História Paixão Sem Limites - Jikook ABO - Capítulo 7


Escrita por: e ParkMinRocah

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, SHINee
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Romance
Visualizações 284
Palavras 2.508
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, amores!!!
Agora estou escrevendo a história em conjunto com a maravilhosa @ParkMinRocah.

Boa leitura❤️

Capítulo 7 - Dilema


Fanfic / Fanfiction Paixão Sem Limites - Jikook ABO - Capítulo 7 - Dilema

O quarto estava escuro, as luzes apagadas e as cortinas fechadas, e na cama o alfa estava deitado de barriga pra cima, sem camisa, com os braços dobrados atrás da cabeça, com o olhar fixo no teto. Em sua mente a cena no corredor do dormitório dos ômegas rodava como um filme. Tinha sido só um beijo, um simples beijinho, e mesmo assim aquilo não lhe saía da cabeça! Seu corpo ainda arrepiava quando se lembrava do toque doce e tímido dos lábios do ômega loiro.

A porta do quarto se abre e por ela passa Yoongi, que era o companheiro de quarto do moreno. O esverdeado olha para o Jeon com as sobrancelhas arqueadas e acende a luz fazendo o outro alfa piscar os olhos para se acostumar com a claridade repentina.

- Dá pra explicar o motivo de ter matado todas as aulas da tarde?- O esverdeado vai logo perguntando.

Não que isso fosse novidade. Jungkook matava mais aulas do que participava delas, era até uma surpresa ele nunca ter levado bomba.

- Eih!- O esverdeado volta a chamá-lo já que não obteve resposta. Na verdade o moreno não tinha movido nem se quer um músculo desde que Yoongi entrou no quarto.

Jungkook solta um suspiro cansado e se senta na cama olhando o amigo que o encarava preocupado.

- Eu beijei o Jimin.- O moreno solta de uma vez.

O esverdeado o olha com as sobrancelhas arqueadas sem demonstrar nenhuma surpresa.

- E que quê tem?- Pergunta de forma entediada.

- Como assim o que quê tem?

- Você beijou ele, tá. Até aí nenhuma novidade.- Diz como se fosse óbvio demais.- Desde que colocou os olhos nele ficou óbvio seu interesse.

Jungkook franze as sobrancelhas e coça a testa em sinal de nervosismo. 


Será que tinha sido assim tão óbvio a atração que sentiu pelo loirinho? Ao que tudo indicava, sim.

- Eu acho que não deveria ter feito isso.

- E por que diz isso?

Um suspiro escapa pelos lábios do moreno e ele volta a se jogar na cama cobrindo o rosto com o braço.

Havia muitos motivos para ele se afastar do baixinho mas o que reinava em sua cabeça no momento era a inocência do ômega. Chega a ser pecado querer corromper aquela criaturinha.

- Jimin não é ômega pra diversão, hyung.

Yoongi, que estava a procura de uma peça de roupa, desvia a atenção do closet para olhar o amigo esparramado na cama.

Os dois se conheciam já a um bom tempo. Eram muito próximos e por isso o esverdeado conhecia muito bem a história do moreno. Sabia exatamente tudo pelo que o amigo já havia passado e procurava sempre ajudá-lo.

- Olha, Jeon, você sabe que eu não gosto de me meter nos seus rolos mas, sério mesmo, se não quiser ter nada sério com ele, se afasta.- Diz após alguns minutos de silêncio.- Como você mesmo disse, ele não é ômega pra diversão e nós dois sabemos que você não vai querer assumir ele.

Após isso o de cabelos verdes pega uma calça jeans qualquer, sua toalha e vai em direção ao banheiro. Antes de fechar a porta ele ainda se vira e, olhando o garoto que continuava do mesmo jeito, diz:

- E o Taehyung já se apegou muito aquele menino, então, se você tem amor a vida, te aconselho a não fazer nada que possa vir a magoá-lo.


