História Papais Dourados - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Ikki de Fênix, Kanon de Dragão Marinho, Kanon de Gêmeos, Kiki de Appendix, Marin de Águia, Miro de Escorpião, Personagens Originais
Visualizações 99
Palavras 2.447
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Eu Odeio a Barbie


Isabela era uma menina doce e falante, e vivia surpreendendo o pai com suas manias e atitudes. Mais conhecida em todo Santuário como Belinha, ela era linda e delicada como Afrodite de Peixes, porém...

_Você tem certeza de que quer continuar jogando futebol, filha? – perguntou o pisciano enquanto calçava as chuteiras na menina de quase sete anos.

_Eu tenho. É muito divertido – respondeu ela brincando com as suas marias-chiquinhas.

_Divertido? Da última vez você voltou com um joelho ralado e com piolhos na sua cabeça! Piolhos!

_Eu caí, e os piolhos da coleguinha pularam pro meu cabelo – justificou a menina.

Afrodite não entendia ainda o motivo de a filha insistir em participar do time infantil da escola. Máscara da Morte dizia que era castigo divino, Shaka chamava a situação de "ironia do destino", Aioria não perdia um jogo de Belinha, e Aldebaran dava o maior apoio à menina.

_Minha filha com piolhos... Só pode mesmo ser castigo!

_Papai, calma. Eu prometo que faço um gol hoje pra você, e se os piolhinhos voltarem, você varre eles de novo com aquele pentezinho.

_Como se fosse assim, tão fácil - suspirou.

Dedicado, Afrodite levou a menina até a cozinha de Peixes, para que ela tomasse um café da manhã bem reforçado. Deixou Belinha lá e foi até as suas roseiras. Foi quando ele avistou algo jogado embaixo de uma delas:

_Por que a Isabela não brinca de Barbie como tantas outras meninas na idade dela fazem? Por que ela insiste nessa coisa de futebol? – perguntou-se ele, desconsoladamente, ao apanhar a boneca do chão.

_Papai... Já tá pronto? A gente não pode se atrasar, viu? – gritou a menina da cozinha.

Afrodite foi até ela e informou:

_Eu encontrei a sua Barbie no jardim.

Belinha fechou a cara e respondeu:

_Não era para ter achado.

_Por quê?

_Porque eu odeio a Barbie!

Belinha era uma criança doce e tranquila, tanto que não costumava odiar sequer uma mosca – nem mesmo os "piolhinhos". Sendo assim, Afrodite estranhou a atitude da filha. Entretanto, como ambos já estavam quase atrasados, ele resolveu descobrir depois o que estava incomodando a menina, que correu até o banheiro para escovar os dentes. O pai a esperou na entrada de Peixes – arrumado demais para assistir a um simples jogo de futebol infantil.

_Pronta?

_Sim – respondeu ela ao descer os primeiros degraus aos pulinhos.

A descida pelas Doze Casas sempre era bem demorada, pois a Belinha amava cumprimentar a todos os cavaleiros de ouro, se possível.

Em Aquário...

_Tio Camus! Você vai me ver jogar hoje?

_Não, Belinha.

_Ainda tá com raiva de mim por eu ter sujado o seu sofá branco? – perguntou ela, com medo que ele dissesse "sim".

_Non.

_Ai que bom! Eu tava com medo do senhor ficar com raiva pra sempre – Belinha estava aliviada e abraçou o aquariano, que até deu um sorriso.

Em Capricórnio...

_Tio Shura! Quando você vai fazer aquela comida ruim de novo? Não me chama nesse dia pra comer aqui não, tá bom? – falou ela se referindo à paella que Shura preparava toda sexta-feira.

_Certo – respondeu o capricorniano ao sorrir.

_Beijo! – falou Belinha ao pular uma amarelinha imaginária na entrada de Capricórnio.

Em Sagitário...

_Tio Aiolos... Cadê as suas asas? Você consegue voar com elas? Eu posso ir junto? Eu queria voar também, mas o papai não deixa. Você me deixa voar, papai? Por favor... Diz que sim!

_Isabela, ele não voa – respondeu Afrodite.

_Então pra que as asas? Você é triste, tio? Voar deve ser tão legal...

_Não, Belinha. Eu não sou nem um pouco triste – respondeu o sagitariano num sorriso sincero.

_Que bom! Eu já tava ficando triste por você. Até mais, tio!

Em Escorpião...

_Oi, tio Milo! Cadê a Helena?

