História Papai Precisa Se Casar - [KIM TAEHYUNG] - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Tags Aventura, Filme, Revelaçoes, Romance
Visualizações 60
Palavras 5.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


+1 Cap. 💜
—Desculpem a Demora ❤
— Espero Que Gostem ❤

[ PRRDOEM QUALQUER ERRO ]
~Boa Leitura √♥

Capítulo 7 - Sentindo Falta.


Fanfic / Fanfiction Papai Precisa Se Casar - [KIM TAEHYUNG] - Capítulo 7 - Sentindo Falta.

~Continuação.

. . .

-Sim? -Ela Se Vira Após Eu Chama-la.

-A-Ah, Faça Uma Boa Viagem.

. . .

-Obrigado. -Ela Se Vira Para a Porta De Novo, Em Seguida Se Retira De Minha Casa.

-Ela Foi.

. . .

-Assim Como Pedi. -Falo Desapontado.


. . .

-///////////////////////////////-

[ A NOITE ]

-//////////////////////////////-

. . .


[ 09:15 PM ]

-Então o Senhor, e a Tia Ana Não Deram Certo? -a Gina Me Pergunta Após Eu Explicar.

-Não. Eu Espero Que Você Me Perdoe.

-Esta Tudo Bem, Papai.

-Está?

-Sim.

-Obrigado Meu Amor. -Beijo a Testa Da Menor, Em Seguida Me Levanto Deixando a Mesma Em Sua Cama. -Sonhe Com o Papai.

-Claro. -Ela Diz Me Fazendo Sorri, e Vou Até a Porta Do Deu Quarto. -Ah, Papai Espera.

-Oque Houve?

-Eu Amo o Senhor, Está Bem?

-Oh Meu Amor, Eu Também. -Sorrio Para Ela, e Apago a Luz De Seu Quarto. Logo Após, Me Retiro Do Seu Quarto.


. . .


-Estava Indo Tudo Tão Bem Ao Meu Ver Antes De Você Chegar, Ana. -Digo Após Entrar Em Meu Quarto.

. . .

-Eu Deveria Está Feliz. -Vou Até a Minha Cama, e Me Sento Na Beira Da Mesma. e Em Seguida Me Deito.

. . .

FLASHBACK ON...>>>

-NÃO! -Grito Após Ver Uma Aliança De Ouro Em Meu Dedo.

-Oque Foi, Oque Foi? -Aquela Mulher Levanta Segurando o Lençol Que Cobria o Seu Corpo.

-Oque Significa Isso? -Mostro o Papel.

-Estamos Casados Meu Amor! -Ela Sorrir, e Eu Engulo o Seco Sem Entender.

-C-Como Assim "Casados" Como Assim Casados? -Eu Pergunto Alterado, e Olho Para Baixo Vendo Que Eu Não Estou Vestido. E De Imediato Pego a Minha Box No Chão, e Visto a Mesma.

-Não Esta Feliz? -Me Levanto.

-Espera Ai, Eu Não Te Conheço, Eu Não Conheço Você! Como Eu Posso Está Casado?

-Oque? -Ela Se Aproxima.

-Olha! -Procuro o Nome Dela Na Minha Memória, Mas Não Encontro. -Olha Só A-Ah.

-É Ana! -Ela Diz Irritada.

-Ana! Eu Não Te Conheço.

•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

-Oque Você Quer Agora? -Ela Pergunta Após Eu Voltar Para o Quarto.

-Espera Ai, Essa Casa é Minha. -Eu Me Deito Ao Seu Lado. -Quem Deve Sair, é Você!

-Oque? Eu Tenho Direitos Iguais.

-Anda Ana, Sai Da Minha Cama! -Eu a Empurro Para o Outro Lado. Fazendo Ela Se Irritar.

-Oque Esta Fazendo, Idiota? Eu Não Vou Sair Daqui. Essa Droga Também é Minha! -Ela Diz Se Mantendo Firme.

-Eu a Comprei, Então Pertence a Mim!

-Mas Se Casou Comigo! Então Ela Agora é Minha Também.

-Maldita Hora Que Fui Me Casar.

-Você Vai Ter Que Me Engolir!

-Agora! -Eu a Agarro Pela Sua Cintura, e a Beijo Profundamente.

-HUM, HUM, HUM! -Ela Se Esperneia Na Intenção De Que Eu a Solte, Mas Permaneço Firme e Continuo a Beijando Com Desejo. Um Desejo Do Qual Eu Queria Desfrutar, Mas Ela Não Colabora.

. . .

-Hum, Hum! -Ela Diz Enquanto Eu a Beijo Profundamente, Até Ceder Aos Meus Toques.

FLASHBACK OFF.

. . .

-Eu Não Acredito Que Estou Sentindo Falta Dela. -Digo Fitando o Teto Do Quarto.

. . .

-Ana. -Olho Para o Lado Da Cama, e Não a Encontro Lá. -Não Taehyung. Para Com Isso Seu Idiota!

. . .

FLASHBACK ON...>>>

-Olha Só. O Meu Efeito Está Sutindo! -a Ana Diz Após Eu Entrar Em Meu Quarto, Lhe Vendo Deitada. 

-Do Que Está Falando? -Sorrio.

-Espera Ai, Fica Parado! -Ela Aponta o Seu Celular Para Mim, Na Intenção De Tirar Uma Foto.

-Oque Esta Fazendo, Ana? -Do Risada.

-Você Voltou Pra Casa, Esse Momento Tem Que Ser Guardado. -Ela Bate Uma Foto.

-Que Graça Ana. -Vou Até a Mesma e Me Sento Na Beira Da Cama. -Você Fcou Feliz?

-Não, Fiquei Surpresa.

-e Oque Eu Mereço Por Isso?

-Não Fez Mais Que a Sua Obrigação.

. . .

-Oque Foi? -Ela Me Pergunta Após Eu Colocar a Minha Mão Contra a Minha Testa.

-Dor De Cabeça. -Me Deito.

-Está Doendo Muito?

-Mais Ou Menos. 

-Eu Sei Oque Pode Melhorar. -Ela Passa Por Cima De Mim Para Chegar No Outro Lado Mas Eu a Seguro.

