História Paper Flowers - Taekook - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Romance, Taekook
Visualizações 106
Palavras 337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Poesias, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, eu estou escrevendo isso com a internet da vizinha. E Diva, se você estiver lendo isso, saiba que sua internet é muito ruim. Obrigada pela compreensão.

Capítulo 8 - Chapter Eight


Segunda-feira, 22 de agosto de 2015

-Jeon Jungkook on-

Taehyung dessa vez estava tomando um suco de caixinha sabor uva, que ele falava ser o seu preferido

Eu estava lendo “O Duque e Eu” até porque por mais que Taehyung tivesse me contado o final em um pequeno sussurro, eu não deixaria de lê-lo. Até que ele me chamou

-Hey 

-O que?

-Sabe, eu queria te perguntar uma coisa

-Que coisa? 

-Se você gostaria de entrar para o meu clube

-Você tem um clube? Ele é sobre o que?

-Na verdade, não é bem um clube... Digamos que seria uma  coisa pessoal minha... Se chama “Clube dos Fracassados”. As atividades envolvem ficar observando a natureza e falando sobre merdas aleatórias, e afins. E aí, quer entrar?

-Hm, adoraria. Sabe que eu estou nem um pouco afim de participar do clube de música e arte? 

-Ah, coitado do pequeno Min. -Taehyung deu uma leve risada

-É pequeno mesmo. -Taehyung começa a rir, e eu faço o mesmo, mas tampando a boca para o refeitório inteiro não ouvir, já que minha risada era escandalosa

-Mudando de assunto... Você é bom em matemática?

-Sou sim, por que?

-Bem, eu estava com um dever de matemática para fazer, mas eu sou péssimo em matemática. Pode fazer para mim? 

-Eu não posso fazer por você, mas posso te ensinar. Na minha casa ou na sua?

-Esse pergunta foi meio estranha...

Começamos a rir, afinal nós éramos adolescentes com os hormônios à flor da pele, e com certeza sabíamos que aquela frase tinha outro significado

-Oh meu Deus, alguém me ajude, tem um pervertido na minha mesa! -Taehyung começou a rir

-Calma, calma. Bem, voltando ao assunto, na que você achar melhor. Mas, se eu ir na sua minha mãe vai achar que estamos namorando, e se você ir na minha ela vai achar que estamos namorando!

-Sua mãe deve shippar muito a gente não é?

-Talvez

-Bem, acho melhor a minha. Meus pais estão viajando e meus irmãos estão nos meus avós. Então acho que vai ser tranquilo. Traga seu caderno e o livro de matemática se quiser, te espero às 16:30.

-//-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...