_Oi, Belinha. Ela está lá dentro – respondeu o escorpiano com um sorriso.

Ouvindo a voz da amiga, Helena correu.

_Belinha! Vai pro jogo?

_Vou, mas eu queria combinar uma coisa com você antes.

_O que? – perguntou a pequena escorpiana num tom de cúmplice.

_A gente podia ir lá em Aquário qualquer dia desses e...

Afrodite colocou a mão na boca de Belinha. Olhando para Milo, ele propôs:

_Vigia bem a sua filha, que eu vigio a minha. Ou o Camus vai ter motivos para surtar de novo por conta daquele sofá.

_Pode deixar. A Helena está mesmo proibida de subir até Aquário – falou Milo.

_Que nada, papai – teimou a escorpiana.

_Num adianta proibir, tio Milo. O senhor vai ser o "ogro" do Henry e pronto – opinou Belinha antes de continuar a descida.

Em Libra...

_Tio Dohko! - Belinha correu para abraçar o libriano.

_Oi, menina linda. Está indo para o futebol?

_Aham – respondeu satisfeita.

_Pois tenha um bom jogo – desejou Dohko.

_Obrigada... E tchauzinho!

Em Virgem...

Shaka meditava na sala, com o filho no colo. Isabela arregalou os olhos e disparou:

_Ele tá dormindo? Por que o tio Shaka dorme tanto? Por que ele dorme sentado, papai? Eu posso dormir sentada também? Posso? Posso? Diz que sim, por favor!

_Não, Belinha – falou Afrodite levando a filha pela mão.

Em Leão...

_Hakuna Matata pra você, tio Aioria!

_Pra você também – respondeu o leonino com um sorriso, pronto para ir ao jogo de Isabela com Lexi nos ombros.

_Fica em casa hoje, Leão – disse o pisciano já sabendo que Aioria não deixaria de ir.

_Sem chance! Tem noção quanto é engraçado ver você na lateral daquele campo, Afrodite?

O pisciano respirou fundo e continuou a descida.

Em Câncer...

_Oi, Tio Máscara!

Belinha tirou uma meleca do nariz na frente de Máscara da Morte, e, quando ela já se preparava para...

_Isso não se come, Isabela! – Afrodite se descabelou.

_Não? Mas papai... Por que é que é tão gostoso comer meleca se meleca não é pra comer?

Máscara da Morte quase perdeu o fôlego de tanto rir, e disse:

_Hoje eu não perco esse jogo por nada! Vou até deixar o Guido com o Mu!

Em Gêmeos...

Kannon estava pronto para ir ao jogo também, levando os sobrinhos. E Saga, tendo a certeza de que seus filhos poderiam aprontar alguma, resolveu acompanhá-los.

_Ai, que legal! Todo mundo aqui tá indo pro meu jogo hoje – Belinha abraçou todos os geminianos que encontrou pela frente.

_Assistir você jogando futebol é muito divertido – falou Kannon ao afagar a cabeça da menina.

_Sei... – disse Afrodite com um olhar mortal, já sabendo que o motivo da diversão não era a sua filha.

Em Touro...

_Tio Deba! Oh... A Mariazinha tá doente? Tadinha! – falou Isabela ao ver a filha de Aldebaran resfriada.

_Ela vai ficar bem, Belinha. Só não vou poder ir ao seu jogo hoje.

_Tudo bem, tio.

Aldebaran sorriu e caminhou até Máscara da Morte para lhe entregar um objeto e dizer:

_Filma tudinho, e dá um close na cara do Afrodite quando ele se estressar com o juiz.

_Pode deixar – falou o canceriano num sorriso malvado.

Ninguém percebeu, mas os filhos de Saga pegaram algo em Touro antes de desceram para a Primeira Casa.

Em Áries...

_Tio Mu... Eu queria ter essas pintinhas que o senhor tem na testa. São tão bonitinhas!

O ariano olhou para Belinha e disse:

_Obrigado, Belinha. Mas você já é bonita demais sem elas.

_Eu sou? Oh... Obrigada!

Finalmente o grupo deixou o Santuário e chegou à escola de Isabela. Para o desespero de Afrodite, um cano de água havia estourado perto do campo, que virou praticamente uma gigantesca poça de lama.

_Esse jogo promete – riu Kannon.

Máscara da Morte ligou a câmera de Aldebaran:

_Dá um tchauzinho aqui pro tio, Belinha.