-Que Coincidência! Eu Também.

-Me Solta Kim Taehyung, Para Com Isso.

-Não Estou Te Pedindo Nada Que Não Tenhamos Feito Antes. -Digo, e Ela Suspira.

-Você Está Querendo Outro Filho, Não é?

. . .

-Não Se Esqueça Que Ficará Preso Em Mim Para Sempre! -Ela Diz Fitando Os Meus Olhos.

-Usamos Preservativos. -Me Sento.

-Porque Voce Não Cala a Boca? -Ela Me Pergunta, e Tenta Descer Da Cama Mas Eu a Coloco No Meu Colo.

-Porque Não Satisfaz o Seu Marido?

-Porque o Meu Marido, é Um Canalha.

-Eu Nunca Mais Tive Contato Com Uma Outra Mulher Ana. Não Tem o Direito De Falar Isso.

-Mas Não Me Trata Como Deve.

-Ah Não, Vai Começar. -Reviro Os Olhos.

-Eu Sou Uma Mulher Taehyung.

. . .

-Não Uma Prostituta Que Você Pode Ter Quando Quiser! -Ela Diz Me Fazendo Respirar Fundo.

-Eu Não Te Trato Como Uma Prostituta.

-Ah Não, Então Oque é Isso? -Ela Fala, e Eu Olho Na Posição Em Que Estou Segurando Ela.

-Está Bem, Desculpa. -a Solto.

-Ótimo! -Ela Sai Da Cama.

-Pra Onde Vai?

-Pegar Um Remédio Pra Você.

-Não Precisa! -Me Deito, e Me Viro Para o Lado Oposto. -Pode Me Deixar Morrer Aqui.

-Ah, Não Seja Dramático.

-Pode Sair.

-Eu Não Vou Sair. -Eu Sinto a Mesma Se Sentar Na Beira Da Cama. -Eu Vou Ficar Aqui.

. . .

-Está Bem. -Sinto As Suas Mãos Me Abraçarem Por Trás. -Vou Ficar Até Você Enjoar De Mim.

-Então Já Devia Ter Saído.

-As Suas Ironias Não Vão Me Atingir.

FLASHBACK OFF.

. . .

-Nunca Me Senti Tão Deprimido.

. . .

-Mas Nada Que Uma Festa Não Resolva.

. . .

-Não Não, Eu Não Vou Fazer Mais Isso,

. . .

-Prometi Para Ela, e Ela Tem Razão Das Coisas Que Me Disse. Droga! Eu Esperava Ela Aqui.

. . .

-Só Foi Uma Fase. e Eu Devo Esquecer.


. . .

NARRATIVA ANA ON.

. . .


FLASHBACK ON...>>>

-Ai Ai Ai. -Resmungo.

-Oque Foi?

-Ai.

-Oque Foi Ana? -Ele Pergunta Irritado.

-o Meu Pé, o Meu Pé! 

-Oque Tem o Seu Pé? Senta Ai. -Ele Me Senta Na Cama, e Se Agacha Na Beira Dela.

-Não Não Não. Ai Não!

-Fica Quieta Ana! 

. . .

-Olha, é Uma Farpa.

-NÃO ENCOSTA NO MEU PÉ!

-Ah, Essa Farpa Vai Sair Daí.

-Solta o Meu Pé, SOLTA!

-Está Bem, Já Que Está Agindo Como Uma Criança, Eu Vou Te Tratar Como Uma.

-Oque Está Fazendo?

-Ana, Olha Pra Mim.

. . .

-Agora Diz, "Você é o Melhor Homem".

-Oque? Você Só Pode Ter Enlouquecido!

-Pronto.

-Pronto, Oque?

-Já Tirei. -Ele Se Levanta.

-Como, Quando, Fez Isso?

-Enquanto Você Me Xingava.

. . .

-Faço Isso Com a Gina. Mas Ela Não Me Xinga Como Você. -Ele Fala, e Senta Em Meu Lado.

-Me Desculpe.

-Só Desculpas?

-Oque Você Quer? -Olho Para o Mesmo Que Tem Um Bico Em Seus Lábios. Oque Me Fez Sorrir. -Não, Você Não Está Fazendo Isso.

-Hum.

-Não, Eu Não Vou Te Da Um Beijo.

-Ana.

-Não, Não Insista.

-Só Uma Bitoquinha?

-Não.

-Mas/-o Corto.

-Não.

-Na Bochecha!

. . .

-Tudo Bem, Na Bochecha Sim. -Levo o Meu Rosto Até o Do Mesma Na Intenção De Deixar Um Beijo Ali, Mas Sou Surpreendida.

. . .

P.O.V ANA.

O Mesmo Virou o Deu Rosto De Uma Maneira Rápida, e Me Surpreendeu Com Um Beijo. Após Selar Os Nossos Lábios, o Mesmo Segurou o Meu Rosto e Sem Separar Nossos Lábios, Me Deitou Na Cama e Aprofundou o Seu Beijo.

. . .

FLASHBACK OFF.

-Que Porcaria Você Ta Pensando, Ana?

. . .

-Como Assim Eu Sinto Falta Do Beijo Daquele Idiota? -Pergunta Para Mim Mesma.

-Está Tudo Bem? -Aeromoça Pergunta.

-A-Ah, Sim! Está Sim. -Sorrio Forçado.

-Oh Desculpe. Eu Acordei a Senhora?

-Não. Eu Estava Sonhando Acordada.

-Entendi. Se Precisar De Alguma Coisa Não Se Exite Em Me Chamar! -Ela Diz De Um Modo Educado.

-Claro, Obrigado.


. . .

[ 2 DIAS DEPOIS ]

. . .


[ 08:15 PM ]

-Mais Tarde Eu Venho Te Buscar Para a Escola, Está Bem? -Falo Para a Gina Deixando a Mesma Com a Minha Mãe, Para Ir Trabalhar Na Agência.

-Sim Papai. -Beijo a Sua Testa.

-Ah, Taehyung. Eu a Levo Para a Escola.

. . .

-Porque Você Não Sai Um Pouco?

-Não Mãe, Eu Não Penso Em Sair. -Eu Falo Para a Minha Mãe, e a Mesma Assenta.

-Está Bem.

