História Papai solteiro - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Big Brother Brasil
Visualizações 11
Palavras 399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui está o segundo capítulo do dia meus amores.
Boa leitura.

Capítulo 5 - Ana Paula


Depois do meu pequeno desabafo, o Diego voltou com minhas coisas e ficamos conversando. Ele almoçou com a gente e depois foi pra casa.


-Amiga, você não ia me contar sobre o café da manhã com o Diego?


-Não foi nada demais. A gente só tomou café e conversou.


-Sei. Shipo muito vocês.


-Deixa disso bruxinha.- Patrícia diz rindo.


-Posso dizer uma coisa?


-Pode.


-Senti saudades.


-Eu também.


Ela envolveu minha cintura com seus braços e deixa um beijo carinhoso em minha testa.


-Sabe, você é tão fofa na maior parte do tempo... dá vontade de apertar e nunca mais soltar.


-Sério que você acha isso?


-Acho não, tenho certeza.


Nossos celulares vibraram ao mesmo tempo, nos informando que tínhamos uma nova mensagem no Grupo dos 7, formado por mim,  Patrícia, Diego, e nossos outros amigos, Viegas, Naiara, Wagner e Caruso.


Whats on:


Viegas: E aí parças.


Bruxinha: E aí.


Naiara: Ana vc já está de volta?



Bruxinha: -Sim.


Wagner: Precisamos nos encontrar.


Viegas: Vou fazer uma festinha daqui a 3 dias pra comemorar os 5 aninhos da minha filha. Estão todos convidados.


Bruxinha: Legal.


Bruxinha: -Sua filha é um amorzinho😍


Viegas: -Ela tbm adora vc.


Caruso: Conta pra a gente Ana, o casal #Dietrícia tava sozinho em casa quando vc chegou?😏


Bruxinha: -Ah, tava sim.


Diego e Kika: -Parem com isso🙄


Caruso: -Vcs viram? Já tão até mandando a mesma mensagem ao mesmo tempo e usando o mesmo emoji.


Kika: Vcs são insuportáveis.


Wagner: -E vcs não vivem sem a gente.


Whats Off.


Deixamos os celulares de lado e nos olhamos rindo feito retardadas.


Você acha mesmo que eu gosto do Diego?


-Acho. E acho também que vou ter que dar uma poção do amor pra vocês.


Ela riu gostosamente e eu a acompanhei. Era bem mais fácil rir quando eu estava com ela ou com os outros. Eu me sinto muito amada e protegida em momentos como esse.


-Ana, preciso saber de uma coisa.- Ela diz ficando séria de repente.


-O quê?


-Ainda fazem bullying com você na faculdade por causa da sua voz?


-Sim.- Respondo abaixando a cabeça.


-Você não pode deixar isso continuar meu amor.


-E o que eu posso fazer Kika? Minha única alternativa é tentar ignorar.


Ela me puxa de novo e deita minha cabeça em seu colo.


-Isso vai mudar minha pequena, nem que eu precise invadir aquele campus e dar um belo sermão pra aquela gente.


-Tudo bem Kika. Eu vou superar.- Falo com a voz embargada.


-Sei, mas eu vou ficar de olho.- Ela fala em tom firme e conclusivo.


Fiz o possível para no demonstrar, mas de certa forma aquela promessa acalmou meu coração.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo.
Até breve queridos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...