História Paladins, perdidos em outro mundo. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Paladins
Personagens Androxus, Ash, Barik, Bomb King, Buck, Cassie, Drogoz, Evie, Fernando, Grohk, Grover, Inara, Jenos, Kinessa, Lex, Lian, Maeve, Makoa, Mal'Damba, Moji., Personagens Originais, Pip, Ruckus, Seris, Sha Lin, Skye, Strix, Talus, Terminus, Torvald, Tyra, Viktor, Vivian, Willo, Ying, Zhin
Tags Original Characters, Paladins, Romance
Visualizações 27
Palavras 1.756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus caros leitores, gostaria de me desculpar pelo atraso e claro, já avisar-los que os capítulos seram enviados apenas aos sábados já que tenho de desenhar a capa do capítulos, dito isso, obrigado pela atenção e boa leitura.

Capítulo 2 - A Máquina de Guerra


Fanfic / Fanfiction Paladins, perdidos em outro mundo. - Capítulo 2 - A Máquina de Guerra

Lucas corre em direção a Ash preparando seu golpe mas é surpreendido por uma das balas do canhão da guerreira, rapidamente, ele pula para o lado se esquivando do projétil mas, o mesmo explode assim que se aproxima do rapaz.

 

"-Grr... Como eu consegui me esquivar disso?" - Lucas pensa no momento da explosão.

 

O rapaz mal se recupera do ataque e Ash o acerta com uma ombrada o impulsionando para longe.

 

-Gurrr... Essa doeu... - Diz Lucas se apoiando na espada.

 

-Vai continuar ai ou vai lutar? - Ash zomba do rapaz.

 

-Hump... - Lucas investe novamente e Ash dispara, mas o garoto age mais rápido e rebate a bala de canhão antes de explodir, Ash reage preparando sua ombrada e acertando o "cavaleiro" em cheio, o mesmo para reduzir a força do impacto, coloca os braços na frente numa tentativa de se defender e mais uma vez é lançado longe, consequentemente, largando a espada.

 

-Droga! - O garoto levanta rapidamente mas não o suficiente, Ash dispara 3 bolas de fogo contra Lucas. - Ahh não!! 

 

Sem reação, o rapaz se prepara para receber os golpes, e imagina que com a espada séria menos perigoso mas quando abre seus olhos estava atrás de Ash.

 

-Davi, você viu isso? - Alysson olha surpreso.

 

-Ele... Ele se teleportou! - Davi fica de queixo caído.

 

Ash se surpreende com o acontecido, ficando imóvel por alguns segundos tentando entender.

 

-Hum...? Como eu vim parar aqui? Ah, não importa! - Lucas desferi um soco contra a nuca de Ash mas a mesma se vira e acerta seu peito com uma cotovelada.

 

-Achou que um soco só ia me derrubar? - A jovem se vira e encara o espadachim.

 

-Verdade, um só não vai te derrubar, vários já é outra história. - Lucas parte para cima de Ash tentando socar seu rosto, a mesma esquiva sem dificuldade, até receber um soco na barriga, onde estava desprotegida. - Defesa muito aberta! - O garoto aproveita a situação e acerta 5 socos no rosto da guerreira, quando iria desferir o 6 tem seu punho segurado.

 

-Grrrr... Você ta morto! - Ash chuta seu oponente para longe e rapidamente dispara outra bola de fogo de seu canhão, Lucas recebe o golpe em cheio, leva a mão ao peito e se ajoelha. - Esse seu capacete vai ser um ótimo troféu, quero ver bem a cara do idiota que achou que poderia me derrotar.

 

-Você fala muito... 

 

-Hum? - Ash se aproxima do rapaz e é surpreendida por um soco, mas reage a tempo e o segura. - Desista.

 

-Grrraaaaaa!!! - Os canos no braço da armadura de Lucas brilham intensamente e disparam um feixe de energia que por pouco não acerta o rosto da máquina de guerra. Ela se afasta e encara o garoto enfurecida. - Como que eu fiz isso?!?!

 

Alysson nem mais assistia a luta, enquanto Davi apreciava o combate, curioso.