-Eu Já Vou. -Vou Até a Porta, e Saio De Casa.

. . .

NARRATIVA GINA ON.

. . .


-É, o Seu Pai Está Bem Deprimido.

-Eu Não Gosto De Vê-lo Assim, Vovó.

-É Meu Amor, Nem Eu.

-o Papai Esta Assim Desde Que a Tia Ana Foi Embora. A Senhora Não Vai Contar?

-Eu ia Contar Tudo a Ele, Assim Que a Ana Foi Embora. Mas Ele Estava Tão Triste.

-o Papai Sente Saudades Da Ana?

-Será? -a Minha Avó Arregala Os Olhos.

. . .

-Vamos Fazer Assim. Quando Vocês Forem Pra Casa, Você Pergunta Ao Seu Pai.

-Se Ele Sente Saudades Da Ana?

-Sim. E Se Ele Confirmar, Nós Vamos Fazer Alguma Coisa Para Mudar a Situação.

-Vamos Buscar a Ana? -Sorrio.

-Nós Não. Mas Uma Outra Pessoa.


. . .

NARRATIVA TAEHYUNG ON.

. . .


FLASHBACK ON...>>>

-Não, Isso Aqui Você Faz Assim. -Ouço a Ana Falar Para a Gina Após Entrar No Quarto.

-Oque Estão Fazendo? -Pergunto.

-a Tia Ana Esta Me Ensinando a Tarefa.

-Ei, Mas Essa é a Função Do Papai.

-Hoje Não. -a Ana Responde, e Eu Me Sento Na Beira Da Cama Ao Lado Da Mesma.

-e Quem Disse Que Você Sabe De Algo?

-Como Você Consegue Estragar o Meu Dia Com a Sua Chatice? Você é Incrível Kim.

-Não Estou Sendo Chato, é Espontâneo.

-Oh, Claro. Eu Esqueci Que Você Sempe é Assim. -Ela Fala Ainda Focada No Caderno.

-Aish, Parem De Brigar.

-Não Estamos Brigando Meu Amor. -Me Deito Sobre a Cama Da Menor. -Isso é Apenas Uma Rotina.

-É, o Papai Adora Me Irritar. -a Ana Fala.

-Porque Vocês Não De Beijam?

-Gina! -Ana.

-Ah Meu Amor, Isso Porque Você Não Vê No Quarto/ -Ana Tapa a Minha Boca Com Sua Mão.

-Não Se Beijamos Na Frente De Criança.

-Boa Ana. Essa Desculpa Foi Ótima.

-Fica Quieto Taehyung.

-Eu Quero Ver Um Beijo De Vocês.

-Bom, Já Acabamos. -a Ana Se Levanta.

-Não Foge Ana! -a Gina Diz.

-É Ana, Não Foge. -Digo.

-Taehyung, Da Pra Você Agir Como Um Adulto, e Mandar a Sua Filha Parar Com Isso?

-Não, Eu Também Quero Um Beijo.

-AH! -a Gina Grita.

-Você, Fique Quieta Também Pirralha! é Muito Criança Pra Esse Tipo De Pensamento.

••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

-Porque Está Assim?

-Assim Como? -Ela Pergunta.

-Desse Jeito. -Me Aproximo Da Mesma Que Se Afasta Para o Outro Lado Da Cama.

-Não é Nada.

-Você Não Sente Nada?

-De Quê?

-Da Gravidez. Bom, Se Você Estiver.

-Não, Eu Ainda Não Senti Nada.

. . .

-Parece Que Você Vai Se Livrar De Mim Mesmo. -Ela Diz Com Um Sorriso Sarcástico.

. . .

-é Melhor Eu Dormir, Já Está Tarde. -Ela Apóia a Sua Cabeça No Travesseiro Enquanto Eu a Observo.

. . .

-Oque Está Olhando?

-Nada.

-Ah, Boa Noite. -Ela Se Vita Para o Lado Oposto, e Apaga o Seu Abajur.

. . .

-Você Está Bem? -Ela Me Pergunta, e Eu Permaneço Calado. -Vem Aqui Kim Taehyung.

. . .

-Rápido. -Me Afago Nos Braços Dela, e a Mesma Envolve Seu Braço Em Meu Pescoço.

. . .

-Você Fica Mais Interessante Quando Está Calado Desse Jeito, Vai Por Mim Kim.

-Ah. -Sorrio Pequeno, e Ela Beija o Meu Rosto. -Eu Não Entendo Você. Uma Hora Está Querendo Me Matar, e Outra Hora é Carinhosa Assim.

-Você Também é Assim. -Ela Sorrir.

-Ah, é! Esquece.

. . .

-Ana, Deixa Eu Te Perguntar Uma Coisa.

-Se Não For Besteira.

-Não! Não é Isso.

-Então?

-Você Ainda Gosta De Mim?

. . .

-Porque Está Perguntando Isso?

-Eu Só Queria Saber.

-Isso Não Tem Mais Importância.

. . .

-Ou Tem?

-É, Você Tem Razão. Não Tem.

-A-Ah, é Melhor Nós Irmos Dormir. -Ela De Vira Para o Lado Oposto Do Meu. -Espero Que Consiga Dormir.

FLASHBACK OFF.

. . .

-CUIDADO! -Acordo De Meus Devaneios Após Quase Atropelar Uma Pessoa Enquanto Dirigia.

-ME DESCULPA! -Falo Pela Janela.

. . .

-Será Que o Leidy Estava Certo?

. . .

-Foi Um Erro Me Separar Da Ana?


. . .

-//////////////////////////////////////////-

. . .


[ 10:12 AM ]

-Vai Passar Direito? -a Lisa Me Pergunta Após Eu Entrar Na Agência. -Já Sei Que a Sua Esposa Foi Embora.

. . .

-Não Está Feliz?

-Me Deixa Em Paz, Lisa. Por Favor.

-Como Assim Te Deixar Em Paz? Nós Agora Vamos Voltar a Ficar Juntos Taehyung.

. . .

-Ficar Como Antes, Sem Nos Preocupar!

-Essa Época Não Vai Mais Existir Lisa.

-Oque?

