História Vampire - Capítulo 1


Escrita por: e Aninhalih

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais, Suho
Tags Bts, Exo, Fluffy, Hetero, Imagine, Jeon Jungkook, Romance, Suho
Visualizações 165
Palavras 1.211
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia.
Essa história escrevi para minha amiga que amo mais que tudo no mundo. @Aninhalih

Ela quem me apoia em tudo menos nos meus erros, como o que eu queria cometer ontem de parar definitivamente de escrever.

O puxão de orelha valeu a pena...

💕💕💕💕

Capítulo 1 - Kim Junmyeom


Fanfic / Fanfiction Vampire - Capítulo 1 - Kim Junmyeom

Anna era uma jornalista de sucesso, focada em seu trabalho, uma mulher perfeccionista, dava o seu melhor em tudo o que fazia.

Vivia em um bairro de classe média, sua pequena família, sendo eles, um irmão mais novo e seus pais, ela deixou em sua cidade natal para que pudesse seguir carreira em Londres. A saudade daqueles que amava, batia todos os dias em seu peito, porém, sabia que era o certo a fazer, afinal, quem consegue construir uma boa carreira morando no interior de uma cidade, cujo habitantes não passavam de 1500. Cidade minúscula essa.

Seu maior medo, era de se envolver com outras pessoas, por ser muito focada no trabalho, achava que não teria tempo para isso. Porém, num jantar casual com seu chefe, Kim Junmyeom, Anna acabou se rendendo aos encantos do moreno de 28 anos de idade, que não lhe prometeu o mundo por não poder lhe dar mas noites quentes, regradas de prazer e luxúria, carinho e respeito entre si, vez ou outra, mimos para entreter a mulher que ele deixou que o sentimento saísse do esconderijo do seu coração, isso sim, eram coisas que jamais faltariam para Anna.

- Jantar e depois filme em minha casa às 7 horas após o trabalho. – O moreno sorriu ao sussurrar em seus ouvidos enquanto fingia perguntar algo sobre uma matéria que ela havia feito sobre a importação de vinhos na cidade. Eles preferiram manter o caso em segredo para que os colegas de trabalho não pensassem que Anna tinha o favoritismo do chefe.

- Sim senhor. O senhor é quem manda. – Sorriu lindamente com seus lábios rosados, tom do batom que Junmyeom a presenteou na semana anterior, Anna sentia confiança no chefe, que era transparente em tudo para com ela, inclusive sobre uma das secretarias da redação que insistia em convidar Junmyeom para jantar, claro que ele negava todas as vezes.


(...)

- Nossa, isso tudo é pra mim, princesa? - Anna trajava uma vestido rosa salmão, até a altura da coxa bem torneada por musculação, colado ao corpo e na mão esquerda, uma garrafa de vinho de pêssego junto a um sorriso rosado que fazia Junmyeom perder a noção do tempo.

- Exclusivamente pra você, querido.

Ele a beijou ali mesmo, em frente a porta, a conduzindo para entrar, colocou uma boa música a tirando para dançar antes de jantarem. Assim eram os dias na companhia um do outro, acima de qualquer coisa, carinho e respeito mútuo, Junmyeom mesmo que negasse, era apaixonado pela loira que fazia dos seus dias e noites, as melhores.

Alguns dias haviam se passado, Junmyeom estava em sua sala analisando uma matéria escrita por um dos colunistas, Anna entrou no local com um sorriso de ponta a ponta nos lábios, carregava consigo uma carta que mostraria ao chefe, sentou-se a mesa e o moreno largou tudo o que fazia para ouvir a amada.

- Esse sorriso está mais radiante que os outros. Qual é o motivo?

- Eu fui convidada a fazer parte de uma equipe de paparazzi na Times.

Lhe entregou o papel que no exato momento em que começou a ler, Junmyeom deixou desaparecer o sorriso que tinha no rosto. – Você vai embora? - Suas palavras soaram quase um suspiro que deixava falhar o ar para os pulmões como se fosse o último. Anna fitou sua face agora entristecida, estendeu a mão para lhe acariciar e então falou:

- Sabe que é o meu sonho, Suho. – Ela quase nunca o chamava pelo apelido que lhe dera, a não ser quando sabia que a situação poderia ser consideravelmente ruim. Era uma forma de tornar as coisas mais fáceis ou menos dolorosas. – Suh... me entenda, por favor?

