. Começa a beijar o pescoço deixando Renata totalmente entregue. 

- Era isso que você queria? Me deixar louco, mas sou que que vou te deixar louca. 

Renata dá leves gemidos enquanto William passa seus dedos em sua intimidade por cima da calcinha. 

- Ai, William, você me deixa louca.

William carrega Renata no colo e a coloca em cima de uma mesa alta. Ele abre a camisa da Renata de forma brusca, com a pressa de quem quer devorá-la. Tira o sutiã e beija seus seios, passando a língua por todo seu mamilo. 

Em seguida, ele coloca a mão por baixo da saia de Renata, coloca a calcinha dela de lado e invade a intimidade dela com os dedos. Renata estava completamente molhada, William enfia os dedos bem no fundo enquanto Renata geme. Ele tira os dedos e leva até a boca.

- Seu gosto é delicioso. 

Renata desce da mesa e beija William, um beijo ardente. 

- Renata, quero que você me olhe da mesma forma com que fez naquela foto. 

Renata só de saia e cabelos soltos se afasta de William, senta na cama, cruza as pernas, joga os cabelos de lado e olha fixamente para William com os olhos meio fechados, em seguida ela passa a língua nos lábios e sorri com ares de safada. 

Para deixar William mais louco, ela tira a saia, a calcinha e começa a se tocar, passando as mãos em seu seio e fazendo movimento com os dedos em sua intimidade. Ela começa a gemer e se contorce de prazer. William, vendo aquela cena tira sua roupa, pega Renata e coloca em seu colo, deixando ela por cima. William penetra em Renata e ela começa a cavalgar em cima, deixando William louco. 

Ele então tira Renata de seu colo e prende os braços dela com uma algema que havia no quarto, deixando ela totalmente sem movimentos. 

- Agora é minha vez de te deixar louca. 

William percorre o corpo todo de Renata com a boca, deixando o corpo todo dela arrepiado. Ele chega até a virilha e passa levemente a língua em sua inimidade, sentindo-a pulsar em sua boca. William prova do gosto de Renata com vontade. Perto de chegar ao ápice,  William para fazendo Renata pedir mais. 

William então coloca sua intimidade na boca de Renata. Ela chupa com intensidade sem poder usar as mãos. 

- Me solta, por favor. 

- Não! 

Renata chupa mais forte, passando sua língua por toda a intimidade de William, fazendo ele gemer de prazer. 

William vira Renata de costas e beija seu pescoço e suas costas de forma bruta, deixando marcas. Ela geme e pede mais e mais. Ele entao tira as algemas dela, coloca ela de quatro e penetra com força. Enquanto William penetra, puxa os cabelos de Renata e dá tapas em seu bumbum, ela geme alto. 

Eles trocam de posição e Renata fica de lado. Com muita vontade, ela pede urgente que William a experimente por trás. 

- Então me pede, quero ouvir. 

- Vem, vem logo. 

William penetra Renata de forma delicada, aumentando o ritmo aos poucos, o ritmo aumenta e eles chegam ao ápice juntos, gemendo de prazer. 

Depois de um ritmo forte, eles descansam, tomam um banho e deitam molhados na cama. Renata se deita de bruços e William fica encantado ao vê-la com o corpo molhado naquela posição. 

Já passa da meia-noite, mas antes de ir embora eles se amam novamente, dessa vez em um ritmo bem mais calmo, com carinho, sem pressa. William liga a TV em um filme pornô e eles decidem fazer algumas posições igual a do filme. Depois de atingirem o ápice mais uma vez, eles se arrumam e vão embora. Ela, exausta e com os cabelos molhados cochila enquanto William dirige. 

O dia seguinte seria de consulta no médico para o pré Natal. William iria junto. Ele deixa ela em casa e vai embora.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...