História Paixao...um desejo proibido - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Wincest
Visualizações 208
Palavras 1.324
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


MAIS UM CAPITULO FRESQUINHO PRA VOCES
BOA LEITURA

Capítulo 4 - Bebidas e mais bebidas


Fanfic / Fanfiction Paixao...um desejo proibido - Capítulo 4 - Bebidas e mais bebidas

O local estava lotado e eles se sentaram numa mesa próxima ao palco, que vagou assim que eles entraram.

- Vamos beber o quê?  Sam perguntou olhando pro loiro.

-o que voce quer?perguntou sorrindo.-vamos ver se tem bom gosto!

- Sabe o que eu tô a fim de beber hoje?"com certeza tenho...estou com voce"

-O quê? O loiro perguntou sem tirar os olhos de sam

- Tequila... O moreno respondeu e Dean aprovou imediatamente.

- Duas tequilas, por favor!  O loiro fez o pedido para uma garçonete que passava com uma bandeja.

-ta gostando daqui?perguntou sam 

-muito.respondeu passando a lingua pelos labios sabia que isso excitava muita gente,e pelo modo que sam o encarou estava funcionado.

-er...voce veio sozinho?

-sim.voce me disse que nunca saiu daqui.

-mais eu vou...

-porque tem alguem te esperando do outro lado?

-eu...eu nao posso demora.disse apos a garçonete entrega as bebidas.

-certo."nao com certeza nao sabe que o amante morreu...quer ir atras dele porque ele nao apareceu mais."-voce tambem trabalha ne?

-hurum.cuido dos animas na fazenda vizinha.

-legal.disse sorrindo.-e seus pais?

-eles tem uma oficina.

-uma oficina...que bacana.

Os dois continuaram conversando,dean ora ou outra se pegava olhando demais pro moreno que nao parava de falar.

-vo...voce quer me embebedar?!falou sam enrolando a lingua,ja tinha bebido umas tres dose de tequila 

-nao quero...quero fazer isso.disse sorrindo.-acho melhor irmos embora.disse antres de vira o copo de tequila,aprimeira ainda.

-cer...certo.disse sorrindo.

"malditas covinhas"pensou dean olhando pro moreno admirando o jeito descontraido dele.-vamos embora.disse apos pagar a bebida

-meus...meus pais nao podem me ver assim.disse tentando ficar de pe.

-Eu também quero... Dean tocou os lábios do moreno com os dedos."hoje voce nao escapa sam...vai me contar tudo...tudinho"

- hum?vo...voce quer o que?porque ta tudo escuro?

- Eu sei... Que você também quer.."espero que esteja vendo isso pai...vou acabar com seu amante"

-vo..voce...sua boca é...

-voce quer nao é sam?!

-minha cabeça ta girando.disse sorrindo.-voce ta muito perto...me toma o ar...

-e voce o meu.disse chegando mais perto do moreno

-dean eu...

den  não deixou sam terminar a frase e depois de fechar a porta com o pé, ele agarrou o moreno dando-lhe um beijo na boca de tirar o fôlego.

Teu beijo é mais doce que o mel

Te abraço e o tempo 

parece voar

Teu beijo tem 

gosto de amor

por mais que dean gritasse em pensamento que beijava o moreno por vingança,nao podia nega que estava gostando e muito.

Sam estava se deliciando com aquela boca carnuda e gostasa, mas Dean queria mais e parecia que tinha urgência, pois ele se virou e empurrou Sam contra a parede o beijando com furor, invadindo a sua boca obscenamente com a língua, mal deixando o moreno respirar.

Dean estranho quando o moreno parou de beija-lo,logo sentiu o corpo pesado de sam sobre o seu.ele desmaiou.

"porque esse beijo mexeu comigo, samuel?"pensou dean apos colocar o moreno na cama.-voce é lindo.sussurrou olhando pro moreno adormecido em sua cama."nao sei o que voce viu nele...talvez voce nem sabia que ele era casado que tinha uma familia...um filho.ele pode ter escondido isso de voce...acontece muito isso...nas novelas principalmente...mais mesmo assim eu tenho que cuprir minha missao,tenho que vingar minha mae...vingando ela estou vingando a mim tambem por anos de rejeiçao...magoas."

Dean sentou na beira da cama e sem conseguir resistir acariciou o rosto do moreno.

-voce é realmente lindo."sammy"

Bobby e o marido chegaram da oficina e foram direto pro banho que parecia inocente ate que começaram com as caricias.

-ahh bobby...amor...mais rapido...ahh bobby...mais rapido...mete mais forte..

-rufus....tao quente apertado...amor...ahh

rufus...rufus...ohh...ahh...

-bobby...bob... Ah...amor... rufus gemeu quando sentiu que o marido o atingia em um ponto que fazia  ver estrelas e a cada estocada mais forte rufos achava que ia gozar.

Puta que pariu...  falou bobby antes de gozar demoradamente dentro do marido, que quando percebeu que o marido tinha atingido o clímax, gozou intensamente.

