História Paixão sem limites Miraculous. - Capítulo 3


Escrita por:

Visualizações 80
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Festa


Com Adrien..

Adrien on~

Nino: Como assim cara, por que você chamou a garota de feia?

-Porque ela era linda.

Nino: Isso não tem sentindo seu maluco haha. E ai, vai no racha do Kim hoje?

- Sei não cara, a Chloé vai estar lá.

Nino: Vamo cara, vale uma grana, eu não posso perder essa.

-Okay eu topo, por você.

Fizemos nosso toque tradicional, que era um soco de mão seguido de um vrunn, que era imitação do som de nossas motos. Eu não queria ir pois veria aquela chata da Chloé, eu sai com ela uma vez, mas ela não larga mais do meu pé, mas pelo meu amigo eu faço tudo.

A of~

Chloé Bougeois era uma garota loira, de apenas 18 anos recentemente completos, seu pai André Bougeois era como um lider dos motoqueiros, muito conhecido pela sociedade e também muito temido. Ficou furioso após descobrir que sua filha única saiu com o famoso A, que também era muito conhecido e intimidado pelos colegas motoqueiro, por seu temperamento e suas atitudes as vezes agressiva.

À noite..

Nino on~

Estávamos posicionados para correr.

A: Pronto?

-Nasci pronto meu amigo.

Nino of~

Os sons da moto reinavam pelas ruas, onde sempre aconteciam àquelas corridas ilegais, em lugares mais perigoso, onde a polícia nem se quer pensava em chegar perto.

Após o sinal, as motos partiram tão rápidas que em menos de 1 minuto já não se via uma em frente.

Com Mari...

Mari on~

Alya: Até que enfim acabou as aulas, não vejo a hora de ir na festa.

-Que festa?

Alya: Amiga, a festa de aniversário do seu futuro namorado.

-Quê?

Alya: É aniversário do Luka.

-Alya, ele não é meu futuro namorado, nem vai ser.

Alya: O seu carro chegou.

-Tenho que esperar a Tikki.

Tik: Já estou aqui.

Alya: Beijo, se encontramos na festa.

Tik: Que festa? Não acredito que vai ter uma festa e eu não estou sabendo.

-Do Luka.

Tik: Ah, seu namorado.

-Não, continue assim e a mãe vai saber do seu namoro.

Tik: Estou solteira novamente.

-Quanto tempo durou? Um dia..

Tik: Acertou, não era pra ser.

-O que a gente conversou sobre isso.. você não deve ser assim mana, vão pensar coisas horríveis de você.

Tik: Não ligo, me fala da festa.

Contei os detalhes enquanto estávamos a caminho de casa. Certamente nossa mãe iria nos deixar ir na festa, pois o Luka era filho de um sócio da empresa deles e tal.

Com Adrien..

A on~

-Não foi dessa vez cara.

Nino: Da próxima eu ganho, pode apostar haha.

Chloé: A, podemos conversar?

-Pode ser outra hora?

Kim: Ai mano, to sabendo de uma festa que ta rolando lá na zona sul, vamo cola?

Chloé: COM LICENÇA.. eu to falando.

-Desculpa linda, to de saida.

Montamos na moto e com mais outros amigos fomos para a tal festa.

Com Tikki..

Tik on~

Enquanto Mari se arrumava no quarto, eu me arrumava no banheiro, passei a maquiagem.

-Quantos anos aparentemente eu tenho?

Mari: 15.

-Mas eu tenho 15.

Mari: A maquiagem não vai te deixar mais velha. E ta borrada aqui.

Ela limpou o canto da minha boca e se levantou indo em direção ao banheiro. A Mari não estava usando nenhuma maquiagem, só um baton, eu admiro a beleza natural dela e o bom gosto para as roupas, pois ela usava um vestido branco muito bonito.

Tik of~

Mari on~

Chegamos na festa, tinham apenas adolescentes, de bebidas apenas champanhe sem álcool e suco. Encontrei a Alya e ficamos conversando até um grupo de caras sem classe invadir a festa. Me encaminhei até a piscina quando alguém botou as mãos em meus olhos.

?: adivinha quem é

-Luka..

Luka: Acertou, merece um beijo.

-Você tá bêbado?

Luka: Qual é o problema em querer te beijar ? Eu quero isso sempre, você é muito linda sabia.

Ouvi o barulho de algum vidro quebrar, talvez um copo.

Luka: Droga, tão quebrando minha casa. Já volto, não sai dai.

É a primeira vez que vejo o Luka bêbado, ele estava muito estranho e falando coisas sem sentido.

Mari of~

Adrien on~

Dissemos na portaria que éramos amigos dos donos e entramos fácil, enquanto o resto da turma tava fazendo uma bagunça geral eu fui pegar uma bebida quando vejo a mesma garota de hoje ced



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...