-Não Quero Mais Continuar Assim. Sem Ter Um Rumo Certo Da Minha Vida, Eu Tenho Uma Filha! e Também Já Não Tenho Vontade.

-Enjôou De Mim?

-Não é Isso.

-Então Essa História De "Mudar De Vida" é Real? -Ela Pergunta, e Logo Após Da Risada Do Meu Comentário. -Ah, Que Ridículo Taehyung.

-Com Licença. -Eu Passo Ao Lado Dela, e Vou Em Direção Do Meu Camarin. Que Fica No Corredor.


. . .

NARRATIVA GINA ON.

. . .


[ 07:12 PM ]

-Não Vai Comer? -Papai Me Pergunta.

-Papai Eu Quero Perguntar Uma Coisa.

-Bom, Pergunte.

-o Senhor Sente Saudades Da Tia Ana?

. . .

-Porque Esta Perguntando Isso Gina?

-o Senhor Está Triste.

. . .

-Eu Não Gosto Disso, Papai.

-Oh Meu Amor, Vem Aqui. -Eu Desço Da Cadeira Que Estou Sentado, e Papai Me Põe Em Seu Colo. -Eu Não Estou Triste. Só Estou Um Pouco Cansado.

-Mas Antes o Senhor Não Era Assim.

. . .

-Está Bem, Você Venceu.

. . .

-Sim. Eu Sinto Um Pouco Falta Da Ana.

-Então Porque Deixou Ela Ir?

-Gina, Eu Já Te Expliquei Que Eu e a Ana Não Estávamos Dando Certo. e Eu Não Estou Triste. Sinto Falta Da Ana? Sim! Mas Isso Não é Motivo De Tristeza.

-o Senhor Gosta Da Ana Que Eu Sei.

-Gina!

-Papai!

-Tudo Bem, Vamos Dormir. -Ele Levanta.

-Ah, Papai. Ainda Está Cedo! -Digo, e Ele Olha Para o Relógio Que Esta Em Seu Pulso.

-Tem Razão. E Oque Vamos Fazer?

-Porque Não Saímos?

-Mas Pra Onde?

-Não Sei.

-Não Tenho Vontade De Sair, Gina.

-Por Isso Mesmo! -Eu Seguro a Mão Do Papai Que Sorrir. -Vamos Ver o Tio Hoseok!

-Você Não Tem Algo Melhor?

-Não! Vamos. -Puxo o Meu Pai.

-Espera, Eu Tenho Que Pegar As Chaves!


. . .

NARRATIVA HOSEOK ON.

. . .


[ 07:54 PM ]

LIGAÇÃO ON...>>>

-Ana?

-Hoseok! Como Você Está?

-Bem. Mas e Você?

-Ah, Eu Também.

-e Qual o Motivo Dessa Ligação?

-Eu Quero Saber Como a Gina Está.

-Ah, a Gina Está Muito Bem. o Taehyung Cuida Muito Bem Dela, Disso Você Sabe. Não é Mesmo?

-É, Tem Razão.

-Como Está Com a Vida Normal?

-Exatamente Como Você Disse. Normal.

. . .

-Eu Voltei Ao Trabalho, e Tudo Caminha Como Sempre.

-Estou Sentindo Uma Tristeza Na Sua Voz Aninha. Oque Houve? -Eu Pergunto, e a Mesma Suspira.

-É Só Saudade.

-De Mim, Não é? Eu Sei. -Ela Da Risada.

-De Você Também. Bom, Saudades De Tudo.

-Até Do Taehyung?

. . .

-A-Ah, é. Daquela Chatice Também.

-Se Apaixonou Ana?

-A-Ah, Mas Que História é Essa Jung?

-Eu Estou Brincando. -Do Risada.


. . .

Batem Na Porta.

. . .


-Um Momento. -Vou Até a Porta, e Abro a Mesma Me Deparando Com o Taehyung, e a Gina.

-TIO HOSEOK! -a Gina Pula Nos Meus Braços, Me Causando Um Grande Impacto.

-Ah, Ai Meu Deus! -Do Risada.

-Eu Fui Obrigado a Vir, Está Bem?

-Claro. Olha Só Quem Está Aqui Ana.

-Ana? -Taehyung Me Pergunta.

-Sim.

-Eu Quero Falar Com Ela! -a Gina Pede, e Assim Eu Faço. -Tia Ana, Tia Ana, Eu Já Estou Com Saudades.

-Entrem. -Do Espaço, e Eles Entram.

. . .

-Como Você Está? -Eu Pergunto Para o Taehyung Enquanto a Gina Fala Pelo Celular.

-Bem. Muito Bem!

-É, Se Livrou Da Ana Mesmo Não Foi?

. . .

-Parece Que Sim. -Ele Responde.

-Senta Ai. -Peço, e Ele Assim Faz.

. . .

-e Então, Quando Vamos Sair De Novo?

-Hoseok Não Começa Com Isso.

-Porque Taehyung? -Ele Respira Fundo.

-Eu Não Quero Voltar Naquele Lugar, Ou Pelo Menos Quero Tentar. -Ele Fala, e Eu Fico Confuso.

-Porque Isso Agora?

-Eu Não Quero Falar Sobre Isso.

. . .

-Eu Só Sei Dizer, Que Quero Ser Um Pai Melhor Para a Minha Filha. Ela Merece Coisa Melhor.

-Bom, Eu Fico Feliz Por Isso. Mas Quem Te Convenceu a Mudar? Eu Nunca Conseguir!

-Ana. -Ele Olha Para o Nada.

-Ana?

-Sim. Ela Me Convenceu a Isso, e Eu Vi Que Realmente Estava Agindo Daquele Jeito.

-Toma Tio Hoseok. -a Gina Me Entrega o Celular Com a Ana Ainda Na Linha.

-Ana? -Falo Com a Mesma.

-Ah Hoseok, Que Saudades Dela!

-Você Quer Falar Com o Taehyung?

-A-Ah, Não Não. Eu Tenho Que Terminar De Fazer Uma Coisa Que Eu Deixei Pendente.

-Ah, Ta. Está Bem.

-Tchau Hoseok, Depois Eu Te Ligo.

-Tchau. Beijo.

LIGAÇÃO OFF.

. . .

-Ela Não Quis Falar Comigo?