-vo...voce estava bem mais fogoso.disse rufus quando bobby saiu de dentro dele.-insaciavel.

-olha quem fala.retrucou ofegante.- a casa da bem silenciosa.

-ele ja deve estar dormindo."espero"

-vamos terminar o banho e depois vamos ve-lo

-hurum.

dean acordou  com o telefone celular tocando,logo pecebeu que era de sam,sorriu ao ver quer era os pais dele ligando.

- Alo.disse ao atender

-onde diabos voce se meteu moleque!?bobby falou irritado e preocupado ao mesmo tempo.-voce ta bem filho?

-ele...ele estar bem senhor.disse dean segurando o riso.-eu

-quem ta falando?quem é voce o que fez com meu filho?

-eu sou amigo do sam..ele estar bem...so dormindo.

-dormindo aonde?que amigo?

-eu me chamou dean e

-dean...o do assalto?

-o proprio.

-onde estar o sam?porque ele estar com voce?

"muitas perguntas...que porre".-nos saimos ontem e como ficou muito tarde eu pedir pra ele dormir aqui...no quarto de hospede.

-assim que ele acorda diga pra vim direto pra casa

-sim senhor.pode deixa que eu mesmo o levo

-ok. e obrigado por salvar meu filho.

-de nada.

-ate mais.

-ate senhor padalecki.disse desligando em seguida."acho que voce esta encrecando...pela preocupaçao dele acho que nao sabiam do que voce tinha um amante"pensou olhando pro moreno,voltou a deitar na cama virado de costa pra sam.nao demorou muito ja estava dormindo.

Sam acordou com a cabeça latejando,abriu os olhos devaga por causa da claridade.

Sentiu um calor em seu corpo,quase gritou quando viu dean aconchegado a ele...sem camisa

"ele é lindo....e cheio de sardas...essa boca é uma tentaçao.

-dean.sussurrou sam"o que eu fiz?"

Com cuidado tiro o braço do loiro de cima de si e levantou.

-porque a pressa? dean perguntou assustando o moreno.

-eu...

-ao menos espera o cafe.disse levantando e segurando o riso ao ver que o moreno corou ao ve-lo sem camisa e o secava com o olhos."acho que esse seu jeito fez ele se apaixonar por voce"

-dean me desculpa eu...

-seu pai ligou.

-o que?"eu to ferrado"

-calma sam.disse sorrindo.-eu expliquei que sairmos e como ficou tarde voce dormiu aqui...no quarto de hospede.

-eu tenho que ir.

-tomar um banho antes...voce ta fedendo."antes fosse,nem mesmo a bebida conseguiu camuflar em seu cheiro...seu perfume"

-dean...o que...

-voce nao lembra? perguntou fingindo estar magoado.

-eu...eu nao...o que foi que

-deixa pra sam.disse calçando a sandalia.-tome um banho enquanto eu faço o cafe

-mais...

-tem toalhas limpas no banheiro.disse saindo em seguida."ta na minha mao padalecki"

Sam entrou no banheiro tirou as roupas ligou o chuveiro e quando entrou no box ja tinha agua nos olhos.

"eu so faço besteira...ao menos queria lebra do que aconteceu ontem e se aconteceu alguma coisa"

-voce gosta de ovos mexidos? 

 a voz do loiro o tirou de seus pensamentos.

-gos...gostou!

-voce ta bem sam?

-estou obrigado.

-ok.

Sam terminou o banho e sai do banheiro vestido apenas a calça com a blusa em mao.

-que susto!disse quando percebeu a presença do loiro ainda no quarto.

-des...desculpa eu nao quis te assutar.

-tudo bem.disse calçando os sapatos

Agoara foi a vez Dean ficar parado olhando Sam. Dean não conseguiu tirar os olhos das costas dele, que eram largas e musculosas e a cada movimento que ele fazia com os braços, os músculos se contraíam, formando desenhos perfeitos.

"porque sam....porque ele de tantos,porque meu pai?"

-acho que vou despersar o cafe.disse sam o tirando de seus pensamentos.

-oi?

-eu tenho que ir dean.

-Ok, eu te levo até a sua casa...

-nao!

-mais...

-nao precisa  dean...

-eu faço questao.

O caminho foi feito em silencio,cada em seu pensamento.

-voce realmente nao lembra? dean foi o primeiro quebra o silencio.

-eu...a partir do bar...o resto é tudo uma confusao e

-nem do beijo?

-o...o que ?"eu pensei que tinha sido um sonho"

-nem que disse que me desejava como nunca desejou ninguem!?

-eu vou chegar atrasado.disse ignrando o comentario do loiro.-nao posso perder o meu emprego.

O silencio voltou,dean ora outra lembrava do beijo que deram no dia anterio.

-chegamos.disse ao parar o carro em frente a casa de sam que engoliu em seco ao ver os pais na porta com certeza os esperando.

 


Notas Finais


O QUE ESTAO ACHANDO?
MUSICA DO CAPITULO: TEU BEIJO..DO GRUPO FAMILIA LIMA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...