                           •••★•••


Outra noite mal dormida. Foi isso que Jimin conseguiu após as ações do alfa. Ele não entendia o motivo do moreno tê-lo beijado e logo depois fugido. Entendia menos ainda aquele turbilhão de sentimentos que preenchia seu peito sempre que se lembrava do beijo ou até mesmo do alfa. Suas bochechas queimavam sempre que o ocorrido lhe vinha à cabeça. Para muitos aquilo era algo normal mas para o baixinho era novidade. Seus lábios tinham entrado em contato com os de outra pessoa! E não uma pessoa qualquer, provavelmente um dos alfas mais lindos que o mundo já teve o prazer de ver!

O baixinho estava andando sem rumo pela escola já há algum tempo, com a cabeça na lua, ou melhor, no alfa de olhos escuros e corpo escultural. O horário antes do recreio era vago e como o baixinho não era da mesma turma de Taehyung e ainda não tinha feito amizades com os outros alunos de sua sala, estava sozinho. Ele não tinha muito o que reclamar da solidão, sempre passou a maior parte de sua vida na companhia dela. Agora que estava no internato é que as coisas tinham mudado um pouco. Mas ainda havia alguns momentos em que ficava completamente sozinho.

Os corredores estavam vazios e silenciosos. O único som que se ouvia era o de seus passos. O menino estava a procura da saída do prédio. Pode parecer patético ele estar perdido novamente, mas, venhamos e convenhamos, a escola era maior do que qualquer outro lugar onde ele já esteve. Surpresa seria ele não se perder. Até Taehyung já havia admitido para o baixinho que em seus primeiros dias no internato vivia se perdendo.

Jimin se sentiu extremamente aliviado quando avistou ao longe a saída do prédio e praticamente correu até lá. Havia pouquíssimas pessoas no campus. Algumas ele reconheceu de sua sala, outras ele não fazia nem ideia de quem eram.

Se sentindo um pouco deslocado e sem ter coragem de se aproximar de qualquer uma daquelas pessoas, por não ter intimidade suficiente com elas, o baixinho foi para uma parte mais afastada no campus. Estava totalmente distraído e por isso quando uma voz se fez presente bem próximo de si deu um pequeno pulo, levando as mãos ao peito como se assim pudesse conter os batimentos cardíacos que aceleram de forma assustadora. Com os olhos um pouco arregalados pelo susto ele se virou e logo deu alguns passos para trás procurando se afastar do alfa, que estava próximo demais.

- Ei.- Ele o cumprimentou com um grande sorriso.- Se lembra de mim?

Claro, como poderia se esquecer? Era o alfa de quem Taehyung o mandou ficar longe.

O baixinho assentiu levemente com a cabeça e quando o moreno tentou se aproximar novamente, ele deu vários passos para trás assustado. Taemin ergueu as sobrancelhas e logo sorriu novamente.

- Que foi, Jimin?- Perguntou.- Está com medo de mim?

Não era exatamente medo mas o que Taehyung disse sobre o alfa da primeira vez que se viram ainda estava bem claro na mente do baixinho. Então, aquilo podia ser chamado de cautela.

A mão do alfa se estendeu em sua direção na intenção de tocar suas madeixas loiras mas o baixinho a afastou com um leve tapa fazendo Taemin  franzir a testa.

- Que isso, pequeno.- Diz mansamente e com uma agilidade surpreendente se aproxima do baixinho e leva a mão até os fios claros.- Eu só queria tirar isso.

Ele mostra a pequena folha que tinha acabado de retirar dos cabelos do menino. As bochechas do baixinho se tornam rubras ao percebeu que tinha entendido errado a intenção do alfa a sua frente. Estava prestes a se desculpar quando veio uma voz já bastante conhecida, soando bastante irritada atrás dele.

- Se afaste dele, Taemin!

Jimin estremeceu visivelmente e olhou Jungkook logo sentindo suas bochechas corarem e seu corpo se arrepiar. Chegava a ser assustadora a forma como seu corpo reagia na presença do moreno.

Taemin olhou Jungkook com uma expressão de desagrado no rosto e logo tratou de se afastar dizendo a Jimin que outra hora eles conversavam. 


O baixinho observou o outro alfa se afastar a passos lentos. Quando já estava longe o suficiente Jungkook virou para o ômega com uma expressão de seriedade.

- Não quero você perto dele de novo, entendeu?

