História Palavras soltas! - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aleatória, Drama, Romance, Yaoi
Visualizações 2
Palavras 285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, Literatura Feminina, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


~Depois de séculos...
~Essa estorinha é mais um deguste do que vou escrever aqui mais tardar,nas férias.Por isso não há nomes nem coisa parecida,apenas uma cena que vai se encaixar na estória principal.

Capítulo 3 - -Polos opostos -


Fanfic / Fanfiction Palavras soltas! - Capítulo 3 - -Polos opostos -

Em que momento eu passei a ser tragado ao em vez de tragar o cigarro?

Deslizei rente meus dedos o último resquício daquele cigarro e quando estava pronto para acender outro ouvir meus lençóis se mexerem atrás de mim,ela havia acordado,me virei e encostei no batente da varanda acendendo outro cigarro e a olhando fixamente enquanto o fumava,ou era fumado por ele.

Após alguns minutos ela me percebeu e fixou seu olhar ao meu e permanecemos assim até o fim da bituca em minhas mãos,quando ela viu seu fim fez um gesto com a mão me chamando e eu,me fazendo de obediente,fui ao seu encontro na cama assim sentando e depositando um demorado beijo em seus lábios.

—Se sente bem?

—Como não poderia?Com sua presença em minha vida tudo ficou...—minha pausa fez o tempo parar e quando vi que seu rosto estava em indiferença retomei a fala—melhor.

Ela sorriu,se levantou e saiu deixando no quarto aquela sensação no ar,eu parecia o vilão quando era a vítima,a seguir até o exterior do quarto e vi ela na cozinha cantarolando e ligando a cafeteira desajeitadamente,ela me deixaria louco vestindo apenas minha blusa se não houvesse me magoado de tal forma que a única coisa que eu via é a sua outra face,sempre estampada ali,me fazendo repensar em meu posto de detetive e o tão almejado caso que deixaria meus dias mais agitados,afinal,ela era o motivo de eu sair daquela vida monótona e ter um caso de verdade para resolver.

Desci as escadas e fui em sua direção,atravessei o balcão e ali,naquele momento,esqueci de todas as suas faces a beijando apaixonadamente.

Seriamos o perfeito casal se não fossemos o perfeito desastre na vida um do outro.


Notas Finais


Até um próximo momento!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...