- Tudo bem Anna, você precisa estar onde te faz bem.

Junmyeom quase nunca a chamava pelo nome, era sempre princesa ou sol, pois a garota tinha o dom de iluminar o seu dia. Ela se levantou indo até ele que permaneceu no mesmo lugar, sentou-se em seu colo e tentou amenizar o caos que havia feito no coração dele.

- Suh... Eu sou feliz aqui, com você como não seria em qualquer outro lugar mas você sabe que eu não terei outra chance.

- Tudo bem, princesa. Estamos juntos não é? Seu mundo é o meu.

Anna sorriu com a declaração de Junmyeom o beijando carinhosamente em seguida. – E não vamos nos afastar, quero você todos os dias depois do trabalho.

- Isso é minha especialidade. Pode deixar.

Sorriram um para o outro, se beijando novamente, a partir do dia seguinte, Anna seria paparazzi de Jeon Jungkook, um homem falso e arrogante, mas que fazia muito sucesso, não só pela imensa beleza que possuía, mas sim por seu talento grandioso. Era dono de uma exportadora de jóias, alguns diziam que ele mesmo quem desenhava as peças, mas nada fora comprovado.

Ninguém sabia sua verdadeira personalidade, muitos boatos começaram a vazar à respeito de si depois do término de seu mais novo relacionamento, muitas coisas ruins foram ditas sobre ele pela tal garota, mas, ninguém sabia dizer se era verdade ou não. Até uma empresa contratar uma paparazzi para descobrir tais coisas e obter imagens comprometedoras ou até mais do que isso. Anna faria esse trabalho sem ter a noção no que estava se metendo, o novo chefe a escolheu pela sua fama de repórter investigativa, então, a moça traria bons resultados para o jornal.

Anna acabou por descobrir o local exato onde Jeon morava, passou a observa-la todos os dias esperando um único passo em falso do homem misterioso, seus dias com Junmyeom passaram a ser escassos por causa do trabalho da jornalista, o que deixava o namorado magoado com a ausência da amada.

- Anna, Jeon vai estar numa coletiva de impressa hoje a noite. Quero que vá cobrir a matéria e tente descobrir sobre a tal ex que ele difamou nas revistas.

- Sim senhor.

Recebeu a ordem do chefe logo após indo para a sua sala, arrumou todo o seu equipamento na mochila, mandou uma mensagem pelo aplicativo de mensagens instantâneas para Junmyeom, desmarcando o encontro daquela noite, por causa da coletiva de Jeon.

[17:35:45] Meu Céu: Suh, podemos remarcar nosso jantar?

[17:40:10] Meu Sol: Porque?

[17:40:40] Meu Céu: Tenho que seguir o tal do Jeon hoje numa coletiva de imprensa.

[17:50:27] Meu Sol: Que horas?

[17:51:00] Meu Céu: Tenho que estar lá antes das 19 horas. Me desculpe, por favor?

[17:53:12] Meu Sol: Tudo bem. É o seu trabalho. Se não estiver muito cansada, venha para minha casa quando terminar.

[15:53:34] Meu Céu: Claro que vou. Me espere do jeito que eu gosto.

[17:54:01] Meu Sol: Sempre.

Guardou o celular na bolsa, pegou a mochila com o seu equipamento e foi para casa tomar um banho rápido para que pudesse ir para o evento. Se vestiu longe do convencional que estava acostumada, sua roupa de trabalho, queria uma abordagem diferente, colocou um vestido preto, com detalhes em prata, uma sandália confortável para que aguentasse ficar boa parte do tempo em pé ouvindo o empresário falar sobre seus feitos na indústria vinícola, fez um lindo coque nos cabelos negros pois sabia que morreria de calor no decorrer da entrevista e foi linda para o evento, onde sua equipe já a esperava.


Notas Finais


Espero que gostem 💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...