História Paixão ou Amor ? ( Clace) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jonathan Christopher Morgenstern, Magnus Bane, Sebastian Verlac, Simon Lewis
Tags Clace
Visualizações 123
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora para postar estava sem criatividade mas espero que gostem desse capitulo 💖💖💖

Capítulo 28 - Sogros Lightwood


ALERTA VERMELHO!!!! SAI CORRENDO DAI CLARISSA 

- Como foi a viagem? — Perguntou Jace caído do chão ao lado sofá. 

A senhora Lightwood cruzou os braços e encarou o Jace com a expressão séria. 

- Quem é essa garota? — Falou Maryse.

- Clary? — Perguntou Luke. 

- Tio Luke. — falei e foi abraça-lo. 

Luke era o melhor amigo do meu pai, infelizmente não conseguimos ir ao casamento dele com Maryse porque estávamos viajando e meu pai acabou ficando doente. 

- Como está pequena? – falou Luke me soltando.  

- Estou bem. – Falei para Luke. – Desculpa não pode ter ido no seu casamento.

- Esta tudo bem Kiddo. – Falou Luke sorrindo. – E seu pai como está? 

- Esta bem. – Falei. 

Maryse olhou para Luke com a expressão seria depois me olhou e perguntou: 

- Quem e você? – Perguntou Maryse para mim. 

- Eu sou Clary Fray. – Falei um pouco nervosa.

 - Ela e filha da Jocelyn e do Valentine. – Falou Luke.

- Serio? – Falou Maryse e Luke assentiu. – Outra garota sem auto estima. 

- Como assim? — Perguntou Luke. 

- Ela e mais uma peguete do Jace. - falou Maryse falou irônica. 

Isso jogue na minha cara que o meu namorado e um galinha. 

- Ela não e minha peguete. – Falou Jace me trazendo para perto dele e me abraçando por atrás. – Ela e minha namorada. 

To me sentindo a Beyonce. 

- E eu a amo muito. – Falou Jace olhando para Maryse depois para mim e me deu um beijo na testa e sorriu para mim e voltou a olhar para Maryse e Luke. 

OHH!!! MEU LENÇOL DOBRADO.

Maryse parecia não saber o que dizer e Luke estava olhando para Jace com os olhos cerrados e de braços cruzados. 

-Então ela e sua namorada? – perguntou Maryse e Jace assentiu. – Então agora eu tenho uma nora.

Maryse sorrindo parecia bastante Izzy, sua expressão havia mudado de séria e brava para feliz e bastante animada, ela veio me abraçar e fiquei um pouquinho sem reação. 

- Já estava perdendo as esperanças de ter uma nora um dia. – Falou Maryse quando me soltou. 

- Mãe? – falou Jace. 

- Jace você e um galinha não pode me culpar por estar perdendo as esperanças. – falou Maryse e Jace abaixou a cabeça concordando.

- E um prazer conhece-la senhora Lightwood. – Falei sorrindo. 

- Não precisa me chamar assim. – Falou Maryse. – Pode me chamar só de Maryse, quando me chamam de senhora me sinto velha. 

Ri quando ela me falou isso não estava mais com tanto medo. 

Maryse se virou para Luke e foi até ele e disse segurando em seu braço.

- Que irmos jantar em um restaurante para comemorarmos nossa volta e que agora eu tenho uma nora. – falou Maryse. – Podemos chamar Magnus e Alec também. 

- Ótima ideia mãe. – Falou Jace e virou- se para mim. – Quer ir jantar meu amor? 

- Iria adorar meu amor. – falei e quase dei um selinho nele.

- Opa separa aí. – falou Luke para Jace e eu. – Não quero ver isso não. 

Jace eu nos separamos um pouco e Luke sorriu de lado como se tivesse feito seu trabalho com perfeição. 

- Vamos chamar Magnus e Alec? – Falou minha mãe. – Gosto do Magnus, cadê Isabelle? 

Com o futuro namorado dela. 

- Saiu com as amigas. – Jace respondeu e olhei para ele e ele deu uma piscadinha de olho para mim. – Vou ligar para o Alec. 

Jace saiu da sala e me deixando sozinha com Luke e Maryse não que eu estivesse com medo que eles fossem me assassinar, mas ainda estou com um pouco de medo. 

- Agora olha aqui. – Falou Maryse seria vindo até mim. – Se você magoar o meu garotinho você vai se arrepender de ter olhado para o meu loirinho entendeu? Eu faço um inferno da terra pelos meus filhos, não me teste.

- Nunca magoaria o Jace. – falei. – Eu o amo muito. 

- Também porque você gosta de viver. – Falou Maryse logo em seguida ela saiu e subiu as escadas em direção ao quarto. 

 Esquece o que eu disse estou morrendo de medo da minha sogra.

                                                         


Notas Finais


Desculpa qualquer erro,espero que tenham gostado e por favor comentem o que vocês gostariam de ver na fic ou se vocês estão gostando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...