História Paixão sem limites Miraculous. - Capítulo 6


Escrita por:

Visualizações 13
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Patricinha


No dia seguinte..

Mari on~

Eu estava contando para Alya tudo que aconteceu na noite passada.

Alya: Nossa que confusão amiga.

-E o que me irritava é que na maior parte do tempo ele ficava rindo da situação. Aliás, aonde você estava quando eu fui embora?

Alya: Eu conheci um cara.. que roubou meu dinheiro do almoço.

- Era um daqueles motoqueiros ?

Alya: Era..

-Eu sabia, eles são perigosos.. amiga, deixa que eu pago seu almoço hoje.

Alya: Falando nisso..

Mari of~

Quando Alya foi contar a amiga que iria almoçar com um dos motoqueiros, Nino e Adrien pararam suas motos em frente as garotas.

Mari: Não não não, o que você tá fazendo aqui? Ta me perseguindo agora?

A: Felizmente não rainda do universo, eu to com ele.

Alya: É com ele que vou almoçar hoje.

Mari: Você pirou ? Aquele cara te roubou.

Alya: É uma forma de reembolsar meu almoço.

A garota falou subindo na moto de Nino.

Alya: Até depois amiga, beijo.

A: Tchau feia.

Mari: Grr.. idiota.

Adrien foi para caminho contrário a de seu amigo pois tinha apenas acompanhado-o até a escola de sua pretendente. Mas por obra destino sua pretendente também era de lá.

Alya on~

A Mari estava totalmente enfurecida com o tal A, mas ele parecia ser legal, assim como Nino.. ele é incrível, por mais que ele tenha me roubado.. aliás ele me explicou o porque ele fez isso, e eu não ligo. Almoçamos e nos conhecemos mais, a cada coisa que ele me contava, eu me admirava mais.. a vida dele era uma aventura.

Alya of ~

Com Tik~

Tik: Buu.

Mari: Ai, sem graça.

Tik: Pensando no A?

Mari: Não mesmo.

Enquanto conversavam, elas caminhavam para o restaurante.

Tik: Me conta como ele é..

Mari: Um grosso sem educação, de Anjo não tem nada.

Tik: Haha, você gosta dele.

Mari: Nunca.

Tik: Haha.

Depois de almoçar as garotas foram para a casa.

Com Alya.

Alya on~

Nino me convidou para ver ele correr essa noite, eu queria muito ir.. mas minha mãe não pode saber, então minha única solução é a Mari.

Ligando...

Ligação on

"Mari: Oi amiga.

Alya: Amiga, você poda fazer um favor para mim?

Mari: Depende..

Alya: Eu queria sair com o Nino, então você po..

Mari: Não..

Alya: Por favor, confirma pra minha mãe que eu vou na sua casa..

Mari: Você é maluca.

Alya: Por favor?

Mari: Ta bom.. juízo.

Alya: Obrigada amiga, te amo muito muito. Tchau.

Ligação of

Alya of~

Com muito custo a amiga aceitou fazer parte da mentira de Alya.

Minutos depois a mãe de Alya Marlena Césaire, ligou e o que Mari não contava era que a mãe da amiga iria querer falar com a filha, inventou uma desculpa dizendo que a menina estava dormindo. Acreditando ela diz que buscará a filha cedo. Mari teria de avisar a amiga.

Mari on~

Estava meio frio então vesti uma calça e uma blusa para ir avisar Alya sobre sua mãe.

Tik: Vai sair?

Mari: É rapidinho, eu já volto.

Tik: Vai encontrar o A?

Mari: Óbvio que não, me cobre.

Tik: Ta bom, se manda logo.. e se cuida.

Cheguei no local e fiquei espantada, muita gente barra pesada e o lugar era todo escuro e com sinais de vandalismo pelas paredes.

Alya: Mari? O que você ta fazendo aqui?

-Sua mãe ligo, queria falar com você.

Alya: Ai meu Deus, o que você disse?

- Inventei uma mentira, mas queria te avisar que ela vai te buscar cedo, então esteja lá antes das 7.

Mari of~

Nino: Oi Mari.

Mari: Oi.

A: Oi feia.

Adrien se aproximou ao ver a garota que ele tanto provoca. A garota bufou e se despediu da amiga. Mas Adrien insiste em provoca-la.

A: O que uma patricinha como você faz aqui?

Mari: Me deixa em paz garoto.

A: Só se você correr comigo.

Mari: Ta maluco? Nunca.

Uma moto parou ao lado dos dois, era Felix, rival de Adrien. Por provocação ele convida Mari para ser a submissa dele.

Felix: Oi princesa, sobe aqui.

A: Não faça isso.

Mari: Você não manda em mim.

Marinette então subiu na moto de um cara que ela nem se quer conhecia, para provocar Adrien, e ela nem entendia porque, só queria provoca-lo.

Para aquela corrida, cada piloto precisava de uma submissa na traseira, co



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...