-Ela Disse Que Tinha Que Terminar Algo.

. . .

-e Como Ela Está?

-Muito Bem. Voltou Para o Seu Emprego De Antes.

-Em Que Ela Trabalha, Hoseok?

-Eventos. Festas, e Casamentos.

-Podemos Chamar a Ana Pra Fazer a Minha Festa, Papai. -a Gina Fala Animada.

-É Meu Amor, Mas Isso Vai Demorar.

-Não Importa! Eu Quero a Ana.

-Tudo Bem, Então Vai Ser a Ana.


. . .

-///////////////////////////////////////-

. . .


[ 08:30 PM ]

-Eu Vou No Banheiro. -o Taehyung Se Levanta Do Sofá, e Caminha Até o Banheiro.

. . .

-a Sua Avó Estava Certa. o Seu Pai Está Muito Estranho. -Falo Para a Gina Depois Que o Taehyung Saiu.

-Viu?

-Será Que Ele Sente Falta Da Ana?

-Sim. Eu Tenho Certeza!

-Mas Senti Falta é Uma Coisa, e Está Apaixonado é Outra. -Digo Para a Mesma.

-Ele Esta As Duas Coisas! -Ela Levanta.

-Você Ainda é Uma Criança Gina.

-Mas Sei Melhor Que Vocês.

-É, Tem Razão. Mas Me Diz! Você Acha Que Ele Se Apaixonou Pela Ana. Por Isso Está Assim?

-Sim.

-Bom. Isso Quem Tem Que Dizer, é Ele.

-o Papai Não Vai Dizer!

-Com Um Tempo Ele Fala, Acredite.

. . .

-o Seu Pai Não é De Esconder As Suas "Confusões" De Mim. -Eu Digo Para a Menor.


. . .

[ 3 DIAS DEPOIS ]

. . .


Sábado, 09:25 AM.

-HOSEOK! -Taehyung Entra Em Minha Casa, Me Assustando. -Eu Preciso De Ajuda!

-Da Pra Bater Antes De Entrar? Você Me Assustou! -Digo Com a Minha Mão Contra o Peito.

-Perdão.

-Mas Oque Você Tem?

-Eu Não Sei.

-Oque? Espera Ai Taehyung, Me Explica.

-Eu Não Sei Oque Esta Dando Em Mim.

-Nem Eu. Pra Entrar Desse Jeito, Não é?

. . .

-Senta Ai. -Eu Peço, e Assim Ele Faz.

. . .

-Me Fala. -Me Sento Em Sua Frente.

. . .

-Oque Está Acontecendo?

-Eu Estou Sentindo Uma Coisa Estranha.

-Que Coisa?

-Eu Não Sei Explicar!

-Então Vamos Ao Hospital. 

-NÃO!

-Porque Não Taehyung?

-Não é Caso De Hospital.

-Então?

. . .

-Eu Estou Sentindo Muita Falta Da Ana.

. . .

-Muita. E Eu Não Sei Mais Oque Fazer!

-Você Está Com Problemas No Coração.

-Não Seja Clichê, Hoseok.

-Taehyung, Isso é Brincadeira Não é?

-Não.

-Se Apaixonou Pela Ana? -Pergunto Para o Mesmo Assustado, e Me Levanto Frente Ao Mesmo.

-Isso é Ruim? -Ele Pergunta Assustado.

. . .

-A-Ah, Não. Eu Não Sei. -Ele Levanta.

-Acha Que Ela Não Voltaria Pra Mim?

-Bom. Eu Não Sei Taehyung!

-Você é Amigo Dela Hoseok, Deve Saber Se Ela Me Perdoaria. -Ele Diz, e Eu Olho Para Ele Confuso.

-Espera, Você Quer a Ana De Volta?

. . .

-Talvez.

-Não é "Talvez" Taehyung. Tem Que Ter Certeza Do Que Quer. Colocar Confiança Em Suas Decisões. -Digo, e Ele Respira Pesado.

Está Bem Hoseok, Sim. Eu Quero!

. . .

-e Estou Disposto a Pedir Desculpas Por Tudo Oque Fiz Para Ela Durante o Casamento.

-Está Falando Sério? -Eu Pergunto, e Ele Assenta Me Deixando Sem Saber Oque Dizer.

. . .

-Bom. Ah, Taehyung Eu Não Sei Oque Te Dizer.

-Voce Não Precisa Me Dizer Nada. Mas Quero Que Fale Com a Ana. Você é Amigo Da Ana, Ela Vai Te Ouvir Eu Tenho Certeza Disso!

-Ah, Taehyung. Liga Para a Sua Mãe.

-Para a Minha Mãe? Mas Eu Acabei De Deixar a Gina Lá Hoseok. Eu Não Quero Que Ela Saiba Ainda.

-Taehyung, Tem Uma Coisa Importante Que Você Tem Que Saber. -Digo, e Ele Me Fita Assustado.

-Oque?

-Não Sou Eu Que Devo Te Dizer Isso, e Sim a Sua Mãe. -Digo, e Ele Pega o Celular.


. . .

NARRATIVA ANA ON.

. . .


[ 09:40 AM ]

-Aninha.

. . .

-Ana.

. . .

-ANA! -a Minha Assistente Grita 

-AI, Oque Foi Jenny? -Me Assusto.

-Estou Te Chamando a Horas!

-Ah! Perdão.

-Me Desculpa. Você Esta Bem?

-Estou, Estou. -Olho Para o Nada.

-Você Esta No Mundo Da Lua Desde Que Voltou De Seoul. -Ela Diz, e Eu Respiro Fundo.

-Ah Jenny, Eu Preciso Desabafar!

-Desabafar? -Ela Se Senta Na Cadeira Em Minha Frente. -Você Sabe Que Eu Estou Aqui.

-Você é Fofoqueira Jenny. -Dou Risada.

-Que Isso Ana?

-Está Bem, Mesmo Assim Eu Vou Falar.

. . .

-Eu Acho Que Estou Muito Apaixonada.

-Oque?

-o Pior é Que Ele é Um Canalha.

-Espera Ana, Está Falando Muito Rápido.

-Eu Não Aguento Mais Segurar!

-Está Bem. Mas Começa Do Início.