A menina assentiu e deu um tchau com a mãozinha antes de correr pelo campinho e escorregar no chão, se sujando toda. O pai dela se descabelou outra vez e disse:

_Eu só posso estar pagando pela minha vaidade!

_Fica calmo, Afrodite – disse Saga, que segurava seus gêmeos pelas mãos.

_Calmo? – o pisciano cobriu os olhos com as mãos ao ver que Belinha já tinha desfeito uma das marias-chiquinhas antes mesmo de o jogo começar.

_Todos nós vamos para a arquibancada – disse Aioria enquanto comia uma pipoca com Alexia.

_Tá, tá – dispensou-os Afrodite com impaciência.

E os times se posicionam no campo. Belinha de longe era a menor dentre todas as meninas, mas ela não se importava. Feliz, ela sorria e acenava sempre que avistava o grupo de cavaleiros na arquibancada. Afrodite caminhava de um lado para o outro na lateral do campo, onde outros pais também ficavam.

O juiz apita, e o jogo começa. Belinha corre na direção da bola, mas uma menina a empurra por trás, num gesto faltoso. Afrodite, sujando seus sapatos, corre até o juiz e grita:

_O senhor tá cego? Não viu isso não? É falta! Até eu que não sou fã de futebol sei disso!

Da arquibancada, Máscara da Morte dá um close no rosto histérico de Afrodite. O homem de bigode ignora o pisciano e o jogo segue normalmente. O cavaleiro continua correndo na lateral do campo, acompanhando a filha. Grita toda vez que ela pega na bola:

_Vai, Belinha! Vai, Belinha!

A menina se aproxima do gol e ele pula. O cavaleiro começa a roer as unhas sem perceber, e já estava pronto para comemorar quando...

_Falta de novo! Quem é o pai dessa menina violenta? Por que ela fica derrubando a minha filha? Hein?

Ninguém se manifestou.

Na arquibancada, os filhos de Saga resolvem agir:

_Papai, nós queremos cachorro-quente – pediu Héracles.

O geminiano sonda o rosto dos dois, buscando uma segunda intenção.

_Papai, por que o senhor é tão desconfiado? – pergunta Hector.

_Você ainda pergunta? – responde Saga.

_Eu fico de olho neles. Pode ir comprar o lanche – fala Kannon, para a alegria dos meninos.

_Não tire os olhos deles – advertiu Saga.

_Pode deixar.

Kannon realmente estava disposto a vigiar os sobrinhos, porém...

_Só a minha Belinha que joga bem nesse time todo? Ela tá carregando o time inteiro nas costas – gritou Afrodite ao erguer os braços quando a defesa falhou e o time da filha levou um gol.

Os gêmeos saíram de fininho da arquibancada, Aioria se engasgou com a pipoca por tanto rir, Lexi ficou batendo nas costas dele, e Máscara da Morte seguiu filmando o descabelado e sujo pisciano.

_Isso vai ficar na história do Santuário. Com certeza qualquer rosa murcha e mixuruca tá em melhor estado que o Afrodite agora. Eu vou fazer cópias disso aqui pra todo mundo – disse o canceriano.

O cavaleiro de Peixes já estava com a calça clara cheia de respingos de lama, mas continuava correndo atrás de Belinha toda a vez que ela atravessava o campo. Numa dessas travessias, a menina caiu tropeçando nos cadarços da própria chuteira. Afrodite, desesperadamente, invadiu o meio do jogo:

_Tempo! Eu quero tempo, juiz!

Os outros pais já reclamavam da atitude dele. As reclamações ficaram pior quando todos ouviram um apito que indicava a ocorrência de falta. O próprio juiz não entendia o que estava havendo, afinal, sequer estava com o apito na boca naquele momento. Porém...

Escondidos atrás de um banco estavam os gêmeos de Saga, que haviam pegado o apito de Aldebaran para interferirem no jogo. Afrodite pareceu aliviado:

_Até que enfim o senhor marca uma falta!

_Eu não marquei nada, e a menina tropeçou sozinha – respondeu o juiz.

_Eu não quero saber se a minha filha tropeçou sozinha. Ela vai bater um pênalti ou eu não me chamo Afrodite de Peixes!

O pisciano pegou a bola enlameada e levou Belinha pela mão até a trave. Com um apito, Héracles "autorizou" a cobrança e...

_Gol! Gol! Gol! – Afrodite abraçou a menina, cujos olhinhos brilhavam.

