História Pan :A filha de Gohan e Videl - Capítulo 21


Escrita por: e Jullya18

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 18, Bardock, Bra, Bulma, Chaos, Chichi, Dende, Gine, Gohan, Goku, Goku Black, Grandpa Gohan, Kakaroto, Kami-sama, Majin Boo, Marron, Mestre Kame, Mr. Satan, Oob (Uub), Pan, Piccolo, Raditz, Senhor Kaioh (Kaioh do Norte), Shenlong, Sr. Kaioh, Sr. Popo, Tarble, Tenshinhan, Trunks, Vegeta, Yamcha
Tags Ball, Dragon, Luta, Novela, Romance, Trupan, Violencia
Visualizações 145
Palavras 881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, oi anjas! Td bm com vcs?!
Bem tive uma explosão de criatividade!
Espero que gostem!
Boa leitura!!!

Capítulo 21 - Baile sem máscaras


Pan rodou pelo centro do fliperama e sorriu, lembrou de quando era criança, um pirralha saiyajin de maria chiquinhas no qual era viciada aquele lugar, mesmo arrumando brigas, saiu de seus pensamentos ao ver Trunks entrando no fliperama, pós os oculos ray ban e fez uma bolha com o chiclete que mascava, depois de um tempo pra cá tinha ficado louca por chicletes de menta. 

A meia-saiyajin foi ate o jogo Lests Dance e começou a jogar, mesmo estando um pouco velha demais não tinha perdido os movimentos de Break dance. 

Enquanto isso Trunks tentava reconhecer a menina no qual quebrava tudo dançando, aquela silhueta, era lhe familiar e ainda mais sentindo o ki dela, era o de Pan, mordeu um lábio inferior ao sentir o ki de Pan, por sorte ficaria uns meses sem Mai, pois a morena teve de viajar. 

Foi mais perto da menina e deu um sorriso de lado, mesmo Pan não o ter visto, podia-se ver umas gotas de suor na testa da menina de madeixas escuras, foi quando o jogo acabou, a meia-saiyajin pós as mãos no joelhos e viu Trunks, as expressões de cansaço foram mudadas para expressões fechadas. 

-Você ainda vai jogar?! -Trunks arfou, receoso. 

-Não! -Pan falou, seria. 

Trunks acentiu com a cabeça e foi tentar jogar, enquanto Pan pegava um copo de refrigerante da mão de uns dos funçionarios e bufou ao ver Trunks na maior dificuldade, "Se ele e bom em chifrar garotas, por que não consegue jogar direito!"Pan pensou. 

Uns longos minutos depois Trunks parou de jogar puxando muito ar pra dentro do peito, Pan viu que Trunks vinha em sua direção tentou sair dali, não queria conversar com o jovem de madeixas cor de lavanda, mais foi impedida por o saiyajin futuro dono da Corporação capsula. 

-Você é péssimo nisso! -Pan falou. 

-Em que?! -Trunks arfou. 

-No lests dance! Você é péssimo! -Pan repetiu. 

-Sou é?! Não tenho ginga nos pés como você! -Trunks falou. -Pan você vai na festa dos Saiyans hoje?! 

-Claro! Sou a capitã das líderes de torcida! Então... Vamos Saiyans! Uhul! -Pan comemorou fazendo sinal de paz e amor como seu avô Satan fazia. 

-Legal! O jogo vai ser no final do ano! -Trunks falou. 

-Está tarde! Te mais Trunks! -Pan falou antes de ir embora. 



Pan entrou no Campus de CNU para acomemoração do time de futebol americano da universidade, alem de esta vestida com as cores da escola, estava vestindo um short cinza com brilhos azuis,uma blusa decotada verde com detalhes em renda e um par de tênis azul com brilhos verdes. Nas cores da escola :Azul, cinza e verde. 

Andou ate as líderes de torcida,suspirou vendo que todas estavam ali, vestidas com roupas diferentes mais com as mesmas cores , falaram sobre as coreografias do jogo e sobre o novo uniforme. 

Ali perto estavam juntos os jogadores dos Saiyans, o time de futebol americano da universidade, Trunks como lider deles tinha de estar arrumando estratégias para o jogo junto de seus companheiros, mais estava desconcentrado olhando para a meia-saiyajin de madeixas escuras, tão linda, os labios levementes avermelhados, as bochechas rosadas o brilho nos olhos e o sorriso de alguma forma infantil. 

-Ai brother, cê ta no mundo da lua! -Goten riu. -Não tira o olho da minha sobrinha! 

-Ai a paixão! -Uub brincou fazendo um coração com as maos. 

-Que mané paixão! Ela não suporta falar comigo! -Trunks falou triste. 

-que isso, se tu gosta dela corre atrás! Afinal é a Pan, a garota mais desejada da CNU! -Harry falou. 

-Ai eu ouvi meu nome! -Pan falou indo ate os jogadores dos Saiyans. -Estavam falando coisa boa ou ruim?! Hein?! 

-Que nada princesa, estávamos falando so coisa boa, so coisa boa! -Tommy afirmou. 

-Ata que bem! Então temos uma festa pra comemorar! Então...vamos Saiyans! Uhul! -Pan falou, animada. 

-Ui toda animadinha! -Tony falou. 

-Vão comemorar! -Pan pediu. 

Minutos depois Trunks estava escostado numa mesa com uma lata de cerveja na mão vendo, Pan dançar brilhantemente ao lado de Maron e Bra, sentiu um calafrio percorrer em sua espinha. Sentimentos não mudam, Pan, a menina dos sonhos de qualquer garoto, tomou o resto de cerveja que restava na lata. 

Pan, sinônimo de felicidade, genio forte e bom, bondade e força, tudo que Trunks mais queria se encontrava em Pan, maldita hora que teve a grande ideia de dormir com Mai. Droga. Depois Pan pegou uma lata de refrigerante e se encostou ao lado de Trunks, vendo o meio-saiyajin de madeixas cor de lavanda. 

-Cadê sua crusha Trunks?! -Pan arfou. 

-Em Londres! -Trunks respondeu. -Teve de viajer para ver uma susposta irmã dela!

-Ah legal! -Pan falou antes de tomar um gole de refrigerante. 

Trunks voltou a ficar calado igualmente a Pan, que tinha acabado de tomar seu refrigerante, Trunks suspirou e pensou em realmente fazer o que tinham em mente, mais teria de fazer logo antes que se arrepende-se. 

Olhou de relance para Pan, e puxou a meia-saiyajin pela cintura, Pan tentou se soltar, mais foi subitamente imobilizada por o toque dos lábios de Trunks nos seus, o beijo começou calmo e foi se intensificando cada vez mais, fazendo Pan, sentir seus pelos se arrepiarem, depois de dois anos, voltou a sentir a mesma paixão por quem a havia lhe ferido muito. 


Notas Finais


Bem ta longinho!
Espero que tenham gostado!
Mandem sugestões!
Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...