-Lembra Que Eu Te Disse Que Iria Viajar Para Seoul Por Causa De Uma Missão Quase Secreta?

-Sim. Me Deixou Até No Comando.

-Eu Vou Contar Que Missão Foi Essa.

. . .

. . .

NARRATIVA TAEHYUNG ON.

. . .


LIGAÇÃO ON...>>>

-Alô? -a Minha Mãe Atende.

-Mãe, Oque Tem Para Me Dizer?

-Para Te Dizer?

-Sim. O Hoseok Disse Que a Senhora Tem Algo Importante Para Me Falar Mamãe.

. . .

-Anda Mãe, é Sobre a Ana?

-Sim Taehyung, é Sim. Eu Só Nao Quero Falar Isso Pelo Telefone. -Ela Fala, e Me Deixa Tenso.

-Não Mãe. A Senhora Vai Ter Que Falar!

-Tudo Bem, Tudo Bem. Já Era Hora.

. . .

-o Seu Casamento Com a Ana Foi Uma Brincadeira.

-Uma Brincadeira?

-Sim. Eu, e o Hoseok Inventamos Isso Para Você Aprender a Ser Mais Responsável.

. . .

-Convidamos a Ana Que Era Amiga Do Hoseok, e Ela Topou. 

-Topou?

-Sim. Fique Tranquilo, Você Não Precisa Se Preocupar Com a Separação. -Ela Fala Me Deixando Furioso.

. . .

-Porque Fez Isso Mãe?

-Pra Te Da Um Susto! E Funcionou Muito Bem. Era Só Uma Brincadeira, Está Tudo Bem.

-Não Mãe, Não Esta Tudo Bem!

-Taehyung, Eu Pensei Que Ficaria Feliz Com Essa Notícia. Já Que Estava Tão Tenso.

-Deixa Pra Lá. -Desligo.

LIGAÇÃO OFF.

. . .

-Taehyung, Me Escuta. -Hoseok Pede, e Eu Vou Até a Porta Da Frente. -Pra Onde Vai?

-Pra Casa. -Respondo Para o Mesmo Que Tenta Falar. Em Seguida, Me Retiro De Sua Casa.


. . .

NARRATIVA HOSEOK ON.

. . .


LIGAÇÃO ON....>>>

-Problemas. -Digo Para a Sra.Kim.

-Oque Deu No Taehyung?

-Bom, Vamos Dizer Que o Seu Filho Meio Que Se Apaixonou Pela Nossa Atriz.

-OQUE?

-É, Estamos Encrencados.

-Ele Te Disse Isso?

-Com Todas As Letras. Ele Veio Aqui Me Pedir Para Convencer a Ana a Voltar Para Ele.

-Ah Não.

-Foi Exatamente Oque Eu Disse.

-Isso Não Podia Ter Acontecido! Era Apenas Uma Brincadeira Para Ele Acordar.

-Parece Que Ele Acordou Demais.

-Está Bem, Vou Falar Com o Meu Filho.

-Acho Melhor Não Em, Ele Está Bravo.

-Eu Sei, Mas Ele Precisa Me Ouvir.

. . .

-o Fato é Que a Ana Saiu Daqui Bastante Triste. Tão Triste Que Chorou Hoseok! Parecia Uma Separação De Verdade. -Ela Diz Alterada Com a Situação.

-e Oque Você Deduziu Disso?

-a Ana Também Se Apaixonou, Besta!

-Ahh.

. . .

-Espera, a Ana?

-Sim.

-É, Pode Ser. Ela Está Bem Abatida.

-Você a Viu?

-Não. Mas Conheço Pelo o Tom De Voz.

-Eu Já Sei Oque Vou Fazer.


. . .

NARRATIVA ANA ON.

. . .


-Meu Deus, Ana.

. . .

-Olha Ai, Foi Da Uma De Atriz!

-Está Bem, Já Chega. -Me Levanto.

-Não, Espera Ana. Me Conta!

-Contar Oque Jenny? Eu Já Falei.

-Se Apaixonou Por Ele Realmente?

-Eu Não Estou Brincando.

. . .

-Você Sabe Que o Meu Sonho é Casar.

-Sim, Eu Sei.

-Mas Também Sabe Que Eu Quero Casar Com o Amor Da Minha Vida. Taehyung Não é Essa Pessoa.

-Porque Não?

-É Clichê, Mas.

. . .

-Ele é Diferente Do Homem Que Sempre Imaginei Pra Mim. 

-Romântico, Carinhoso.

-Sim. Ele é o Oposto De Tudo Isso. 

-Mas Você Disse Que Está Apaixonada!

-e Oque Você Quer Que Eu Faça? Que Eu Vá Atrás Dele Para Ser Rejeitada? -Pergunto.

. . .

-Ele Achou Ótimo a Minha Saída. Era Oque Ele Mais Queria, Você Não Faz Idéia!

-Ah, Que Chato.

-Deixa Isso Para Lá. Vamos Voltar Ao Trabalho. -Digo Arrumando Os Papéis. Dos Quais Estão Sobre o Meu Birô. 


. . .

NARRATIVA TAEHYUNG ON.

. . .


[ 10:36 AM ]

-Como Eu Fui Idiota! -Empurro a Porta Do Meu Quarto Com o Pé, e Entro Em Meu Quarto. -a Ana Não Gosta De Mim, Jamais Gostou.


. . .

P.O.V TAEHYUNG.

Vou Até a Minha Cama, e Me Sento Na Beira Da Mesma. E Fito o Nada Que Existia Na Minha Frente, Sentindo Uma Grande Raiva Me Consumir Por Dentro. Em Seguida, Sinto Uma Lágrima Descer Do Meu Olho Esquerdo.

. . .


-Como a Minha Mãe Teve Coragem?

. . .

-o Hoseok, Meu Melhor Amigo!

. . .

-Acabei De Confirmar Que Ninguém Se Importa Comigo. -Me Deito, e Apóio a Minha Cabeça No Travesseiro. -Que Droga De Vida.


. . .

NARRATIVA SRA.KIM

. . .


[ 11:15 AM ]

-Amor, Você Vai Ficar Aqui Com o Tio Hoseok Está Bem? -Digo Para a Gina Após Chegar Na Casa Do Hoseok.