- Você não manda em mim!- Disse emburrado e sem pensar direito.

Assim que percebeu o que tinha saído de seus lábios seus olhos se arregalaram e seu coração, que já batia acelerado, ficou ainda mais descompassado, e suas bochechas ficaram quentes. Ele definitivamente deveria começar a avaliar as coisas antes de sair falando.

Jungkook olhou para o ômega com as sobrancelhas arqueadas, sem saber exatamente o que pensar. Tinha prometido a si mesmo que não chegaria perto de Jimin novamente mas ao vê-lo tão próximo de Taemin sentiu seu sangue ferver. Por algum motivo ele não queria que mais ninguém chegasse tão perto assim do menino. 


- Desculpa. - Foi tudo que conseguiu sair da  boca de Jungkook naquele momento.


Os lábios de Jimin estavam inchados pelas mordidas do alfa no dia anterior. A sensação corroeu seu corpo à medida que percebia o óbvio. Ele machucou o pequeno.


Jungkook se aproximou de Jimin e dessa vez o menor não se afastou. 


- Por que está pedindo desculpas? - Jimin perguntou quase aos sussurros. Sua pernas fraquejavam a medida que os dedos quentes e delicados de Jungkook circulavam seu lábio inferior agora em chamas.


- Eu não tinha o direito de falar daquele jeito. - Jungkook também parecia em outro mundo, os olhos vidrados naqueles lábios, o peito acelerado e a outra mão em punho ao lado do corpo, deixando suas unhas curtas, porém afiadas, rasgar sua pele aos poucos, o mantendo no controle para não agarrar o garoto ali mesmo.


- Você..n...n..não manda em mim.  - Jimin gaguejou sentindo seu coração bater engraçado.


- Eu sou tão hipócrita. Estou aqui tentando te proteger daquele idiota, para que não se machuque, sendo que te machuquei noite passada. - Jungkook finalmente voltou a si, depois de suas próprias palavras e se afastou de Jimin, tossindo um pouco tímido ao colocar ambas as mãos nas costas e garantir que as seguravam forte dessa vez.


Jimin enrugou a testa confuso, sem saber o que aquilo significava. Seu corpo parecia em abstinência do calor dos dedos do alfa, mas ele fez seu melhor para não correr até o maior em desespero.


- Você não me machucou. - Jimin olhou para seus pés balançando sobre a grama úmida do sereno que caía sobre suas cabeças. - Aquilo foi um beijo. Certo?!


Jungkook arregalou os olhos, tentando desvendar se o garoto estava falando sério. 


- Você nunca beijou antes Jimin?


Jimin mordeu o lábio inferior, o deixando ainda mais vermelho.


Jungkook segurou o gemido em sua garganta. 


- Já beijei sim. - Jimin levantou o nariz, olhando convencido para as sobrancelhas levantadas de Jungkook.


- Jimin. - Jungkook tentou esconder o sorriso, se aproximando do pequeno.- Não mente pra mim. - ele pediu acariciando as bochechas do menor com seus dedos gelados.


Não era uma ordem, mas Jimin sentiu a intensidade daquelas palavras, seu corpo vacilou ligeiramente conforme ele confirmava com a cabeça. 


- Vem comigo.


Jungkook não esperou uma confirmação antes de pegar a mão pequena de Jimin e levá-lo para baixo das arquibancadas onde Jimin estava sentado no dia anterior com Taehyung e Yoongi.


- Por que me trouxe aqui? - Jimin perguntou baixinho enquanto via alguns garotos jogando bola, mas ninguém podia vê-los.


Era estranho como tinha se assustado com Taemin por encostar em seu cabelo e lá estava ele com um tão estranho quanto Taemin, num lugar escondido, segurando sua mão como se fosse uma âncora que o mantinha com os pés na Terra. 


- Eu quero ser o primeiro a te beijar. - Jungkook disse, rindo em seguida da cara de confusão de Jimin.


Ele queria ser o único a beijar Jimin, mas só aquele pensamento já era absurdo em sua mente, não conseguia imaginá-los saindo por sua boca. 