 

-Ele já morreu? - Pergunta Alysson, olhando para cima.

 

-Ainda não, ele ta até virando a luta. - Davi se alonga tentando ver melhor a luta.

 

-Que? - Alysson se vira, curioso com a situação.

 

Lucas aponta as duas mãos fechadas em direção a Ash.

 

-Okay... Como que eu faço isso de novo?

 

-Vem pra um combate com uma das guerreiras mais poderosas do magistrado sem nem se quer saber usar suas armas, você é corajoso demais ou só é muito burro? - Ash sorri e reaquece seu canhão.

 

-Cala a boca! - Nesse momento os canos disparam, a guerreira põe o braço a frente para defender os tiros. - Ahh acho que entendi como samerda de arma funciona. Respondendo sua pergunta... Eu sou um pouco dos 2!

 

Empolgado, Lucas continua disparando inúmeras balas de energia, forçando Ash a lançar seu escudo.

 

A máquina de guerra sobre a proteção de uma gigantesca barreira de energia azul, começa a atirar várias esferas de fogo, Lucas percebe um padrão no gatilho da arma e começa a correr de um lado para o outro, se esquivando dos tiros e correndo até alcançar sua espada.

 

-"Ok... Agora, parte dois do plano, ataques a longa distância serão bloqueados pelo escudo, então tenho que avançar e atacar com a espada... Também tenho que tomar cuidado com a ombrada, se não reagir a tempo, ela pode acabar ganhando... Bem... Pronta ou não ai vou eu!" - Lucas analisa a situação preparando seu próximo passo. Ash continua a atirar, ele continua a rebater os golpes, mesmo que maioria o acerte, ele continua avançando, Ash percebendo a intenção de seu inimigo, utiliza a ombrada mais uma vez. - Agora!

 

Lucas se teleporta para trás de Ash e penetra a parte desprotegida das costas de sua oponente, o garoto puxa a lamina e a guerreira cai de joelhos.

 

-Miserável... - Ash leva uma das mãos até a barriga, tentando estacar o sangue.

 

-Hunf... Dei sorte de conseguir fazer isso... Muita sorte mesmo! Mas vamos acabar logo com isso.

 

O exército estava prestes a atacar, quando uma gigantes esfera de energia negra surge na frente de Ash.

 

-Ahhhhh!!! - Davi arregala os olhos assustado.

 

-Deu ruim... - Alysson equipa seu canhão.

 

De dentro da esfera, desce uma mulher, usava uma longa saia cor de vinho, a mesma tinha uma abertura na qual uma de suas pernas fica a mostra, uma espécie de top cobrindo seus seios, usava um capuz da mesma cor da saia e duas fitas pretas cobrindo seus olhos, carregava uma esfera de metal prateada com traços de energia roxa, a esfera flutuava dentro de uma estrutura de metal pendura por três correntes.

 

-Seris... - Lucas se afasta lentamente. - Se o nível de poder daqui realmente se baseia nos da lore, eu não vou ter a menor chance.

 

-Vejo que foi derrotada... - Seris diz suavemente, com uma voz calma. 

 

-Para de blá blá blá e me cura logo duma vez! - Ash rosna.

 

-Se assim deseja. - Seris levanta sua mão esquerda e as almas dos soldados ao fundo saem de seus corpo, entrando na esfera, a mulher aponta sua mão para Ash e várias almas verdes entram no corpo da guerreira fechando a ferida.

 

-Você viu isso?!? - Davi tremia assustado.

 

-Na lore dizia que ela faz isso mas ao vivo é pior. - Alysson permanece pronto para um combate.

 

-Porque usou minhas tropas ao invés de meu oponente?! - Ash se levanta, já recuperada mas seu rosto mostrava claramente sua indignação.

 

-Porque ele e seus amigos estão aqui por motivos que você não entenderia. - Seris sorri em direção a Lucas. - Vocês dois ai atrás, porque estão escondidos?

 

Alysson e Davi sentem um calafrio e saem lentamente de trás das caixas.

 

-Que?! Tinham mais dois?!? - Ash rosna e entra em postura de combate.