-Pra Onde a Senhora Vai?

-Eu Tenho Que Sair Agora.

-Então Manda o Papai Vir Me Buscar.

-Ah, Não Quer Ficar Comigo? -o Hoseok Pergunta Para a Gina Com Ironia. -Não Gosta Mais Do Tio?

-Não é Isso, Tio.

-Então? Daqui a Pouco o Taehyung Virá.

-Está Bem. -Ela Responde Ao Hoseok.

-Então Eu Já Vou. -Eu Deixo Um Beijo Na Testa Dela, e Me Retiro Da a Casa Do Hoseok Que Fica Com a Gina.

. . .

P.O.V SRA.KIM.

Ao Sair Da Casa Do Hoseok, Peguei Um Taxi Direto Para a Casa Do Taehyung. Eu Não Acredito Que Isso Aconteceu, Eu Achei Que o Meu Filho Ficaria Feliz Com Essa Notícia. Por Isso Estava Tão Abatido.

Eu Não Sei Se Isso é Bom Ou Ruim. Se a Ana Não Quiser Nada Com Ele, Oque Será Do Meu Filho? Oh Meu Deus Eu Não Quero Vê-lo Sofrer.

. . .

[ 11:47 AM ]

-Taehyung? -Abro a Porta De Sua Casa.

. . .

-Taehyung, Onde Você Está? -Vou Até a Porta Do Quarto Dele. -Meu Deus, Taehyung.

-Como Entrou Aqui? -Pergunta o Mesmo Que Está "Jogado" Em Sua Cama. 

-Eu Sei a Senha Do Portão Da Frente, e a Porta Da Casa Estava Aberta. Já Se Esqueceu Filho?

-Onde Está a Minha Filha?

-a Deixei Com o Hoseok.

-Claro, Com o Seu Cúmplice.

-Taehyung!

-Eu Não Quero Falar Com a Senhora.

-Ah, Mas Você Vai Ter Que Falar. -Entro No Quarto Do Mesmo, e Coloco Minha Bolsa Na Cadeira Ao Lado. 

-Mãe.

-Eu Quero Ter Uma Conversa Com Você.

-e Oque a Senhora Vai Inventar Agora?

-Olha Como Fala Comigo, Taehyung.

. . .

-Eu Sei Que Esta Bravo. -Me Sento Na Beira Da Sua Cama. -Tenho Algo Importante Para Dizer.

-Pode Fala, Mãe. Sou Todo Ouvidos!

-Eu Fiz Isso, Para Te Fazer Bem.

-BEM?

-Você Vai Me Deixar Falar?

. . .

-a Minha Intenção Era Da Um Jeito Em Você. Não Se Lembra Quantas Vezes Tentei Conversar?

-Mas Não Tinha Necessidade Disso!

. . .

-Mãe, Eu Não Sou De Ferro!

-Eu Não Sabia Que Você Se Apaixonaria.

-É? Mas Agora é Tarde Demais!

-Meu Amor, Me Escuta. -Seguro As Suas Mãos. -Se é a Ana Que Quer, Sugiro Que Você Vá Atrás Dela.

-Ir Atrás Dela? -Ele Se Levanta.

. . .

-Como Ir Atrás Dela, Se Tudo Isso Não Passou De Uma Brincadeira! -Ele Fala Irritado.

. . .

-Vocês Brincaram Comigo, Mãe!

-Taehyung, a Ana Gosta De Você.

-Como Fala Isso Com Tanta Certeza?

-Porque Eu Vi Nos Olhos Dela Quando Saiu De Lá De Casa, Ela Estava Triste. Muito Deprimida.

-Ela Passou Na Sua Casa?

-Sim. E Chorou Como Uma Criança.

-Chorou? Mas Ela Saiu Daqui Sorrindo.

-As Aparências Enganam, Taehyung.

-Mas Ela Ligou Para o Hoseok a Três Dias Atrás, e Não Quis Falar Comigo Mamãe.

-Não Quis?

-Sim. Usou a Desculpa De Que Estava "Muito Ocupada". -Ele Diz, e Revira Os Olhos.

-Mas Ela Poderia Realmente Está.

-Não Mãe, Eu Sei Que Não.

-Ou Está Te Evitando Porque Se Sente Comovida Em Falar Com Você Novamente.

. . .

-Só Vai Ter Certeza, Se For Atrás Dela. 

-e Se Ela Me Rejeitar?

-Mas e Se Ela Te Aceitar?

. . .

-Não Pense Apenas No Lado Ruim Das Coisas Meu Filho. Se a Ana Quiser Ficar Com Você? Vai Deixar Essa Oportunidade Passar?

-Eu Não Sei.

-Se Não Correr Atrás, Nunca Vai Saber.

. . .

-Se Eu Passar Vergonha, Mãe?

-Eu Sou a Sua Mãe. -Seguro o Rosto Do Meu Filho, Que é Maior Que Eu. -Eu Não Sou?

-Sim.

-Então. Confia No Que Estou Te Dizendo, Vai Atrás Da Ana e Tenha Uma Prosa Com Ela Sobre Oque Está Sentindo. 

-É Estranho, Mãe. Eu Nunca Senti Isso.

. . .

-Nem Mesmo Pela Minah.

-o Seu Relacionamento Com a Mãe Da Gina Foi Uma Diversão, Taehyung. -Digo Para o Mesmo Que Respira Fundo. -e Você Sabe.

-É, Eu Sei.

-"Amor" é Outra Coisa.

-Amor?

-Sim. É a Primeira Vez Que Sente, Não?

. . .

-Sim.

-Então. É Melhor Ir Atrás, Do Que Morrer Sem Tentar. -Digo Fazendo Ele Olhar Para Os Lados.

. . .

-Então?

. . .

-Está Bem. Eu Vou Atrás Dela!

-Isso Mesmo! Foi Assim Que Eu Te Criei.

-Eu Vou Atrás Dela, Mãe. -Ele Corre Até a Porta Do Quarto. -Mas Espera Ai, Pra Onde a Ana Foi?

-Nem Isso Você Sabe?

-Eu Não Perguntei, Mamãe!