- Eu já beijei… - Jimin ia mentir, mas parou assim que trocou olhares com o Jungkook e sentiu um arrepio assustador só pela ideia de desafiá-lo. - Você. - Jimin completou. O que tecnicamente não era uma mentira, ele realmente achava que Jungkook o tinha beijado.


- Aquilo também não foi um beijo. - Jungkook disse baixo e grave, se aproximando de Jimin ao poucos e colocando as mãos em sua cintura pequena e delicada.


- Não foi? - Jimin perguntou rouco, praticamente sem voz, o coração batendo acelerado, as costas suando frio e as pernas trêmulas.


Jungkook só negou com a cabeça e selou seus lábios no do menor, que suspirou com a aquele simples ato.


Ele abriu um pouco os lábios fazendo Jungkook sorrir pela forma que o menino aprendeu rápido suas ordens do dia anterior.


Jungkook beijou Jimin, de verdade dessa vez. Ele sentiu as mãos pequenas de Jimin tocarem seu peito enquanto sua língua esquentava cada vez que encontrava a de Jimin, fazendo um barulho molhado e um tanto pornográfico aos seus ouvidos.


Jungkook não sabia quanto tempo conseguiria se manter daquele jeito, na ponta do abismo, prestes a puxar Jimin para qualquer canto e arrancar suas roupas, o marcando inteiro com aquela mesma língua, mas Jimin parecia não saber o que estava acontecendo ali. 


- Agora nos beijamos? - Jimin perguntou manhoso praticamente gemendo nos lábios de Jungkook.


Jungkook se afastou dos lábios de Jimin, rosnando baixo com o desejo impregnado nos olhos.


Jimin olhou finalmente pra baixo, sentindo a ereção de Jungkook contra seu estômago e enrugou a testa confuso, deixando Jungkook ainda mais perdido em pensamentos mais que impuros perto de alguém como Jimin.


- Jimin, você já teve seu cio, Certo?! - Jungkook perguntou quando afastou de vez do garoto mole e sem ar nos seus braços.


Jimin parecia aéreo, sobre algum efeito de alucinógeno, mas voltou a si quando ouviu a palavra “cio” da boca de Jungkook.


A boca que estava nele segundos atrás, invadindo a sua, fazendo ele fazer coisas com a sua língua, agora sorria ironicamente na sua direção.


Jimin arregalou os olhos e tampou a boca.


Ele tocou em Jungkook. No corpo de Jungkook. O que ele estava pensando?


Ele não conhecia aquele alfa e agora o maior vem com a pergunta mais íntima de toda sua vida. 


Ele sempre foi zoado na escola por isso. O chamavam de anormal, aberração e tudo mais que era possível. Porque todos seus colegas de classe passavam por aquilo, mas ele nunca passou.


Sua mãe já tinha até o levado ao médico para saber o que estava acontecendo e Jimin teve até um momento em que achava que talvez fosse um beta, mas o médico disse que nem todo mundo se desenvolvia do mesmo jeito e que isso não significava que ele era anormal, mas talvez fosse por isso que sua família não o queria por perto. Porque ele era uma vergonha para eles até nisso, até no que não se podia controlar.


- Não é da sua conta. - Jimin respondeu sentindo as primeiras gotas de lágrimas desceram por seu rosto angelical.


Jungkook perdeu o sorriso no rosto, suspirando apavorado quando percebeu que o assunto parecia delicado para o pequeno e que o tinha assustado mais uma vez.


- Anjo. Eu não quis…


- Não me chama assim. - Jimin gritou afastando as mãos de Jungkook que se aproximavam dele para consolá-lo.


- Não encosta em mim. Eu não te conheço. - Jimin disso correndo dali, mais tropeçando do que realmente correndo.


Jungkook não sabia o que pensar. Ele sabia que Jimin era inocente e puro, mas não literalmente inocente e puro.


- A gente realmente precisa parar de fazer isso. - Jungkook resmungou coçando a nuca enquanto via o baixinho fugir dele depois de um beijo, exatamente do mesmo jeito que os beijos anteriores foram.


Pelo menos não foi ele que fugiu dessa vez, isso já era um começo.


Mas um começo de que ?


Notas Finais


O que acharam????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...