História Paixão sem limites Miraculous. - Capítulo 7


Escrita por:

Visualizações 66
Palavras 464
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Adrenalina


Deram o sinal de largada, e os pilotos foram. Aquela adrenalina fez Marinette gritar, a garota estava com muito medo. Para piorar a situação, eles ouvem o barulho de sirene, os policiais pegaram eles apostando rachas em lugares inapropriados.

Mari: Para!

Félix parou a moto e a garota desceu, o rapaz se mandou, mas logo em seguida Adrien aparece e faz Marinette subir na moto, sem escolhas ela sobe. Os policiais estavam logo atrás.

A: TAMPA A PLACA!

A garota atendeu ao pedido do rapaz, alguns metos a frente ele para a moto.

A: Se esconde ali.

Mari: O que? Não vou me jogar no meio do mato.

A: Preciso despista-los.

O barulho das sirenes foi ficando mais alto, fazendo a garota se jogar no mato e Adrien acelera a moto. Meia hora depois volta.

A: Mari? Pode sair.

Mari: Não somos amigos pra você me chamar assim.

A: Ta bom feia..

..

A: Não vai sair?

Mari: Não.

A: Posso saber o porquê?

Mari: Não.

A: Haha, como você vai embora?

Mari: Eu não posso sair daqui.

A: O que aconteceu?

Mari: Eu.. eu. Cainococô.

A: O quê?

Mari: E-eu cai no cocô.

A: HAHAHAHA.

Mari: Eu sabia que você iria rir seu idiota.

A: Haha, não deve ta tão ruim assim.

Mari: Ta horrível.

A: Deixa de frescura e venha.

Com muita vergonha a garota levantou e caminhou até o rapaz.

A: Caramba! Isso ta fedendo de mais haha você não vai subir na minha moto assim.

Mari: Mas eu preciso ir pra casa.

A: Então tira isso.

Mari: Eu não vou tirar minha roupa.

A: Então fica ai sozinha, tchau.

Mari: Espera.

A garota tirou seu casado e sua calça, ficando apenas de lingerie.

A: Bota isso.

Adrien tirou seu casaco de couro e deu para Mari vestir. O casaco ficou como um vestido para a garota que é baixinho. Novamente Adrien a levou pra casa.

***

Mari: Obrigada por me deixar em casa de novo.

A: Resolveu ser gentil feia.

Mari: Idiota.

A: Mari, bela bundinha.

Sem pensar duas vezes a garota meteu-lhe um tapa na cara, fazendo o garoto rir.

A: Pode devolver minha jaqueta?

Marinette jogou o casaco no rapaz e subiu correndo para seu quarto.

Mari on~

Esse cara é muito sem noção, não sabe tratar bem uma garota. Ele ainda ri de tudo.. grr que raiva.

Tik: Ei, o que aconteceu com suas roupas, nossa! Você ta fedendo muito.

- Aquele idiota do Adrien Agreste.

Tik: Você e o A estão juntos?

-Não.. ele me fez cair em cima de um cocô de vaca ou cavalo, sei lá.

Mari of~

Tik: Não acredito hahahaha.

Mari: Ele é muito sem noção. Que raivaaa.

Alya: Que fedor é esse?

Mari: Alya?

Alya: Tive que vir, a polícia chegou lá e acabou com tudo, então o Nino me trouxe até aqui.

Mari: Ela nos perseguiu por um tempo.

Tik: Você foi perseguida pela polícia? Que loucura Mari.

Alya: Mas por que ta sem roupa?

Tik: Te conto enquanto ela toma um banho, vai se mande pro chuveiro fedorenta.

Marinette se encaminhou para o banheiro enquanto as outras garotas ficaram conversando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...