-Inacreditável. Está Bem, Me Da Alguma Folha Para Eu Te Da o Endereço Da Cidade, e Da Casa Dela. -Ele Corre Até Um Cômodo Do Quarto.

. . .

-Aqui. -Me Entrega.

-Eu Vou Escrever Com o Dedo?

-Ai, Mamãe!

-Mas Será Que Eu Tenho Que Pensar Em Tudo? -Pergunto Para o Mesmo Que Volta Ao Cômodo.

 . . .

-Aqui.

-Me Da Aqui. -Pego, e Escrevo.

. . .

-Ela Fica Em Incheon. -a Minha Mãe Diz.

-Incheon? 

-Sim.

-e Quanto Tempo Eu Vou Demorar Para Chegar Lá? -o Maior Me Pergunta Assustado.

-Não Muito. Mas Chegará Lá, Isso Sim.

. . .

-Toma. -Lhe Entrego o Caderno.

. . .

-Olha Pra Mim. -Seguro o Seu Rosto.

. . .

-Vai Ficar Tudo Bem, Tá? Eu Vou Ficar Com a Gina e Ela Vai Ficar Muito Protegida.

-Eu Sei Mãe. A Senhora Cuida Da Minha Filha Melhor Que Eu Mesmo. -o Mesmo Fala.

-Oh Meu Amor. -o Abraço.

. . .

-Vai Da Tudo Certo.

-Obrigado Mamãe. -Separo o Abraço, e Deixo Um Beijo Na Testa Do Mesmo. -Eu Vou.

-Sim, Você Vai.

. . .

-Vai Se Arrumar, Eu Vou Fazer Uma Mala Pra Você.

-Não, Eu Vou Assim Mesmo.

-Então Espera Eu Fazer a Mala Pelo Menos, Taehyung! Oque Pensa Em Vestir?

-Está Bem Mãe, Obrigado.


. . .

[ DIA SEGUINTE ]

. . .


[ 01:15 PM ]

-Ah, É Aqui. -Digo Após Chegar Frente a Casa Da Ana. Eu Toco a Campanhia, Mas Não Atendem.

. . .

-Será Que Ela Não Está?


. . .

Meu Celular Toca.

. . .


-Hoseok?

-Taehyung! Onde Você Está?

-Acabei De Chegar Em Frente a Casa Da Ana. Mas Ninguém Atende. -Digo Preocupado Com Essa Situação.

-Eu Liguei Pra Ela, e Ela Me Disse Que Hoje Será o Casamento Do Evento Que Ela Preparou.

-Ah Não, e Agora?

-Eu Tenho o Endereço.

-Então Me Passa, Por Favor! Eu Preciso Falar Com Ela. Já Basta Oque Esperei Durante Essa Viagem.


. . .

P.O.V TAEHYUNG.

Após o Hoseok Me Da o Endereço Do Tal Casamento, Não Perdi Tempo e Peguei Um Táxi Indo Diretamente Para Esse Local.

Mas Ao Chegar Lá, Fui Barrado.

. . .


[ 02:16 PM ]

-Senha.

-Senha? Eu Não Preciso De Senha!

-Sem Senha, Sem Casamento.

-Está Bem Senhor, Deixa Eu Explicar.

. . .

-Eu Não Estou Aqui Para o Casamento, Quero Falar Com a Organizadora Disso Aqui.

-Senha.

-o Senhor Já Está Me Irritando.

-Só Com Senha Senhor, Desculpe.

-ANA! -Tento Passar Por Eles.

-o Senhor Não Vai Passar! -Eles Dizem.

-Espera Ai, Você Sabe Quem Eu Sou? o Modelo Oficial Da Gucci. Posso Processa-los!

-Claro. -Um Deles Dizem Com Ironia.

-Ah, Não Acreditam? Eu Vou Mostrar Os Meus Documentos! -Coloco a Minha Mão Em Meu Bolso.

-Queremos Ver a Senha.

-Olha Senhor, Não Me Interessa Quem Está Se Casando. Eu Só Quero Ver a Ana. a Ana! -Eu Indago Irritado Com Os Mesmos.

-Sem Senha, Sem Ana, Sem Entrada.

-Ah, é? Vocês Vão Ver. -Eu Do Quatro Passos Para Trás. -Vou Ligar Para o Meu Advogado.

-Faça Oque Quiser.

-Está Bem.

. . .

P.O.V TAEHYUNG

Olhei Para Os Lados, e Esperei o Todo Aquele Movimento Baixar. Em Seguida, Vou Até a Porta Dos Fundos e Discretamente Eu Entro Pela Mesma Sem Que Me Vissem. E Paro Em Um Local De "Limpeza".

. . .


-Onde Estou? -Eu Me Pergunto, e Logo Após Abro Uma Porta Que Havia Ali, Indo a Outro Local.


. . .

NARRATIVA ANA ON.

. . .


-Está Tudo Bem Por Aqui? -Eu Pergunto Para aos Convidados Dos Noivos Que Dizem Que Sim. -Ah, Que Bom. Qualquer Coisa Pode Me Chamar.

-Ana, Problemas! -a Jenny Diz Baixo.

-Não Fala Isso Jenny. Eu Imploro!

-Tem Um Homem Invadindo Onde Estão Os Musicistas. -Ela Diz, Me Deixando Confusa Com Isso.

-Ele Não é Um Convidado?

-Parece Que Não.

-Onde Ele Está, Jenny? -Suspiro.

-Olhe Você Mesma! -Ela Aponta Para Lá, Me Dando a Vista Daquele Homem.


. . .

P.O.V S/N.

o Meu Coração Quase Saia Pela Boca, Após Darem a Vista Do Taehyung Que Está Tentando Tomar o Microfone Do Cantor, Mas Acaba Conseguindo. Me Deixando Confusa.

. . .


-ANA? -Ele Indaga Naquele Microfone, Fazendo Todos Ouvirem. -Eu Sei Que Está Ai.

. . .

~Continua.


Notas Finais


Ih, Será Que Sai Uma Declaração Ai?
— Oque Ele Vai Dizer?
—Oque a Ana Vai Dizer?

No Próximo Capítulo. 💚💛
~Bjs Da Autora. 😘💕💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...