História Papais Dourados - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Ikki de Fênix, Kanon de Dragão Marinho, Kanon de Gêmeos, Kiki de Appendix, Marin de Águia, Miro de Escorpião, Personagens Originais
Visualizações 111
Palavras 315
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Escorpianos


Fanfic / Fanfiction Papais Dourados - Capítulo 16 - Escorpianos

"A Helena está crescendo, e, à medida que o tempo passa, encontro-a cada vez mais parecida comigo. Garota dura na queda, decidida, orgulhosa... Um tanto esquentada, eu bem sei, mas justa. É capaz de sacrifícios para proteger a quem ama e àquilo em que acredita, mas... Para isto eu estou aqui, minha pequena filha. Para que você não tenha que se sacrificar, para que não tenha que sofrer. Ah, se eu pudesse... Se eu pudesse te proteger de todos os males da vida, de todas as tristezas e contrariedades que ainda estão por vir... Com toda a certeza, eu o faria sem hesitação ou temor. Eu morreria mil vezes, eu enfrentaria o que fosse preciso. Por você. Tudo por você. Portanto, seja boa. Seja forte e honrada, seja você mesma e se orgulhe disto. Porque eu já me orgulho."

Helena se aproximou de Milo. Percebendo a emoção nos olhos dele, ela perguntou:

_Papai... O que foi? – disse com voz preocupada.

_Nada, Helena. Nada.

_Não, tem alguma coisa sim – ela o abraçou, olhando-o intuitivamente nos olhos.

"A intuição que nós temos... Quase nada escapa aos olhos dos que nascem sob o signo de Escorpião. Perscrutamos o ser das pessoas, tentamos desvendar seus segredos enquanto mantemos os nossos, buscamos segurança e fidelidade para contrabalançar a nossa intensidade e os nossos medos. A Helena sabe disso, ainda que não compreenda. Por isto ela sabe também que é a pessoa mais importante do mundo. Do meu mundo."

Milo abraçou a filha e beijou-lhe a testa como se não quisesse largá-la nunca mais. Depois, tentando esconder a voz embargada, ele disse:

_Eu te amo. Você entende isso?

A menina assentiu, pois entendia e sentia isso muito bem.

_Papai?

_Diga.

_Eu também te amo. Muito, muito, muito mesmo.

Milo deu um sorriso, porém...

_Eu posso ir até Aquário hoje? - ela perguntou.

"Ah, sim... Essa maniazinha nossa de manipulação! Mas uma coisa eu TENHO que admitir: o filho do Camus é mesmo um bom garoto."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...