 

-Nem pense nisso, os líderes do Magistrado pediram que eu te buscasse, precisam de você lá urgentemente. - Seris mantém sua calma e abre um portal. - Vamos.

 

-Isso não acabou aqui... BrusstDragomon... - Ash caminha até o portal após Seris entrar no mesmo. - E AS TROPAS RESTANTES, RETORNEM A FORTALEZA!!

 

Após dar a ordem, a máquina de guerra entra no portal, que se fecha logo em seguida, os cavaleiros restantes correm para longe desesperados.

 

-O que foi isso?! - Davi e Alysson se aproximam de Lucas.

 

-Também me assustei, mas aproposito. - Lucas retorna sua espada a bainha. - POR QUÊ NÃO ME AJUDARAM?!?!?!

 

-Talvez seja porque você foi quem compro briga com a Ash? - Alysson fala guardando o lança misseis na cintura.

 

-Eu não fui porque não quis mesmo. - Davi fala, rindo um pouco.

 

-Com amigos que nem vocês quem precisa de inimigos hein... - Os olhos de Lucas ficam semi abertos, como se fizesse uma expressão de ironia.

 

-Tira esse capacete cara, você já termino a luta. - Alysson cruza os braços.

 

-Por que você não tira o seu? E aproposito, eu quero manter meu rosto em segredo pro pessoal daqui. 

 

-E qual foi aquela de BrusstDragomon? Cara você tem que parar com esse nome! - Alysson tenta disfarçar o riso.

 

-Ora essa, temos que ter nomes legais aqui, ou você ta querendo ser chamado de Alysson quando tiver enfrentando alguém? - Lucas cruza os braços.

 

-Já que é assim.... Me chamen de Matxl apartir de agora! - Davi fica numa pose heroica e sorri.

 

-Não a gente não vai. - Alysson faz um olhar de desaprovação e encara Davi.

 

Enquanto os três conversavam, uma senhora se aproxima lentamente deles.

 

-Com licença... Eu gostaria de agradecer por ter nos salvo dos soldados do magistrado hoje, todos nós aqui da vila Draine somos muito gratos. - A senhora agradece com a voz trêmula.

 

-Ora, não foi nada, só fiz o que achei certo. - Lucas fecha os olhos e ri um pouco.

 

-Por favor, nos diga uma maneira de retribuir seu feito, você nos salvou! 

 

-Viu que as vezes fazer o certo é vantagem! - Lucas cochicha para os amigos. - Na verdade tem um jeito sim, nós viemos de uma terra bem distante e precisamos de algumas informações sobre esse reino.

 

-Ficaremos todos muito gratos em ajudar. - A senhora responde

 

Após algumas horas de explicações, Lucas entende sobre a econômica, a cultura e os possíveis perigos desse novo mundo.

 

-Bem, voltei, e trago más notícias... - Lucas cruza os braços, e puxa um saco de moedas. - O gold que a gente tinha no jogo, não tem quase valor nenhum por aqui, resumindo, estamos quase que pobres.

 

-Ai ai ai... Ferro. - Davi suspira.

 

-Não! Meus 200k de gold! Por que?! - Alysson não gosta da notícia.

 

-É triste, eu sei, mas descobri um jeito fácil e rápido pra gente ganhar dinheiro, parece trabalhoso mas me contaram que a gente pode se unir a guilda de aventureiros na capital, Z-Rantel, se completarmos as quests de lá, a gente pode ganhar uma boa quantia na valor monetário daqui! - Lucas fala animado.

 

-E como agente chega lá? - Pergunta Davi.

 

-Eles me deram um mapa, aqui tem o caminho exato pra chegarmos em Z-Rantel. - Lucas puxa o mapa e mostra a seus amigos. - Os cidadãos daqui não parecem ter muitas informações, mas me contaram que na capital podemos nos informar um pouco melhor.

 

-Então vamos logo, porque pelo que eu to vendo no mapa, a gente vai demorar pra chegar lá. - Alysson se vira e começa a caminhar.

 

-Bem... Vamos logo, não quero me arriscar a sair de noite. - Lucas analisa o mapa e sai na frente guiando o trio.

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...