O jogo seguiu. A mesma jogadora de antes esbarrou de propósito em Isabela. Afrodite surtou:

_Já chega! Quem é o pai desse projeto de psicopata? Quem? Quem? – ele procura ao seu redor, até que um homem de quase dois metros de altura apareceu.

_Tá reclamando do que, seu almofadinha? Se o juiz não marcou a falta, a falta não existe. A minha filha tá só jogando do jeito que eu ensinei.

_Agora entendo o motivo de ela ser uma bruta. Com um pai estúpido como você, ela só poderia mesmo ficar dando patada por aí! – Afrodite estava furioso.

_Tá me ofendendo?

_Eu quero somente uma coisa: que a sua filha pare de empurrar e derrubar a minha!

O pai da menina empurrou Afrodite, que caiu de bunda na lama. O cavaleiro, então, levantou-se e partiu para a briga. Belinha viu o pai brigando e chutou a canela da menina que havia lhe derrubado várias vezes:

_Num me empurra de novo não, tá bom? – ameaçou cruzando os bracinhos.

Na arquibancada...

_Olha lá o Afrodite brigando – Kannon se contorcia de tanto rir.

_Ei... Aquilo na mão dele é uma rosa branca? – perguntou Aioria.

_É – disse despreocupadamente Máscara da Morte enquanto ajustava o foco da câmera.

_Eu vou lá. Fiquem de olho na Lexi – falou o leonino ao deixar a arquibancada.

_Pode deixar. Ela fica aqui com os... Cadê os gêmeos? – Kannon se pergunta. – O Saga vai me matar!

E o jogo continua, apesar do tumulto na lateral. Belinha recebe um passe e vai em direção ao gol. Afrodite, tirado da briga por Aioria, corre para o campo e acompanha a filha, que faz mais um gol. Belinha e o pai vibram e caem na lama, abraçados.

Os outros pais começam a reclamar ao redor do juiz, e a confusão total se instaura. Hector e Héracles ficam revezando no apito, encerrando a partida. Saga avista os dois e corre até eles segurando os cachorros-quentes nas mãos.

O diretor da escola se envolve e encerra definitivamente a partida, dizendo que nenhum dos times venceu.

_Como assim? Nada disso! A minha filha fez dois gols e o outro time só fez um! – gritou Afrodite, todo sujo de lama.

_Aquele pênalti não valeu – disse o juiz.

_Como não valeu? A Isabela teria feito mais gols se você não fosse tão cego para marcar todas as faltas que ela sofreu!

Os gêmeos de Saga passaram correndo por Afrodite e gritaram:

_Juiz ladrão!

Afrodite pareceu concordar, sendo assim, pegou o troféu que estava sobre uma mesa e entregou para Belinha. A menina pulou de alegria e correu até as outras coleguinhas de time:

_Nós vencemos!

O grupo de meninas comemorou com muitos pulinhos e gritinhos. Todas abraçaram Belinha, agradecidas e felizes por ela ser a autora dos gols.

Quando a comemoração e a confusão cessaram, quando o juiz e o diretor se acalmaram, e quando os demais pais foram quase todos embora...

_Esse foi o melhor jogo de todos – Aioria concluiu.

_E tá documentado – Máscara da Morte desligou a câmera.

_Nunca mais deixo você olhando os meus filhos – disse Saga para o irmão ao chegar puxando os garotos pelas orelhas.

_Lá vem o Afrodite – avisa Kannon.

Alexia cochicha para Aioria:

_O tio Afrodite era o monstro embaixo da minha cama, papai?

_Não, Lexi. Mas vendo ele assim, até que poderia ser.

Coberto de lama da cabeça aos pés, o pisciano avisa:

_Não quero ouvir nenhuma piada ou comentário até chegarmos ao Santuário.

No entanto, duas meninas que brincavam de Barbieperto do campo cantam:

"Isabela tá sujinha e come meleca. Seu pai é um porquinho que tem lama na cueca".

Belinha começa a chorar alto. As meninas limpinhas riem, e Afrodite percebe que elas tinham o hábito de implicar com a sua filha na escola. Era por isso que Isabela odiava a Barbie.

_Ninguém faz a minha filha chorar – ele tomou as bonecas das garotas e jogou-as na primeira lixeira que encontrou.

Belinha limpou as lágrimas e foi erguida no ar por Afrodite, que a rodopiou e disse:

_Mesmo jogando futebol, pegando piolho, comendo meleca e se sujando de lama, você é a filha mais linda que eu poderia ter. E tem mais: eu também odeio a Barbie agora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...